Rio de Janeiro (RJ), 19 de agosto de 2010 Membro Fundador do Programa Brasileiro GHG Protocol
 
<ul><li>A Experiência da CESP </li></ul><ul><li>Incorporação da mudança climática no planejamento estratégico – ano 2007 <...
 
GHG Protocol ABNT NBR ISO 14064 IPCC – Guidelines for GHG Controle Operacional Programa Brasileiro de GHG Protocol Contabi...
Âmbito 1 - Emissões Diretas da CESP Consumo de combustíveis Fósseis   (gasolina, diesel, gás natural – GN e/ou gás liquefe...
Âmbito 3 - Outras Emissões Indiretas da CESP Lixo orgânico  – papel, alimentos, refeitórios, entre outros. Resíduos orgâni...
Emissões de Biomassa da CESP Consumo de álcool combustível Demais emissões de biomassa OBS. Ocorrência de incêndios em gra...
Resumo do Inventário de Gases de Efeito Estufa da CESP dos anos de 2008 e 2009.
 
<ul><li>Inventários de Gases de Efeito Estufa – anos 2007, 2008 e 2009; </li></ul><ul><li>Plano de Redução de Emissão de G...
<ul><li>Ações Necessárias – Futuro </li></ul><ul><li>Informatização do Inventário de Gases de Efeito Estufa (Rastreabilida...
inform@cesp.com.br  www.cesp.com.br Obrigado!
apoio:
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Cesp: sustentabilidade como política

668 views

Published on

Apresentação da CESP no 1º Fórum sobre Práticas com Inventários de Emissões de GEE no Setor de Energia no dia 19 de agosto de 2010.

Assista a entrevista concedida ao Ambiente Energia após a apresentação.

Outras palestras e documentos sobre as ações das empresas para redução de GEE podem ser baixadas no portal Matriz Limpa - www.matrizlimpa.com.br

Published in: News & Politics
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
668
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
18
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cesp: sustentabilidade como política

  1. 1. Rio de Janeiro (RJ), 19 de agosto de 2010 Membro Fundador do Programa Brasileiro GHG Protocol
  2. 3. <ul><li>A Experiência da CESP </li></ul><ul><li>Incorporação da mudança climática no planejamento estratégico – ano 2007 </li></ul><ul><li>Programa de Mudança Climática e Sequestro de Carbono </li></ul><ul><ul><li>1º. Caracterizar as emissões de gases de efeito estufa (GEE); </li></ul></ul><ul><ul><li>2º. Implementar metas de redução; </li></ul></ul><ul><ul><li>3º. Identificar potencialidades do mercado de carbono; </li></ul></ul><ul><ul><li>4º. Implementar ações de neutralização; </li></ul></ul><ul><ul><li>5º. Propor projetos de pesquisas e desenvolvimento (P&D) </li></ul></ul>
  3. 5. GHG Protocol ABNT NBR ISO 14064 IPCC – Guidelines for GHG Controle Operacional Programa Brasileiro de GHG Protocol Contabilidade de Emissões Fatores de Emissão Validação Publicação
  4. 6. Âmbito 1 - Emissões Diretas da CESP Consumo de combustíveis Fósseis (gasolina, diesel, gás natural – GN e/ou gás liquefeito de petróleo - GLP). Fuga de hexafluoreto de enxofre – SF 6 das instalações elétricas. Quantidade de fertilizantes utilizados, orgânicos e/ou sintéticos Âmbito 2 -Emissões Indiretas de Energia Elétrica da CESP Energia Elétrica adquirida da rede externa
  5. 7. Âmbito 3 - Outras Emissões Indiretas da CESP Lixo orgânico – papel, alimentos, refeitórios, entre outros. Resíduos orgânicos – volume de plantas aquáticas, poda de jardim e gramado, conservação de taludes de barragens, entre outros da CESP. Volume de esgoto gerado nas instalações da CESP Viagens de empregado da CESP Transporte de empregados casa x trabalho
  6. 8. Emissões de Biomassa da CESP Consumo de álcool combustível Demais emissões de biomassa OBS. Ocorrência de incêndios em gramados, matas e outros de origem orgânica.
  7. 9. Resumo do Inventário de Gases de Efeito Estufa da CESP dos anos de 2008 e 2009.
  8. 11. <ul><li>Inventários de Gases de Efeito Estufa – anos 2007, 2008 e 2009; </li></ul><ul><li>Plano de Redução de Emissão de GEE – período 2008 a 2011; </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Ano 2008 </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><li>Incremento da utilização de álcool = 5,61%; </li></ul></ul><ul><ul><li>Redução do consumo de energia elétrica = 2,92%. </li></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Ano 2009 </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><li>Incremento da utilização de álcool = 39%; </li></ul></ul><ul><ul><li>Redução do consumo de energia elétrica = 5,4%. </li></ul></ul><ul><li>Pesquisa e Desenvolvimento </li></ul><ul><li>Armazenamento de Carbono em Florestas em parceria com a USP/ESALQ/IPEF e UNESP/Ilha Solteira; </li></ul><ul><li>Avaliação de Gases de Efeito Estufa de Reservatórios de Hidrelétricas em parceria com a APINE, LACTEC e UFPR-DHS. </li></ul>
  9. 12. <ul><li>Ações Necessárias – Futuro </li></ul><ul><li>Informatização do Inventário de Gases de Efeito Estufa (Rastreabilidade); </li></ul><ul><li>Adesão ao Índice Carbono Eficiente (ICO2) da BM&FBOVESPA e BNDES; </li></ul><ul><li>Realização de auditorias de validação de terceira parte; </li></ul><ul><li>Aumentar o registro das emissões de escopo 3; </li></ul><ul><li>Sistema de Gestão Climática. </li></ul><ul><li>Oportunidade de Mercado </li></ul><ul><li>Economia de baixo carbono – fator de emissão do grid elétrico brasileiro. </li></ul>
  10. 13. inform@cesp.com.br www.cesp.com.br Obrigado!
  11. 14. apoio:

×