Your SlideShare is downloading. ×
0
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

2.Historia_da_Comunicacao_Telegrafo_Telefone_Radio_etc

1,003

Published on

Published in: Education
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,003
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. O que é o Telégrafo?• O telégrafo é um sistema concebido para transmitir mensagens de um ponto para outro em grandes distâncias, utilizando códigos para a rápida e confiável transmissão. As mensagens eram transmitidas através de um sistema composto por fios.• Significa, pela etimologia grega, transportar a escrita para longe.
  • 2. Por que surgiu?• O Telégrafo surgiu basicamente através da necessidade de se passar mensagens a distancias.
  • 3. Como está na atualidade?• Entre os séculos XIX e XX o telégrafo de Morse conheceu uma divulgação notável e permitiu assegurar as comunicações entre os navios em alto mar ou intercontinentais.• Após o telégrafo ter proporcionados a nós tal forma de comunicação, essas evoluíram para o telegrama e o telefone, levando ao desaparecimento do telégrafo agora considerado primitivo.
  • 4. - A invenção do telefone foi patenteada em 07 de1876, mas a data que ficou marcada na história datelefonia foi 10 de Março de 1876.- Foi criado pelo professor de fisiologia vocalAlexander Graham Bell.
  • 5. -Haviam investimentos pesados em estudos epesquisas para o envio de múltiplasmensagens pelo mesmo fio de telégrafo.- Os primeiros telefones eram conectados auma central manual e operados por umatelefonista.- Em 1960 surgiram os telefones com tecladoeletrônico.- Após várias atualizações e tecnologiasaprimoradas, hoje utilizamos o celular comoprincipal meio e comunicação pessoal.
  • 6. - O primeiro celular foi desenvolvido pela Ericsson,em 1956 denominado Ericsson MTA (MobilieTelephony A) pesava cerca de 40 quilos e foidesenvolvido para ser instalado em porta malas decarros.- Em 3 de abril de 1973, em Nova York, apresentouo modelo Motorola Dynatac 8000X. Usando essemodelo ocorreu a histórica primeira ligação de umaparelho celular, realizada porMartin Cooper,diretor de sistemas de operações daempresa Motorola. O aparelho, muito prosaico,tinha 25 cm de comprimento e 7 cm de largura,além de pesar cerca de 1 quilo.
  • 7. -Em 2006, a LG lançou o primeiro celulartotalmente sensível ao toque, o LG Prada(KE850).-Hoje utilizamos o celular não somente paracomunicação, mas também paraentretenimento, pesquisa, trabalhos entreoutras funções.
  • 8. Definição: “O rádio é um veículo de comunicação,baseado na difusão de informações sonoras, pormeio de ondas eletromagnéticas, em diversasfrequências. Ele pode ser caracterizado comoum meio essencialmente auditivo”. Características: “O rádio entre os meios de comunicação em massa pode ser considerado um dos mais populares, tendo alcance de público mundial. O receptor não precisa interromper suas ações para utilizá-lo, pois necessita apenas da audição, recebendo tranquilamente a mensagem simultânea, que além disso é considerada pública, rápida e transitória”.
  • 9. Contribuições•Michael Faraday: um grande sábio inglês que em1831 descobriu a indução magnética; •James C. Maxwell: onde matematicamente provou a existência das ondas eletromagnéticas;
  • 10. Contribuições• Heinrich Rudolph Hertz: baseadonos estudos de Maxwell, o professoralemão, comprovou na prática em1890 a existência das ondaseletromagnéticas, onde em seuexperimento fez saltar faíscasatravés do ar que separavam duasbolas de cobre. Em sua homenagem,as ondas de rádio passam a serchamadas de “Ondas Hertzianas”,usando-se também o “Hertz” comounidade de frequência.
  • 11. DescobertaEm 1890, Guglielmo Marconifoi nomeado como o“descobridor do rádio”. Marconiconseguiu através de seustestes transmitir sinais a umadistância de nove metros, logoapós 275 metros, então trêsquilômetros, e finalmente em1901, 3.200 quilômetros, sendoque a primeira mensagem foiconstituída de letras repetidasseguidamente.
  • 12. Evolução • Essencialmente, este meio de comunicação era usado para se comunicar com navios em alto-mar, sendo ele considerado apenas como uma extensão do telégrafo.• Mais tarde em1915 nos EstadoUnidos, naCompanhia deTelégrafos eTelefone, houveo aprimoramentodos microfones ereceptoresusados, para Rádio deque se fosse uso militar,possível um dostransmitir a voz primeiros ahumana. ser criado.
  • 13. Evolução Inicialmente, o meio era de uso exclusivo militar, mas não demorou muito para que iniciasse uma tragetória dentro das casas no formato de uma caixa.• Então conclui-se que apóso código Morse, veio a vozhumana, com as primeirastransmissões de óperas,leituras da bíblia e depoemas. Ao lado rádiodoméstico.
  • 14. EvoluçãoAtravés de experiências onde se enviava música aos receptores amadores,se conseguiu aumentar o número de ouvintes, incrementando assim ademanda por aparelhos. Com isso ficou evidente a possibilidade comercialdo aparelho.
  • 15. Evolução•Então pensou-se em algo maior,quando Harry P. Davis construiu aestação KDKA de Pittsburgh em 1920,como estimulo para a venda dosreceptores domésticos. A partir daí, seimplantaram outras estações em NovaYork e assim por diante.•Em 1922 se concluiu oestabelecimento do meio decomunicação, sendo considerado emtoda a Inglaterra e EUA, transmitindocom grande sucesso, desde notíciasjornalísticas,como a música queganhava um grande espaço.
  • 16. EvoluçãoDevido ao grande espaço que o rádio ganhou, houve a necessidade de secriar redes para o longo alcance, a primeira delas veio por volta de 1927,formando uma grande rede de estações que transmitiam para vários locaisdo mundo, desde os EUA até a Índia.
  • 17. No BrasilMais tarde em 1900, o padre, cientista eengenheiro Roberto Landell de Mouratesta a primeira transmissão de fala porondas eletromagnéticas, sem fio. Tendocomeçado suas pesquisas edesenvolvimento de aparelhos em 1893,antes de Marconi, foi impedido pormotivos religiosos, não tendo comopatentear sua obra antes de Marconi.
  • 18. No BrasilEm 1922, foi feita a primeirademonstração pública do meio, emcomemoração ao Centenário daIndependência do Brasil, desdeentão o rádio veio evoluindo noBrasil, transmitindo notícias,música, programas educacionais,política e propagandas.
  • 19. O Rádio hoje• Com a chegada da televisão, o rádiopassou por uma crise, porém acombinação música e notícias era maisviável para o rádio, principalmentedepois do transistor e do rádio deautomóvel.• Hoje, o rádio ainda é o meio decomunicação que atinge o maior númerode pessoas em todo o mundo e continuabuscando formas de se adaptar asmudanças globais.
  • 20. A história da fotografia pode ser contada a partirdas experiências executadas por químicos ealquimistas desde a mais remota antiguidade.Por volta de 350 a.C., aproximadamente naépoca em que viveu Aristóteles na Grécia antiga,já se conhecia o fenômeno da produção deimagens pela passagem da luz através de umpequeno orifício. Alhazen em torno do século X,descreveu um método de observação doseclipses solares através da utilização de umacâmara escura. A câmara escura, na época,consistia de um quarto com um pequeno orifícioaberto para o exterior.
  • 21. 1525 - Descobriu-se o escurecimento dos sais deprata.1604 - O físico-químico italiano Ângelo Salaestudou o escurecimento de alguns compostosde prata pela exposição à luz do Sol. Até então,se conhecia o processo de escurecimento e deformação da imagens efêmeras sobre umapelícula dos referidos sais, porém havia oproblema da interrupção do processo.
  • 22. 1725 - Johann Henrich Schulze, professor demedicina na Universidade de Aldorf, na Alemanha,conseguiu uma projeção e uma imagem com umaduração de tempo maior, porém não conseguiudetectar o porquê do aumento do tempo.Continuando suas experiências, Schulze colocou àexposição da luz do sol um frasco contendo nitratode prata, examinando-o algum tempo depois,percebeu que a parte da solução atingida pela luzsolar tornou-se de coloração violeta escura. Notoutambém, que o restante da mistura continuava com acor esbranquiçada original. Sacudindo a garrafa,observou o desaparecimento do violeta.
  • 23. Continuando, colocou papel carbono no frasco e o expôs ao sol, depois de certo tempo,ao remover os carbonos, observou delineados pelos sedimentos escurecidos padrõesesbranquiçados, que eram as silhuetas em negativo das tiras opacas do papel. Schulzeestava em dúvida se a alteração era devida à luz do sol, ou ao calor. Para confirmar se erapelo calor, refez a mesma experiência dentro de um forno, percebendo que não houvealteração. Concluiu então, que era a presença da luz que provocava a mudança.Continuando suas experiências, acabou por constatar que a luz de seu quarto erasuficientemente forte para escurecer as silhuetas no mesmo tom dos sedimentos que asdelineavam.
  • 24. 1817 - O francês Joseph-Nicéphore Niépceobteve imagens com cloreto de prata sobrepapel.1822 - Niépce conseguiu fixar uma imagempouco contrastada sobre uma placa metálica,utilizando nas partes claras betume-da-judéia.O betume ficava insolúvel sob a ação da luz, eas sombras na base metálica.
  • 25. 1826 - Foi feita a primeira fotografia diretamente da janela da casa de Niepce e encontra-se preservada até hoje. Esta descoberta se deu quando o francês pesquisava um métodoautomático para copiar desenho e traço nas pedras de litografia. Ele sabia que alguns tiposde asfalto entre eles o betume da judéia endurecem quando expostos à luz.Para realizar seu experimento, dissolveu em óleo de lavanda o asfalto, cobrindo com estamistura uma placa de peltre (liga de antimônio, estanho, cobre e chumbo).Colocou em cima da superfície preparada uma ilustração a traço banhada em óleo com afinalidade de ficar translúcida. Expôs ao sol este endureceu o asfalto em todas as áreastransparentes do desenho que permitiram à luz atingir a chapa, porém nas partesprotegidas, o revestimento continuou solúvel. Niépce lavou a chapa com óleo de lavandaremovendo o betume. Depois imergiu a chapa em ácido, este penetrou nas áreas em queo betume foi removido e as corroeu. Formando desta forma uma imagem que poderia serusada para reprodução de outras cópias.
  • 26. 1829 - Niepce e Louis-Jacques MandéDaguerre iniciaram suas pesquisas em e,dez anos depois, foi lançado o processochamado daguerreótipo. Este processoconsistia numa placa de ouro e prata,exposta a vapores de iodo, desta maneira,formava-se uma camada de iodeto deprata sobre a mesma.Quando numa câmara escura e exposta àluz, a placa era revelada em vapor demercúrio aquecido, este aderia onde haviaa incidência da luz mostrando as imagens.Estas, eram fixadas por uma solução detiossulfato de sódio. O daguerreótipo nãopermitia cópias, apesar disso, o sistema deDaguerre se difundiu.
  • 27. 1840 - Friedrich Voigtländer e John F. Goddard criaram lentes comabertura maior e ressensibilizaram a placa com bromo.
  • 28. 1841 - Wiiliam Henry Fox Talbot lançou o calótipo, processo mais eficiente para fixar aimagem. O papel impregnado de iodeto de prata era exposto à luz numa câmara escura, aimagem era revelada com ácido gálico e fixada com tiossulfato de sódio. Resultando numnegativo, que era impregnado de óleo até tornar-se transparente. O positivo se fazia porcontato com papel sensibilizado, processo utilizado até os dias de hoje. O calótipo foi a primeira fase na linha de desenvolvimento da fotografia moderna, o daguerreótipo conduziria à fotogravura, processo utilizado para reprodução de fotografias em revistas e jornais.
  • 29. 1851 - Frederick Scott Archer inventou a solução decolódio úmida. Era uma solução de piroxilina em étere álcool, adicionava um iodeto solúvel, com certaquantidade de brometo, e cobria uma placa de vidrocom o preparado. Na câmara escura, o colódioiodizado, imerso em banho de prata, formava iodetode prata com excesso de nitrato. Ainda úmida, a placaera exposta à luz na câmara, revelada por imersão empirogalol com ácido acético e fixada com tiossulfatode sódio.
  • 30. 1855 - O britânico Roger Fenton fotografa durante 4meses a guerra da Criméia. Para executar seutrabalho transforma uma carroça em quarto escuro. 1871 - Richard Leach Maddox fabricou as primeiras placas secas com gelatina em lugar de colódio.
  • 31. 1874 - As emulsões passaram a ser lavadas em água corrente, paraeliminar sais residuais e preservar as placas...1878 - O inglês Eadweard Muybridge fotografa o galope de um cavalo eseu cavaleiro.
  • 32. 1880 - O Jornal Daily Herald publica a primeira fotografia deimprensa, no mundo. 1889 - Eastman Kodak, lança sua primeira câmera comercial com capacidade para fazer 100 fotografias.
  • 33. 1907 - Os irmãos Auguste eLouis Lumiére introduzem oprimeiro processo fotográficocolorido. Este processoconsiste em preparar umaplaca de vidro coberta comgrãos coloridos e um pópreto que bloqueia a entradade luz. Sobre esta placa foicolocada uma emulsãosensivel a todas as cores,obtendo-se umatransparencia positiva.
  • 34. 1925 - A empresa alemã Leitz incia a comercializaçãoda famosa Leica 35mm. Essa câmera foi criada peloengenheiro Oskar Barnack.1926 - Ansel Easton Adams foi reconhecido como artista da fotografia e defensor do Yosimite(um parque localizado em Nevada, reconhecido, internacionalmente pelos seus espetacularesdesfiladeiros de granito). Uma de suas fotos: Monolith, a face of Half Dome constitui umaespécie de marco inicial da carreira do fotógrafo.
  • 35. 1932 - Aos 22 anos durante uma viagem deretorno à Marselha, Henri Cartier-Bresson descobriu a fotografia em sua vidainspirado por foto de Martin Munkacsi,fotógrafo hungaro publicada em uma revista. 1933 - Harold Edgerton inventou o Flash Eletronico.
  • 36. 1935 - Os norte-americanos Leopold Godowsky e Leopold Mannes inventam o filme de cromo. Conhecidos como slides, estes filmes reproduzem detalhes com muita perfeição. Hoje já não são mais produzidos.1938 - Robert Capa (Endre Ernõ Friedmann)um dos mais celebres fotógrafos de guerraregistra, durante o conflito sino-japones, aantólogica fotografia abaixo.
  • 37. 1939 - Man Ray e Lászio Moholy-Nagy iniciama manipulação de negativos (fotomantagem) eimpressão de imagem em papel fotografico(fotograma).1942 - A Kodak introduz o filme Kodacolorpermitindo a fotografia colorida.1945 - A Voigtilaender, empresa austríaca cria as lenteszoom, capazes de fotografar objetos à distância.
  • 38. 1948 - A Camera Polaroid é inventada porEdwin Land. 1988 - A Fotografia digital. As primeiras fotos foram feitas pelo programa espacial nort-americano. A Macintosh inicia processo de manipulação de imagens. Em 1990 a Kodak lançou a primeira câmera digital, a DSC 100.
  • 39. http://www.luizmascarenhas.com.br/artigos.asp
  • 40. •George Eastman inventou ofilme com celuloide, ThomasEdson inventou a câmera parao filme 1890. •Thomas Armat desenvolveu o projetor para os filmes, em 1896 produziu algumas cenas no Kinetoscope, mas não deu importância
  • 41. •Em 1895 – em Paris inaugurou uma sala de projeçãocinematográfica.•Os irmão Lumière França então começaram a fazeralguns filmes curtos, antes as pessoas ia pelatecnologia•Em 1900 diversos donos de galeria começaram aprojetar filmes.Na França a companhia Pathé montava a primeiragrande estrutura, fabricas de película, laboratóriosrevelação copia e montagem.
  • 42. • Nos outros países começaram a produzir filmes também, encouraçado potemking de 1925 do russo Sergei Eisenstein no mesmo período já era moda assistir o mesmo filme toda semana em torno de 30 milhões de pessoas;• Em 1920 o som chegou ao cinema era o principal diversão americana, além de ser o melhor veiculo de comunicação de sua cultura
  • 43. No BrasilNo Brasil a primeira exibição ocorreuem 1896, após isso em 13 de julho de1897 Paschoal Segreto e cunha Sales O primeiro filme foi patrocinado pelaexibiam periodicamente filmes em uma “ministro das Diversões” apelido dadosala na época a Paschoal, que patrocinou seu irmão Afonso Segreto, a fazer umO Jornal da época ressaltava esse filme, onde mostrava a Bahia deacontecimento como “a maior Guanabara.descoberta do mundo.” Até 1903 os irmão Segreto eram os únicos produtores. Quatro anos depois em 1907 já avia salas nas principais cidades brasileira, os donos da salas produziam seu próprio filme
  • 44. •Naquela época o cinema ajudava a propagar noticias um documentário sobre a criminalidade no Rio foi o maior sucesso, um estrangulamento, fez tanto sucesso que outra companhia refez o filme com o nome Os estranguladores. A música no cinemaA musica sempre fez parte da cultura e com o cinemaganhou mais força difundindo ainda mais a culturapopular o cinema neste período teve um estopimmuito forte.Mais de 100 filmes foram feitos pela produtora “Fabrica de Vistas de Labanca”
  • 45. O que salvou o cinema da completa extinção foram as revistasde cinematografia que dariam espaço a cultura nacional. Arevista “ para todos e seleta “ que debatia o cinema.
  • 46. •Foi na Cinedia que se gravou o primeiro filme com som direto na película,os grandes sucesso da época com “Coisa nossa” 1931 , “Voz do Carnaval” 1933 e “AlôAlô Brasil” 1935.•Em 1941, Sonofilms destruída por um incêndio;•Moacyr Fenelon fundava a Atlântida, junto com Paulo e Jose Carlos burle e o condePereira Carneiro.•“Moleque Tião” foi o 1º filme com grande sucesso de público•Atlantida: É considerado o 1º grande estudio de cinema no Brasil.
  • 47. • “Carnaval no fogo” (1950) de Watson Macedo, definiu as chanchadas musicais, gênero que marcou a década de 50. • 1949 – fundada a COMPANHIA CINEMATOGRÁFICA VERA CRUZ que produzia um cinema com “expressão cultural”. Foi a principal responsável pela divulgação do cinema brasileiro no exterior• Em 1953 CIA VERA CRUZ paralisou suas atividades por conta da suspensão do financiamento vindo do Banco do estado de são Paulo.• Lançado em outubro de 1954, “floradas na serra” foi o último longa produzido pela Cia. Vera Cruz.
  • 48. • Lançado em outubro de 1954, “floradas na serra” foi o último longa produzido pela Cia. Vera Cruz.• Sua decadência coincide com o surgimento da televisão.• No final da década de 50, com o surgimento da TV, houve uma renovação cultural. Na Europa e nos Estados Unidos foram criadas condições para que o cinema e a TV se apoiassem de forma complementar. No Brasil, a TV era considerada “inimiga” do cinema.
  • 49. • Cinema brasileiro ressuscitou nos anos 1970 com nova série de sucessos públicos, para ser esmagado em 1990 por Fernando Collor de Mello, o 1º presidente eleito pelo voto direto.• Não se pode afirmar que em algum momento de sua história o cinema brasileiro tenha sido um meio de comunicação em massa.
  • 50. O que é?A televisão nasceu como um sistema eletrônico que funciona a partir da conversão da luz e do som em ondas eletromagnéticas e de sua reconversão no aparelho televisor. Ela está disponível no mercado em cores, tamanhos, formatos e preços diferentes, e está presente na maioria dos lares.
  • 51. Como surgiu?Sua criação aconteceu por meio de estudos edescobertas de pessoas de diferentes partes do mundo. Em 1884, na Alemanha o pesquisador Paul Nipkow patenteou um disco que era mecânico, e que a princípio escaneava e com adaptações passou a transmitir imagens.
  • 52. • 1907: o inventor russo Tosing, conseguiu produzir um sinal usando tubos catódicos.
  • 53. • A primeira demonstração pública, aconteceu em Nova York, com imagens produzidas pela RCA, cerca de 15 anos depois.• O público saiu de lá frustrado, pois acharam que o que assistiram nada mais era do que cinema de péssima qualidade.
  • 54. • 1939: tiveram início as transmissões regulares e os primeiros aparelhos televisores começaram a ser vendidos ao público.• Feitos de madeira e com aparência de um móvel, possuíam um sintonizador manual e um número reduzido de canais. O som chegava antes da imagem e era preciso deixar o aparelho esquentar para que funcionasse.
  • 55. • 1948: a televisão a cabo é utilizada pela primeira vez em nos EUA.• 1950: pesquisas indicavam que havia mais norte-americanos vendo TV do que ouvindo rádio; ainda nesse ano surgem os primeiros controles remotos.
  • 56. No Brasil...• 1950: Francisco de Assis Chateaubriand Bandeira de Melo,inaugura a TV Tupi.• Chateaubriand distribuiu 200 aparelhos de TV pela cidade,para atrair o interesse público.• As transmissões ocorriam das 18hrs às 23hrs.
  • 57. • 1951: surgem as primeiras imagens coloridas, e a imagem e o som chegavam juntos para o telespectador.
  • 58. • Os materiais também vão sendo substituídos e passamos a ter tvs com gabinetes de plástico ao invés de madeira. • 1980: os novos modelos ganham controle remoto e sistema de sintonização 100% eletrônico.
  • 59. • 1997: TVs ganham modelo combo, que vem com videocassete acoplado• Daqui para a frente, a substituição pelas novas tecnologias vai ocorrer de uma forma mais acelerada.
  • 60. Como está hoje?O aparelho que surgiu como eletrodoméstico, e queno início era tido como artigo de luxo, se tornou um objeto praticamente indispensável, e evolui a cada dia desde seu surgimento.
  • 61. O ciberespaço, diferente da televisão, mais parecido comleitura sem censura, não é guardado por porteiros: porém nãopode escapar de associações históricas. (...) Ilusão erealidade estão diretamente ligadas, mas nenhuma delas éauto evidente. Há grande credulidade no mundo real doinicio do século XXI(Asa Briggs & Peter Burke.Uma história social da mídia)
  • 62. de escrever e ler, de falar e de ouvir, de produzir e receberinformação e , em última análise,
  • 63. lado, o texto escrito, livros, revistas, jornais e outros impressos, e,
  • 64. "A linguagem oral, está cada vez mais carregada de signos e palavras cujo significado diz respeito ao universo da informática e da rede.""Outro dia, um estagiário nos contava que havia ‘deletado’ a namorada...
  • 65. A história - Minitel (França - Telecom) e - Arpanet (EUA)A rede como conhecemos hoje surgiu como consequência de uma estratégia militar para preservar as redes de comunicação em caso de ataque nuclear, sendo independente de centros de comando e controle.Eniac: o primeiro computador digital eletrônico.
  • 66. No começo, a rede era usada pelos centrosde pesquisa que cooperavam com odepartamento de Defesa americano...Intercâmbios científicos (Arpanet)...Adaptações UNIX – 1969 do protocoloTCP/IP tornando possível a GLOBALIZAÇÃOda rede... Nos anos 80 era conhecidacomo Arpainternet, mais tarde INTERNET(comunicar, codificar e decodificar pacotesde dados – modens).1991 – Tim Berners-Lee criava a World WideWeb, ‘WWW’ – endereçamento dainternet... Home pages... Browsers em1993... (siga-o-link) ... URL... *Http
  • 67. A história no Brasil1980 – Transdata (Ligação entre Rio, SP e Brasília) – Primeiras iniciativas informais de rede surgiram em 1988 na ligação entre universidades e centros de pesquisas, com interesses acadêmico. Com o projeto RNP - Rede Nacional de Pesquisa.Nas imagens os principais backbones de Internet da rede RNP, uma das mais importantesdo Brasil. - (Um backbone é concentrador de redes privadas. No caso, a RNP é uma rede pública, mas as empresas como Oi, Telefônica, etc têm redes semelhantes.)
  • 68. A internet a nível global,... quase todo o mundo é cortado por cabos submarinos, e assimnos conectamos uns com os outros enquanto países.
  • 69. Sociedade da Informação “em torno de um único navegador (estão) as centrais de jornalismo, entretenimento e esportes. Nelas você escolhe o que quer ver, mostrar a sua playlist e assiste quando tiver vontade."A boa notícia é que, ainda que a internet cresça comercialmente, ela continuahorizontal, sem controle e anarquia."
  • 70. O impacto da Internet e sua constante evoluçãoDo acesso discado para a internet acessada pela banda larga, há uma mudança radical. Desta última para o sistema de transmissão sem fio (wireless), temosoutra revolução, com o usuário podendo acessar a rede enquanto se locomove.Daí para o acesso direto pelos celulares que agora recebem e transmitem som e imagem em movimento, trata-se realmente de uma mudança abissal."
  • 71. O impacto social"Os indivíduos abandonam o "deserto do real" pelo êxtase dahiper-realidade e pelo novo reino do computador."" Se na visão moderna as tecnologias eram uma extensão dos sereshumanos que a usavam para dominar e controlar a natureza, ospós-modernos acreditam que as tecnologias preponderarão eassumirão o controle dos seres humanos.”
  • 72. " ... MAS PELA TIRANIA DA INFORMAÇÃO. UMA OPRESSÃO QUENOS FAZ DIARIAMENTE VIVER A ANGUSTIA DE TANTO A SABER ETÃO POUCO TEMPO PARA PROCESSAR."
  • 73. Profª Léa Fagundes – Pioneira em pesquisa sobre o uso do computador na Educação noBrasil (UFRGS) – “o cérebro funciona em rede, como o computador. Antigamente, quandoo conhecimento era passado por meio do papel, era preciso ter ordem, porque se não se perdia o sentido. Agora, quando os nossos neurônios passam a funcionar dentro desse novo suporte, o cérebro se liberta”Jornalista Alessandra Kormann do caderno Folhateen: “ há algum tempo, a gente aprendiana escola que tudo tinha que ter um começo, meio e fim. Com a chegada do computador,essa história começou a ser reescrita, ou melhor, digitada em muitas janelas que se abrem simultaneamente, ao sabor da curiosidade de quem estiver interessado em lê-la”.“Eles sentem que estão vivendo o seu tempo, fazendo parte do mundo”.OS FILHOS DETEM PARTE DO SABER!
  • 74. “A experiência interativa propicia a troca apartir do indivíduo, que deixa de ser umespectador e passa a protagonizar o grandeteatro chamado mídia.”De onde vira a saída para essa frenéticacompetição de ser, estar e permanecer beminformado(a)? talvez acabemos todosvivendo a obesidade mórbida intelectual deuma sociedade extremamente competitiva,que cada dia mais valoriza não o que somos,nem o que temos, mas o quePARECEMOS SER OU TER, Faltadescobrir quem vai nos dar os modelos aseguir, e com qual INTENÇÃO.
  • 75. Obrigado!

×