Your SlideShare is downloading. ×
0
Fontes de Alimentação
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão AT- A dvanced  T echnology   Fontes de alimenta ç ão AT são instaladas em  g...
Figura 1 : Conexão de uma fonte de alimenta ç ão AT em uma placa-mãe AT Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão <ul><li>ATX - A dvanced  T echnology  E xtended  </li></ul><ul><li>Fontes de...
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 2 : Conexão de uma fonte de alimenta ç ão ATX em uma placa-mãe ATX.
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão ATX12V v1.x Com os modernos  processadores  consumindo cada vez mais, dois c...
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 3 : Conector de quatro pinos de 12 V em uma placa-mãe ATX12V (+12V Po...
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 4 : Conector de quatro pinos de 12 V em uma fonte de alimenta ç ão AT...
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 5 : Conector auxiliar de seis pinos em uma fonte de alimenta ç ão ATX...
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 6 : Conector de alimenta ç ão Serial ATA de quinze pinos introduzido ...
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão ATX12V v2.x Esta nova versão da fonte ATX12V mudou o conector de alimenta ç ...
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 7 : Conector de 24 pinos em uma placa-mãe ATX12V v2.x
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 8 : Adaptador 24 pinos para 20 pinos.
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Conectores: fonte ATX / AT
Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Conectores para HDs e CD-ROMs
Fontes de Alimenta ç ão
Fontes de Alimenta ç ão
Fontes de Alimenta ç ão
Fontes de Alimenta ç ão
Fontes de Alimenta ç ão
Fontes de Alimenta ç ão Ventila ç ão O fluxo de ar dentro do micro funciona da seguinte forma: o ar frio entra atrav é s d...
A  ventoinha  existente na fonte de alimenta ç ão funciona como um exaustor, puxando o ar quente desta região e soprando-o...
Fontes de Alimenta ç ão Figura 11:  Fluxo de ar dentro do gabinete do micro
Fontes: Determinando a Potência Item Consumo Processadores de Alto Desempenho 60 W - 110 W Processadores Econômicos 30 W -...
Fontes: Determinando a Potência Exemplo: Determinar a potência para um computador, com processador Athlon 64 FX, com dois ...
Fontes: Determinando a Potência Athlon 64 FX: 80 W HD: 2x 25 W (50W) Drive de CD/DVD: 25 W Placa de v í deo 3D: 80 W Mouse...
Fontes: Diagn ó ticos Faixa de Tolerância das Tensões da Fonte ATX M í nimo Normal M á ximo Tolerância +11,40 V +12 V +12,...
Fontes: Substitui ç ão •   Quando for anexado um componente à CPU que requeira uma quantidade maior de energia (potência);...
Fontes: Substitui ç ão Para a substituição da fonte não basta selecionar uma com a quantidade de Watts requerida. Os requi...
Anomalias no Sistema de Alimenta ç ão Excesso de Tensão A pior forma de poluição da rede elétrica é o excesso de voltagem,...
Anomalias no Sistema de Alimenta ç ão Tensão Insuficiente Tensão insuficiente, como o próprio nome indica, é uma tensão in...
Anomalias no Sistema de Alimenta ç ão Ruídos - Interferência O ruído é um problema renitente nas fontes de alimentação da ...
Instala ç ão El é trica A instalação elétrica vai refletir em um duradouro e confiável funcionamento do equipamento, evita...
Instala ç ão El é trica O FASE é o fio que conduz a energia, é o fio que dá o choque elétrico. O NEUTRO é o retorno, a ref...
Aterramento O aterramento é de extrema necessidade para evitar todos os problemas citados, e precaver alguns outros, que a...
Aterramento
Aterramento
Sistemas de Prote ç ão: Filtros de Linha Filtros de linha Devemos tomar cuidado, pois muitos são apenas extensões. Para sa...
Sistemas de Prote ç ão: Filtros e Linha
Sistemas de Prote ç ão: Estabilizadores Este equipamento protege o seu aparelho contra variações da tensão elétrica e inte...
Sistemas de Prote ç ão: Estabilizadores
Sistemas de Prote ç ão: No-Breaks Este equipamento é simplesmente um estabilizador com baterias. A diferença é que a bater...
Sistemas de Prote ç ão: No-Breaks
Sistemas de Prote ç ão: No-Breaks
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Fontes

1,150

Published on

Tudo sobre fontes de alimentação

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,150
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
64
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Fontes"

  1. 1. Fontes de Alimentação
  2. 2. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão AT- A dvanced T echnology Fontes de alimenta ç ão AT são instaladas em gabinetes e em placas-mãe AT. Esta fonte de alimenta ç ão fornece quatro tensões, +5 V, +12 V, -5 V e -12 V, e usa um conector de 12 pinos, geralmente dividido em dois conectores de seis pinos. O problema é que esses dois conectores de seis pinos podem ser inseridos em qualquer um dos lados do conector de 12 pinos encontrado na placa-mãe . De modo a evitar erros você deve instalar esses conectores de forma que os fios pretos fiquem ao centro do conector, como mostrado na Figura 1.
  3. 3. Figura 1 : Conexão de uma fonte de alimenta ç ão AT em uma placa-mãe AT Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão
  4. 4. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão <ul><li>ATX - A dvanced T echnology E xtended </li></ul><ul><li>Fontes de alimenta ç ão ATX são instaladas em gabinetes e em placas-mãe ATX. Existem v á rias varia ç ões do padrão ATX e falaremos sobre cada uma delas separadamente. Existem três principais diferen ç as entre fontes de alimenta ç ão AT e ATX. </li></ul><ul><li>Primeiro, uma nova linha de tensão est á dispon í vel nas fontes de alimenta ç ão ATX, de +3,3 V; </li></ul><ul><li>Segundo, fontes de alimenta ç ão ATX utilizam um ú nico conector de 20 pinos; </li></ul><ul><li>Terceiro, a fonte de alimenta ç ão ATX tem um fio chamado power-on, permitindo que a fonte de alimenta ç ão seja desligada por software. Fontes de alimenta ç ão ATX medem 150 mm x 86 mm x 140 mm (L x A x P). </li></ul>
  5. 5. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 2 : Conexão de uma fonte de alimenta ç ão ATX em uma placa-mãe ATX.
  6. 6. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão ATX12V v1.x Com os modernos processadores consumindo cada vez mais, dois conectores de alimenta ç ão extras foram adicionados à s fontes de alimenta ç ão ATX: um conector de quatro pinos de 12 V e um conector auxiliar de seis pinos fornecendo tensões de +3,3 V e +5 V. Este conector auxiliar de seis pinos foi basicamente usado pelas primeiras placas-mãe para Pentium 4 (placas-mãe soquete 423). Este tipo de fonte de alimenta ç ão é usado por placas-mãe ATX12V v1.x e mantêm o mesmo tamanho f í sico das fontes de alimenta ç ão ATX. A versão 1.3 das fontes ATX12V introduziu um conector de alimenta ç ão Serial ATA, que tem quinze pinos.
  7. 7. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 3 : Conector de quatro pinos de 12 V em uma placa-mãe ATX12V (+12V Power Connector)
  8. 8. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 4 : Conector de quatro pinos de 12 V em uma fonte de alimenta ç ão ATX12V v1.x.
  9. 9. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 5 : Conector auxiliar de seis pinos em uma fonte de alimenta ç ão ATX12V v1.x., Usado no padrão AGP Pro 50
  10. 10. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 6 : Conector de alimenta ç ão Serial ATA de quinze pinos introduzido nas fontes ATX12V v1.3
  11. 11. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão ATX12V v2.x Esta nova versão da fonte ATX12V mudou o conector de alimenta ç ão da placa-mãe de 20 para 24 pinos. Ela tamb é m removeu o conector auxiliar de seis pinos, j á que não era mais usado, e ratificou o uso do conector de alimenta ç ão Serial ATA. Algumas placas-mãe ATX12V v2.x, no entanto, permitem que você use fontes de alimenta ç ão de 20 pinos, ou seja, fontes de alimenta ç ão ATX12V v1.x. Fontes de alimenta ç ão ATX12V v2.x podem ser usadas em placas-mãe ATX12V v1.x atrav é s do uso de um adaptador. O tamanho das fontes de alimenta ç ão ATX12V v2.x é o mesmo das fontes ATX originais e elas continuam tendo um conector de alimenta ç ão extra de quatro pinos de 12 V introduzido nas fontes ATX12V v1.x.
  12. 12. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 7 : Conector de 24 pinos em uma placa-mãe ATX12V v2.x
  13. 13. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Figura 8 : Adaptador 24 pinos para 20 pinos.
  14. 14. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão
  15. 15. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Conectores: fonte ATX / AT
  16. 16. Principais Padrões de Fontes de Alimenta ç ão Conectores para HDs e CD-ROMs
  17. 17. Fontes de Alimenta ç ão
  18. 18. Fontes de Alimenta ç ão
  19. 19. Fontes de Alimenta ç ão
  20. 20. Fontes de Alimenta ç ão
  21. 21. Fontes de Alimenta ç ão
  22. 22. Fontes de Alimenta ç ão Ventila ç ão O fluxo de ar dentro do micro funciona da seguinte forma: o ar frio entra atrav é s de ranhuras existente na parte frontal do gabinete. Esse ar é aquecido devido a trocas de calor com outros dispositivos, como o processador , placas de v í deo , chipset, etc. Como o ar quente é menos denso do que o ar frio, a sua tendência natural é subir. Com isso, o ar quente fica retido na parte superior do gabinete.
  23. 23. A ventoinha existente na fonte de alimenta ç ão funciona como um exaustor, puxando o ar quente desta região e soprando-o para fora do micro. As fontes de alimenta ç ão mais robustas possuem duas ou três ventoinhas . Alguns gabinetes têm espa ç o apropriado para a instala ç ão de uma nova ventoinha na parte traseira do gabinete, o que melhora ainda mais a circula ç ão de ar dentro do gabinete do micro. Fontes de Alimenta ç ão
  24. 24. Fontes de Alimenta ç ão Figura 11: Fluxo de ar dentro do gabinete do micro
  25. 25. Fontes: Determinando a Potência Item Consumo Processadores de Alto Desempenho 60 W - 110 W Processadores Econômicos 30 W - 80 Placa-mãe 20 W - 100 W HDs e drives de 25 W - 35 W Placa de vídeo sem instruções em 3D 15 W - 25 W Placa de vídeo com instruções em 3D 35 W - 110 W Módulos de memória 2W - 10 W Placas de expansão (placa de rede, placa de som, etc) 5 W - 10 W Cooler 5 W - 10 W Teclado e mouse 1 W - 15 W
  26. 26. Fontes: Determinando a Potência Exemplo: Determinar a potência para um computador, com processador Athlon 64 FX, com dois HDs, um drive de CD/DVD, placa de v í deo 3D, mouse ó ptico e dois m ó dulos de mem ó ria.
  27. 27. Fontes: Determinando a Potência Athlon 64 FX: 80 W HD: 2x 25 W (50W) Drive de CD/DVD: 25 W Placa de v í deo 3D: 80 W Mouse ó ptico + teclado: 10 W Placa-mãe: 80 W Mem ó ria: 2x 10 W (20 W) Total: 345 W
  28. 28. Fontes: Diagn ó ticos Faixa de Tolerância das Tensões da Fonte ATX M í nimo Normal M á ximo Tolerância +11,40 V +12 V +12,60 V ± 5 % -10,80 V -12 V -13,20 V ± 10 % +4,75 V +5 V +5,25 V ± 5 % -4,50 V -5 V -5,50 V ± 10 % +4,75 V +5V (SB) +5,25 V ± 5 % +3,14 V +3,3 V +3,47 V ± 4 %
  29. 29. Fontes: Substitui ç ão • Quando for anexado um componente à CPU que requeira uma quantidade maior de energia (potência); • Quando esporadicamente o Disco Rígido não inicializa; • Quando a fonte possui problemas de ventilação; • Quando o computador não inicializar;
  30. 30. Fontes: Substitui ç ão Para a substituição da fonte não basta selecionar uma com a quantidade de Watts requerida. Os requisitos de qualidade, compatibilidade e o próprio aspecto físico para instalação do gabinete têm que ser considerada. Na retirada, tomar alguns cuidados: • Desligar o computador; • Desligar o cabo da alimentação; • Eliminar a eletricidade estática; • Retirar primeiramente os conectores da CPU e depois os restantes.
  31. 31. Anomalias no Sistema de Alimenta ç ão Excesso de Tensão A pior forma de poluição da rede elétrica é o excesso de voltagem, que são picos de alta potência semelhantes a raios que invadem o PC e podem danificar os circuitos de silício. Em geral, os danos são invisíveis exceto pelo fato - visível - de não haver imagem no monitor de vídeo.
  32. 32. Anomalias no Sistema de Alimenta ç ão Tensão Insuficiente Tensão insuficiente, como o próprio nome indica, é uma tensão inferior à necessária. Elas podem variar de quedas, que são perdas de alguns volts, até a falta completa, ou blackout. As quedas momentâneas e mesmo o blackouts, não chegam a ser problemáticos.Contanto que durem menos que algumas dezenas de milissegundos. A maioria dos PCs é projetado de modo a suportar quedas de voltagem prolongadas de até 20% sem desligar
  33. 33. Anomalias no Sistema de Alimenta ç ão Ruídos - Interferência O ruído é um problema renitente nas fontes de alimentação da maioria dos equipamentos eletrônicos. Ruído é o termo que usamos para identificar todos os sinais espúrios que os fios captam ao percorrerem campos eletromagnéticos. Em muitos casos esses sinais podem atravessar os circuitos de filtragem da fonte de alimentação e interferir com os sinais normais do equipamento. Os filtros existentes nas fontes de alimentação são suficientemente eficazes para sanar esse tipo de problema não sendo necessário à aquisição do filtro de linha. Nunca ligue qualquer equipamento com motores no estabilizador
  34. 34. Instala ç ão El é trica A instalação elétrica vai refletir em um duradouro e confiável funcionamento do equipamento, evitando principalmente problemas esporádicos ou intermitentes, muitas vezes difíceis de descobrir sua fonte. As posições dos sinais terra, neutro e fase devem obedecer aos padrões internacionais.
  35. 35. Instala ç ão El é trica O FASE é o fio que conduz a energia, é o fio que dá o choque elétrico. O NEUTRO é o retorno, a referência do FASE, este não dá choque elétrico. Figura: Tomada
  36. 36. Aterramento O aterramento é de extrema necessidade para evitar todos os problemas citados, e precaver alguns outros, que a falta ou o mau aterramento pode causar. Num ideal aterramento a diferença de potencial entre o terra e o neutro não pode variar mais de 3 VOLTS A/C.
  37. 37. Aterramento
  38. 38. Aterramento
  39. 39. Sistemas de Prote ç ão: Filtros de Linha Filtros de linha Devemos tomar cuidado, pois muitos são apenas extensões. Para saber se é realmente um filtro deve-se verificar em sua embalagem se constam os nomes do dispositivo de proteção contra sobre-tensão e do filtro contra interferência. A maioria dos estabilizadores possui um filtro interno. Quando você utilizar um filtro de linha, você irá ligar o Estabilizador nele.
  40. 40. Sistemas de Prote ç ão: Filtros e Linha
  41. 41. Sistemas de Prote ç ão: Estabilizadores Este equipamento protege o seu aparelho contra variações da tensão elétrica e interferências. Deve-se adquirir um estabilizador que comporte a soma da potência gasta pelos aparelhos que irão ser ligados nele, normalmente um estabilizador de 1.2 Kva é mais do que suficiente.
  42. 42. Sistemas de Prote ç ão: Estabilizadores
  43. 43. Sistemas de Prote ç ão: No-Breaks Este equipamento é simplesmente um estabilizador com baterias. A diferença é que a bateria alimenta o sistema caso haja queda de energia, para que possamos desligar o equipamento sem perdermos nossos dados.
  44. 44. Sistemas de Prote ç ão: No-Breaks
  45. 45. Sistemas de Prote ç ão: No-Breaks
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×