Neuropsicopedagogia: Novo campo de atuação profissional
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Neuropsicopedagogia: Novo campo de atuação profissional

on

  • 26,954 views

Neuropsicopedagogia: o que é? Quais as leis que regulamentam? O que faz o neuropsicopedagogo?

Neuropsicopedagogia: o que é? Quais as leis que regulamentam? O que faz o neuropsicopedagogo?

Statistics

Views

Total Views
26,954
Views on SlideShare
26,869
Embed Views
85

Actions

Likes
8
Downloads
259
Comments
0

4 Embeds 85

https://cursosrapidosonline.com.br 27
https://www.xn--cursosonlinedaeducao-7yb1g.com.br 25
https://cesbonline.com.br 18
https://www.cursosonlinecursos.com.br 15

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Neuropsicopedagogia: Novo campo de atuação profissional Document Transcript

  • 1. www.neuropsicopedagogianasaladeaula.blogspot.com.br 1 Neuropsicopedagogia Ana Lúcia Hennemann1 Nos últimos cem anos, nossa visão de como ocorrem os processos cerebraisvem sofrendo muitas mudanças. Novas concepções de estímulo-aprendizagem vemsendo reformuladas, diante às contribuições das Neurociências. Diferentes camposde conhecimentos perceberam a necessidade de agregar os estudos dasneurociências aos seus. Sendo assim, começam a surgir interesse dos maisdiversos campos da ciência, tais como: neurobiologia, neurofisiologia, neuroquímica,neuropediatria, neuropsicologia, neuropedagogia e também a Neuropsicopedagogia. Para ter a especialização em “neuro” em qualquer área, faz-se necessáriajornadas de muito estudo, pesquisa, conhecimento das funções cerebrais.Entretanto cabe ressaltar que existem neurocientistas clínicos e experimentais, queconforme Bear (2008, p.14) [...] a pesquisa em Neurociências (e os neurocientistas) pode ser dividida em dois tipos: clínicas e experimentais. Pesquisa clínica é basicamente conduzida por médicos. As principais especialidades dedicadas ao sistema nervoso humano são a neurologia, a psiquiatria, a neurocirurgia e a neuropatologia (Tabela 1.1). Muitos dos que conduzem as pesquisas clínicas continuam a tradição de Broca, tentando deduzir as funções das várias regiões do encéfalo a1 Ana Lúcia Hennemann – Professora das séries iniciais da educação. Especialista em Alfabetização e EducaçãoInclusiva. Pós Graduanda em Neuropsicopedagogia Clínica. Graduanda em Psicologia. E-mail:ana_hennemann@hotmail.com 1
  • 2. www.neuropsicopedagogianasaladeaula.blogspot.com.br 2 partir dos efeitos comportamentais das lesões. Outros conduzem estudos para verificar os riscos e os benefícios de novos tipos de tratamento. Fonte: Neurociências: Desvendando o Sistema Nervoso – BEAR. 2008 Porém, Bear (2008) ainda apresenta outra tabela com alguns tipos deespecialistas que se aliaram aos conhecimentos neurocientíficos, sendoconsiderados assim, Neurocientistas Experimentais, onde os Neuropsicopedagogospodem se enquadrar. Fonte: Neurociências: Desvendando o Sistema Nervoso - BEAR.2008 2
  • 3. www.neuropsicopedagogianasaladeaula.blogspot.com.br 3 Numa visão mais abrangente, pode-se dizer que Neuropsicopedagogia é umaciência que estuda o sistema nervoso e sua atuação no comportamento humano,tendo como enfoque a aprendizagem. A Neuropsicopedagogia procura fazer inter-relações entre os estudos das neurociências com os conhecimentos da psicologiacognitiva e da pedagogia. A Neuropsicopedagogia tem sua base na Psicopedagogia, porém conformeKrug (2011) além das atribuições do psicopedagogo de estudar as características daaprendizagem humana, processos de ensinagem e a origem das alterações naaprendizagem promovendo a identificação, diagnóstico, reabilitação e prevençãofrente às dificuldades e distúrbios das aprendizagens, o neuropsicopedagogo,mediante seus saberes e conhecimentos em neurociências, poderá elaborarpareceres de encaminhamento para neurologistas, pediatras e psiquiatras,auxiliando-os na identificação diagnóstica, mediante o quadro de sintomas e queixaprincipal. A Neuropsicopedagogia tem as mesmas bases de regulamentação daPsicopedagogia, pautadas nos seguintes documentos: • Lei 3124/97 – Senado Federal, que pode ser acompanhada a sua tramitaçãopelo site da Câmara dos Deputados; • Certificado de especialista com registro no MEC – CNE; • Estar devidamente registrado na ABPp; Também as atividades e atribuições do profissional em Psicopedagogia,servem de base para os da Neuropsicopedagogia, conforme dispõe o art. 4º doprojeto de lei 3512 de 2008, que regulamenta a função de psicopedagogo: intervenção psicopedagógica, que visa a solução dos problemas deaprendizagem; realização de diagnóstico psicopedagógico; utilização de métodos, técnicas e instrumentos psicopedagógicos para apesquisa, prevenção, avaliação e intervenção relacionadas à aprendizagem; consultoria e assessoria psicopedagógicas; apoio psicopedagógico; supervisão em trabalhos teóricos e práticos em psicopedagogia; orientação, coordenação e supervisão dos cursos de psicopedagogia; direção de serviços de psicopedagogia; 3
  • 4. www.neuropsicopedagogianasaladeaula.blogspot.com.br 4 projeção, direção ou realização de pesquisas psicopedagógicas. Contudo, os Neuropsicopedagogos possuem um conhecimento melhorestruturado sobre a função cerebral, entendendo a forma como esse cérebro recebe,seleciona, transforma, memoriza, arquiva, processa e elabora todas as sensaçõescaptadas pelos diversos elementos Em entrevista para a ABPp,sensores para, a partir desse O Dr. Mercadante contextualiza aentendimento, poder adaptar as NEUROPSICOPEDAGOGIA como: • Um campo dometodologias e técnicas educacionais a conhecimento que procura reunir ostodas as pessoas e principalmente, avanços advindos das neurociênciasaquelas com características cognitivas e com a psicopedagogia.emocionais diferenciadas. Diante desses • O profissional com essasaberes, os Neuropsicopedagogos perspectiva tem conhecimentopoderão desempenhar funções como: amplo das bases neurobiológicas do aprendizado, do comportamento, Rever aspectos do das emoções, e dominar osdesenvolvimento humano a partir das elementos clássicos danovas descobertas das neurociências; psicopedagogia. • Essencial para o Enumerar fatores que afetam mapeamento do modo donegativa e positivamente o aprendizado de crianças comdesenvolvimento neuropsicológico; transtornos neuro–psiquiátricos, Reconhecer aspectos envolvidos assim como para o estabelecimentonos processos de memória e atenção de programa de intervenções.relativos à aprendizagem; Dr. Marcos Mercadante – Compreender os problemas Psiquiátra – Pós-Doutorado emreferentes ao Déficit de Atenção e Hiperatividade, transtornos deInfância. Psiquiátria da aprendizagem paraque se realizem encaminhamentos pedagógicos pertinentes a cada caso; Relacionar memória e desenvolvimento destacando recursos que favorecema aprendizagem; Assessoramento técnico frente a instituições voltadas ao trabalho deEducação Especial Inclusiva, Atendimento Clínico ou, em mais recente proposta, noapoio ao trabalho com a Saúde Mental. De acordo com o Centro-Sul Brasileiro de Pesquisa e Extensão –CENSUPEG, considerada uma das instituições pioneiras no Brasil em ofertar o 4
  • 5. www.neuropsicopedagogianasaladeaula.blogspot.com.br 5Curso de Pós-Graduação com Especialização em Neuropsicopedagogia, osprofissionais desta área são qualificados para:• Compreender o papel do cérebro do ser humano em relação aos processosneurocognitivos na aplicação de estratégias pedagógicas nos diferentes espaços daescola, cuja eficiência científica é comprovada pela literatura, que potencializarão oprocesso de aprendizagem.• Intervir no desenvolvimento da linguagem, neuropsicomotor, psíquico e cognitivodo indivíduo.• Adquirir clareza política e pedagógica sobre as questões educacionais ecapacidade de interferir no estabelecimento de novas alternativasneuropsicopedagógicas e encaminhamentos no processo educativo.• Compreender e analisar o aspecto da inclusão de forma sistêmica, abrangendoeducandos com dificuldades de aprendizagem e sujeitos em risco social. Entretanto, ainda se faz necessária a regulamentação daNeuropsicopedagogia, seguindo assim o exemplo do Conselho Regional dePsicologia, o qual regulamentou o Especialista em Neuropsicologia, porém, no siteda Associação Brasileira de Psicopedagogia há informações de quais osprocedimentos legais para abrir um consultório voltado a prática psicopedagógica.Fontes de Consulta:ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PSICOPEDAGOGIA. Estatuto da associaçãoBrasileira de Psicopedagogia- ABPp. São Paulo, [2012] Disponível online em:http://www.abpprs.com.br/cms/files/estatuto.pdf Acesso em 18/04/2012ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PSICOPEDAGOGIA. Faq- Mercado de Trabalho eAtuação do Psicopedagogo. São Paulo, [2012] Disponível online em:http://www.abpp.com.br/faq_aspectos.htm Acesso em 18/04/2012BEAR, F. Mark. CONNORS, Barry. Neurociências: Desvendando o SistemaNervoso. 3.ed. Porto Alegre, ARTMED, 2008.BRASIL. Pós-Graduação. Disponível online em:http://portal.mec.gov.br/index.php?Itemid=349&id=387&option=com_content&view=article Acesso em 19/04/2012 5
  • 6. www.neuropsicopedagogianasaladeaula.blogspot.com.br 6CAMARA DOS DEPUTADOS. Projeto de Lei 3.124/97. Disponível emhttp://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=19139Acesso em 22/04/2012CAMARA DOS DEPUTADOS. Projeto de Lei 3.512/08. Disponível emhttp://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=398499Acesso em 22/04/2012CENTRO SUL-BRASILEIRO DE PESQUISA, EXTENSÃO E PÓS-GRADUAÇÃO -CENSUPEG. Neuropsicopedagogia Clínica. Disponível online em:http://www.censupeg.com.br/censupeg_site/index.php/onde-atuamos/sc/89-neuropsicopedagogia-clinica Acesso em 10/05/2012CONSELHO REGIONAL DE PSICOLOGIA. Atuação do Psicólogo especialistaem Neuropsicologia. Disponível online emhttp://www.crppr.org.br/download/277.pdf Acesso em 25/04/2012KRUG, Clarice L. Neuropsicopedagogia e Contextos de Atuação. NovoHamburgo: CENSUPEG, 2011. Aula expositiva do Curso de NeuropsicopedagogiaClínica e Educação Inclusiva.RACY, Andrea. VIEIRA, Patrícia. Entrevista com: Dr Marcos TomanikMercadante. Associação Brasileira de Psicopedagogia. Disponível online em:http://www.abpp.com.br/entrevistas/06.htm Acesso em 12/05/201Resolução Nº 02 de 03/2004. Disponível emhttp://www.jusbrasil.com.br/diarios/286687/dou-secao-3-05-03-2004-pg-120 Acessoem 25/04/2012 6