Amanda e bruna b religiao onu
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Amanda e bruna b religiao onu

on

  • 305 views

 

Statistics

Views

Total Views
305
Views on SlideShare
305
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Amanda e bruna b religiao onu Amanda e bruna b religiao onu Presentation Transcript

  • Crianças e adolescentes 2010 Amanda e Bruna B. T: 72 N: 2 e 7 Data: 16/08/2010 ESI- Colégio São Carlos Ensino Fundamental Ensino Religioso
  • A realidade desse trabalho é que o mundo não tem apenas pessoas ruins mas pessoas que ajudam a combater o mal, e assim se religam a Deus. O objetivo desse trabalho é fazer com que as pessoas se comportem melhor e de ter claro os termos do universo religioso que estão aprofundados no trabalho. As partes do trabalho consistem em: capa, introdução, 10 entidades contendo sua origem, história, objetivo, importância e sua imagem, e, conclusão.
  • ONU Origem: Em junho de 1945, um ano depois do Dia D (6 de junho de 1944) e antes das bombas de Hiroshima (6 de agosto de 1945) e Nagasaki (9 de agosto de 1945), foi escrita a Carta das Nações Unidas, que entraria em vigor em 24 de outubro de 1945. História: A Organização das Nações Unidas (ONU) nasceu oficialmente em 24 de outubro de 1945, data de promulgação da Carta das Nações Unidas, que é uma espécie de Constituição da entidade, assinada na época por 51 países, entre eles o Brasil. Objetivo: a manutenção da paz internacional; a defesa dos direitos humanos; o estabelecimento de relações amistosas entre as nações, com base no princípio de autodeterminação dos povos; a cooperação dos países na solução de problemas internacionais de ordem econômica, social, cultural e humanitária; e constituir-se em centro de convergência das ações dos estados na luta pelos objetivos comuns.  Importância: é a busca de um desenvolvimento sustentável das nações, sem a necessidade de agressões ao meio ambiente e evitando, ou ao menos diminuindo, os grandes contrastes sociais, onde populações são dizimadas pela fome enquanto outras vivem confortavelmente devido ao progresso dos países onde habitam.
  • Direitos Humanos Origem: A origem dos direitos humanos, de acordo com Celso Lafer, remonta à tradição cristã ocidental, pois pode se apreender no ensinamento cristão um dos elementos formadores da mentalidade que os tornou possíveis. Poderíamos então considerar presentes no ensinamento cristão as raízes de um princípio de igualdade entre os homens, que talvez estivesse como uma qualidade transcendente, profundamente enraizada no próprio ordenamento cristão, que serve neste momento de ordem normativa que conduz o homem pela fé. História: devido à necessidade de proteção á população. Importância: existência, a liberdade, a posse de bens, e deram uma nova concepção de obediência, limitando desta maneira a domínio do Estado. Objetivo: estimular o desabrochar do homem todo e de todos os homens, dentro dos princípios básicos da defesa dos direitos humanos, rejeitando os valores hoje prevalecentes do egoísmo, da corrupção, da violência e da competição.
  • UNESCO Origem : A UNESCO foi criada em 16 de novembro de 1945 , para promover a paz e os direitos humanos com base na "solidariedade intelectual e moral da humanidade". É uma das agências das Nações Unidas para incentivar a cooperação técnica entre os Estados membros História: A Representação da UNESCO no Brasil, em Brasília, iniciou suas atividade em 1972 . A partir de 1992, suas ações adquiriram um novo impulso, motivadas inicialmente pela Declaração Mundial sobre Educação para Todos. A Representação, percebendo a importância desse compromisso na política educacional do país, iniciou entendimentos com o Ministério da Educação com vistas a um diálogo permanente de como poderia contribuir a UNESCO na concretização dos ideais de Jomtien. Objetivo: é contribuir para a paz e segurança mundial, fomentando a colaboração entre nações através da educação, ciência, cultura e comunicação. Importância: atuam em diversas áreas e possuem funções e práticas variadas - definidas e negociadas por Estados que em sua maioria compõem, integram e contribuem para o desenvolvimento e criação de tais organismos.
  • Carta da terra Origem: 1987 História: Em 1987, a Comissão Mundial das Nações Unidas para o Meio Ambiente e Desenvolvimento fez um chamado para a criação de uma nova carta que estabelecesse os princípios fundamentais para o desenvolvimento sustentável. Importância: Em um momento no qual grandes mudanças na nossa maneira de pensar e viver são urgentemente necessárias, a Carta da Terra nos desafia a examinar nossos valores e a escolher um caminho melhor. Objetivo: A Carta da Terra tem como objetivo a construção de uma cultura ecopedagogica.
  • UNICEF Origem: O Fundo das Nações Unidas para a Infância – UNICEF está presente no Brasil desde 1950, liderando e apoiando algumas das mais importantes transformações na área da infância e da adolescência no País, como as grandes campanhas de imunização e aleitamento, a aprovação do artigo 227 da Constituição Federal e o Estatuto da Criança e do Adolescente, o movimento pelo acesso universal à educação, os programas de combate ao trabalho infantil, as ações por uma vida melhor para crianças e adolescentes no Semi-árido brasileiro. História: 11 de dezembro de 1946 – O Fundo Internacional de Emergência das Nações Unidas para a Infância é criado. Ajuda Emergencial, Grécia. Objetivo: Proteção das crianças antepondo a promoção do aborto, da contracepção e de programas orientados para diminuir o papel da família. Importância: O investimento na família é a melhor opção para proteger crianças e adolescentes que estejam vivendo em instituições, como abrigos, nas ruas, ou que sejam vítimas de maus-tratos.
  • Declaração Universal da Criança Origem: Adotada pela Assembléia das Nações Unidas de 20 de novembro de 1959 e ratificada pelo Brasil. História: 20 de novembro de 1959. Objetivo: Direitos iguais aos dos adultos para as crianças e adolescentes. Importância: Reafirmaram sua fé nos direitos humanos fundamentais, na dignidade e no valor do ser humano, e resolveram promover o progresso social e melhores condições de vida dentro de uma liberdade mais ampla
  • Conselho tutelar Origem: são órgãos municipais destinados a zelar pelos direitos das crianças e adolescentes. Sua competência e organização estão previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente (artigos 131 a 140). História: O Conselho Tutelar surgiu em dezembro de 1997. Objetivo: A defesa dos direitos da criança e do adolescente. Importância: consiste na fiscalização do cumprimento dos direitos previstos no ECA.
  • ECA Origem: O ECA foi instituído pela Lei 8.069 no dia 13 de julho de 1990. História: Surgiu em 13 de julho de 1990. Objetivo: O Estatuto, tendo por fonte material o fenômeno da violência contra crianças e adolescentes e a chamada “questão do menor”, aparece como resposta humanitária à injustiça vivida por milhões de seres em situações de vulnerabilidade. Importância: O Estatuto é um importante instrumento de consolidação do direito à educação. Sua relação com a escola está ligada à questão da cidadania. A escola é o principal espaço onde a pessoa aprende a viver na sociedade respeitando leis, direitos e lutando pelos próprios. Escola e Estatuto são, portanto, dois importantes instrumentos de cidadania.