Projeto Formação Continuada
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Projeto Formação Continuada

on

  • 1,987 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,987
Views on SlideShare
1,945
Embed Views
42

Actions

Likes
1
Downloads
59
Comments
0

6 Embeds 42

http://zeni-aprendereensinar.blogspot.com.br 31
http://www.zeni-aprendereensinar.blogspot.com.br 5
http://zeni-aprendereensinar.blogspot.com 2
http://zeni-aprendereensinar.blogspot.pt 2
http://www.blogger.com 1
http://131.253.14.98 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Projeto Formação Continuada Projeto Formação Continuada Document Transcript

  • PREFEITURA MUNICIPAL DE VILHENA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO – SEMEDESCOLA MUNICIPAL DE ENS. FUND. ANGELO MARIANO DONADONPROPOSTA PARA FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES “O COTIDIANO ESCOLAR COMO ESPAÇO DE REFLEXÃO E CONSTRUÇÃO DE NOVAS RELAÇÕES E NOVOS SABERES” FEVEREIRO/2009
  • Identificação: • Instituição: EMEF. Angelo Mariano Donadon • Diretora: Karla Amorin • Vice-Diretor: Janio Vasconcelos • Supervisora Escolar: Anandréia Trovó (autora deste projeto) • Supervisora Escolar: Sueli Friol • Orientadora Educacional: Cleonice Batista • Orientadora Educacional: Elisabete • Público-alvo: Professores e demais educadores da escola que atuam de 6ª a 9ª série do ensino fundamental.
  • Justificativa: A formação contínua de educadores da educação torna-se emergenteno que tange a superação da fragmentação dos sistemas de graduação naformação docente nos últimos anos em nosso País, como destaca a pesquisarealizada pela Fundação Carlos Chagas e Nova Escola: “O currículo doscursos de voltados para formação docente, não contempla o “quê” e o “como”ensinar nem prepara para a realidade escolar”. Desta maneira as atividades deformação continuada têm a função de proporcionar ao professor a atualizaçãocom as mais recentes pesquisas sobre as didáticas das diversas áreas, alémda reflexão sobre a prática. Este trabalho contínuo na escola deverá serorganizado e acompanhado pelo coordenador pedagógico, dentro dasnecessidades dos docentes. Essas atividades bem direcionadas que sãodesenvolvidas durante o horário coletivo é uma iniciativa que apresentaresultados mais efetivos. A LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação) define no inciso I, Art. 61a associação entre teorias e práticas, inclusive mediante capacitação emserviço. No inciso III, Art. 63, destaca programas de educação continuada paraos profissionais de educação dos diversos níveis. Com o intuito de estabelecer momentos de reflexões coletivas entre oseducadores da Escola Angelo Mariano Donadon de modo a proporcionarmomentos de interação e atualização dos conhecimentos, principalmente paraanálise das mudanças que ocorrem na prática pedagógica, bem como atribuirdireções esperadas a essas mudanças. Contudo direcionaremos a formação continuada de modo a propordiversas ações que serão realizadas no âmbito escolar através de encontrossemanais com duração de duas horas cada um, seminários, HTPC (horário detrabalho pedagógico coletivo), orientações técnicas e estudos individuais.Efetivando a formação continua dos educadores tornando esses momentos emricos espaços de formação. Como aborda o Caderno de Base Legal paraInstitucionalização da Formação Continuada: “Portanto, é preciso pensar a formação docente como momentos de um processo contínuo de construção de uma prática docente qualificada e de afirmação da identidade, da profissionalidade e da profissionalização do professor”.
  • Objetivo:Repensar a prática educativa, do que está sendo ensinado ao que está sendoavaliado. Proporcionar aos docentes de 6ª a 9ª série do ensino fundamental nodecorrer do ano de 2009, a atualização com as mais recentes pesquisas sobreas didáticas das diversas áreas, além da reflexão sobre a prática, de modo apromover a melhoria do processo ensino aprendizagem.Objetivos Específicos: 1. Desenvolver a formação continuada e eficiente; 2. Envolver toda a equipe docente da escola; 3. Acompanhar a evolução dos educadores; 4. Sanar as dificuldades encontradas em sala de aula no processo de ensinagem. 5. Estimular os docentes para a busca de novos conceitos e propor desafios para discussões e apresentações. 6. Realizar avaliação contínua para verificação da eficiência dos estudos realizados para observação do grau de aproveitamento e envolvimento dos educadores frente as suas expectativas e necessidades; 7. Ter foco no conhecimento didático e seu aprimoramento; 8. Propor aos docentes estratégias que possam detectar o nível de aprendizado em que cada aluno se encontra. 9. Discutir as intervenções para lidar com a diversidade encontrada em sala de aula. 10. Desenvolver habilidades de comunicação básica entre os que ensinam. 11. Desenvolver a criatividade para aulas diferenciadas. 12. Desenvolver programas de apoio aos alunos que apresentam dificuldades de aprendizagem. 13. Apresentar várias maneiras de criar e disseminar as melhores estratégias de ensino. 14. Propor visitas a sala de aulas de colegas para observação do seu trabalho. 15. Propor estratégias interdisciplinares para as atividades cotidianas. 16. Fazer revisões e análises com a equipe docente sobre as atividades realizadas permitindo avaliar quais as que resultam em mais envolvimento e aprendizagem. 17. Realizar atividades reflexivas em consonância com as necessidades exigidas pelo MEC. 18. Incentivar os docentes a atualizarem-se constantemente com leituras revistas pedagógicas, livros, pesquisas, etc. 19. Realizar registros dos encontros para acompanhar o desenvolvimento das atividades se está tendo o alcance esperado. 20. Permitir ao professor o desenvolvimento de um trabalho avaliativo com base em habilidades e competências. 21. Contribuir para o aperfeiçoamento da autonomia do professor na sua prática pedagógica.
  • Estratégias: 1. Colaborar para a compreensão e melhoria do processo ensino aprendizagem nas áreas temáticas de Língua Portuguesa e Matemática prioritariamente com análise das Matrizes de Referência do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica - SAEB seus Tópicos e Descritores – Também como meio de compreender e refletir sobre a prática com estudos de alguns fascículos do material Pró-Letramento e Gestar II. 2. Refletir e debater as concepções do currículo e seus eixos organizativos relacionando com a prática vivenciada no ambiente escolar. Através do Material: Indagações sobre o Currículo, estudando os cinco livros da coleção: i. Currículo e Desenvolvimento Humano; ii. Educando e Educadores: seus direitos e o currículo; iii. Currículo, Conhecimento e Cultura; iv. Diversidade e Currículo; v. Currículo e Avaliação. 3. Apresentar e debater os estágios de desenvolvimento da aprendizagem segundo Jean Piaget. 4. Aprofundar as reflexões sobre as múltiplas inteligências. 5. Refletir sobre as competências e habilidades por disciplina. 6. Propor a construção de indicadores avaliativos por disciplina. 7. Conhecer detalhadamente os distúrbios de aprendizagem e condutas típicas, com como bullyng e problemas de aprendizagem e Síndrome de Burnout em Professores.Observação: Os trabalhos terão a colaboração da Orientação Educacional paratemas que serão abordados. E também convidados de outras escolas.Cronograma:Os encontros da Formação Continuada serão realizados nas quartas-feiras nohorário das 13h30min as 15h00min. O horário das 15h30min as 17h00minserão destinadas ao planejamento coletivo e reuniões pedagógicas.A organização desta proposta se constitui em três módulos: • Módulo I – carga horária 40 horas: Gestão e Organização do Trabalho Pedagógico. • Módulo II – carga horária 40 horas: Elementos Conceituais e Operacionais ä prática Reflexiva. • Módulo III – carga horária 40 horas: A Proposta Pedagógica e Implementação do Programa Gestão da Aprendizagem Escolar – Gestar II, para as séries finais do Ensino Fundamental.
  • Módulo I – carga horária 40 horas: Gestão e Organização do Trabalho Pedagógico.FEVEREIRO 1° ENCONTRO: - Entrega de Kits aos professores. Momentos com Orientadoras Dia 25 Educacionais e Proposta de trabalho-2009. 13h00min as 18h00min - Exposição do projeto norteador da escola (Professora Lucimar). 2° ENCONTRO: - Proposta de divisão mensal de ações e sugestão de Dia 26 atividades. 07h00 as - Conversa sobre plano anual, tira dúvidas. 13h00min - Análises das competências e habilidades eixos norteadores Prova Brasil. - Proposta para elaboração da matriz de referência avaliativa para as demais disciplinas com exemplos da Prova Brasil. - Prosseguimento das elaborações plano anual e adequações 3° ENCONTRO: das exigências do projeto norteador. Dia 27 - Planejamento da abertura do ano letivo. 07h00 as - Elaboração do plano de aula para primeira semana. 13h00min - Divulgação do cronograma de atividades da proposta de formação contínua e procedimento do desenvolvimento.MARÇO 4° ENCONTRO: - Análise das avaliações do GESTAR/simulado. Debate sobre Dia 04 as questões nelas abordadas. 13h30 as - Elaboração dos gabaritos. 15h00min - Distribuição dos materiais Indagações Sobre o Currículo. 5° ENCONTRO: - Leitura e análise da reportagem Revista Nova Escola N° 219 – Dia 11 jan/fev2009 sobre “Produção de Texto”. 13h30 as - Leitura e discussão sobre Síndrome de Burnout em 15h00min Professores. 6° ENCONTRO: - Troca de experiências e reflexão individual e em grupo sobre Dia 18 texto (1ª parte) do livro Currículo e Desenvolvimento Humano, 13h30 as Coleção: Indagações Sobre o Currículo – pág. 17 a 33. 15h00min 7° ENCONTRO: - Troca de experiências e reflexão individual e em grupo; sobre Dia 25 texto (2ª parte) do livro Currículo e Desenvolvimento Humano, 13h30 as Coleção: Indagações Sobre o Currículo – pág. 34 a 54. 15h00min 8° ENCONTRO: - Troca de experiências e reflexão individual e em grupo; Dia 01 Fascículo 4: Organização e Uso da Biblioteca Escolar e das 13h30 as Salas de Leitura, Material Pró-Letramento Língua Portuguesa. 15h00min
  • ABRIL 9° ENCONTRO: - Troca de experiências e reflexão individual e em grupo; Dia 08 Fascículo 7: Modos de Falar e Modos de Escrever, Material Pró- 13h30 as Letramento Língua Portuguesa. 15h00min 10° ENCONTRO: - Troca de experiências e reflexão individual e em grupo; Dia 15 Fascículo 6: Tratamento de Informação. Material Pró- 13h30 as Letramento Matemática. 15h00min 11° ENCONTRO: - Troca de experiências e reflexão individual e em grupo; Dia 22 Fascículo 8: Avaliação da Aprendizagem em Matemática nas 13h30 as séries iniciais. Material Pró-Letramento Matemática. 15h00min 12° ENCONTRO: - Troca de experiências e reflexão individual e em grupo; Livro Dia 29 Educando e Educadores: Seus Direitos e o Currículo, coleção: 13h30min as Indagações Sobre o Currículo. 15h00min - Avaliação do Módulo. Módulo II – carga horária 40 horas: Elementos Conceituais e Operacionais ä prática Reflexiva.ABRIL 1° ENCONTRO: Dia 06 - Troca de experiências e reflexão individual e em grupo sobre 13h30 as Distúrbios da Aprendizagem, Condutas Típicas, Bullyng e 15h00min Problemas de Aprendizagem.MAIO 2° ENCONTRO: - Troca de experiências e reflexão individual e em grupo; Livro Dia 13 (1ª Parte) Currículo Conhecimento e Cultura, pág. 17-30, 13h30 as coleção: Indagações Sobre o Currículo. 15h00min 3° ENCONTRO: - Troca de experiências e reflexão individual e em grupo; Livro Dia 20 (2ª Parte) Currículo Conhecimento e Cultura, pág. 31-48, 13h30 as coleção: Indagações Sobre o Currículo. 15h00min 4° ENCONTRO: - Pesquisas, Exposições e Debates dos Estágios de Dia 27 Desenvolvimento segundo Jean Piaget. 13h30 as 15h00min 5° ENCONTRO: - Troca de experiências e reflexão individual e em grupo; Livro Dia 3 (1ª Parte) Diversidade e Currículo, pág. 17-27, coleção: 13h30 as Indagações Sobre o Currículo. 15h00min
  • JUNHO 6° ENCONTRO: - Troca de experiências e reflexão individual e em grupo; Livro Dia 10 (2ª Parte) Diversidade e Currículo, pág. 28-47, coleção: 13h30 as Indagações Sobre o Currículo. 15h00min 7° ENCONTRO: - Oficina: Retomada as Matrizes de referência da Prova Brasil – Dia 17 SAEB. Como base para elaboração do 2° Simulado. 13h30 as 15h00min 8° ENCONTRO: - Oficina: Elaboração do 2° simulado. Dia 24 13h30 as 15h00min 9° ENCONTRO: - Troca de experiências e reflexão individual e em grupo; Livro Dia 01 (1ª Parte) Currículo e Avaliação, pág. 17-26, coleção: 13h30 as Indagações Sobre o Currículo. 15h00minJULHO 10° ENCONTRO: - Estudos, Exposições e De Troca de experiências e reflexão Dia 08 individual e em grupo; Livro (2ª Parte) Currículo e Avaliação, 13h30 as pág. 27-43, coleção: Indagações Sobre o Currículo. 15h00min 11° ENCONTRO: - Visualização e reflexão do filme: “Nenhum a Menos”. Dia 15 - Avaliação do módulo. 13h30 as 15h00min Módulo III – carga horária 40 horas: Conhecimento da Proposta Pedagógica e Implementação do Programa Gestão da Aprendizagem Escolar – Gestar II, para as séries finais do Ensino Fundamental.AGOSTO A NOVEMBRO - Compreender a proposta do Gestar II (de modo superficial). - Realizar estudos dos seis cadernos de Teoria e Prática de Língua Portuguesa: 1. Linguagem e Cultura; 2. Análise Lingüística e Análise Literária; Total de 16 3. Gêneros e Tipos Textuais; encontros no 4. Leitura e Processos de Escrita I; segundo 5. Estilo, Coerência e Coesão; semestre 6. Leitura e Processos de Escrita II. - Realizar estudos dos seis cadernos de Teoria e Prática de Matemática: Previsão de 1. Matemática na alimentação e nos impostos; horário 2. Matemática nos esportes e nos seguros; 13h30min as 3. Matemática nas formas geométricas e na ecologia; 15h00min 4. Construção do conhecimento matemático em ação; 5. Diversidade Cultural e Meio Ambiente: de estratégias de contagem às propriedades geométricas. 6. Matemática nas migrações e em fenômenos cotidianos.
  • Obs: Poderá haver Certificação o que dependerá da freqüência, conceitos,auto-avaliação e avaliação do processo.Recursos:Contaremos com o apoio da Secretaria Municipal de Educação na aquisição detais equipamentos e ou materiais para o acontecimento do Programa deFormação Continuada na Escola.Item Descrição Quant. Valor R$ 01 Ambiente adequado (sala ampla e 01 - arejada) 02 Kits materiais Gestar II 15 - 03 Folhas xerocopiadas 2000 250,00 04 Notebook 01 1.800,00 05 Projetor de multimídia 01 2.000,00 06 Microcomputador 01 1.200,00 07 Estabilizador de energia elétrica 01 100,00 08 Impressora laser 01 600,00 09 Impressora jato de tinta 01 400,00 10 Materiais de expediente (papel Variadas 500,00 sufite, pincel quadro branco, quadro branco reabastecedor QB, sufitão, cartolina, pincéis marcadores, etc. 11 Câmera digital para registro das 01 500,00 ações 12 Televisor 29’ 01 500,00 13 DVD 01 200,00 14 Certificados 15 100,00 15 Confraternização 02 600,00 Valor Total R$: 8.750,00Avaliação: O processo avaliativo desta proposta se dará da seguinte maneira:
  • Ao final de cada módulo a equipe estará fazendo avaliações pré-estabelecidas através de fichas preparadas do processo do programa bemcomo a auto-avaliação da contribuição dos estudos para a melhoria de suaprática docente. Sendo, portanto flexível o replanejamento das ações eestratégias utilizadas no decorrer do período de modo a atender asespecificidades da clientela. Também fará parte à síntese descritiva individual dos estudos realizadospar cada um dos envolvidos nos momentos de HTPC, bem como sugestões demudanças. A Coordenação das atividades caberá relatar os encontros comassinatura dos participantes, justificar caso aconteça imprevistos da nãorealização da programação, fazer relatórios de conclusão das ações ao final decada módulo. Fazer portfólio dos estudos e seus materiais e registrospossíveis. Enviar a SEMED relatório final das ações para a certificação dosparticipantes.Bibliografia:VIEIRA, Alexandre Thomaz. ALMEIDA, Maria Elisabeth B de. ALONSO, Mirtes. Gestão Educacinal e Tecnológica. São Paulo: Avercamp, 2003.NOGUEIRA, Nilbo Ribeiro. Pedagogia de Projetos: Uma jornada interdisciplinar rumo ao desenvolvimento das múltiplas inteligências. São Paulo: Érica, 2001.PERRENOUD, Philippe. Avaliação: da excelência a regulação das aprendizagens – entre duas lógicas. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999.MASDEVALL, Mª Tereza G. COSTA, Victória M. PARETAS, Mª Gracia S. Propostas de Intervenção na Sala de Aula. São Paulo: Madras, 2003.ALVES, Nilda. Formação de Professores: Pensar e Fazer. 7ªed. São Paulo: Cortez, 2002.ZAGURI, Tânia. O Professor Refém: para pais e professores entenderem por que fracassa a Educação no Brasil. 5ªed. Rio de Janeiro: Record, 2006.RABELO, Edmar Henrique. Avaliação: Novos Tempos, Novas Práticas. Rio de Janeiro: Vozes, 1998.GANDIN, Danilo. A Prática do Planejamento Participativo. Rio de Janeiro: Vozes, 1994.LUCK, Heloisa. A Escola Participativa: O Trabalho do Gestor Escolar. 4ªed. Rio de Janeiro: DP&A, 2000.LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO. Brasília: Senado Federal – Secretaria Especial de Editoração e Publicação. 2008 (Senadora Fátima Cleide).
  • PLACCO, Vera Mª N. de Souza. ALMEIDA, Laurinda Ramalho de. O Coordenador Pedagógico e o Cotidiano da Escola. São Paulo: Loyola, 2003.JOSÉ, Elisabete da Assunção. COELHO, Mª Tereza. Problemas de Aprendizagem. 12ªed. São Paulo: ÁticaPROJETO ESCOLA VIVA: Garantindo o Acesso e permanência de todos os alunos na escola: Alunos com Necessidades Educacionais Especiais. Vol. 2 MEC/SEB.PROGRAMA GESTÃO DA APRENDIZAGEM ESCOLAR, Gestar II. Guia Geral: Brasília: MEC/SEB, 2008.PROGRAMA GESTÃO DA APRENDIZAGEM ESCOLAR, Gestar II. Língua Portuguesa: Caderno do Formador. Brasília: MEC/SEB, 2008.PROGRAMA GESTÃO DA APRENDIZAGEM ESCOLAR, Gestar II. Matemática: Caderno do Formador. Brasília: MEC/SEB, 2008.REVISTA NOVA ESCOLA: Formação: A Origem do Sucesso (e do fracasso) Escolar. São Paulo: Abril, n° 216/Outubro, 2008.REVISTA NOVA ESCOLA: Planejamento. São Paulo: Abril, Ed. Esp. n° 21/Janeiro, 2009.REVISTA NOVA ESCOLA. Produção de Texto: Escrever de Verdade. São Paulo: Abril, n° 219/Janeiro/Fevereiro, 2009.PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DOS ANOS/SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: Matemática. Brasília: MEC/SEB, 2007.PROGRAMA DE FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DOS ANOS/SÉRIES INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: Língua Portuguesa. Brasília: MEC/SEB, 2007.LIMA, Elvira Souza. Indagações Sobre o Currículo: Currículo e Desenvolvimento Humano. Brasília: MEC/SEB, 2008.ARROYO, Miguel Gonzáles. Indagações Sobre o Currículo: Educando e Educadores: seus direitos e o currículo. Brasília: MEC/SEB, 2008.MOREIRA, Antônio Flávio Barbosa. Indagações Sobre o Currículo: Currículo, Conhecimento e Cultura. Brasília: MEC/SEB, 2008.GOMES, Nilma Lino. Indagações Sobre o Currículo: Diversidade e Currículo. Brasília: MEC/SEB, 2008.
  • FERNANDES, Cláudia de Oliveira. Indagações Sobre o Currículo: Currículo e Avaliação. Brasília: MEC/SEB, 2008.Disponível na Internet: Síndrome de Burnout em Professores – Identificação, Tratamento e Prevenção. www.charif.com.br , 2008.Disponível na Internet: www.mps.com.br/infoserv/renascer/neurologia.htmlDisponível na Internet: www.psiqweb.med.br/cursos/linguag.htmlDisponível na Internet: www.psicopedagogiabrasil.com.br/disturbios.html