Your SlideShare is downloading. ×
Cisne Negro
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Cisne Negro

623
views

Published on

Published in: Education

2 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Essa parte foi uma brincadeira que talvez não faça muito sentido fora da palestra. Como os itens iam aparecendo um de cada vez, talvez alguém esperasse ver algo como 'apresentador de televisão' e não 'professor universitário', o que gerou algumas risadas. Mas a profissão de professor é escalável em pelo menos um sentido: um professor pode filmar sua aula, colocá-la na internet e atingir milhões de estudantes em vez das usuais poucas dezenas. Infelizmente, a remuneração não acompanha o aumento da audiência...
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Como é que um professor universitário é escalável?
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total Views
623
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
23
Comments
2
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Ciência, filosofia, os limites do conhecimento e o impacto do altamente improvável
  • 2. Estrutura da Apresentação 1. O cisne negro: prever o futuro não é possível. 2. O inconsciente freudiano: conhecer o presente também não é possível. 3. As ciências do caos e da complexidade: a física não é uma ciência exata. 4. Os teoremas da incompletude de Gödel: nem a matemática pura escapa! 06/08/12 Pag. 2/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 3. Argumento de autoridade “...em toda a minha experiência nunca estive em nenhum acidente...de qualquer tipo digno de menção. Só vi uma única embarcação em perigo em todos os meus anos no mar. Nunca vi um náufrago nem nunca naufraguei, tampouco enfrentei qualquer contratempo que ameaçasse terminar em qualquer tipo de desastre.” (Edward John Smith) 06/08/12 Pag. 3/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 4. Edward John Smith (1850 - 1912) ● Em toda sua vida profissional, Edward J. Smith cometeu um único erro,... ● ...ao comandar o RMS Titanic. 06/08/12 Pag. 4/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 5. 06/08/12 Pag. 5/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 6. Nassim Nicholas Taleb ● Nascido no Líbano, dissidente de Wall Street. ● Autor de “Fooled by Randomness” (2001) e “The Black Swan” (2007). ● Considerado pela revista Times como o “pensador mais quente do mundo”, e também como o “profeta do caos”. 06/08/12 Pag. 6/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 7. O que é um cisne negro? ● No Velho Mundo, a expressão “cisne negro” era usada para caracterizar a existência de algo impossível. ● Isso mudou em 1697, quando se descobriu cisnes negros na Austrália, terra natal de todos os bichos esquisitos... 06/08/12 Pag. 7/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 8. O que é um cisne negro? “Não importa quantos cisnes brancos possamos ter observado na vida, isso não justifica a conclusão de que todos os cisnes são brancos.” Karl Popper (1902 – 1994), filósofo austríaco e padroeiro da Empirica Capital, empresa de Taleb. 06/08/12 Pag. 8/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 9. Características dos Eventos “Cisne Negro” ● Nada no passado indica categoricamente que o evento seja possível. ● Causam forte impacto. ● Apesar de imprevisíveis e inesperados, são sempre facilmente explicados a posteriori. ● Após ocorrerem, torna-se voz corrente que uma segunda ocorrência do mesmo cisne negro é muito difícil ou mesmo impossível. 06/08/12 Pag. 9/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 10. 06/08/12 Pag. 10/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 11. Ataque ao World Trade Center (2001) 06/08/12 Pag. 11/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 12. Explosão da Challenger (1986) 06/08/12 Pag. 12/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 13. Explosão da Colúmbia (2003) 06/08/12 Pag. 13/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 14. Vôo 1907 da Gol (2006) 06/08/12 Pag. 14/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 15. Advertência O adjetivo “negro” não significa necessariamente que o evento seja “ruim”! 06/08/12 Pag. 15/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 16. Teoria da Relatividade Geral (1915) 06/08/12 Pag. 16/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 17. O surgimento da vida na Terra Probabilidade da abiogênese: menor do que uma em um trilhão. 06/08/12 Pag. 17/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 18. 06/08/12 Pag. 18/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 19. 06/08/12 Pag. 19/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 20. O Mediostão ● O membro mais típico é medíocre (médio). ● Aleatoriedade leve. ● Impermeável ao cisne negro. ● Comportamento previsível. ● Tirania do coletivo. ● Ambiente ancestral. ● “Não escalável”. 06/08/12 Pag. 20/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 21. “Escalabilidade” ● Um modelo de negócios é dito “escalável” quando permite o crescimento econômico da empresa. ● Para Taleb, uma grandeza é “escalável” quando permite o atingimento de valores extremos. 06/08/12 Pag. 21/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 22. Profissões não escaláveis ● Médicos, advogados, engenheiros. ● Pedreiros, massagistas, funcionários públicos. ● Consultores, psicólogos, contadores. ● Etc, etc, etc. 06/08/12 Pag. 22/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 23. Profissões escaláveis ● Músicos e atores de sucesso. ● Esportistas de sucesso. ● Top Models. ● Autores de Best Sellers. ● Megainvestidores. ● Professores universitários... 06/08/12 Pag. 23/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 24. A métrica do Mediostão é o risco ● Risco é uma medida de variação à qual se associa uma distribuição de probabilidades. ● Exemplo: Qual a viabilidade econômica de uma fábrica de sorvete de chocolate? 06/08/12 Pag. 24/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 25. O Extremistão ● Os membros são gigantes (poucos) ou anões (muitos). ● Aleatoriedade extrema. ● Vulnerável ao cisne negro. ● Comportamento imprevisível. ● Tirania do acidental. ● Ambiente moderno. ● “Escalável”. 06/08/12 Pag. 25/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 26. A métrica do Extremistão é a incerteza ● Incerteza também é uma medida de variação, mas não se pode associar uma distribuição de probabilidades a ela. ● Exemplo: Qual a viabilidade econômica de uma fábrica de sorvete de capim? 06/08/12 Pag. 26/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 27. “Habitantes” do Extremistão ● Lucros empresariais. ● Danos causados por catástrofes naturais. ● Mortes em guerras. ● Taxas de inflação. ● Preços de commodities. ● Impacto de catástrofes naturais. 06/08/12 Pag. 27/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 28. 06/08/12 Pag. 28/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 29. I - O viés da confirmação ● Tendência natural a procurar dados que confirmem nossas crenças e histórias. ● Objeção: ver milhares de cisnes brancos não confirma que não existem cisnes negros, mas ver um único cisne negro confirma que nem todos são brancos. 06/08/12 Pag. 29/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 30. O problema da indução ● O viés da confirmação está relacionado ao problema da indução, ou problema de Hume. 06/08/12 Pag. 30/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 31. A resposta de Hume (1711 - 1776) Embora não existam meios de se demonstrar a validade dos procedimentos indutivos, a constituição psicológica dos seres humanos é tal que não lhes resta alternativa a não ser pensar em termos indutivos. 06/08/12 Pag. 31/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 32. II - A falácia narrativa Narrativas (romances, contos, relatos de mitos, etc.) têm a função de nos proteger da complexidade e da aleatoriedade do mundo. 06/08/12 Pag. 32/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 33. 06/08/12 Pag. 33/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 34. III - Sistema de recompensas da mente A natureza nos programou para obtermos satisfação de um fluxo constante de pequenas recompensas, não de uma única e enorme recompensa. 06/08/12 Pag. 34/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 35. Intuição linear ● Nossa intuição não é adequada à não linearidade. ● Essa falta de adequação transparece em nossos atos e pensamentos. 06/08/12 Pag. 35/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 36. IV - A evidência silenciosa ● Os mortos e fracassados não contam histórias. ● Diágoras (sec. V a.C., apud Cicero): “Onde estão as imagens daqueles que invocaram os deuses e mesmo assim se afogaram?” 06/08/12 Pag. 36/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 37. Exemplo: “Em busca da felicidade” (filme, 2006) ● Chris Gardner, n. 1954. ● 1982: vendedor falido, morador de rua, pai solteiro abandonado pela mulher, estagiário não remunerado da corretora Dean Witter Reynolds. ● 1987: abre corretora própria (Gardner Rich). ● 2006: vende sua participação na Gardner Rich em uma transação multi-milionária. 06/08/12 Pag. 37/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 38. Lições do filme ● A lição clara: é preciso persistir, e persistir de maneiras diferentes, até dar certo. ● A lição subliminar: o sistema de livre empresa é aquele que permite que as pessoas tenham sorte (“the pursuit of happiness”). ● A lição silenciosa: dentre os outros 19 ex- estagiários da Dean Witter Reynolds, onde estão aqueles que persistiram, fizeram tudo certo, e ainda assim não foram contratados? 06/08/12 Pag. 38/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 39. V - A falácia do cassino ● Em um cassino as regras são conhecidas e as probabilidades podem ser calculadas. – Na vida real, as probabilidades devem ser descobertas por tentativa e erro e as regras mudam constantemente. 06/08/12 Pag. 39/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 40. Wallstreet X Taleb ● Wallstreet: Por meio da análise matemática dos padrões mercadológicos, um investidor pode identificar as anomalias mais rentáveis (Mediostão). ● Taleb: As anomalias mais rentáveis, assim como as mais destrutivas, simplesmente não podem ser previstas (Extremistão). 06/08/12 Pag. 40/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 41. Evidências contra Wallstreet - 1 ● Eugene Fama (economista de Chicago): se o mercado de ações seguisse uma distribuição normal, os preços dos ativos experimentariam um “evento cinco sigma” a cada sete mil anos. ● No mundo real, esses picos ocorrem a cada três ou quatro anos... 06/08/12 Pag. 41/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 42. Evidências contra Wallstreet - 2 ● Em agosto de 2006, Peter Schiff (economista norte- americano da escola austríaca) já alertava claramente sobre o risco da crise das subprimes em entre 2007 e 2008. ● Os outros economistas riram dele (literalmente). ● Por que ninguém fez nada? 06/08/12 Pag. 42/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 43. 06/08/12 Pag. 43/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 44. 06/08/12 Pag. 44/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 45. Sigmund Freud (1856 – 1939) ● Médico austríaco, pai da psicanálise. ● Teoria do desenvolvimento da personalidade. ● Conceitos de id, ego e superego. ● O inconsciente humano é geralmente inacessível. 06/08/12 Pag. 45/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 46. O Inconsciente ● Contém os instintos biológicos básicos que garantem nossa sobrevivência. ● Freud: conteúdo do inconsciente é oculto por nos ser perigoso. ● Pós-Freud: rapidez no processamento de informações cerebrais. 06/08/12 Pag. 46/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 47. Manifestação do inconsciente ● Sonhos. ● Atos falhos. ● Psicanálise (livre associação). ● Patologias. 06/08/12 Pag. 47/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 48. As idéias perigosas de Freud ● O comportamento humano tem raízes muito mais sexuais do que havíamos admitido até então. ● Se todos os seres humanos são dotados de uma mente inconsciente, que nível de racionalidade podemos esperar desses seres? 06/08/12 Pag. 48/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 49. 06/08/12 Pag. 49/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 50. Edward Lorenz (1917 - 2008) ● Matemático e meteorologista norte- americano. ● Pioneiro do estudo do caos (MIT, c1960). ● Descobriu o conceito de “atrator estranho” e cunhou o termo “efeito borboleta”. 06/08/12 Pag. 50/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 51. Um atrator simples 06/08/12 Pag. 51/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 52. O sistema de equações de Lorenz dx = σ (y − x) dt dy = x(ρ − z) − y dt dz = xy − βz dt 06/08/12 Pag. 52/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 53. O atrator estranho de Lorenz 06/08/12 Pag. 53/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 54. O atrator estranho de Lorenz 06/08/12 Pag. 54/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 55. Sistemas lineares (old school) ● Sistemas simples dão origem a comportamentos simples. ● Sistemas complexos dão origem a comportamentos complexos. 06/08/12 Pag. 55/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 56. Sistemas não lineares (modern school) ● Sistemas simples podem dar origem a comporta- mentos complexos. ● Sistemas complexos podem dar origem a comportamentos emergentes. 06/08/12 Pag. 56/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 57. Comportamento emergente● Loren Carpenter, 1991.● 5.000 pessoas em um auditório de Las Vegas.● Eventos no telão controlados pela “mente coletiva”. 06/08/12 Pag. 57/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 58. 06/08/12 Pag. 58/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 59. Kurt Gödel (1906 - 1978) ● Matemático e lógico austríaco. ● Publicou seus dois teoremas da incompletude aos 25 anos de idade. ● Emigrou para os EUA em 1940, vindo a se estabelecer na Universidade de Princeton, onde conheceu Einstein. 06/08/12 Pag. 59/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 60. Gödel e Einstein 06/08/12 Pag. 60/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 61. O Sistema Axiomático ● Axiomas são proposições aceitas sem prova e servem de base para a teoria. ● Teoremas são proposições deduzidas a partir dos axiomas e de regras de inferência estabelecidas. 06/08/12 Pag. 61/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 62. Completude e consistência ● Um conjunto de axiomas é completo (no sentido sintático) se, para qualquer proposição escrita na linguagem dos axiomas, ou a proposição ou sua negação pode ser provada a partir dos axiomas. ● Um conjunto de axiomas é consistente se não existir proposição tal que ela e sua negação possam ser simultaneamente provadas a partir dos axiomas. 06/08/12 Pag. 62/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 63. O Primeiro Teorema da Incompletude ● Uma teoria matemática que contenha ao menos a aritmética elementar não pode ser simultaneamente completa e consistente. ● Em particular, se o conjunto axiomático de uma teoria é consistente, então existem nela teoremas que não podem ser demonstrados (ou negados). 06/08/12 Pag. 63/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 64. O Segundo Teorema da Incompletude ● Não existe procedimento construtivo que demonstre que uma teoria matemática é consistente. 06/08/12 Pag. 64/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 65. 06/08/12 Pag. 65/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 66. 06/08/12 Pag. 66/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 67. 06/08/12 Pag. 67/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 68. 06/08/12 Pag. 68/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 69. 06/08/12 Pag. 69/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 70. Cisne negro: um encontro pessoal GERADOR ESTATAIS PRODUTORES INDEPENDENTES AMBIENTE REGULADO AMBIENTE LIVRE DISTRIBUIDORA DISTRIBUIDORA COMERCIALIZADORAS CONSUMIDORES CONSUMIDORES CONSUMIDORES CATIVOS CATIVOS LIVRES 06/08/12 Pag. 70/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 71. Preço de Liquidação de Diferenças - PLD ● Usado como referência nas operações de curto prazo e como preço de liquidação da CCEE. ● Excedentes de energia contratada são creditados pelo PLD. ● Déficits de energia contratada são debitados também pelo PLD. ● Em caso de déficit pode haver também multa por falta de lastro de energia. 06/08/12 Pag. 71/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 72. Evolução do PLD – 2001 a 2008 06/08/12 Pag. 72/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 73. Evolução do PLD – 2001 a 2008 06/08/12 Pag. 73/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 74. Evolução do PLD – 2001 a 2008 06/08/12 Pag. 74/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 75. Evolução do PLD – 2001 a 2008 06/08/12 Pag. 75/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 76. Questão de perspectiva... “O fato de vivermos no fundo de um enorme poço gravitacional, sobre a superfície de um planeta coberto de gás, orbitando uma bola de fogo nuclear a 90 milhões de milhas de distância, e ainda acharmos isso normal, é obviamente uma indicação de quão distorcida nossa perspectiva tende a ser." Douglas Adams (1952 – 2001) 06/08/12 Pag. 76/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 77. Viktor Frankl (1905 - 1997) ● Neurologista e psiquiatra austríaco. ● Sobrevivente dos campos de Auschwitz e Dachau. ● Criador da Logoterapia, a terceira escola vienense da psicoterapia. ● “Em Busca de Sentido” (1945). 06/08/12 Pag. 77/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 78. 06/08/12 Pag. 78/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 79. Ufa! É o Fim! Obrigado06/08/12 Pag. 79/80 Prof. Alvaro Augusto
  • 80. Contato ● Blog: alvaroaugusto.blogspot.com ● E-mail: alvaroaugusto@utfpr.edu.br 06/08/12 Pag. 80/80 Prof. Alvaro Augusto

×