Estatística
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Estatística

  • 666 views
Uploaded on

Representar dados estatísticos através de tabelas e gráficos

Representar dados estatísticos através de tabelas e gráficos

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
666
On Slideshare
666
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
30
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. INTRODUÇÃO
  • 2. Exemplos:1 ) as indústrias costumam realizar pesquisas entre os consumidores antes do lançamento de um novo produto no mercado.2º) as pesquisas eleitorais fornecem elementos para que os candidatos direcionem a campanha.3º) A pesquisa do desempenho dos atletas ou das equipes em uma partida ou em um campeonato interfere no planejamento dos treinamentos.4º) Emissoras de TV utilizam pesquisas que mostram a preferência dos espectadores para organizar sua programação.
  • 3. A realização de uma pesquisaenvolve muitas etapas, como a escolhada amostra, a coleta e organização dosdados (informações), o resumo dessesdados(em tabelas, gráficos,etc.) e ainterpretação dos resultados.
  • 4. População e amostra Se quisermos saber, por exemplo, qual a matéria favorita entre os alunos de uma classe, podemos consultar todos os alunos da classe. No entanto, isso não é possível quando queremos pesquisar sobra a intenção de voto dos eleitoras de um Estado, pois não podemos consultar todos os eleitores que constituem a população ou o universo estatístico.
  • 5. Recorremos, então ao que se chama deamostra, ou seja, um grupo de eleitores que,consultados, permitem que se chegue aoresultado mais próximo possível darealidade. É comum aparecer na publicação daspesquisas quantos eleitores foramconsultados, pois a escolha da amostra éfundamental para o resultado.Chamamos de U o universo estatístico e deA uma amostra, temos:A⊂U
  • 6. Cada elemento que compõe aamostra é um indivíduo ou objeto. Noexemplo da intenção de voto, os indivíduosda pesquisa são pessoas. Quando seconsideram algumas marcas de lâmpadaspara testar a durabilidade, cada marca éum objeto da pesquisa.
  • 7. Uma indústria automobilística quepretende lançar um novo modelo de carrofaz uma pesquisa para sondar a preferênciados consumidores sobre tipo decombustível, número de portas, potência domotor, preço, cor, tamanho, etc. cada umadessas características é uma variável dapesquisa.
  • 8. Na variável “tipo de combustível”, aescolha pode ser, por exemplo, entreálcool e gasolina. Dizemos que esses sãovalores ou realizações da variável “tipo decombustível”.
  • 9. Em uma pesquisa que envolvepessoas, por exemplo, as variáveisconsideradas podem ser sexo, cor decabelo, esporte favorito e grau deinstrução. Nesse caso dizemos que asvariáveis são qualitativas, pois apresentamcomo possíveis valores uma qualidade ouatributo dos indivíduos pesquisados.
  • 10. Dizemos que uma variável pode serordinal quando existe uma ordem nos seusvalores, ou nominal quando isso não ocorre.Exemplo:“Grau de instrução” é uma variávelqualitativa ordinal, já que seus valorespodem ser ordenados ( fundamental, médio,superior, etc.)
  • 11. Quando as variáveis de uma pesquisasão, por exemplo, altura, peso, idade emanos e número de irmãos, dizemos que elassão quantitativas, pois seus possíveisvalores são números.
  • 12. As variáveis quantitativas podem serdiscretas, quando se trata de contagem(números inteiros) ou contínuas quando setrata de medidas ( números reais).1º)“Número de irmãos” é uma variávelquantitativa discreta, pois podemos contar(0, 1, 2, etc.)2º)“Altura” é uma variável quantitativacontínua, uma vez que pode ser medida( 1,55m;1,84m, etc.)
  • 13. Suponha que entre um grupo de turistas,participantes de uma excursão, tenha sido feita umapesquisa sobre a nacionalidade de cada um e que oresultado dela tenha sido o seguinte: Pedro: brasileiro; Ana: brasileira; Ramon: espanhol;Laura: espanhola; Cláudia: brasileira; Sérgio:brasileiro; Raul: argentino; Nelson: brasileiro; Silvia:brasileira; Pablo: espanhol.O número de vezes que um valor da variável é citadorepresenta a frequência absoluta daquele valor. Nesseexemplo a variável é “nacionalidade” e a frequênciaabsoluta de cada um de seus valores é: brasileira 6;espanhola 3; e argentina 1.
  • 14. Existe também a frequência relativaque registra a frequência absoluta emrelação ao total de citações.Nesse exemplo temos:Frequência relativa da nacionalidadebrasileira 6 em 10 ou 6/10 ou 3/5 ou 0,6 ou60%. Frequência relativa da nacionalidadeespanhola 3 em 10 ou 3/10 ou 0,3 ou 30%.Frequência relativa da nacionalidadeargentina 1 em 10 ou 1/10 ou 0,1 ou 10%.
  • 15. A tabela que mostra a variável e suasrealizações (valores), com as frequênciasabsoluta (FA) e relativa (FR), é chamada detabela de frequências.Assim usando o mesmo exemplo temos: Nacionalidade FA FR Brasileira 6 60% Espanhola 3 30% Argentina 1 10% Total 10 100%
  • 16. Os gráficos são um dos meios maisusados para representar e analisar dados.Existem vários tipos de gráficos utilizadosem estatística, alguns exemplos são osgráficos de segmentos ou linhas, gráficos debarras e gráficos de setores.
  • 17. Os gráficos de linhas são usados em geral paramostrar a variação de algum fenômeno durante certotempo. Exemplo: Crescimento da população brasileira no século XX em milhões 180 160 140 120 100 80 60 40 20 0 1900 1910 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1980 1990 2000
  • 18. Os gráficos de barras são utilizados emgeral, para comparar dados ou informações de mesmanatureza. Veja o exemplo a seguir:A tabela mostra o número total de medalhas que oBrasil ganhou em olimpíadas, entre 1972 e 2008.NÚMERO DE MEDALHAS CONQUISTADAS PELO BRASIL EM OLIMPÍADAS (1972-2008)Ano 1972 1976 1980 1984 1988 1992 1996 2000 2004 2008Sede Munique Montreal Moscou Los Seul Barcelona Atlanta Sydney Atenas Pequim AngelesNº de 2 2 2 8 6 3 15 12 10 15medalhas
  • 19. Agora vamos construir ográfico com os dados da tabela Número de medalhas conquistadas pelo Brasil em olimpíadas (1972- 2008) 16 14 12 10 8 6 4 2 0 1972 1976 1980 1984 1988 1992 1996 2000 2004 2008
  • 20. Os gráficos de setores ou circulares sãoutilizados para representar as relações entre aspartes de um todo. Em geral, usamos as taxaspercentuais para relacionar as partes. Veja com exemplo, a área que cada região doBrasil ocupa. ÁREA DE CADA REGIÃO BRASILEIRA Região Área em quilômetro Taxa percentual quadrado de ocupação Norte 3 853 327,229 45% Nordeste 1 554 257,004 18% Sudeste 924 511,292 11% Sul 576 409,569 7% Centro-Oeste 1 606 372,505 19% Brasil 8 514 876,599 100%
  • 21. Com base nas informações da tabela, vamos construir umgráfico circular que represente esses dados lembrando queo ângulo central de uma volta tem 360° e corresponde a100%. Área de cada Região brasileira Norte Nordeste Sudeste Sul Centro-Oeste