Redes Sociais: Relacionamento com foco no Engajamento

  • 175 views
Uploaded on

 

More in: Social Media
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
175
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
12
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Relacionamento para Engajamento Ana Brambilla – novembro/13
  • 2. Economia Social / Capital Social O que o dinheiro não compra? ECONOMIA TRADICIONAL Você vale pelo que TEM ECONOMIA SOCIAL Você vale pelo que COMPARTILHA
  • 3. Redes Sociais no jornalismo = banco de 3 pés PRODUÇÃO DE CONTEÚDO ATIVAÇÃO (postagens) RELACIONAMENTO
  • 4. Por que precisamos gerar ENGAJAMENTO? PARTICIPAR Provocar a ação do outro. ≠ ENGAJAR Provocar a ação do outro e envolver-se também.
  • 5. Plano de Engajamento Ouvir Aprender Medir Falar Engajar
  • 6. Plano de Engajamento Ouvir • Sobre o que o meu público gosta de conversar? • Quais os conteúdos que mais compartilha? • Qual o comportamento online? (faixas de horário, linguagem) • Qual o perfil? (idade, gênero, escolaridade, renda, hábitos de consumo) • Quais as principais QUEIXAS e REAÇÕES NEGATIVAS?
  • 7. Horários Nobres do Twitter
  • 8. Horários Nobres do Facebook
  • 9. Plano de Engajamento Falar • Entre na conversa; • Se paute sem aprisionamento ao SEU escopo, mas busque adequação ao universo DELE, o público; • Não se posicione como dono da verdade; • Crie espaços de diálogo.
  • 10. Plano de Engajamento Engajar • Prepare formatos de post que visem apenas o engajamento; • O que pode ser ÚTIL / DIVERTIDO / EMOCIONANTE ao seu público? • Mantenha-se ativo ao longo do processo
  • 11. Plano de Engajamento Medir • PTA • KLOUT Audiência NÃO É sinônimo de engajamento!
  • 12. Plano de Engajamento • Dar sentido à medição Aprender Se pergunte: • Há públicos diferentes? • Os horários podem estar desencontrados? • É preciso oferecer outro conteúdo? • É preciso fazer uma ação off ? • A identidade/o objetivo estão claros? • Qual a MENSAGEM sua marca está passando?
  • 13. COMO nos relacionamos? <simbiose com PRODUÇÃO DE CONTEÚDO>
  • 14. É isto?
  • 15. Mas pode ser isto:
  • 16. Ou isto...
  • 17. http://www.huffingtonpost.com/2013/02/1 9/gay-man-homophobic-preacher-subwayvideo_n_2715813.html
  • 18. http://info.abril.com.br/noticias/itsolutions/2013/09/acompanhe-o-hangout-deinfo-nesta-quinta-feira.shtml
  • 19. ... E poderia ser isto:
  • 20. Modelos de Produção CATEDRAL Estrutura verticalizada, hierárquica e institucionalizada, fechada à contribuição do público BAZAR Modelo horizontal, rizomático de produção, aberto à participação do público
  • 21. O call to action bem feito pode trazer resultados melhores
  • 22. Engaje
  • 23. Diálogo é fundamental!
  • 24. Explore os bastidores
  • 25. Texto sobre imagem viraliza. E muito!
  • 26. O que o público quer saber está dito nas redes sociais
  • 27. O contrário também acontece...
  • 28. Incorporar conteúdo das redes via curadoria ou filtros http://noticias.terra.com.br/mundo/acompanhe-no-twitter-comentariossobre-os-conflitos-nohttp://hexabr.blog.terra.com.br/2010/06/16/o-dia-em-que-diego-forlanegito,7928a3c7b94fa310VgnCLD200000bbcceb0aRCRD.html calou-as-vuvuzelas-no-twitter/
  • 29. Curadoria rules!
  • 30. Histórias do Instagram
  • 31. E a FICÇÃO? http://www.misionmundial.com.ar/la-pareja-del-mundial
  • 32. Vine = teasers + backstage http://www.poynter.org/latest-news/mediawire/202337/german-paper-uses-vine-to-show-front-page-layout-in-progress/
  • 33. Da rede para a rede:
  • 34. Da rede para a rede:
  • 35. Curadoria de conteúdo do usuário Outros usuários mandam/postam conteúdo Produz conteúdo editorial Espiral da colaboração editorial nas redes sociais Mantém o canal aberto ao usuário Publica na rede social (avisa o usuário) Usuário compartilha, gerando audiência
  • 36. Redes Sociais e RELEVÂNCIA de conteúdo INFLUÊNCIA SOCIAL DIAGONAL “A quantidade de „curtidas‟ em um conteúdo na internet é um fator com maior poder sobre a influência na opinião do internauta do que a qualidade do conteúdo em si.” Fonte: Pesquisa “Influência Social Diagonal: Uma Experiência Randomizada” MIT, agosto/13
  • 37. “A pesquisa perguntou a usuários questões sobre a relevância do conteúdo, a confiabilidade da fonte, o desejo de compartilhar com os amigos e se ele reclamaria se visse aquele conteúdo em seu feed. A partir disso, o Facebook usou os resultados da pesquisa para construir um novo sistema de aprendizado para detectar conteúdo definido como de alta qualidade.” Fonte: Terra e Facebook (http://tecnologia.terra.com.br/internet/facebook-muda-algoritmo-para-destacar-conteudo-dequalidade,73a8a7047aca0410VgnVCM10000098cceb0aRCRD.html) https://www.facebook.com/facebookforbusiness/news/News-FeedFYI-Showing-More-High-Quality-Content
  • 38. Se pergunte antes de cada post: Why should I CARE?  Distribuição Social + Why should I SHARE?  Viralização O desafio é romper a barreira do CARE pro SHARE ;-)
  • 39. A escalada do Facebook Facebook como 1º acesso: 47% - social 32% - busca 21% - mídia 2012: Internet no Brasil: +13% Facebook no Brasil: +26% EdgeRank: - Relevância individual - Tipo de conteúdo que eu mais curto - Atualidade - Investimento 2007: só mais uma rede 2008: abre sua api e Zynga bomba 2009: Zynga atinge 20mm de usuários ativos - FB lança FB Credits (R.S. de 30%) - FB lança “ocultar alertas” - jogares caem pela metade 2010: surgem as fanpages - Zynga perde 70% do valor de mercado 2011: newsfeed é editado pelo EdgeRank Os posts de uma fanpage chegam apenas a um grupo de 12% a 5% da base de fãs. Novo newsfeed tende a tornar as marcas ainda mais dependentes de investimento para terem visibilidade.
  • 40. BE SOCIAL!
  • 41. Brinque com o usuário!
  • 42. Use a linguagem para criar expectativa:
  • 43. Crie rankings próprios:
  • 44. Numere...
  • 45. Na rede, você vale não apenas o que tem, mas aquilo que compartilha! ;-)
  • 46. Busque envolvimento utilidade pública:
  • 47. Reconhecer erros e pedir desculpas é humano!
  • 48. Diante de reclamações genéricas, ofereça alternativas...
  • 49. Responda com uma (ou outra) PERGUNTA Mensagens implícitas na respostapergunta: - sim, a marca leu a reclamação - a marca respondeu - o canal de diálogo foi mantido aberto
  • 50. ... ou procure entender melhor:
  • 51. Respeite o canal que o usuário escolheu para se manifestar... ... mas saiba respeitar a privacidade de informações pessoais!
  • 52. Tome muito cuidado para corrigir o usuário
  • 53. 10 pontos para guardar (e usar!) 1. Não apague! 2. Nunca rebata uma crítica, ainda que ela seja injusta. 3. Selecione quem precisa/merece resposta IMPORTANTE: parta do pressuposto de que toda menção pode merecer resposta. 4. Posicione-se SEMPRE de modo público, pelo mesmo canal em que a pessoa fez a reclamação. 5. Se o diálogo envolver dados sigilosos ou pessoais, avise que direcionará para canal privado.
  • 54. 10 pontos para guardar (e usar!) 6. Seja RÁPIDO! E transparente quanto a prazos. 7. Use linguagem apropriada ao meio (sem formalidades, sem oficialismos e em primeira pessoa do plural) 8. Reconhecer falhas é nobre e muito bem reconhecido pelas comunidades. Pratique! 9. Peça desculpas. É tão humano quanto natural. E educado! 10. Na crise, se aproxime dos embaixadores da marca.
  • 55. QUANDO NÃO RESPONDER? Troll Perfis fake Repetição exagerada e sem diálogo Reações à pauta
  • 56. E saiba a hora de parar
  • 57. Deixe a informação positiva (ou menos negativa) para o final: Tão logo identificamos o erro foi 1) corrigido, porém não existe no mercado esse produto por esse valor. Não encontramos esse produto por esse 2) valor no mercado, mas procuramos corrigir o problema tão logo foi identificado.
  • 58. Deixe a informação positiva (ou menos negativa) para o final: 1) Visite sempre nossa seção para ver se saiu a foto do seu filho. Recebemos muitas fotos do bebê mais lindo todos os dias e não temos como afirmar quando a sua será publicada. Recebemos muitas fotos do bebê mais lindo todos os dias e fica difícil afirmar a data em 2) que cada uma será publicada. Mas a gente te convida a dar uma passada por lá todos os dias. Vai que tem uma surpresa?
  • 59. Para que serve cada rede? ECOMMERCE MOB+LIVE IMG TXT RELACIONAMENTO ENGAJAMENTO BACKSTAGE
  • 60. “Se os meus leitores souberem mais do que eu (e sei que isso é verdade), posso incluí-los no processo de melhorar o nível do meu jornalismo.” (Dan Gillmor)
  • 61. anabrambilla@gmail.com