Your SlideShare is downloading. ×
Violência contra a mulher
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Violência contra a mulher

2,474

Published on

Trabalho desenvolvido durante a disciplina - Mídias Locais, do professor Sérgio Bonato, da PUC-Rio.

Trabalho desenvolvido durante a disciplina - Mídias Locais, do professor Sérgio Bonato, da PUC-Rio.

Published in: Education, Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,474
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
151
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Ana Maria Dupim Mariana Penteado Gabriel Giraud
  • 2.
    • A violência contra a mulher é “qualquer ato ou conduta baseada no gênero, que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher, tanto na esfera pública como na esfera privada”.
  • 3.  
  • 4.
    • Violência de gênero
    • Violência intrafamiliar
    • Violência doméstica
    • Violência física
    • Violência sexual
    • Violência psicológica
    • Violência econômica ou financeira
    • Violência institucional
    • Violência moral
  • 5.
    • Violência doméstica é quando ocorre em casa, no ambiente doméstico, ou em uma relação de familiaridade, afetividade ou coabitação. As agressões domésticas incluem: abuso físico, sexual e psicológico, a negligência e o abandono.
  • 6.
    • Fase da Tensão: Se manifesta por meio de atritos, insultos e ameaças.
    • Fase da Agressão: Descarga descontrolada de toda a tensão acumulada.
    • Fase da Reconciliação: O agressor pede perdão e promete mudar de comportamento, ou finge que não houve nada, mas fica mais carinhoso.
  • 7.
    • É muito comum que esse ciclo se repita, com cada vez maior violência e intervalo menor entre as fases.
  • 8.
    • O que leva à violência doméstica?
    • De onde vem a violência contra a mulher?
    • Porque muitas mulheres não denunciam?
  • 9.  
  • 10.  
  • 11.
    • Álcool, drogas ilegais e ciúmes - Apontados como fatores que desencadeiam a violência contra a mulher
    • Sociedade que dá mais valor ao papel masculino
    • Meninos: Agressividade, força física, dominação
    • Meninas: Sentimentalismo, dependência, passividade
  • 12.  
  • 13.
    • sequelas físicas (das mais brandas a mais graves); humilhação e vergonha; depressão; paranoia; síndrome do pânico e outras sequelas psíquicas; quebra da instituição familiar, com graves consequências à formação (psicológica, emocional, cognitiva, física, cultural) dos filhos da família com o problema em questão; perpetuação de um paradigma social machista e preconceituoso.
  • 14.
    • Declaração Universal dos Direitos Humanos:
    • Artigo II - Toda pessoa tem capacidade para gozar os direitos e as liberdades estabelecidos nesta Declaração, sem distinção de qualquer espécie, seja de raça, cor, sexo, língua,  religião, opinião política ou de outra natureza, origem nacional ou social, riqueza, nascimento, ou qualquer outra condição. 
    • Artigo III - Toda pessoa tem direito à vida, à liberdade e à segurança pessoal.
  • 15.
    • Cria mecanismos para coibir e prevenir a violência doméstica e familiar contra a mulher
    • Toda mulher, independentemente de classe, raça, etnia, orientação sexual, renda, cultura, nível educacional, idade e religião, goza dos direitos fundamentais inerentes à pessoa humana, sendo-lhe asseguradas as oportunidades e facilidades para viver sem violência, preservar sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral, intelectual e social.
  • 16.  
  • 17.  
  • 18.  
  • 19.
    • A realidade de violência contra a mulher vai contra os direitos humanos e como a sua proteção é assegurada por lei, atuaremos com a criação e divulgação de uma campanha que terá duas formas:
    • Folder, que será distribuído nas comunidades-alvo da campanha
    • Banner virtual em sites como o Orkut, Facebook e MSN
  • 20.
    • Curto prazo: conscientização da comunidade sobre a violência doméstica visando orientar desde cedo os jovens sobre como proceder diante destes casos.
    • Médio prazo: apoio da associação de moradores, para que os mesmos ajudem na conscientização e estejam atentos a possíveis casos de violência dentro da comunidade.
    • Longo prazo: melhora na qualidade de vida das mulheres reforçando que a lei de proteção à mulher existe e é eficaz, construção de melhores condições de trabalho, garantindo a independência econômica das mesmas .
  • 21.
    • Objetivo:
    • Conscientização das pessoas através de uma linguagem impactante, sobre a importância de denunciar esse tipo de abuso, orientando sobre como proceder diante destes casos.
    • Divulgação do telefone para denúncia e endereço do blog comunitário para quem quiser discutir mais a fundo sobre o tema.
  • 22.
    • Trabalhar a interatividade nas peças
    • A partir do momento em que o destinatário deixa de ser um simples espectador e interage com a peça, é muito mais provável que se lembre daquela mensagem.
  • 23.
    • A cada 4 minutos uma mulher é agredida em seu lar. 
    • Assim como Teresa, muitas delas silenciam esta violência por vergonha e medo. Agora, Teresa vai mudar sua realidade e denunciar este crime.
    • Assim como ela, você também pode denunciar e salvar a sua vida ou a vida de alguém.
    • Denuncie: 0800-999999
    • www.ml3pucrio.blogspot.com
  • 24.  
  • 25.  
  • 26.  

×