Slides rayssa

  • 184 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
184
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
8
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Frutos Não Climatéricos
  • 2. Conceitos • Apresentam taxas respiratórias dependentes de: 1. Concentração de etileno endógeno: - Presença de etileno: - Ausência de etileno: 2. Outros fatores endógenos: Hormônios, ácido jasmônico e poliaminas. 3. Fatores ambientais.
  • 3. Concentração de Etileno Endógeno
  • 4. Amadurecimento e Aplicação de Etileno • Amadurecem lentamente quando ligados às suas plantas genitoras e sua qualidade sensorial não melhora após serem colhidos. • Etileno exógeno e ferimentos podem estimular o pico respiratório em muitos frutos.
  • 5. Amadurecimento e Aplicação de Etileno PORÉM... • Apenas alguns genes tem a expressão aumentada pela aplicação: síntese de pigmentos em uvas, degradação da clorofila e síntese de carotenoides em frutos cítricos; • Presença do etileno é indesejável durante o transporte e armazenamento.
  • 6. Aplicação de Etileno em Frutos Não Climatéricos
  • 7. Tratamentos Pós-Colheita de Frutos Não Climatéricos 1. Adição de Etileno. • Algumas frutas e hortaliças, ex.: Pimentão. - Antecipar a colheita durante o inverno; - Desenvolver colorações variadas; - Pode alterar a qualidade quanto ao teor de vitamina C, sólidos solúveis e acidez; - Aplicação mais adequada: pós-colheita Dependente da forma de aplicação, da dose e do estágio de maturação.
  • 8. Referências Bibliográficas • WALTER, Eduardo Henrique M. Bioquímica e fisiologia do desenvolvimento e pós-colheita de frutas e hortaliças. Rio Grande do Sul: Universidade Federal do Pampa, 2010. 25 slides, color. Disponível em: <http://cursos.unipampa.edu.br/cursos/engenhariadealimentos/files/2010/09/Aula4- Fisiologia-P%C3%B3s-colheita-de-FH1.pdf>. Acesso em: 26 julho 2013. • GODOY, Ana Elisa de. Pós-Colheita de Frutas. São Paulo: EsalQ – USP, 2011. 54 slides, color. Disponível em: <http://www.lpv.esalq.usp.br/lpv0448/Pos%20Colheita%20de%20Frutas.pdf>. Acesso em: 29 julho 2013. • CELLI, Giovana Bonat. Comportamento fisiológico e bioquímico de frutos da pitangueira (eugenia uniflora l.): características de interesse para o consumo humano. Curitiba, 2011. Disponível em: <http://www.posalim.ufpr.br/Pesquisa/pdf/dissertaGiovana%20Celli.pdf>. Acesso em: 26 julho 2013. • CERQUEIRA-PEREIRA, E. C.; PEREIRA, M. A.; MELLO, S. da C.; JACOMINO, A. P.; TREVISAN, M. J.; DIAS, C. T. dos S. Efeito da aplicação de etileno na qualidade pós-colheita de frutos de pimentão vermelhos e amarelos. Horticultura Brasileira, Piracicaba, v. 25, n. 4, 2007. Disponível em: <http://www.lce.esalq.usp.br/tadeu/Elaine.pdf>. Acesso em: 29 julho 2013.