Frutos & Pseudofrutos<br />Anderson, Angélica, Francielly, Lorena e Marielly<br />
Frutos<br />Após a fertilização, o óvulo se desenvolve e dá origem à semente, enquanto o ovário se transforma em frutos qu...
Estrutura dos Frutos<br />Pericarpo<br />
Frutos<br />Na maioria dos casos é assim, porém há frutos que não têm semente em seu interior. São chamados frutos parteno...
Classificação dos frutos – Quanto à origem carpelar<br />Frutos simples: origina-se de uma flor com um único ovário. Ex.: ...
Classificação dos frutos – Quanto à origem carpelar<br />Fruto agregado: origina-se de uma flor com vários ovários. Ex.: f...
Classificação dos frutos – Quanto à origem carpelar<br />Fruto múltiplo: compõe-se de ovários de diversas flores. Ex.: Jac...
Classificação dos frutos – Quanto à natureza do pericarpo<br />Fruto carnoso: apresenta pericarpo suculento; pode ser do t...
Frutos Carnosos<br />Baga: apresenta sementes livres, facilmente separáveis do fruto. Ex.: melancia, berinjela, pepino, uv...
Frutos Carnosos<br />Drupa: apresenta geralmente uma única semente aderida ao endocarpo, que é espesso e duro. Ex.: pêsseg...
Frutos Secos<br />Apresentam pericarpo não-suculento; podendo ser deiscente ou indeiscente.<br />
Pseudofrutos<br />Em algumas espécies, além do ovário, outras partes da flor crescem depois da fecundação e podem tornar-s...
Pseudofrutos<br />A  maçã e a pêra são outros exemplos de pseudofruto. O fruto verdadeiro é a parte central endurecida, de...
Desenvolvimento do receptáculo floral na maçã<br />
Pseudofruto Agregado<br />O morango é um fruto agregado pois se origina de uma única flor com vários ovários. O desenvolvi...
Pseudofruto Múltiplo<br />O abacaxi é um fruto múltiplo ou infrutescência, originando-se a partir de várias flores reunida...
Papel Evolutivo dos Frutos<br />O papel principal do fruto é a proteção da semente, posteriormente, ocorreram adaptações q...
Papel Evolutivo dos Frutos<br />Quando as sementes terminam seu desenvolvimento, o ovário de certas espécies da planta acu...
Quanto a dispersão das sementes pode ocorrer<br />Anemocoria – Quando os frutos ou as sementes apresentam projeções em for...
Quanto a dispersão das sementes pode ocorrer<br />Hidrocoria – Outros frutos como o coco-da-baía, são adaptados à dispersã...
Trabalho à respeito de frutos e pseudofrutos <br />apresentado pelos discentes<br />Anderson<br />Angélica<br />Francielly...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Frutos & Pseudofrutos

62,631

Published on

Published in: Business, Technology
2 Comments
11 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
62,631
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
871
Comments
2
Likes
11
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Frutos & Pseudofrutos

  1. 1. Frutos & Pseudofrutos<br />Anderson, Angélica, Francielly, Lorena e Marielly<br />
  2. 2. Frutos<br />Após a fertilização, o óvulo se desenvolve e dá origem à semente, enquanto o ovário se transforma em frutos que quando maduros apresentam-se constituídos de pericarpo.<br />
  3. 3. Estrutura dos Frutos<br />Pericarpo<br />
  4. 4. Frutos<br />Na maioria dos casos é assim, porém há frutos que não têm semente em seu interior. São chamados frutos partenocárpicos (do grego parthenos, virgem, e karpos, fruto), que se desenvolvem sem a formação da sementes, como nas linhagens cultivadas de banana.<br />
  5. 5. Classificação dos frutos – Quanto à origem carpelar<br />Frutos simples: origina-se de uma flor com um único ovário. Ex.: tomate, pêssego e berinjela.<br />
  6. 6. Classificação dos frutos – Quanto à origem carpelar<br />Fruto agregado: origina-se de uma flor com vários ovários. Ex.: framboesa e morango.<br />
  7. 7. Classificação dos frutos – Quanto à origem carpelar<br />Fruto múltiplo: compõe-se de ovários de diversas flores. Ex.: Jaca, abacaxi.<br />
  8. 8. Classificação dos frutos – Quanto à natureza do pericarpo<br />Fruto carnoso: apresenta pericarpo suculento; pode ser do tipo baga ou tipo drupa.<br />
  9. 9. Frutos Carnosos<br />Baga: apresenta sementes livres, facilmente separáveis do fruto. Ex.: melancia, berinjela, pepino, uva, tomate, goiaba e laranja.<br />
  10. 10. Frutos Carnosos<br />Drupa: apresenta geralmente uma única semente aderida ao endocarpo, que é espesso e duro. Ex.: pêssego, azeitona, manga, abacate e coco-da-baía.<br />
  11. 11. Frutos Secos<br />Apresentam pericarpo não-suculento; podendo ser deiscente ou indeiscente.<br />
  12. 12.
  13. 13.
  14. 14.
  15. 15. Pseudofrutos<br />Em algumas espécies, além do ovário, outras partes da flor crescem depois da fecundação e podem tornar-se comestíveis. Essas partes são denominadas pseudofrutos (do grego pseudes, falso). O cajú, é a parte dura no qual em seu interior se localiza a castanha-de-caju. A parte suculenta e comestível do cajú origina-se do desenvolvimento do pedicelo da flor e é, portanto um pseudofruto.<br />
  16. 16. Pseudofrutos<br />A maçã e a pêra são outros exemplos de pseudofruto. O fruto verdadeiro é a parte central endurecida, de revestimento coriáceo,dentro do qual se localiza as sementes. As partes suculentas são pseudofrutos, uma vez que se originam do receptáculo floral.<br />
  17. 17. Desenvolvimento do receptáculo floral na maçã<br />
  18. 18. Pseudofruto Agregado<br />O morango é um fruto agregado pois se origina de uma única flor com vários ovários. O desenvolvimento de cada ovário produz um frutículo,cada um dos pequenos pontos escuros localizados na superfície do morango. A porção suculenta e comestível do morango origina-se do receptáculo floral, tratando-se, portanto, de um pseudofruto.<br />
  19. 19. Pseudofruto Múltiplo<br />O abacaxi é um fruto múltiplo ou infrutescência, originando-se a partir de várias flores reunidas em uma inflorescência. Na época da floração, o curtíssimo caule da planta se alonga, engrossa e forma pequenas flores vermelhas reunidas em uma inflorescência. Cada flor começa a desenvolver-se em um pequeno fruto que, ao crescer, funde-se com os vizinhos. O resultado é uma estrutura cônica que lembra o estróbilo de uma conífera. Outro exemplo de infrutescência é o figo.<br />
  20. 20. Papel Evolutivo dos Frutos<br />O papel principal do fruto é a proteção da semente, posteriormente, ocorreram adaptações que conferiram ao fruto a função de disseminar as sementes, fazendo-as chegar a lugares distantes da planta que as produziu. Isso garante que novas plantas não concorram com sua genitora e suas irmãs pelos recursos do ambiente; por outro lado, permite que elas se espalhem e colonizem novos ambientes, com maior chance de sobrevivência da espécie.<br />
  21. 21. Papel Evolutivo dos Frutos<br />Quando as sementes terminam seu desenvolvimento, o ovário de certas espécies da planta acumula açúcares e cresce, tornando-se vistoso e muitas vezes perfumado. Isso sinaliza os animais, inclusive aos seres humanos, a presença de alimento disponível. Ao comer ao fruto, o animal libera as sementes e as dispersa pelo ambiente.<br />
  22. 22. Quanto a dispersão das sementes pode ocorrer<br />Anemocoria – Quando os frutos ou as sementes apresentam projeções em forma de asas (frutos alados ou sementes aladas), sendo transportados pelo vento.<br />Zoocoria – Quando os frutos com apêndices aderem aos pelos ou às penas de animais, que cumprem assim o papel de disseminá-los.<br />
  23. 23. Quanto a dispersão das sementes pode ocorrer<br />Hidrocoria – Outros frutos como o coco-da-baía, são adaptados à dispersão pela água. O mesocarpo fibroso do coco retém ar e possibilita a flutuação.<br />ep = epicarpo<br />ms = mesocarpo fibroso<br />es= endocarpo associado<br />à casca da semente<br />end = a parte comestível<br />e a “agua” constituem o <br /> endosperma da semente<br />
  24. 24. Trabalho à respeito de frutos e pseudofrutos <br />apresentado pelos discentes<br />Anderson<br />Angélica<br />Francielly<br />Lorena<br />Marielly<br />Sob orientação da<br />Profª Maria Cristina.<br />Escola Estadual “Heronides Araújo”<br />Barra do Garças – MT<br />Junho de 2009<br />
  1. Gostou de algum slide específico?

    Recortar slides é uma maneira fácil de colecionar informações para acessar mais tarde.

×