S Bras Alportel

1,532 views
1,416 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,532
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
20
Actions
Shares
0
Downloads
33
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

S Bras Alportel

  1. 1. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo Nome do docente_________________________________________________________ Departamento Curricular __________________________________ A- NÍVEL DE ASSIDUIDADE E CUMPRIMENTO DO SERVIÇO DISTRIBUÍDO A1- Serviço Lectivo - Grau de cumprimento do serviço e dos respectivos objectivos individuais Fontes de evidências: Objectivo: Mapa de Assiduidade Avaliar o cumprimento do serviço lectivo Cumprimento do serviço lectivo Ano Lectivo 2007-2008 Ano Lectivo 2008-2009 inferior a 90% 90% a 94,9 Assiduidade 95% a 97,9% 98% a 99% 100% Aulas não leccionadas Dias de faltas /Motivo - Serviço oficial Definição Atingiu Não atingiu Atingiu Não atingiu Objectivos individuais Avaliação de desempenho dos Docentes 1 2007/2009
  2. 2. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo A.2 - Apoio às aprendizagens dos alunos – grau de cumprimento do serviço e dos respectivos objectivos individuais A.2.1 - Grau de cumprimento do serviço e dos objectivos do Apoio Educativo Modalidades de Apoio Objectivos gerais Objectivos específicos Fontes de evidências APA Facilitar o desempenho do Promover a integração na turma Mapa de faltas Apoio aluno na disciplina. e na escola (tutorias). Planificações Individualizado Promover a aquisição de Promover a articulação das Proposta do Plano de Apoio realizado pelo professor da SOS Português hábitos de estudo. actividades escolares com outras disciplina SOS Matemática Articular as actividades actividades formativas. Plano de Apoio ao aluno realizado pelo Professor da disciplina + Tutoria desenvolvidas com o Conselho Articular as actividades de tutor Professor de Apoio de Turma com a família Relatório do Plano de Apoio Actas dos: Conselhos de Turma, CT/ EE, DT/ EE Registo contacto – EE/DT Observar a tendência de progressão/classificação do aluno Grelha de registo do apoio Portefólio A.2.1.1 - Cumprimento do serviço e dos objectivos do apoio educativo Evidências Objectivos Mapa de faltas Objectivos individuais definidos quanto a: Cumprir o serviço de apoio educativo - frequência dos alunos aos apoios; Facilitar o desempenho do aluno na disciplina. - à evolução das aprendizagens dos alunos na disciplina Promover a aquisição de hábitos de estudo. Observar a tendência de progressão/classificação do aluno Articular as actividades desenvolvidas com o Conselho Documento de registo dos alunos de Turma. Planificações Escala de classificação As evidências confirmam que a assiduidade aos apoios educativos é inferior a 90 % e/ou não foi cumprido Insuficiente nenhum dos objectivos individuais estabelecidos. As evidências confirmam que a assiduidade do docente aos apoios educativos se situa entre 90 e 94,9 % e Regular atingiu um dos objectivos individuais. As evidências confirmam que a assiduidade do docente aos apoios educativos se situa entre 95 e 97,9 % e Bom atingiu um dos objectivos individuais As evidências confirmam que a assiduidade do docente aos apoios educativos se situa nos 100 % e atingiu Muito Bom ambos os objectivos individuais As evidências confirmam que a assiduidade do docente aos apoios educativos se situa nos 100 % , ambos os Excelente objectivos individuais foram atingidos e outros alunos compareceram voluntariamente . Nota: A classificação só é considerada se as duas premissas do enunciado do item de classificação se verificarem. Avaliação de desempenho dos Docentes 2 2007/2009
  3. 3. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo A.2.1.1 - Cumprimento do serviço e dos objectivos do apoio educativo Ano Lectivo 2007- Ano Lectivo 2008- Cumprimento do Serviço e dos objectivos do Apoio Educativo 2008 2009 inferior a 90% 90% a 94,9% Assiduidade 95% a 97,9% 98% a 99% 100% Nº Alunos Propostos Cumprimento dos objectivos do Apoio Nº Alunos que Frequentaram Educativo Nº de Alunos que melhoraram o desempenho na disciplina Não Não Definição Atingiu Atingiu atingiu atingiu Objectivos individuais Avaliação de desempenho dos Docentes 3 2007/2009
  4. 4. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo A.2.1.2 - Cumprimento do serviço e dos objectivos e empenhamento no apoio individual aos alunos Fontes de evidências Objectivos Pautas Facilitar o desempenho do aluno na disciplina. Actas de Conselho de Turma Promover a aquisição de hábitos de estudo. Relatório trimestral do apoio Articular as actividades desenvolvidas com o Conselho de Turma Plano de Apoio realizado pelo professor da disciplina Escala de classificação Classificação Sem evidências que permitam avaliar o grau de cumprimento dos objectivos e empenhamento no apoio individual aos alunos. Insuficiente a) As evidências confirmam que o docente, que lecciona apoios pedagógicos, prepara, ainda que sem proceder à articulação necessária com o Professor da disciplina as actividades/ estratégias de apoio individual aos alunos. Regular b) As evidências confirmam que o professor da disciplina utiliza algumas estratégias diferenciadas na sala de aula. a) As evidências confirmam que o docente, que lecciona apoios pedagógicos, prepara, organiza e articula, adequadamente, as suas actividades/estratégias de apoio individual aos alunos, com o professor da disciplina, tendo em conta as suas aprendizagens. Bom b) As evidências confirmam que o professor da disciplina utiliza estratégias diferenciadas na sala de aula e articula com o conselho de turma. a) As evidências confirmam que o docente, que lecciona apoios pedagógicos, prepara, organiza e articula, adequadamente, as suas actividades no apoio individual aos alunos, utilizando estratégias/actividades, recursos e metodologias que permitem progressão no desempenho do aluno, articulando as suas actividades com o professor da disciplina/director de turma/conselho de turma. Muito Bom b) As evidências confirmam que o professor da disciplina, articula com o conselho de turma, utilizando estratégias/actividades, recursos e metodologias diferenciados, que permitem progressão no desempenho do aluno a) As evidências confirmam que o docente prepara e organiza e articula, adequadamente, as suas actividades no apoio individual aos alunos, utilizando estratégias/actividades, recursos e metodologias, articulando as suas actividades com o professor da disciplina/director de turma/conselho de turma/família, que permitem progressão no desempenho do aluno, através da aquisição aprendizagens efectivas e enriquecedoras, que se reflectem na melhoria dos resultados dos alunos. Excelente b) As evidências confirmam que o professor da disciplina, articula com o conselho de turma, utilizando estratégias/actividades, recursos e metodologias, diversificados, que permitem progressão no desempenho que se reflecte no aumento de, pelo menos, dois valores na classificação individual do aluno, em relação à avaliação do 1º período. Nota: a) – Apoios Atribuídos ao docente b) – Apoio individual em sala de aula Avaliação de desempenho dos Docentes 4 2007/2009
  5. 5. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo A.2.1.2 - Cumprimento do serviço e dos objectivos e empenhamento no apoio individual aos alunos a) Indicadores para Apoios atribuídos 1. Preparação adequada das actividades (Plano de apoio individual; definição e selecção de estratégias e actividades e metodologias, consentâneas com o perfil do aluno). 2. Organização adequada as actividades (calendariza as acções com o professor da disciplina e com o aluno). 3. Articulação dos resultados das aprendizagens efectuadas pelo aluno com o professor titular de disciplina, Director de Turma e Conselho de Turma e/ou família. 3- Articulação Estratégias / actividades para 1- 2- a)Professor b)Director c) Conselho Classificação 2007/2008 2008/2009 apoio aos alunos Preparação Organização d)Família disciplina Turma Turma Não evidencia indicadores Insuficiente Evidencia os indicadores nº 1 Regular Evidencia os indicadores nº Bom 1;2;3-a) Evidencia os indicadores nº Muito Bom 1;2;3-a);b) Evidencia todos os indicadores Excelente b) Indicadores para Apoio individual em sala de aula 1. Estratégias/actividades diferenciadas. 2. Recursos diferenciados 3. Metodologias diferenciadas 4. Articulação com o Conselho de Turma 5. Progressão de pelo menos dois valores nos resultados 5- Estratégias / actividades de apoio 1-Estratégias/ 2- 3- 4- Articulação Progressão Classificação 2007/2008 200872009 individual Actividades Recursos Metodologias Conselho Turma ≥2 Valores Não evidencia indicadores Insuficiente Evidencia o indicador nº 1 (pelo Regular menos 2 vezes / período Evidencia os indicadores nº 1;4 Bom (frequentemente) Evidencia os indicadores nº Muito Bom 1;2;3;4 (sempre) Evidencia todos os indicadores Excelente (sempre) Avaliação de desempenho dos Docentes 5 2007/2009
  6. 6. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo A.3 Serviço não lectivo – grau de cumprimento do serviço e dos respectivos objectivos individuais A.3.1 – Cumprimento do serviço na componente não lectiva Fontes de evidência Modalidades Objectivos Projectos Direcção de Instalações Apoiar as actividades lectivas Relatório de instalações Apoio Poph Gerir recursos Candidaturas efectuadas Apoio estatístico à Avaliação Interna da Escola Relatório estatístico Avaliação Interna Escala de classificação Sem evidências que permitam avaliar o empenho e qualidade das participações. Insuficiente As evidências confirmam a participação do docente nas estruturas auxiliares ao funcionamento da escola, revelando alguma Regular contribuição, para a concretização dos objectivos do Projecto Educativo de Escola. As evidências confirmam a participação e empenho do docente nas estruturas auxiliares ao funcionamento da escola, revelando uma Bom contribuição permanente e facilitadora da concretização dos objectivos do Projecto Educativo de Escola. As evidências confirmam a participação e empenho do docente nas estruturas auxiliares ao funcionamento da escola, revelando uma Muito Bom contribuição permanente, facilitadora e inovadora, para a concretização dos objectivos do Projecto Educativo de Escola. As evidências confirmam a participação e empenho do docente nas estruturas auxiliares ao funcionamento da escola, revelando uma Excelente contribuição permanente, facilitadora, critica e inovadora para a concretização dos objectivos do Projecto Educativo de Escola. Avaliação de desempenho dos Docentes 6 2007/2009
  7. 7. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo A.3 Serviço não lectivo – grau de cumprimento do serviço e dos respectivos objectivos individuais A.3.1 – Cumprimento do serviço na componente não lectiva Indicadores 1- Alguma contribuição (conjugação de duas linhas orientadoras do Projecto Educativo da Escola e o Projecto da estrutura de apoio) 2- Contribuição permanente (conjugação intrínseca entre o Projecto Educativo da Escola e o Projecto da Estrutura de apoio) 3- Contribuição facilitadora (produz informação/recursos úteis para a concretização do PEE) 4- Contribuição inovadora (investigação para a melhoria e optimização do projecto) 5- Contribuição crítica (opina construtivamente, promovendo a concretização do projecto educativo) Estruturas auxiliares do funcionamento da escola Ano lectivo 1- Relação PEE / Projecto Indicadores 2- Facilitação 3- Inovação 4-Crítica Classificação 2007/2008 2008/2009 evidenciados a)2 Linhas b) Intrínseca orientadoras Não evidência Insuficiente indicadores Evidencia o indicador nº Regular 1 Evidencia os indicadores Bom nº 2 e 3 Evidencia os indicadores Muito Bom nº 2; 3 e 4 Evidencia todos os Excelente indicadores. Nota: O empenho e a participação neste item mede-se pela qualidade da contribuição. Avaliação de desempenho dos Docentes 7 2007/2009
  8. 8. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo B – MELHORIA DOS RESULTADOS ESCOLARES DOS ALUNOS E REDUÇÃO DAS TAXAS DE ABANDONO ESCOLAR, TENDO EM CONTA O CONTEXTO SOCIOEDUCATIVO B1 – Melhoria dos resultados escolares dos alunos – contributo do docente e cumprimento dos respectivos objectivos individuais B 1.1 – Progresso dos resultados escolares dos alunos no ano/disciplina face ao ano anterior Fontes de evidências Objectivos Classificações dos alunos (pautas) Melhorar os resultados obtidos pelos alunos em relação aos resultados obtidos Registos biográficos no ano anterior. Relatórios de avaliação elaborados pelos grupos Cumprir as metas de melhoria definidas no projecto educativo, em termos de Actas de conselhos de turma resultados, para cada disciplina. Actas de CT/EE Cumprir a quantificação dos objectivos individuais. Portefólio Objectivos individuais Escala de classificação As evidências não são consentâneas com o perfil da turma/contexto e a natureza da disciplina em relação aos resultados obtidos no ano anterior. Insuficiente O docente não atingiu a meta dos objectivos individuais pela diferença de mais de 1,5 valores. As evidências confirmam que os resultados obtidos estão consentâneos com o perfil da turma/contexto/ disciplina e os resultados obtidos no ano anterior. Regular O docente não atingiu a meta dos objectivos individuais pela diferença entre 1,4 e 0,6 valores. As evidências confirmam que os resultados revelam progressão dos alunos por comparação com os resultados obtidos no ano anterior Bom e o docente atinge a meta determinada nos objectivos individuais estabelecidos, dentro do intervalo de 0,4 valores. As evidências confirmam que os resultados revelam progressão dos alunos por comparação com os resultados obtidos no ano anterior, tendo em conta os objectivos individuais estabelecidos revelam um aumento significativo (superior a 0,4 valor) por comparação com os Muito Bom resultados do ano anterior. As evidências confirmam que os resultados revelam progressão dos alunos por comparação com os resultados obtidos no ano anterior tendo em conta os objectivos individuais estabelecidos revelando um aumento igual ou superior a 1 valor na média da disciplina/turma Excelente por comparação com os resultados obtidos no ano anterior. Nota: Consideram-se resultados neste item, a média ponderada dos resultados obtidos em cada turma do docente. Avaliação de desempenho dos Docentes 8 2007/2009
  9. 9. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo B.1.1 - Progresso dos resultados escolares dos alunos no ano/disciplina face ao ano lectivo anterior Indicadores Face aos objectivos individuais relativos ao progresso dos Diferença entre os resultados esperados e os resultados obtidos em resultados da disciplina no ano anterior o professor atingiu: Classificação função da totalidade dos alunos da disciplina 2007/2008 2008/2009 Igual ou superior a 1,5 valores Insuficiente Entre 1,4 e 0,6 valores Regular Mais ou menos 0,4 valores Bom Superou em mais de 0,4 valores Muito Bom Superou em 1 ou mais valores Excelente Indicadores para caracterização da turma, na base da definição dos objectivos individuais. 1. Natureza do curso 2. Contexto Turma: 4. Caracterização da Turma (Director de Turma) • Nº de alunos turma /disciplina • Habilitações dos pais • Comportamento – Insuficiente; Regular; Bom (indicar casos • Condições económicas (escalões) relevantes) • Assiduidade dos Encarregados Educação aos Conselhos de Turma • Assiduidade - Insuficiente; Regular; Bom (indicar casos relevantes) (Compromisso; Responsabilidade; Interesse) • Pontualidade dos alunos - Insuficiente; Regular; Bom (indicar casos • Necessidades educativas especiais relevantes) 5. Avaliação diagnóstica/ resultados do 1º período • Predisposição para a aprendizagem 6. Dificuldade da disciplina/ano 3. Registo Bibliográfico: • Exame • Nº de alunos repetentes • Programas/Referenciais • Média dos resultados alunos Turma /disciplina Avaliação de desempenho dos Docentes 9 2007/2009
  10. 10. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo B.1.2 – Progresso das aprendizagens dos alunos relativamente à avaliação diagnóstica realizada no início do ano Fontes de evidências Objectivos Classificações dos alunos (pautas) Comparar resultados obtidos pelos alunos na avaliação diagnóstica com os Registos biográficos resultados obtidos na disciplina no final do ano lectivo. Relatórios de avaliação elaborados pelos grupos Cumprir a quantificação dos objectivos individuais. Actas de conselhos de turma Actas de Conselho de Turma/Encarregado de Educação Portefólio Objectivos individuais Escala de classificação As evidências não são consentâneas, no final do ano lectivo, com o perfil da turma/contexto e a natureza da disciplina em relação aos resultados obtidos na avaliação diagnóstica Insuficiente O docente não atingiu a meta dos objectivos individuais pela diferença de mais de 1,5 valores. As evidências confirmam que os resultados obtidos, no final do ano lectivo, estão consentâneos com o perfil da turma/contexto/ disciplina/programa e os resultados obtidos na avaliação diagnóstica. Regular O docente não atingiu a meta dos objectivos individuais pela diferença entre 1,4 e 0,6 valores. As evidências confirmam que os resultados, no final do ano lectivo, revelam progressão dos alunos por comparação com os resultados obtidos na avaliação diagnóstica. Bom Os objectivos individuais estabelecidos variam no intervalo de 0,4valores. As evidências confirmam que os resultados, no final do ano lectivo, revelam progressão dos alunos por comparação com os resultados obtidos na avaliação diagnóstica, tendo em conta os objectivos individuais estabelecidos, revelando um aumento Muito Bom superior a 0,4 valores . As evidências confirmam que os resultados, no final do ano lectivo, revelam progressão dos alunos por comparação com os resultados obtidos na avaliação diagnóstica, tendo em conta os objectivos individuais estabelecidos, revelando um aumento Excelente igual ou superior a 1 valores na média da disciplina Nota: A considera-se a classificação do 1º período, a avaliação diagnóstica a ter em conta neste item. Avaliação de desempenho dos Docentes 10 2007/2009
  11. 11. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo B.1.2 Progresso das aprendizagens dos alunos relativamente à avaliação diagnóstica realizada no início do ano Indicadores Grau de cumprimento dos objectivos individuais Classificação 2007/2008 2008/2009 Igual ou superior a 2 valores Insuficiente Entre 1,4 e 0,6 valores Regular Mais ou menos 0,4 valores Bom Superou em mais de 0,4 valores Muito Bom Superou em 1 ou mais valores Excelente Avaliação de desempenho dos Docentes 11 2007/2009
  12. 12. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo B.1.3 – Evolução dos resultados escolares dos alunos relativamente à evolução média: a) Dos resultados dos alunos naquele ano de escolaridade ou daquela disciplina na escola. b) Dos mesmos alunos no conjunto das outras disciplinas da turma. Fontes de evidências Objectivos a) Comparar a evolução média dos alunos numa disciplina com a evolução obtida pela disciplina, no mesmo Pautas ano, na escola. b) Comparar resultados das diferentes disciplinas da turma. Escala de classificação As evidências mostram que a evolução dos resultados da disciplina é inferior: Insuficiente - à evolução dos resultados da disciplina na escola; - à evolução média dos resultados das restantes disciplinas da turma. As evidências mostram que a evolução dos resultados da disciplina é inferior, numa das duas alíneas consideradas: Regular a) Comparação com a evolução dos resultados da disciplina na escola. b) Comparação com a evolução média dos resultados das restantes disciplinas da turma. As evidências mostram que a evolução dos resultados da disciplina é igual, (+ 0,5valores) em ambas as alíneas consideradas: Bom a) Comparação com a evolução dos resultados da disciplina na escola. b) Comparação com a evolução média dos resultados das restantes disciplinas da turma. As evidências mostram que a evolução dos resultados da disciplina é superior, em ambas as alíneas a 0,5 valor. Muito Bom a) Comparação com a evolução dos resultados da disciplina na escola. b) Comparação com a evolução média dos resultados das restantes disciplinas da turma. As evidências mostram que a evolução dos resultados da disciplina é superior a 1,5 valores, em ambas as alíneas em um valor Excelente a) Comparação com a evolução dos resultados da disciplina na escola. b) Comparação com a evolução média dos resultados das restantes disciplinas da turma. Avaliação de desempenho dos Docentes 12 2007/2009
  13. 13. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo B.1.3. Evolução dos resultados escolares dos alunos relativamente à evolução média: Indicadores: - Médias dos resultados dos alunos na disciplina - Média dos resultados da disciplina na escola - Resultados de cada disciplina - Resultados de todas as disciplinas da turma Grelhas de registo 2007/2008 Resultados Evolução dos resultados na disciplina Evolução dos resultado na Disciplina (diferença entre as médias do 3º e do 1º disciplina em relação aos Média Média períodos) resultados da disciplina na escola 1º Período 3º Período Evolução média de todas as disciplinas 2008/2009 Disciplina Resultados Evolução dos resultados na disciplina Evolução dos resultado na (diferença entre a média do 3º e do 1º disciplina em relação aos Média do1º Período Média do 3º Período períodos) resultados da disciplina na escola Evolução média de todas as disciplinas Nota: Nos casos em que a disciplina apenas seja leccionada numa turma, tomam-se como valores de referência a tendência da disciplina na escola. Avaliação de desempenho dos Docentes 13 2007/2009
  14. 14. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo B.1.3 - Face à evolução dos resultados escolares dos alunos relativamente à evolução média: a) e b) o professor atingiu: 2008/2009 2007/2008 Evolução na Evolução em Evolução na Evolução em Evolução na Evolução em Classificação disciplina relação à escola disciplina relação à escola disciplina relação à escola Negativa Negativa Insuficiente Negativa Positiva Regular Positiva Negativa + 0,5 Valores + 0,5 Valores Bom >0,5 Valores > 0,5 Valores Muito Bom >1,5 Valores > 1,5 Valores Excelente Avaliação de desempenho dos Docentes 14 2007/2009
  15. 15. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo B.1.4 – Classificação nas provas de avaliação externa e respectiva diferença relativamente às classificações internas Fontes de Evidências Objectivos Pautas de classificação de Exames Comparar as classificações internas finais (CIF) da disciplina com a classificação de exame (CE) Escala de Classificação As evidências confirmam que a diferença, entre a média das Classificações Internas Finais e a média das Classificações de Exame, numa Insuficiente disciplina, situa-se acima dos 4 valores; OU As evidências confirmam que a diferença, entre a média das Classificações de Exame e a média das Classificações Internas finais numa disciplina, é igual ou superior a dois valores. ou As evidências confirmam que a diferença, entre a média das Classificações Internas Finais e a média das Classificações de Exame, numa disciplina, se situa entre o valores; As evidências confirmam que a diferença, entre a média das Classificações Internas Finais e a média das Classificações de Exame, numa Regular disciplina, situa-se entre 3 e 3,9 valores. As evidências confirmam que a diferença, entre a média das Classificações Internas Finais e a média das Classificações de Exame, numa Bom disciplina, situa-se entre os 2,1 e os 2,9 valores. As evidências confirmam que a diferença, entre a média das Classificações Internas Finais e a média das Classificações de Exame, numa Muito Bom disciplina, situa-se entre os 1,6 e os 2 valores. As evidências confirmam que a diferença, entre a média das Classificações Internas Finais e a média das Classificações de Exame, numa Excelente disciplina, situa-se entre 1 e 1,5 valores. Nota: a diferença considerada correcta na escola tem como referência os 2 valores atribuídos por todos os departamentos às atitudes e valores. Avaliação de desempenho dos Docentes 15 2007/2009
  16. 16. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo B.1.4 – Classificação nas provas de avaliação externa e respectiva diferença relativamente às classificações internas 2007/2008 2008/2009 Disciplinas CIF CE CIF-CE CIF CE CIF-CE Avaliação de desempenho dos Docentes 16 2007/2009
  17. 17. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo B.2. Redução do abandono escolar - contributo do docente e cumprimento dos respectivos objectivos individuais B.2.1. Contributo do docente para a redução do abandono escolar tendo em conta os elementos fornecidos pela ficha de auto-avaliação. B.2.1.1. Empenho, participação e contributo para a definição e concretização de estratégias para a prevenção e redução do abandono escolar. Fontes de Evidências Objectivos Ficha de auto - avaliação Taxa de abandono / disciplina / Turma Anulações de matrícula Contribuir para a redução do abandono escolar Relatório final do Director de Turma Registos de acções preventivas do abandono Escalas de classificação Sem evidências que confirmem o contributo do professor para a redução do abandono escolar. Insuficiente As evidências confirmam um contributo pontual para a redução do abandono escolar. Regular As evidências confirmam um contributo regular para a redução do abandono escolar. Bom As evidências confirmam um contributo regular e sustentado, através de diversificação de estratégias, para a redução do abandono escolar. Muito Bom As evidências confirmam um contributo sistemático, sustentado através de diversificação e inovação de estratégias para a redução do abandono Excelente escolar. Avaliação de desempenho dos Docentes 17 2007/2009
  18. 18. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo B.2.1.1. Empenho, participação e contributo para a definição e concretização de estratégias para a prevenção e redução do abandono escolar. Indicadores 1. Reporta ao Director de Turma indícios de abandono escolar. 2. Articula com o Director de Turma estratégias a adoptar. 3. Estabelece comunicação com o aluno. Taxa de Abandono / Projecto Educativo Indicadores evidenciados 2007/2008 2008/2009 Igual Inferior Superior Excelente/ Muito Excelente/ Muito Excelente/ Muito Evidencia todos os indicadores Bom Bom Bom Evidencia 2 dos indicadores Bom Bom Bom Evidencia 1 dos indicadores Regular Regular Insuficiente Não evidencia nenhum indicador Insuficiente Insuficiente Insuficiente Nota: - *3 alunos/ ano é taxa de abandono de referência fixada para 2007/2008 nos Cursos Cientifico-Humanísticos; - *5 alunos/ano é taxa de abandono de referência fixada para 2007/2008 nos Cursos Profissionais e Cursos de Educação e Formação; - nas acções extra-escolares, a taxa de abandono de referência fixada para 2007/2008 é de 50%; - nos casos em que o docente não seja confrontado com o problema de abandono a classificação a atribuir será distribuída pelos outros parâmetros Avaliação de desempenho dos Docentes 18 2007/2009
  19. 19. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo C – PARTICIPAÇÃO NA VIDA DA ESCOLA C1 – Participação nos projectos e actividades previstas no Projecto Educativo, no Plano Anual de Actividades e no Plano Curricular de Turma C 1.1. – Avaliação do nível de participação e dinamização de projectos e do cumprimento dos objectivos individuais C 1.1.1 – Empenhamento e qualidade da participação do docente Modalidades de participação Objectivos Gerais Objectivos Específicos Fontes de evidências Projectos e Actividades de Concretizar o Projecto Educativo de Avaliação das actividades (Ficha de complemento curricular: Escola registo a construir). - Escola Dinâmica - Around Europe in 730 days Articular os diferentes saberes e Os de cada actividade Actas - Cria um Clima competências - Actividades dos Grupos Relatório anual - Clube de Robótica Intervir na Comunidade Educativa - 100i/100i Processo de motivação dos alunos - Equipa da Biblioteca @JBV Educar para a Cidadania - Clube das Línguas Relatório da avaliação interna - Teias do Saber - Casinha com + Saúde - Desporto escolar Escala de classificação Sem evidências que permitam retirar ilações sobre a qualidade das actividades realizadas. Insuficiente As evidências confirmam que o docente organizou, ainda que com lacunas, as actividades a que o Projecto/Clube se propôs. Regular As evidências confirmam que o docente organizou sem lacunas e realizou as actividades propostas, tendo motivado os alunos Bom para os objectivos e actividades desenvolvidas. As evidências confirmam que o docente organiza, divulga utilizando alguns meios, realiza adequadamente as actividades, Muito Bom motivando a comunidade educativa a participar e a empenhar-se. As evidências confirmam que o docente prepara, divulga, utilizando todos os meios, realiza adequadamente as actividades, Excelente motivando a comunidade educativa, conseguindo uma adesão significativa. Objectivos individuais: definir em função dos objectivos de cada Projecto/Clube Avaliação de desempenho dos Docentes 19 2007/2009
  20. 20. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo C 1.1.1 – Empenhamento e qualidade da participação do docente em actividades/projectos previstas no Projecto Educativo Plano Anual de Actividades e Projectos Curriculares de Turma Indicadores 1- Organização (calendarização, recursos necessários, financiamento) 2- Meios de Divulgação (Página da escola, Jornal 100i/100i, placard, projecção no átrio) 3- Realização 4- Motivação (considerada em função do processo desenvolvido e da qualidade dos registos de divulgação) 5- Adesão da comunidade educativa (considerada em função da abrangência da actividade/projecto desenvolvido, no qual se indicou o nº de participantes a envolver Indicadores evidenciados 1. Organização 2. Meios de Divulgação 3.Realização 4.Motivação 5.Adesão Classificação 2007/2008 2008/2009 a) Com b) Sem a) Alguns b)Todos lacunas lacunas Não evidencia Insuficiente indicadores Evidencia o Regular indicador nº 1 a) Evidencia os indicadores nº 1b) Bom 3e4 Evidencia os indicadores nº 1; Muito Bom 2 e 3, 4 Evidencia todos os Excelente indicadores. Avaliação de desempenho dos Docentes 20 2007/2009
  21. 21. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo C2 – Participação no âmbito de outros projectos e actividades extra-curriculares C2.1.1. Avaliação do nível de participação e dinamização de projectos e do cumprimento dos objectivos individuais Modalidades de Participação Objectivos gerais Objectivos específicos Fontes de evidências Equipa TIC Concretizar o Projecto Educativo Avaliação das actividades (Ficha de registo de Escola a construir). Equipa Projecto Educativo da Escola Articular os diferentes saberes e Relatório intermédio Equipa Regulamento Interno competências Os de cada actividade Relatório anual Equipa Avaliação Interna Intervir na Comunidade Educativa Processo de motivação dos alunos Equipa da biblioteca Relatório da Avaliação Interna Escala de classificação Sem evidências que permitam retirar ilações sobre a qualidade das actividades realizadas. Insuficiente As evidências confirmam que o docente organizou, ainda que com lacunas, as tarefas inerentes. Regular As evidências confirmam que o docente organizou sem lacunas e realizou as tarefas inerentes com qualidade. Bom As evidências confirmam que o docente organiza, divulga, realiza as tarefas inerentes com qualidade e de modo sistemático. Muito Bom As evidências confirmam que o docente prepara, divulga, realiza as tarefas inerentes com qualidade e de modo sistemático, Excelente procurando formação específica para a consecução dos respectivos projectos. Objectivos individuais: definir em função dos objectivos de cada modalidade Avaliação de desempenho dos Docentes 21 2007/2009
  22. 22. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo C2.1.1. avaliação do nível de participação e dinamização de projectos e do cumprimento dos objectivos individuais Indicadores 1- Organização (calendarização, recursos necessários, financiamento) 2- Meios de Divulgação (Página da escola, Jornal 100i/100i, placard, projecção no átrio) 3- Realização 4- Qualidade (considerada em função do processo desenvolvido e adequação ao contexto escola) 5- Formação específica Indicadores evidenciados 1. Organização 5.Formação 2.Divulgação 3.Realização 4.qualidade Classificação 2007/2008 2008/2009 específica a) Com lacunas b) Sem lacunas Não evidencia Insuficiente indicadores Evidencia o indicador Regular nº 1 a) Evidencia os indicadores nº 1b) 3 Bom e4 Evidencia os indicadores nº 1; 2 e Muito Bom 3, 4 Evidencia todos os Excelente indicadores. C3 – Participação nas estruturas de orientação educativa e nos órgãos de gestão e do cumprimento dos objectivos individuais Avaliação de desempenho dos Docentes 22 2007/2009
  23. 23. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo C3.1 – Avaliação da participação nas estruturas de orientação educativa e nos órgãos de gestão e do cumprimento dos objectivos individuais C.3.1.1 – Empenhamento e qualidade da participação do docente nas estruturas de articulação educativa e nos órgãos de gestão Modalidades de participação Objectivos Gerais Objectivos Específicos Fontes de evidências Departamentos curriculares Participar na articulação curricular através do Actas desenvolvimento e gestão dos planos de estudo Grelha das Reuniões de nível Grupos disciplinares e programas definidos a nível nacional e de Os de cada estrutura de Plano de acção componentes curriculares de âmbito local. orientação educativa Relatório do delegado de grupo Conselhos de Turma Relatório do coordenador de Partilhar boas práticas com a comunidade departamento Conselho de Directores de Turma docente. Relatório de director de turma Relatório do coordenador dos Direcção de turma Trabalhar em equipa directores de turma Relatório da Avaliação Interna da Participar na avaliação interna da escola. Escola Escala de classificação Sem evidências que permitam avaliar o empenho e qualidade das participações Insuficiente As evidências confirmam a participação do docente nas estruturas de orientação educativa e nos órgãos de gestão, respeitando hierarquias e cumprindo duas das tarefas inerentes ao funcionamento destas estruturas e órgãos e que lhe são cometidas, bem Regular como a participação na avaliação interna da escola. As evidências confirmam a participação do docente nas estruturas de orientação educativa e nos órgãos de gestão, respeitando hierarquias, trabalhando em equipa, cumprindo, com qualidade, todas as tarefas inerentes ao funcionamento destas estruturas Bom e órgãos, que lhe são cometidas, bem como a participação na avaliação interna da escola. As evidências confirmam a participação do docente nas estruturas de orientação educativa e nos órgãos de gestão, respeitando hierarquias, trabalhando em equipa, cumprindo, com qualidade, todas as tarefas inerentes ao funcionamento destas estruturas Muito Bom e órgãos, que lhe são cometidas, bem como a participação na avaliação interna da escola, partilhando, por vezes, as boas práticas que desenvolve. As evidências confirmam a participação do docente nas estruturas de orientação educativa e nos órgãos de gestão, respeitando hierarquias, trabalhando em equipa, cumprindo, com qualidade, todas as tarefas inerentes ao funcionamento destas estruturas Excelente e órgãos, que lhe são cometidas, bem como a participação na avaliação interna da escola, a partilha das boas práticas que desenvolve, a frequência de formação específica e empreendedorismo para a concretização dos objectivos da (s) estrutura (s). Avaliação de desempenho dos Docentes 23 2007/2009
  24. 24. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo C3.1.1. Empenhamento e qualidade da participação do docente nas estruturas de articulação educativa e nos órgãos de gestão Indicadores 1- Cumprimento, com qualidade, das tarefas decorrentes de cada estrutura de orientação educativa a) 2 Tarefas /ano, consentâneas com os objectivos dos projectos. b) Todas as tarefas, consentâneas com os objectivos dos projectos. 2- Respeitar hierarquias 3- Participação na Avaliação Interna da Escola 4- Trabalho em equipa 5- Partilha de boas práticas a) 2 /Ano b) >3/Ano 6- Frequência de Formação específica (consentânea com a promoção da estrutura em que se integra) 7- Empreendedorismo 3- Participação 5- 1- na 4- Partilha Cumprimento 2- 6- Indicadores Avaliação Trabalho de boas 7- das tarefas Respeitar Formação Classificação 2007/2008 2008/2009 evidenciados Interna da em práticas empreendedorismo hierarquias específica Escola equipa a) b) a) b) Não evidencia Insuficiente indicadores Evidencia o indicador nº 1 Regular a) e 2 Evidencia os indicadores nº Bom 1b) 2;3;4 Evidencia os indicadores nº Muito Bom 1; 2; 3; 4;5a) Evidencia todos Excelente os indicadores. Avaliação de desempenho dos Docentes 24 2007/2009
  25. 25. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo C.3.1.2 – Empenhamento e qualidade da participação do docente em outros cargos ou funções de natureza Pedagógica Modalidades Objectivos Direcção de Instalações Apoiar as actividades lectivas Apoio Poph Gerir recursos Vice-Presidente Assessoria para a Educação e Formação de Adultos Escala de classificação Sem evidências que permitam avaliar o empenho e qualidade das participações. Insuficiente As evidências confirmam o cumprimento das tarefas inerentes aos cargos ou funções de natureza pedagógica, que lhe foram Regular distribuídos, flexibilizando a realização das tarefas por prioridades. As evidências confirmam o cumprimento das tarefas inerentes aos cargos ou funções de natureza pedagógica, que lhe foram distribuídos contribuindo, através do trabalho em equipa, com a apresentação de projectos e pesquisa que incrementem e Bom permitam a consecução do projecto educativo de escola, flexibilizando a realização das tarefas por prioridades. As evidências confirmam o cumprimento das tarefas inerentes aos cargos ou funções de natureza pedagógica, que lhe foram distribuídos contribuindo com a apresentação de projectos e pesquisa que incrementem e permitam a consecução do projecto Muito Bom educativo de escola, revelando trabalho de equipa, autonomia e empreendedorismo no desenvolvimento das tarefas, flexibilizando por prioridades As evidências confirmam o cumprimento das tarefas inerentes aos cargos ou funções de natureza pedagógica, que lhe foram distribuídos, através do trabalho em equipa, flexibilizando a realização das tarefas por prioridades, contribuindo com a Excelente apresentação de projectos e pesquisa que incrementem e permitam a consecução do projecto educativo de escola, com a partilha das boas práticas que desenvolve e com a frequência de formação específica consentânea. Avaliação de desempenho dos Docentes 25 2007/2009
  26. 26. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo C3.1.2. Empenhamento e qualidade da participação do docente em outros cargos ou funções de natureza Pedagógica Indicadores 1- Prioridade e cumprimento e das tarefas decorrentes de cada estrutura de orientação educativa 2- Participação na avaliação interna da escola 3- Trabalho em equipa 4- Autonomia 5- Empreendedorismo 6- Partilha de boas práticas 7- Frequência de Formação específica (consentânea com a promoção da estrutura em que se integra) 2- 1- 3- 4- 5- 6- 7- Indicadores Projectos/ Cumprimento Trabalho Autonomia Empreende Partilha Formação Classificação 2007/2008 2008/2009 evidenciados Pesquisa s das tarefas em equipa dorismo das boas específica práticas Não evidencia Insuficiente indicadores Evidencia o Regular indicador nº 1 Evidencia os indicadores nº Bom 1 2;3 Evidencia os indicadores nº Muito Bom 1; 2; 3; 4 e 5 Evidencia todos Excelente os indicadores. Avaliação de desempenho dos Docentes 26 2007/2009
  27. 27. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo C.4 – Participação e dinamização de projectos de investigação, desenvolvimento e inovação educativa C.4.1 – Avaliação da participação e dinamização de projectos de investigação, desenvolvimento e inovação educativa e cumprimento dos objectivos individuais C.4.1.1 – Empenhamento e qualidade da participação em projectos de investigação e inovação educativa Modalidades Objectivos Gerais Objectivos Específicos Evidências TIC na sala de Aula Promover o sucesso dos alunos. Os de cada projecto Planificações Comunidade de prática Articular os diversos saberes. Reuniões de nível Intervenção documental (Áreas Facilitar a aquisição de competências. Relatórios dos projectos Temáticas) Partilhar as aprendizagens realizadas com os Actas de Grupo/Departamento outros docentes. Divulgar experiências inovadoras de ensino/aprendizagem. Escala de classificação Sem evidências que permitam confirmar a participação em projectos de investigação e inovação educativa. Insuficiente As evidências confirmam que o docente utiliza, partilha com alguma frequência, os materiais, recursos e conhecimentos ligados Regular a projectos de desenvolvimento inovação educacional. As evidências confirmam que o docente utiliza, partilha frequentemente, materiais, recursos e conhecimentos ligados a Bom projectos de desenvolvimento inovação educacional, divulgando-as junto da comunidade escolar. As evidências confirmam que o docente utiliza, partilha frequentemente, materiais, recursos e conhecimentos ligados a projectos de desenvolvimento inovação educacional, divulgando-as junto da comunidade escolar, promovendo a sua Muito Bom implementação como prática comum, após aprovação do conselho pedagógico. As evidências confirmam que o docente utiliza, partilha frequentemente, materiais, recursos e conhecimentos ligados a projectos de desenvolvimento inovação educacional, divulgando-as junto da comunidade escolar, promovendo a sua Excelente implementação como prática comum, após aprovação do conselho pedagógico e a sua publicação, verificando-se a sua utilidade para a profissão docente. Avaliação de desempenho dos Docentes 27 2007/2009
  28. 28. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo C4.1.1. Empenhamento e qualidade da participação em projectos de investigação e inovação educativa Indicadores 1- Utilização e partilha de materiais e recursos a) Com alguma frequência (1 /período) b) Frequentemente (2 / período) 2- Divulgação na comunidade escolar 3- Prática comum 4- Publicação 2- Divulgação na 3- 4- 1- Utilização, partilha de materiais e Publicação Indicadores comunidade escolar Prática Classificação 2007/2008 2008/2009 recursos evidenciados comum a)1/período b)2/período Não evidencia Insuficiente indicadores Evidencia o indicador nº Regular 1 a) Evidencia os indicadores Bom nº 1-b); 2 Evidencia os indicadores Muito Bom nº 1; 2; 3 Evidencia todos os Excelente indicadores. Avaliação de desempenho dos Docentes 28 2007/2009
  29. 29. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo E – Relação com a comunidade E1 – Relação com a comunidade E1.1 – Avaliação da relação com a comunidade e do cumprimento dos respectivos objectivos individuais E1.1.1 Empenhamento e qualidade da participação do docente no desenvolvimento das relações entre a escola e a comunidade Evidências Objectivos Actas do Conselho de Turma/EE Promover a formação e auto-formação dos alunos Registo dos contactos com encarregados de educação Promover o sucesso educativo dos alunos. Protocolos com associações, instituições e empresas Responsabilização da Comunidade Educativa pela aquisição as aprendizagens. Presenças em eventos do Concelho ou convocados Perceber e actuar no contexto socioeconómico e cultural em que a escola se insere. pela Comunidade Educativa ou da sua própria iniciativa Fomentar um clima de bom relacionamento na comunidade escolar. Facilitar a valorização profissional dos docentes. Contribuir para o desenvolvimento da comunidade local. Escala de classificação Sem evidências que permitam avaliar qualquer participação do docente nas relações com a Comunidade Educativa. Insuficiente As evidências confirmam que o docente participa pelo menos duas vezes, por ano, em actividades promovidas pela Comunidade Educativa, externa à escola (quando a sua presença é solicitada pelo Conselho Executivo), e está presente em todas as reuniões Conselho de Regular Turma/Encarregados de Educação. As evidências confirmam que o docente participa em 2/3 das actividades, por ano, promovidas pela escola e está presente em todas as reuniões do Conselho de Turma / Encarregados de Educação, contribuindo para a motivação dos Encarregados de Educação na Bom responsabilização das aprendizagens dos alunos. As evidências confirmam que o docente participa em todas as actividades anuais, promovidas pela escola, e duas delas fora da escola, está presente em todos os Conselhos de Turma /Encarregados de Educação, contribuindo com sugestões de métodos de estudo e motivação Muito Bom dos Encarregados de Educação na responsabilização das aprendizagens dos alunos. As evidências confirmam que o docente participa em mais de duas actividades promovidas pela Comunidade Educativa, externa à escola, e em todas as actividades, promovidas pela escola, está presente em todos os Conselhos de Turma /Encarregados de Educação, contribuindo Excelente com sugestões de métodos de estudo e motivação dos Encarregados de Educação na responsabilização das aprendizagens dos alunos, inclusive as de iniciativa própria, no âmbito da representação da escola Nota: Exceptuando as faltas dada ao abrigo do Estatuto da Carreira Docente Avaliação de desempenho dos Docentes 29 2007/2009
  30. 30. Escola Secundária José Belchior Viegas Avaliação efectuada pelo Presidente do Conselho Executivo E1.1.1 Empenhamento e qualidade da participação do docente no desenvolvimento das relações entre a escola e a comunidade 1- Participação em duas actividades promovidas pela escola a) 2/ Ano b) b) 2/3 Actividades/ ano c) Participação em duas actividades promovidas pela comunidade d) Mais de 2/ fora da escola e) Iniciativa própria 2- Presença em todas as reuniões de Conselho de Turma (excepção para as faltas justificadas ao abrigo do nº do Estatuto da Carreira Docente ) 3- Contribuição a) Motivação dos EE b) Sugestões de métodos de estudo 1- Participação em actividades promovidas pela 3- 2-Conselhos de Contribuição escola ou pela comunidade educativa Indicadores Turma Classificação 2007/2008 2008/2009 evidenciados a) b) c) d) e) a) b) Não evidencia Insuficiente indicadores Evidencia o indicador nº Regular 1 a); 2 Evidencia os indicadores Bom nº 1-b); 2; 3-a) Evidencia os indicadores Muito Bom nº 1b); 2; 3b) Evidencia todos os Excelente indicadores. Avaliação de desempenho dos Docentes 30 2007/2009

×