Relatório do orientador de estudos

23,259
-1

Published on

RELATÓRIO DA FORMAÇÃO

Published in: Education
0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
23,259
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
363
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Relatório do orientador de estudos

  1. 1. 1PACTO NACIONAL PELA ALFABETIZAÇÃO NA IDADE CERTARelatório do orientador de estudos1. INFORMAÇÕES BÁSICAS:NOME DO ORIENTADOR(A) DE ESTUDO: Andréa Perez LeinatMUNICÍPIO: Pontes e Lacerda – MTNOME DA FORMADORA: Luciene Miranda FariaUNIDADE REFERENTE A ESTE RELATÓRIO: Unidade 01LOCAL DOS ENCONTROS DE FORMAÇÃO: Escola Estadual Deputado Dormevil FariaTOTAL DE PROFESSORES INSCRITOS: Catorze (14)2. FREQUÊNCIA (considerar cada momento como um turno de 4 horas de encontro, conformedistribuição explicitada na seção Sugestões para os encontros de formação)Momento 1 (data: 12/04/2013): 14 professores presentesMomento 2 (data: 13/04/2013): 14 professores presentesMomento 3 (data: 13/04/2013): 12 professores presentes3. ATIVIDADES PLANEJADAS/REALIZADASMomento 1Atividades planejadas Atividades realizadas ComentáriosApresentação do Grupo.(Expectativas dos professores)Iniciando a conversaDiscurso individual Cada educador apresentou-se e expos asua opinião sobre o que se espera daformação sobre o Pacto pelaAlfabetização na Idade CertaMensagem – Vídeo - Há escolasque são gaiolas...Como vocês veem aeducação nos dias de hoje?Cada educador relatou a suaexperiências.Leitura deleite – Contratopadronizado para docentes deescola elementar –EstadosUnidos da América – 1923Construir o contratodidático com os educadores(início, lanche, término doencontro, etc.)Houve participação ativa na elaboraçãodo contrato e gostaram como era ocontrato didático de educadores nosEstados Unidos da América no ano de1923.Apresentação do Pacto Slides: Síntese do Cadernode ApresentaçãoEsclarecimento das dúvidas sobre comoocorrerá a formação do Pacto pelaAlfabetização na Idade Certa.
  2. 2. 2Calendário Sociocultural Montar coletivamente umcalendário sociocultural,desenvolvendo ascapacidades de leitura eescrita, no qual sejaindicados para cada mêsescolar, um ou maistemas relevantes darealidade do nossomunicípio e organizandoa prática de ensino numaperspectivacontextualizada.Os educadores estarão reunindo com osprofessores do 2º e 3º anos para estaremmobilizando a comunidade escolar emações de interação entre escola ecomunidade.Momento 2Atividades planejadas Atividades realizadas ComentáriosLeitura Deleite: Desculpe-me Leitura e questionamentos. Os professores relataram que aimpressão que deixamos nas pessoas éimpossível de apagar. Por isso, temosque controlar as palavras, ser paciente epensar antes de falar.Leitura dos textos: Currículo naalfabetização: concepções eprincípios - ano 01; Caderno deEducação Especial - aalfabetização de crianças comdeficiência: uma propostainclusiva; Currículo no Ciclo deAlfabetização: Perspectiva parauma Educação do Campo:Unidade 01.Vídeo – Currículos eProgramas;- Alfabetização eLetramento: Conceitos eRelações;- Alfabetização eLetramento – Salto para oFuturo ( Magda Soares)- Avaliação em LínguaPortuguesa;- Educação InclusivaTrabalho em grupo: Cadagrupo ficou responsávelpara identificar as ideiasprincipais do texto;Discussão sobre quais sãoas ideias comuns aoscadernos Currículo naalfabetização:concepções e princípios -ano 01 e Currículo noCiclo de Alfabetização:Perspectiva para umaEducação do Campo:Unidade 01, sobre asdiferenças entre eles pormeio de exposiçãodialogada.Os grupos apresentaram para os demaiscolegas, compartilhando experiências esaberes.Após cada apresentações de cadatemática dos grupos, foi feito ofechamento com slides das ideiasprincipais e o vídeo para complementaras apresentações.
  3. 3. 3Momento 3Atividades planejadas Atividades realizadas ComentáriosLeitura deleite: Este AdmirávelMundo LoucoLeitura em slides Os professores relataram como era aescola nos anos anteriores e como éhoje.Direitos de Aprendizagem deLíngua PortuguesaLeitura em slides do direitode aprendizagem de LínguaPortuguesaOs professores destacaram os direitosde aprendizagem de língua portuguesa,qual a sua importância e discutiram seos livros didáticos estão contemplandoesses direitos.Apresentação dos Eixos eCapacidadesExposição dialogada, comfoco no eixos e capacidadesde Leitura; Produção deTextos Escritos; Oralidade;Análise linguística:discursividade, textualidade enormatividade e Análiselinguística: Apropriação doSistema de EscritaAlfabética.Foi apresentado cada eixo ecapacidade com discussão e sugestõesde atividades, para os professoresestariam trabalhando em sala de aula.Eixos/Capacidades do SIGA Apresentação dascapacidades dos SIGAjuntamente com algumascapacidades do Pacto.Os educadores conseguiram visualizarque as capacidades do Siga estãocontemplando juntamente com as doPacto.Orientação do diagnóstico Slides com leituras esugestões de diagnósticospara o primeiro ano.Os educadores fizeram a avaliaçãodiagnóstica de Língua portuguesaenvolvendo os eixos AnáliseLinguísticas : Apropriação do Sistemade Escrita; Leitura; AnáliseLinguísticas : Discursiva; Textualidadee Normativa. Ficando decidido quetodos estariam aplicando o mesmodiagnóstico.Mensagem final – Dinâmica -Um Belo CoraçãoSlide com a leitura “Um BeloCoração”, para quetenhamos um coração belo épreciso saber o que é averdadeira beleza e comoconquistá-la.Os educadores fizeram a troca decorações com uma palavra deautoestima.Avaliação para os professoresreferente ao encontro (12 horas)Ficha de avaliaçãoindividual.
  4. 4. 44. ANÁLISE DOS ENCONTROS4.1 Considerando os objetivos da Unidade, expostos na seção Iniciando a Conversa, você considera que osobjetivos foram alcançados?Através dos encontros desta formação e da avaliação dos participantes, pude constatar que os objetivosda unidade 01 foram alcançados, mesmo tendo que ser sintetizado os temas devido o tempo.4.2 Quais foram os aspectos positivos dos encontros de formação dessa unidade?Interação, troca de experiências, participação e compromisso de todos durante os encontros e nasatividades propostas.4.3. Quais foram os aspectos negativos dos encontros de formação dessa unidade?O tempo reduzido para explorar os temas de suma importância que trazem os cadernos.4.4 Como foi o entrosamento do grupo?Houve um entrosamento satisfatório com participação ativa nas discussões e dos temas sugeridos noscadernos.4.5. Como foi a troca de experiências entre os professores?Foi gratificante, pois os professores relataram experiências vivenciadas em suas práticas pedagógicas.4.6. Quais temas foram mais apreciados pelos professores?Percebi que todos os temas foram apreciados pelos educadores e em especial apresentação dos eixos ecapacidades juntamente com a avaliação diagnóstica.4.7. Houve algum tipo de dificuldade com/e entre os professores no momento de formação?Não houve, apenas o tempo que não ajudou, pois na parte da tarde do dia treze choveu muito, por isso,faltou duas cursista.5. REFLEXÕES DO ORIENTADOR DE ESTUDO FRENTE À SUA EXPERIÊNCIA ENQUANTOFORMADOR5.1 Quais as suas angústias vividas na preparação do planejamento?Foi reduzir o tempo para inserir as temáticas para serem trabalhadas.5.2 Quais foram suas maiores dificuldades e conquistas?A maior dificuldade encontrada foi o tempo reduzido para trabalhar a formação, pois tive que sintetizar ostemas para abordá-los de forma subjetiva. A conquista foi conduzir a formação com clareza e acima de tudoenvolvendo os professores nas discussões.6. IMPACTOS DA FORMAÇÃO PARA SUA ATUAÇÃO COMO ORIENTADOR (A) DE ESTUDOS6.1. Os encontros de formação promovidos pela Universidade têm auxiliado seu trabalho como orientador(a) de estudos?Com certeza é fundamental para nós orientadores os encontros promovidos pela Universidade, poisoportunizou materiais, conhecimentos significativos que nos subsidiarão para a nossa dinamicidade nasformações dos professores em nosso Município.6.2. Quais foram os aspectos positivos dos encontros de formação promovidos pela Universidade?
  5. 5. 5As palestras, os estudos em grupos, as trocas de experiências e saberes possibilitados nos encontros deformação promovidos pela Universidade são aspectos positivos que vão conduzir nosso sucesso na formação dosprofessores.6. 3. Quais foram os aspectos negativos dos encontros de formação promovidos pela universidade?O tempo reduzido para aprofundar os conhecimentos necessários contidos nos cadernos.

×