PIXTON
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

PIXTON

on

  • 890 views

 

Statistics

Views

Total Views
890
Views on SlideShare
890
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
7
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment
  • Neste momento é apresentado um vídeo de 30 segundos mostrando a funcionalidade do Pixton.
  • Pixton é um Software de Autoria A base da informática pedagógica é a ferramenta de autoria, pois, com ela, alunos e professores podem criar seus próprios conteúdos, sem precisar adaptar-se aos produtos fechados e a modelos preestabelecidos. Kasim (2008) ...palavras e imagens, juntos, ensinam de forma eficiente – a interligação do texto com a imagem existente nas histórias em quadrinhos, amplia a compreensão de conceitos de uma forma que qualquer um dos códigos, isoladamente, teria dificuldades para atingir (Boff 2000). É exatamente nesse contexto que o PIXTON está inserido

PIXTON PIXTON Presentation Transcript

  • CENTRO CIÊNCIAS E TECNOLOGIAS CURSO DE LICENCIATURA EM COMPUTAÇÃO HISTÓRIAS EM QUADRINHOS NA WEB: PIXTON FERRRAMENTA MEDIADORA NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM Ana Paula de Souza do Ó Orientadora: Prof.ª Ms. Maria do Rosário G. Germano Campina Grande – PB Dezembro de 2011
  •  
  • Objetivos
    • Refletir sobre o uso das ferramentas on-line no processo de ensino e aprendizagem no sentido de promover a interação e o compartilhamento de conhecimento.
    • Apresentar a ferramenta Pixton, como uma hipermídia que pode potencializar o processo de aprendizagem.
    • Relatar experiências vividas por alunos e professores, utilizando a referida ferramenta.
  • Fundamentação teórica Lopes (2006) Porto (2006) Moran (2008) Boff (2000) Lévy (2000) Freire (1999) Kasim (2008) Lima (2001)
  • Fundamentação teórica Porto (2006, p. 44)
      • A escola defronta-se com o desafio de trazer para o seu contexto as informações presentes nas tecnologias e as próprias ferramentas tecnológicas, articulando-as com os conhecimentos ...
  • Fundamentação teórica Lima (2001, p.37- 39) aborda que: “ ensinar do jeito tradicional hoje é insuficiente para atrair a atenção e motivar a aprendizagem dos alunos”
  • Neste sentido: É necessário melhorar o processo de ensino-aprendizagem, trazer para a sala de aula as tecnologias atuais, fazendo o computador e a internet aliados neste processo.
  • PIXTON: Espaço Colaborativo de Aprendizagem
  •  
    • Os Softwares de Autoria desenvolvem a criatividade do aluno uma vez que possibilita ao discente o exercício de autoria, da criação.
    • Segundo Kasim (2008) A base da informática pedagógica é a ferramenta de autoria, pois, com ela, alunos e professores podem criar seus próprios conteúdos, sem precisar adaptar-se aos produtos fechados e a modelos preestabelecidos .
    • Segundo (Boff 2000) ...palavras e imagens, juntos, ensinam de forma eficiente.
    Pixton: Software de Autoria
  •  
  • Procedimentos Metodológicos
    • Natureza da pesquisa:
    • Optamos por um estudo de caráter descritivo-analítico de intervenção.
    • Local da pesquisa:
    • Instituições da rede privada e pública de Campina Grande.
    • Sujeitos:
    • 254 alunos do Ensino Fundamental de uma escola privada.
    • (11 à 12 anos);
    • 40 alunos do Ensino Médio de uma escola pública. (15 à 16 anos);
    • .
  • Procedimentos Metodológicos
    • Na Escola Privada:
      • Trabalho Interdisciplinar
      • Língua Portuguesa, Língua Inglesa e Informática.
    • Metodologia:
      • Dialógico-Participativa, desenvolvida através de aulas com duração de 50min.
      • 04 encontros/aulas.
    • 22
  • Procedimentos Metodológicos
    • Na Escola Pública:
      • Trabalho Descritivo-Analítico de intervenção na disciplina de Ferramentas da Web.
    • Metodologia:
      • Dialógico-Participativa, desenvolvida através de aulas com duração de 45min.
      • 03 encontros/aulas.
    • 1º Encontro:
      • Orientação dos professores de Língua Portuguesa, de Língua Inglesa e Informática.
      • Apresentação de um vídeo de demonstração sobre a ferramenta Pixton.
      • Elaboração de um Tutorial(passo-a-passo).
      • Estudo com os discentes sobre a função social do e-mail e as diversas formas de utilização.
    • 2º Encontro
      • Realização do cadastro na ferramenta.
      • Produção da HQ.
    Em Cena: Relato vivido (Escola Privada)
  • Em Cena: Relato vivido (Escola Privada)
    • 3º Encontro
      • Desenvolvimento da produção da HQ, seguindo os critérios estabelecidos pelos professores.
    • 4º Encontro
      • Conclusão das HQs, publicação no Pixton e envia por e-mail aos professores.
  • Comentário da professora da disciplina de Língua Inglesa, Vanda Maria Pequeno Santana: “ A oportunidade de conhecer uma nova ferramenta para o ensino de línguas torna a aula mais diversificada. Consigo por em prática alguns conteúdos de forma mais dinâmica e significativa, tornando-os de fácil compreensão para os alunos o que possibilita aos mesmos empregar estes conhecimentos no seu dia a dia. O que contribuiu  para incentivar a criatividade dos alunos, resultando em histórias interessantes com o uso da língua inglesa, e conseqüentemente o emprego do vocabulário e das estruturas gramaticais trabalhadas, bem como aguçou a curiosidade para o uso de expressões novas que se fizeram necessárias durante o processo.”
  • Dificuldades enfrentadas
    • De criar e utilizar e-mail.
    • Concentração e leitura das instruções do tutorial.
    • Domínio inicial do uso das funcionalidades da Ferramenta.
    • Seguir os critérios estabelecidos pelo professor: seqüência lógica, não fugir ao tema, etc.
    • Publicação da HQ no ambiente e envio ao professor por e-mail para avaliação.
  • Em Cena: Relato vivido (Escola Pública) Objetivo: Despertar o interesse dos alunos para desenvolver uma ferramenta similar, fazendo o uso das linguagens de programação para web, analisando a ferramenta e suas diversas funcionalidades 1º Encontro: Realização de estudo prévio da evolução da ferramenta, sua história, seu desenvolvimento, quem a desenvolveu, quais as linguagens utilizadas, qual a formação técnica necessária para desenvolver uma ferramenta, como as ferramentas têm sido abordadas nas redes sociais, entre outros.
  • Em Cena: Relato vivido (Escola Pública)
    • 2º Encontro:
        • Apresentação de um vídeo de demonstração sobre a ferramenta Pixton .
        • Elaboração de um Tutorial;
        • Realização de cadastro na ferramenta;
        • Produção das HQs pelos alunos.
      • 3º Encontro:
      • P rodução das HQs - interesse e curiosidade;
      • Conclusão das HQs e após a publicação no Pixton, envio por e-mail.
  • Dificuldades enfrentadas
    • Infra-Estrutura do Laboratório, com limitações: Internet lenta, máquinas antigas.
    • Domínio inicial do uso das funcionalidades da Ferramenta.
    • Concentração e leitura das instruções do tutorial.
    • Seguir os critérios da produção estabelecidos pelo professor.
    • Concluir e envio das atividades feitas pelos alunos em casa.
    • Processo de Inclusão Digital :precisavam de orientação devida, instrução, aprendizagem colaborativa.
  • Comentário da professora da disciplina de Ferramenta da Web, Ana Paula do Ó: “ Avaliaram-se como bom-excelentes as produções dos alunos, não somente pela produção em si, mas pela criatividade, no estudo além do uso da ferramenta, e a busca no que se encontra subjacente a tanta tecnologia, levando-os a estudar programação para web e seus produtos. A função da disciplina é incentivá-los a desenvolver ferramenta semelhante ou melhor incentivando o estudo da programação.”
    • O Pixton traz diversão e criatividade de volta ao aprendizado ;
    • A relação entre os professores das áreas específicas e de informática, interação e cooperação, abre caminhos para a interdisciplinaridade.
    • Frente ao desconhecido, os alunos não desistiram, ao contrário, revelavam interesse em aprender e manipular algo novo que modificava a rotina fragmentada e estática das aulas;
    Considerações Finais
    • Posição de sujeito interativo, autônomo e criativo surgia durante as produções.
    • Liberdade para produzir Histórias em Quadrinhos no computador, utilizar a internet, publicar sua produção, postar, trocar idéias com outros colegas que estavam distantes, editar quadrinhos de terceiros, enfim produzir textos na escola e compartilhá-los com o mundo.
    Considerações Finais
    • Constatou-se que os alunos das escolas privada e pública conseguiram atingir o objetivo proposto pela ferramenta.
    • Sinaliza aspectos relevantes sobre a utilização da tecnologia pelos professores.
    • Vimos uma nova forma de ensinar a produzir textos e desenvolver idéias com sentido lógico.
    • A utilização desta ferramenta como modelo para estudos em programação.
    Considerações Finais
  • Depoimento de uma Aluna do 6º Ano do Ensino Fundamental I regularmente matriculada na instituição particular. “ O Pixton é uma ferramenta incrível. Eu nunca vi um programa ou site que permita a pessoa fazer histórias e quadrinhos do jeito que queremos. Foi muito bom conhecer o pixton porque sempre que a professora passava histórias em quadrinhos a minha ficava sempre feia e muito básica. Os bonecos não tinham expressões faciais, era um contando sobre a morte de um parente sorrindo porque era impossível mudar a expressão facial, com o pixton eu posso colocar a pessoa rindo, feliz, chorando, usando óculos, brincos, celulares, comidas. É muito legal e divertido trabalhar no pixton, você faz a HQ do jeito que deseja e de todos os tipos. Sempre que eu posso eu to fazendo uma HQ porque é muito legal”.
  •  
  • Referências Bibliográficas
    • BOFF, E. Ambientes cooperativos de ensino-aprendizagem na internet . Trabalho Individual I. Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação. Mestrado. PUCRS. Setembro, 1999.
    • MORAN, J. M. Ensino e aprendizagem inovadores com tecnologias . Revista Informática na educação : Teoria & Prática . Porto Alegre, vol. 3, n.1 (set. 2000) UFRGS. Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação, pág. 137-144. Disponível em: http://www.eca.usp.br/prof/moran/inov.htm Acesso em: 12 de Maio/2010.
    •  
    • LIMA, P. R. T. Novas tecnologias de informação e comunicação na educação e a formação dos professores nos cursos de licenciatura de Santa Catarina . 200. 81f. Monografia (Especialização em Ciências da Computação) – Universidade federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2001. Disponível em:
    • < http://www.inf.ufsc.br/~edla/orientacoes/patricia.pdf >Acesso em: 12 Maio /2010.
    • LEVY, P. A inteligência coletiva : por uma antropologia do ciberespaço . 3ed. São Paulo. Loyola , 2000 . Disponívelem < http://pt.wikipedia.org/wiki/Pierre_L%C3%A9vy > Acesso em: 17 Maio/2010.
    • PORTO, T. Mª. E. As tecnologias de comunicação e informação na escola: relações possíveis...relações construídas. Revista Brasileira de Educação, v.11 n.31, jan/abr.2006.
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
    •  
  •