Your SlideShare is downloading. ×
0
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Plano anual de actividades2011 12
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Plano anual de actividades2011 12

508

Published on

Published in: Education, Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
508
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Plano Anual de Actividades2011/2012<br />-35605727145020OBJECTIVOS PEA – 2011/2012<br />PROMOÇÃO DE HÁBITOS DE CIDADANIA<br />CLIMA E AMBIENTE ESCOLAR <br />Desenvolver estruturas e processos de gestão de qualidade, participativa, potenciando a comunicação (plataformas Web) e urna cultura colaborativa;<br />Envolver todos os actores escolares na inventariação dos problemas e na partilha de responsabilidades na sua resolução através de estratégias motivadoras e assertivas;<br />Criar um bom clima social, académico e organizacional, promovendo a melhoria da qualidade e de identificação de modelos de referência;<br /> Melhorar os dispositivos existentes para a divulgação da informação e comunicação na comunidade escolar. <br />Promover a integração pelas artes/ expressões: música, dança, teatro, expressão plástica…<br />Promover o embelezamento, melhoria e manutenção dos edifícios escolares e zonas verdes.<br />ORGANIZAÇÃO PEDAGÓGICA<br />Optimizar a Acção Educativa: redução do insucesso e abandono, de forma a atingir as metas até 2015 e promover a diminuição do absentismo;<br />Planificar os conteúdos por objectivos mínimos e de desenvolvimento;<br />Privilegiar a avaliação diagnóstica e formativa, de acordo com os objectivos mínimos e de desenvolvimento;<br />Optimizar mecanismos de forma a que a idade cronológica dos alunos coincida o mais possível com o ano de escolaridade que frequentam;<br />DESENVOLVIMENTO CURRICULAR <br />Valorizar os procedimentos de desenvolvimento do currículo do que os produtos finais – real efectivação da avaliação contínua;<br />Construir um projecto curricular integrado, significativo e adequado às necessidades dos alunos, privilegiando actividades/eventos que promovam o reconhecimento dos alunos do Agrupamentos;<br />Individualizar percursos de formação, diversificando as ofertas educativas – ensino articulado e CEFs.<br />GESTÃO DOS RECURSOS HUMANOS<br />Gerir racionalmente os Recursos Humanos<br />Optimizar o Desempenho de Funções de Coordenação (responsabilização/ envolvimento/ das chefias intermédias);<br />GESTÃO DOS RECURSOS MATERIAIS, DOS ESPAÇOS, DO TEMPO<br />Gerir racionalmente os Equipamentos e Materiais – inventariação de todos os materiais e equipamentos – redução dos custos em papel e outros materiais;<br />Melhorar a qualidade dos Espaços, humanizando-os; <br />Adaptar funcionalmente os Espaços rentabilizando-os; <br />Gerir racionalmente o tempo.<br />GESTÃO ADMINISTRATIVO-FINANCEIRA<br />Gerir racionalmente o Orçamento;<br />Angariar e Gerar Recursos Financeiros.<br />APRENDIZAGEM DOS ALUNOS <br /> 7.1. DIMENSÃO PESSOAL DA FORMAÇÃO<br /> 7.1.1. Favorecer o desenvolvimento progressivo de sentimentos de autoconfiança e melhor auto-estima.<br /> 7.1.2. Promover a criação de situações que favoreçam o conhecimento de si próprio e um relacionamento positivo com os outros, no apreço pelos valores da Justiça, da Verdade, da Solidariedade e de Tolerância.<br />7.1.3. Criar condições que permitam apoiar carências individualizadas e detectar e estimular aptidões específicas e a precocidade.<br />7.1.4. Proporcionar, em colaboração com os parceiros educativos, situações de ensino/aprendizagem formais e não formais que fomentem a expressão de interesses e aptidões nos diversos domínios da formação.<br />7.1.5. Incentivar o reconhecimento pelo valor social do trabalho e promover o sentido de entreajuda e cooperação.<br />7.1.6. Estimular a integração de culturas diferentes. <br /> <br />7.2- DIMENSÃO DAS AQUISIÇÕES BÁSICAS E INTELECTUAIS FUNDAMENTAIS<br />  7.2.1. Fomentar aprendizagens significativas promovendo:<br /> 7.2.1.1. O domínio progressivo dos meios de expressão e comunicação (verbais e não verbais);<br />7.2.1.2. O conhecimento dos valores da língua, história e cultura portuguesas;<br />7.2.1.3. A valorização da língua portuguesa: reconhecimento de que a língua portuguesa é um veículo de transmissão e criação de cultura nacional, de abertura a outras culturas e de realização pessoal e que é um veículo imprescindível à aprendizagem e à aquisição das necessárias competências linguísticas e comunicativas.<br />7.2.2. Garantir a aquisição e estruturação de conhecimentos/competências básicas sobre a Natureza, Sociedade e Cultura e desenvolver a interpretação e a análise crítica dos fenómenos naturais, sociais e culturais.<br />7.2.3. Incentivar a aquisição de conhecimentos/competências para seleccionar, interpretar e organizar informação.<br />7.2.4. Fomentar o desenvolvimento de aptidões técnicas e manuais na resolução de problemas.<br />7.2.5. Estimular o conhecimento tecnológico e informático, promovendo a utilização das novas tecnologias da informação e comunicação numa perspectiva de integração multidisciplinar e de optimização das aprendizagens.<br />7.2.6. Promover a informação e orientação escolar/profissional, em colaboração com as famílias e outras estruturas de apoio.<br />7.3. DIMENSÃO DA EDUCAÇÃO PARA A CIDADANIA<br /> 7.3.1. Implementar comportamentos cívicos contribuindo para a construção da identidade e para o desenvolvimento da consciência cívica.<br /> 7.3.1.1. Premiar a criação de actividades/eventos e trabalhos inovadores;<br /> 7.3.1.2. Promover debates que envolvam a comunidade educativa.<br /> 7.3.2. Promover uma Educação em função de Valores Universais de Cidadania e Protecção do Meio Ambiente.<br /> 7.3.3. Promover o desenvolvimento de atitudes e hábitos de trabalho autónomo e em grupo.<br /> 7.4. PRESTAÇÃO DE APOIO À APRENDIZAGEM DOS ALUNOS, INCLUINDO AQUELES COM DIFICULDADE DE APRENDIZAGEM<br />7.4.1. Contribuir para uma formação integral dos alunos (diversificação de estratégias, métodos, procedimentos por parte dos professores);<br /> Planificar os conteúdos por objectivos mínimos e de desenvolvimento;<br /> Privilegiar a avaliação diagnóstica e formativa, de acordo com os objectivos mínimos e de desenvolvimento;<br />7.4.2. Implementar a articulação de conteúdos curriculares entre os diferentes ciclos de escolaridade dentro do Agrupamento (disponibilidade/participação/iniciativa, assim como métodos e estratégias por parte dos professores);<br />7.4.3. Pugnar por uma efectiva igualdade de oportunidades individualizando percursos de formação e diversificando as ofertas educativas.<br />7.5. PROMOÇÃO DO SUCESSO EDUCATIVO <br />7.5.1. Promover o sucesso educativo (tendencialmente para 100%)<br /> Incremento da Qualidade do Sucesso<br />Taxa de transição ao 1º ciclo de 98%;<br />Taxas de transição no 2º ciclo de 90%;<br />Taxas de transição no 3º ciclo de 90%;<br />Taxas de 80% de sucesso a Língua Portuguesa e Matemática para o 2º ciclo;<br />Taxas de 80% de sucesso a Língua Portuguesa e Matemática para o 3º ciclo;<br />Atingir os 25 % de alunos sem níveis negativos (2º e 3º ciclos) – Novos Bons Alunos;<br />Atingir entre 5 % e 10% de alunos com níveis iguais ou superiores a 4 (2º e 3º ciclos);<br />Melhorar o raciocínio lógico - dedutivo e o domínio da Língua Portuguesa dos alunos;<br />Propiciar aprendizagens significativas (curriculares, novas tecnologias, cívicas e relacionadas com a saúde);<br />Continuar a promover estratégias para que, cada vez mais se concretize a aproximação da idade cronológica dos alunos, com o<br /> ano de escolaridade que frequentam, numa perspectiva de optimização das estratégias que visem o sucesso; <br />Promover o conhecimento e o gosto pela cultura portuguesa, nas suas diversas vertentes.<br />7.6. REDUÇÃO DO ABANDONO ESCOLAR (tendencialmente para 0%)<br />7.6.1. Promover e cooperar com CEF e outros percursos escolares alternativos (reforço da disponibilidade e iniciativa dos professores);<br />7.6.2. Reforçar a responsabilização dos Encarregados de Educação (estratégias, métodos, actividades diversificadas por parte dos professores e directores de turma);<br />7.6.3. Promover e reforçar os contactos com as entidades externas (CPCJ, Segurança Social, Autarquia, Centro de Saúde...).<br />8. AVALIAÇÃO DAS APRENDIZAGENS <br />8.1. Promover uma avaliação adequada ao serviço do sucesso das aprendizagens;<br /> Planificar os conteúdos por objectivos mínimos e de desenvolvimento;<br /> Privilegiar a avaliação diagnóstica e formativa, de acordo com os objectivos mínimos e de desenvolvimento;<br />8.2. Diversificar modalidades e instrumentos de avaliação.<br />Premiar a participação em actividades/ projectos inovadores e criativos que visem uma melhor visão/ compreensão do mundo e da vida (para além da cultura académica e curricular).<br />9. PROMOÇÃO DA ARTICULAÇÃO ESCOLA-FAMÍLIA<br />9.1. Co-responsabilizar a família no percurso escolar dos alunos;<br />9.2. Promover a participação voluntária dos pais, potenciando a sua adesão a programas de envolvimento na escola;<br />Melhorar a comunicação com as famílias;<br /> 9.4. Potenciar acções dirigidas aos pais, visando a sua intervenção no acompanhamento do percurso escolar dos alunos. <br />PROMOÇÃO DA ARTICULAÇÃO INTER-INSTITUCIONAL <br />10.1. Potenciar uma política de negociação e concertação educativa com todos os actores sociais intervenientes no processo educativo, visando uma adequada intervenção comunitária;<br />10.2. Reforçar a relação com outras instituições:<br />Com o Instituto Superior de Ciências Educativas: estágio de educadoras de infância no Jardim de Infância Maria Lamas;<br />Com a Universidade Nova: supervisão de estágio de professores de Educação Musical; <br />Para estágio dos alunos do CEF Tipo 2 “Acompanhante de Acção Educativa”: Associação de Moradores do Bairro das Patameiras (IPSS); Centro Infantil de Odivelas e Jardim de Infância Maria Lamas.<br />Para estágio dos alunos do CEF Tipo 2 “Empregado Comercial”: Pingo-Doce/Loja do Cidadão<br /> OUTROS PARCEIROS<br />Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola E.B1/ JI Maria Lamas;<br />Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola E.B1 Rainha Santa;<br />Confederação das Associações de Pais do Concelho de Odivelas; <br />Presidente da Assembleia Municipal de Odivelas;<br />Presidente da Câmara Municipal de Odivelas;<br />Presidente da Junta de Freguesia de Odivelas;<br />Conservatório de Música D. Dinis; <br />Biblioteca Municipal D. Dinis;<br />Escola Secundária de Odivelas;<br />Espaço Pessoa;<br /> - Escoteiros de Odivelas Rua Alberto Monteiro - Igreja Paroquial de Odivelas <br />Universidade Lusófona (estágios curriculares de psicologia);<br />FCUL- CRIE ;<br />ISPA – Instituto Superior de Psicologia Aplicada;<br />Escola Superior de Educação João de Deus – (seminário de estágio 1º ciclo Maria Lamas);<br />CENFORES – Loures ;<br />Municipália (Malaposta) ;<br />EPIS<br />Escola Secundária Profissional e Agrícola – Carvalhais Mirandela<br />- Ministério Público<br />10.3. Contribuir para o desenvolvimento e valorização da identidade cultural do território local;<br />10.4. Promover a melhoria da qualidade da escola enquanto prestadora de um serviço social público.<br />11. PROMOÇÃO DA FORMAÇÃO E AVALIAÇÃO DO PESSOAL DOCENTE E NÃO DOCENTE<br />11.1. Promover uma política de formação centrada no Agrupamento obedecendo a uma lógica contextual, adaptativa, organizacional e orientada para a mudança;<br />11.2. Potenciar uma formação contínua na tripla perspectiva: aumento de competências instrumentais, produção de projectos de mudança/inovação e gestão de conflitos;<br />11.3. Desenvolver a profissionalidade, melhorando a qualidade do desempenho;<br />11.4. Estimular e premiar a inovação, a criatividade; e o VOLUNTARIADO<br />11.5. Promover a avaliação do pessoal docente e não docente nas perspectivas científica/pedagógica e organizacional. <br />12. PROMOÇÃO DA AVALIAÇÃO INTERNA<br />12.1. Potenciar uma cultura de avaliação;<br />12.2. Promover a qualidade da educação, para além da cultura meramente académica e curricular; <br />12.3. Promover auto-conhecimento e desenvolvimento organizacional;<br />12.4. Desenvolver um sistema de informação actualizada sobre o Agrupamento.<br />Escolas 1º CEB e JI<br />NºSECTORÁREADEPARTAMENTOACTIVIDADEDINAMIZADORESRESPONSÁVEISCALENDARIZAÇÃONumeração De acordo com o OBJECTIVOdoPEAMETAS A ATINGIR COM A ACTIVIDADE PROPOSTAPUBLICO ALVOPREVISÃO ORÇAMENTAL(OBRIGATÓRIO)1<br />Escola Básica dos 2º e 3º Ciclos dos Pombais<br />1 Departamento de Línguas<br />NºSECTORÁREADEPARTAMENTOACTIVIDADEDINAMIZADORESRESPONSÁVEISCALENDARIZAÇÃONumeração De acordo com o OBJECTIVOdoPEAMETAS A ATINGIR COM A ACTIVIDADE PROPOSTAPUBLICO ALVOPREVISÃO ORÇAMENTAL(OBRIGATÓRIO)1<br />2 Departamento de Ciências Sociais e Humanas<br />NºSECTORÁREADEPARTAMENTOACTIVIDADECALENDARIZAÇÃONumeração De acordo com o OBJECTIVOdoPEAMETAS A ATINGIR COM A ACTIVIDADE PROPOSTAPUBLICO ALVOPREVISÃO ORÇAMENTAL(OBRIGATÓRIO)1<br />3 - Departamento de Matemática e Ciências Experimentais<br />NºSECTORÁREADEPARTAMENTOACTIVIDADEDINAMIZADORESRESPONSÁVEISCALENDARIZAÇÃONumeração De acordo com o OBJECTIVOdoPEAMETAS A ATINGIR COM A ACTIVIDADE PROPOSTAPUBLICO ALVOPREVISÃO ORÇAMENTAL(OBRIGATÓRIO)1<br /> CEF- Empregado Comercial<br />NºSECTORÁREADEPARTAMENTOACTIVIDADEDINAMIZADORESRESPONSÁVEISCALENDARIZAÇÃONumeração De acordo com o OBJECTIVOdoPEAMETAS A ATINGIR COM A ACTIVIDADE PROPOSTAPUBLICO ALVOPREVISÃO ORÇAMENTAL(OBRIGATÓRIO)1<br />DINAMIZADORES<br />RESPONS<br />CEF – AUXILIAR DE ACÇÃO EDUCATIVANºSECTORÁREADEPARTAMENTOACTIVIDADEDINAMIZADORESRESPONSÁVEISCALENDARIZAÇÃONumeração De acordo com o OBJECTIVOdoPEAMETAS A ATINGIR COM A ACTIVIDADE PROPOSTAPUBLICO ALVOPREVISÃO ORÇAMENTAL(OBRIGATÓRIO)1<br />

×