Your SlideShare is downloading. ×
áLbum seriado
áLbum seriado
áLbum seriado
áLbum seriado
áLbum seriado
áLbum seriado
áLbum seriado
áLbum seriado
áLbum seriado
áLbum seriado
áLbum seriado
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

áLbum seriado

2,165

Published on

Published in: Entertainment & Humor
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,165
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Álbum Seriado = 16 páginasPapel ???? 320 g4X1 corFormato Vertical = 80X50 cmBrochuraPagina 1: Água e cidadania no Semiárido Projeto Construção de Cisternas Figura: - desenho da casa e cisterna (modificado) Realização: Logo da Asamil Apoio: 4 Logos (2 Gov. Federal, MDS e País Rico é País sem miséria – 2 Gov. Estadual, Sedes e Programa Água para Todos)Pagina 2: Apresentação O projeto Construção de Cisternas – Água e Cidadania no Semiárido realizado pelaAsamil em parceria com o Governo Federal e o Governo do Estado da Bahia tem como objetivo“contribuir com a Segurança Hídrica das famílias do Semiárido Baiano, através da construçãode 2.880 (duas mil oitocentas e oitenta) cisternas de consumo humano, em 11 (onze)municípios (Livramento de Nossa Senhora, Dom Basílio, Malhada de Pedras, Guajeru, Caraíbas,Ibipitanga, Paramirim, Piatã, Abaíra, Rio de Contas e Ibitiara).” Este Álbum Seriado aborda informações sobre como Cuidar da Água no Semiárido, emoutras palavras, como Gerenciar os Recursos Hídricos para convivência no Semiárido e oresgate da Cidadania. Este material foi elaborado para uso das pessoas na comunidade,complementando o conhecimento que foi discutido durante o Curso de GRH para as famílias epara os ACS (Agentes Comunitários de Saúde). Assim, em qualquer momento as pessoaspoderão consultar este material quando alguma dúvida surgir. Todo cidadão brasileiro tem direito ao acesso à água, recurso natural indispensável àvida, à promoção social e ao desenvolvimento humano. Desta forma, a água de chuva captadade telhados e armazenada em cisternas, disponível para o consumo humano, representa uma
  • 2. fonte de água segura e limpa, protegida da evaporação, poluição e contaminação, garantindoe assegurando as famílias o direito à vida com segurança e saúde.Pagina 3: Disponibilidade de água no planeta Terra:- Figura pag. 83 (Cartilha: A busca da água no sertão – convivendo com o semiárido)Vamos imaginar que toda água do planeta (doce e salgada) pode ser representada em umcopo de água, somente uma gota deste copo representa a quantidade de água doce, vejafigura abaixo:- desenho do copo e pingo (cartilha Água, Vegetação e Lixo) Ciclo da Água:Toda água é água da chuva, seja a dos rios, das lagoas, do lençol freático (subterrânea), do mar.Vamos conhecer o ciclo da água:- desenho de um ciclo da água (??? pegar referência)Página 4: As 4 Linhas de Usos da Água 1. Água para Família  Consumo humano: para beber, cozinhar e escovar os dentesCisternas de Consumo (captação da água da chuva – próximo a casa, deve ser bem cuidada) 2. Água para Comunidade  Consumo humano: para tomar banho, lavar louça e roupaBarreiros, Açudes, Lagoas na terra – devem ser cercados para que os animais não entrem econtaminem a água  Consumo animal: para os animas beberemBarreiros, Açudes, Lagoas na terra 3. Água de produção  Para produção da lavoura (alimento)Cisternas de Produção, Poço Artesiano
  • 3. 4. Água de emergência  Para uso da comunidade em períodos de grande estiagem (seca)Poço Artesiano, Poço Tubular, Açudes,- figuras: pag. 59 (Cartilha: A busca da água no sertão – convivendo com o semiárido)Legenda:1= Cisterna de Consumo (captação da água da chuva)2= Açudes, Lagoas na terra3= Cisternas de Produção, Poços artesianos4= Poço ArtesianoPágina 5: Captando Água da Chuva* Como captar a água da chuva?A água da chuva deve ser captada do telhado da nossa casa, colocando calhas de PVC e tubospara que a água da chuva seja conduzida e armazenada em cisternas (tanques) de placas decimento.- figura cisterna, telhado, calhas e tudos PVC* Que água podemos captar?Podemos captar a água da chuva e armazenar em Cisternas, Cacimbas, Poços Artesianos,Lagoas.* Como tratar da água da cisterna de consumo usada para beber, cozinhar e fazer higienebucal?Pode ser feita de algumas formas, por exemplo: - FiltrarDepois de coletada água da cisterna, filtrar e armazenar em uma jarra ou filtro de água (vasilhalimpa).-figura pag. 57 (Cartilha: A busca da água no sertão – convivendo com o semiárido) - Usar hipoclorito de sódioDepois de filtrar, colocar 2 gotas de hipoclorito de sódio para cada 1 litro de água, esperar 30minutos antes de consumir.- figura pag. 27 (Cartilha: Uma aula diferente) - FerverA água pode ser fervida por 10 minutos, e depois colocada na jarra ou filtro de água paraconsumo.
  • 4. Página 6: Cuidando da Água da CisternaEvite a contaminação da água, veja como:1- a água da primeira chuva é para lavar o telhado, não deixe entrar na cisterna a sujeira dotelhado;- figura pag. 17 (Cartilha: Uma aula diferente)2- limpe as calhas que capta a água da chuva;- figura pag. 18 (Cartilha: Uma aula diferente)3- mantenha a porta da cisterna fechada, não lave animais dentro da cisterna;- figura pag. 20 (Cartilha: Uma aula diferente)4- use a bomba de água para retirar a água da cisterna;- figura pag. 19 (Cartilha: Uma aula diferente)5- ???????????????Página 7: Cuidando da Cisterna* deixar sempre a cisterna com um pouco de água, para evitar rachaduras no cimento.* com a cisterna sem água, lave a cisterna por dentro utilizando uma vassoura nova (semcontaminação de micróbios) e sabão em barra, jogue fora toda água utilizada na limpeza (lavara cada 1 ou 2 anos).* mantenha a cisterna sempre fechada, utilize a bomba de água para retirar a água da cisterna.* a área da cisterna deve ser cercada para evitar que animais cheguem perto da água, sujandoe contaminado a água com fezes.* 1 vez por ano pinte a cisterna com cal, para evitar micróbios.- figura pag. 13 (Cartilha: Uma aula diferente)Página 8:- tabela: Consumo de água para alguns seres vivos
  • 5. Pag. 41 (Cartilha: A busca da água no sertão – convivendo com o semiárido) ou Pág. 36(Cartilha GRH, acrescentar consumo de algumas hortaliças)- tabela: Aproveitamento da água – Solo com cobertura seca X Solo capinadoPag 35 (Cartilha: A roça no sertão – convivendo com o semiárido)Página 9: Distribuição da chuvaVocê pode medir a quantidade de chuva que chega em sua casaO Medidor de Chuva é chamado também de Pluviômetrodesenho de um pluviômetro Como usar: 1- Escolha um local a alguns metros distantes da casa, longe de árvores. 2- Finque um pé de pau de 1 metro de comprimento e amarre, em cima, seu pluviômetro. 3- A chuva vai cair dentro do pluviômetro, depois de cada chuva observe o número marcado na régua. 4- Anote este número em uma tabela, significa a quantidade de chuva que cair em seu terreno. Anote também o dia e o mês que essa quantidade de chuva caiu. 5- Depois de anotar, jogue a água fora. 6- Repita esses passos todo dia que chover. 7- Ao final do mês faça a soma e você saberá quanto choveu na sua roça ou na sua casa.Página 10:Você pode também medir a quantidade de chuva que cai no seu telhado, e assim calcularquanto de água da chuva pode captar e armazenar em uma cisterna.desenho de telhado e uma cisterna Em média, 1 pessoa precisa de 13,5 Litros de água por dia para beber, cozinhar e escovar os dentes (1 pessoa = 13,5 L de água/dia).
  • 6. Em 30 dias e 8 meses de seca 1 família com 5 pessoas vai precisar de 16.200 Litros de água por ano. (1 família X 5 pessoas x 13,5 L/dia X 30 dias X 8 meses = 16.200 L de água/ano/família) Por exemplo, neste desenho a casa tem: 1- Telhado com 40 m2 2- Último inverno choveu 400 mm 3- O telhado tem capacidade de armazenar 16.000 L de chuva por ano (40m2 X 400mm/ano = 16.000 mm/ano).Página 11: Regiões e Climas do Brasil-Desenho página 33 Convivência com o Semiárido:Semiárido significa semi úmido.A depender da região e do país, a quantidade de chuva, em regiões semiáridas, varia entre 300a 700 mm por ano, e a temperatura varia entre 20 a 40 oC no ano.Todo tipo de vegetação depende da composição do solo e do clima da região. No SemiáridoBaiano encontramos a vegetação conhecida como Caatinga, com plantas e animais adaptadosa conviver neste clima. Os animais mais adaptados ao Semiárido Baiano são: Cabras, Ovelhas,Abelhas nativas.Existe uma diversidade de plantas presentes no Semiárido Baiano, como por exemplo: Caju,Jurubeba, Umbu, Jurema, Palma e muitas outras. Estas plantas, chamadas de vegetação nativa,trazem inúmeros benefícios para a terra e para as pessoas, como:  Abrigo e Alimento (frutos) para diversos animais;  Alimento (frutos) para o ser humano;  Armazena água;  Produz sombra e umidade;  Produz matéria orgânica (os nutrientes são reciclados e disponibilizados no solo);  Mantém a terra rica e o solo fofo;  Traz chuva para a região.
  • 7. A árvore do Umbu – Umbuzeiro, fruta nativa do Nordeste Brasileiro que cresce na Caatinga,significa “árvore que dá de beber”, pois suas raízes são compostas por grandes batatas quechegam a armazenar entre 2 a 3 litros de água.Página 12: Doenças provocadas pela água contaminadaQuando a água não está limpa, pode ser um meio de transmissão de diversas doenças ao serhumano e aos animais. Conheça algumas doenças transmitidas pela água:* Diarréia: transmitida com muita facilidade por micróbios. Os sintomas são dores de barriga,vômitos, mal estar, tontura, boca seca. A contaminação é através da água e alimentoscontaminados, falta de higiene pessoal (mãos sujas), utensílios sujos ou mal lavados.Caracterizada por perda de líquidos, aumento do número e volume das evacuações, podendoapresentar muco ou sangue, causando a desidratação do corpo.* Cólera: doença infecciosa causada por uma bactéria que ataca o intestino humano econtamina a água, através das fezes da pessoa doente. A contaminação ocorre devido à faltade higiene e saneamento básico. Os sintomas da doença diarréia, vomito e desidratação.A reidratação domiciliar pode ser feita de várias formas, por exemplo:- Soro Caseiro: 1 copo cheio de água, 1 medida rasa de sal, 2 medidas rasas de açúcar. Misturetudo e prove, o soro caseiro deve ser menos salgado que a lágrima.- Chá de folha de goiabeira- Chá de folha de mangueira- Água de côco- Água de arroz- Sucos de frutas: goiaba, caju, limãoPágina 13: Doenças provocadas pela água contaminadaAs verminoses intestinais são doenças caudadas por vermes e micróbios que vivem e semultiplicam no intestino humano, são eliminados sob a forma de ovos ou larvas nas fezes dapessoa doente.
  • 8. A transmissão acontece quando as fezes ficam no chão, descobertas, contaminando a água, osolo e os alimentos.Os sintomas são enjôo, diarréia, gases, dores na barriga, falta de apetite, cansaço, palidez,perda de peso, febre, anemia.O tratamento deve ser feito com medicamentos, converse com o Agente Comunitário deSaúde da sua comunidade, consulte um médico para que ele garanta a medicação correta paraseu tratamento. Importante atentar que quando alguém da família estiver contaminado éprovável que outros integrantes também estejam. Portanto, o tratamento deve ser feito comtodos os integrantes da família.Vamos conhecer algumas verminoses:* Lombriga (Ascaris Lumbricoides): são vermes que vivem no intestino humano, são cilíndricose esbranquiçados, medem entre 15 a 40 cm de comprimento. Estes vermes são capazes deroubar de 50% a 90% das proteínas do hospedeiro (pessoa, animal). Os ovos podem serencontrados nas fezes do hospedeiro e o verme adulto pode ser eliminado pela boca, nariz ouânus.- figura* Solitária (Taenia sp.): são vermes achatados, chegam a medir até 9 m de comprimento(maior verme que existe), podem eliminar de 30 a 60 mil ovos por dia. Existe 2 tipos desolitária, uma que parasita o porco e o homem (Taenia Solium) e outra que parasita o boi e ohomem (Taenia Saginata). A pessoa se contamina quando come carne de porco ou boicontaminada mal cozida desses animais.- figura* Amarelão (Ancylostoma duodenale): verme cilíndrico que pode medir entre 0,7 a 1,7 m decomprimento. Aloja-se no intestino onde suga o sangue da vítima, podendo causar anemia.- figuraPágina 14: Doenças provocadas pela água contaminada* Barriga d’água (ou Esquistossomose) (Shistosoma mansoni): são vermes muito perigosos,instalam-se no intestino, baço e canais do fígado humano. A barriga aumenta de volumedevido ao crescimento desproporcional do fígado e baço, por isso é conhecida como barrigad’água. A transmissão é feita pela água de rios e lagos contaminados com larvas desse vermeque se desenvolvem no caramujo.- figura
  • 9. * Oxiurus: são vermes brancos, miúdos e finos como uma linha, vivem no intestino grossoprovocando coceira anal e vaginal. Os ovos ficam na pele, roupas, lençol, mãos e unhas Oprincipal mecanismo-figura* Giárdia (Giardia sp.): são vermes muito pequenos, não sendo vistos a olho nu somente comajuda de microscópio.-figura*Ameba: são vermes muito pequenos, não sendo vistos a olho nu somente com ajuda demicroscópio.-figuraPágina 15: Como saber se a água está contaminada? - quando a água apresentar cheiro, - quando a água apresentar materiais em suspensão, - quando a água possuir sabor ruim, - quando existir presença de bactérias, vermes e protozoários na água. Como evitar, prevenir as Doenças provocadas pela água contaminada?* lavar bem as mãos com água e sabão- figura álbum seriado* tratar a água antes de utilizar- figura álbum seriado* cuidar dos alimentos antes de comer- figura álbum seriado*coletar e acondicionar o lixo- figura álbum seriado* manter os animais cercados- figura álbum seriado
  • 10. Página 16: A NATUREZA GRITA (Padre Cícero) Não derrube o mato, nem mesmo um só pé de pau! Não toque fogo no roçado nem na caatinga! Não cace mai e deixe os bichos viverem! Não crie boi nem bode soltos! Faça cercado e deixe o pasto descanser para se refazer! Não plante sem serra acia nem faça roçado em ladeira muito em pé!Deixe o mato protegendo a terra para que a água não a arraste e não se perca a sua riqueza! Faça uma cisterna no oitão de sua casa para guardar água de chuva!Plante, cada dia, pelo menos um pé de algaroba, de caju, de sabiá ou outra árvore qualquer, até que o sertão todo seja uma mata só! Aprenda a tirar proveito das plantas da caatinga, como a maniçoba, a favela e a jurema. Elas podem ajudar a conviver com a seca! Se o sertanejo obedecer a estes preceitos, a seca vai aos poucos se acabando, o gado melhorando e o povo terá sempre o que comer. Mas, se não obedecer, dentro de pouco tempo o sertão todo vai virar um deserto só. Projeto Construção de Cisternas “Água e Cidadania no Semiárido” Convênio 010/2010 - SEDES/MDS Convênio 084/2011 – ASAMIL/SEDES Presidente Mario Silva Souza Coordenação Geral Administrador Geral Caio Tatamiya Rodrigues Antonio Carlos de Souza Coordenadores Microrregionais Gerentes Administrativos Adão Azevedo Chaves Cledison de Souza Dilto Aguiar de Souza Gilberto Ferreira da Silva Neto Maura Maria Pezzato Comunicador Social Secretária Executiva Hugolino da Silva Lima Neto Ana Helena Gomes Santos Luciana Marinho dos Santos Motorista Auxiliares Administrativos Sérgio Castro Silva Diego Lessa Dourado Ivo Ribeiro Lima Técnicos de Campo André Pereira Correia Aparecido Barbosa de Oliveira Jaques Roberto de Jesus Nelson Antônio Lima Correia
  • 11. João Aparecido Aparecido Ramos da Costa Antônio Caldas de Souza José George dos Santos Silva Romilson Oliveira da Silva

×