Artigo gustavo apcd
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Artigo gustavo apcd

on

  • 333 views

 

Statistics

Views

Total Views
333
Views on SlideShare
333
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Artigo gustavo apcd Artigo gustavo apcd Document Transcript

  • Artigo original Endodontia Tratamento endodôntico de incisivo central superior com dois canais radiculares – Relato de caso clínico Endodontic treatment of a maxillary Recebido em: nov/2009 central incisor with two root canals – A case report Aprovado em: dez/2010 Gustavo Moreira de Almeida RESUMO Mestrando em Endodontia – São Leopoldo A Incidência de um segundo canal ou de uma segunda raiz nos incisivos superiores é rara. Mandic – Campinas, Professor de O Objetivo deste trabalho é apresentar um caso clínico de tratamento endodôntico realizado Endodontia – ABO – Ilhéus – BA – Brasil em um incisivo central superior com dois canais radiculares onde é discutida a importância dos conhecimentos anatômicos e de imaginologia, bem como da habilidade do profissional no Rodrigo Sanches Cunha diagnóstico e tratamento desses casos. Doutor em Endodontia, Professor da São Descritores: endodontia; incisivo; tomografia. Leopoldo Mandic, Professor de Endodontia da Puc-Campinas – SP – Brasil ABSTRACT The occurrence of a second root canal in maxillary incisors is rare. The objective of this work Eduardo Fernandes Marques is to present a clinical case of a endodontic treatment carried through in a maxillary central Mestrando em Endodontia – São Leopoldo incisor with two root canals where the importance of the anatomical and radiographic know- Mandic – Campinas – SP – Brasil ledge is emphasized, as well as the ability of the professional in the diagnosis and treatment of these cases. Giselle Maria Ferreira Lima Verde Descriptors: endodontics; incisor; tomography. Mestranda em Endodontia –São Leopoldo Mandic – Campinas – SP – Brasil RELEVÂNCIA CLÍNICA Carlos Eduardo Fontana Este relato de caso clínico demonstra uma variação anatômica do incisivo central superior Especialista e Mestre em Endodontia, com dois canais e uma raiz confrontando com os achados da literatura que afirma uma ocor- Especialista em Dentística Restauradora, rência de um canal e uma raiz em 100% dos casos de incisivo central superior. Professor da São Leopoldo Mandic, Equipe de Endodontia de Campinas – SP – Brasil Carlos Eduardo da Silveira Bueno Doutor em Endodontia, Professor da São Leopoldo Mandic, Equipe de Endodontia de Campinas – SP – Brasil Autor para correspondência Gustavo Moreira de Almeida Rua Felipe Argolo, 387 Castalia 45603-100 – Itabuna – BA Brasil drgustavoalmeida@uol.com.br REV ASSOC PAUL CIR DENT 2010;64(1):65-8 65Endodontia 2 - 4 paginas.indd 65 11.03.10 17:39:14
  • ALMEIDA GM, CUNHA RS, MARQUES EF, VERDE GMRL, FONTANA CE, BUENO CES INTRODUÇÃO O sucesso da terapia endodôntica requer um conheci- mento da anatomia dental interna e externa e de suas possíveis variações Pécora¹, Anzai et al.² Rudolf ³. Os incisivos centrais e laterais superiores são frequentemente considerados dentes fáceis de serem tratados endodonticamente porque apresentam uma anatomia conhecida, simples e, normal- mente, apresentam-se com uma raiz e um canal radicular Pine- da & Kuttler4, Kerekes & Tronstad5 e AI-Nazhan6, Genovese & Marsico7. Porém, existem variações da anatomia que devem ser observadas com atenção durante o exame clínico-radiográfico. Patterson8 observou que a existência de incisivos centrais supe- riores com morfologias atípicas pode ser encontrada em exames radiográficos rotineiros. Slowey9 expõe a importância do exame radiográfico no diagnóstico de um canal extra. Todd10 e Hosomi et al.11 relataram casos clínicos de incisivo central superior com dois canais radiculares, enfatizando que este assunto requer um FIGURA 1 maior interesse por parte dos cirurgiões-dentistas perante uma Radiografia periapical de diagnóstico anatomia imprevisível, que influenciaria o sucesso do tratamen- to endodôntico. Esta observação torna-se mais evidente em um caso clínico de Michanowicz et al.12 que trataram um incisivo broca diamantada esférica nº 2 (FKG, São Paulo – Brasil), momen- central superior que, além de obter dois canais, possuía também to onde ficou evidente a atrofia da câmara pulpar e calcificação duas raízes. no terço cervical. Utilizou-se a broca LN (Dentsply, Rio de Janeiro A tomografia computadorizada foi introduzida dentro da en- – Brasil) para acesso direto ao sistema de canais. Com o campo dodontia por Mayo et al,13, possibilitando assim a análise das pos- operatório isolado de maneira absoluta concluiu-se o acesso ci- síveis mudanças morfológicas do canal radicular em um elemento rúrgico com brocas diamantadas 2082 (FKG, São Paulo – Brasil) dentário, assumindo então um papel importante no diagnóstico. dando uma forma de contorno triangular. Após a conclusão do Nos dias atuais, a tomografia computadorizada assumiu um papel acesso cirúrgico foi encontrado um canal radicular atrésico, que relevante no diagnóstico de uma possível anatomia anômala pe- foi instrumentado utilizando lima manuais tipo kerr (Dentsply, Rio rante imagens mais precisas e que podem ser manipuladas pelo de Janeiro – Brasil) e brocas de Gates-Glidden nº4, 3 e 2 (Dents- próprio endodontista Huumonen et al14. ply, Rio de Janeiro – Brasil) através do conceito cérvico –apical. A O propósito deste relato de caso clínico será relatar o trata- solução irrigadora foi o hipoclorito de sódio a 2,5% (Fórmula & mento endodôntico de um incisivo central superior esquerdo com Ação, São Paulo - Brasil). A odontometria foi realizada com locali- anatomia radicular interna atípica apresentando dois canais ra- zador foraminal ROOT ZX II (J. Morita, Osada – Japão). Concluídas diculares. Pretende-se também orientar o cirurgião-dentista com a limpeza e modelagem do canal radicular com diâmetro cirúrgi- relação à limitação do exame radiográfico e ressaltar a importân- co de 40, realizou-se uma irrigação abundante com EDTA a 17% cia da tomografia computadorizada como exame complementar. (Fórmula & Ação, São Paulo - Brasil) por 3 minutos e agitado por 1 minuto com ultra-som ENAC (Osada - Japão) para remoção de RELATO DE CASO CLÍNICO “smear layer” e lavagem final com 10 ml de hipoclorito de sódio a Um paciente do sexo masculino, 34 anos de idade, caucasiano, 2,5 %. O canal foi seco com cones de papéis absorventes Cell Pack foi encaminhado para tratamento endodôntico do incisivo central (Dentsply, Rio de Janeiro - Brasil) e obturado com a técnica híbrida superior esquerdo (elemento 21) com sintomatologia dolorosa. Na de Tagger na mesma sessão (Figura 2). anamnese, o paciente relatou que, quando adolescente, sofreu um Após 24 horas o paciente retornou se queixando de dor à per- acidente no qual atingiu este dente que, na ocasião, ficou dolori- cussão e sensibilidade ao frio. Realizou-se então novo exame clí- do, mas passou com alguns dias após o ocorrido. Ao exame clínico, nico e, após nova análise da radiografia final, suspeitou-se de um o referido elemento dental apresentava sensibilidade à percussão segundo canal ou canal acessório, tendo em vista que a obturação vertical, sensibilidade térmica ao frio, alteração na coloração da encontrava-se descentralizada. Optou-se por um retratamento coroa e presença de restauração com resina fotopolimerizável endodôntico buscando localizar um possível canal extra. Perante classe III. Ao exame radiográfico periapical constatou-se no dente a sensibilidade tátil do profissional durante a reinstrumentação, 21 presença de irregularidade na cortical óssea vestibular e pre- confirmou-se a suspeita da presença de um segundo canal ra- sença de rarefação óssea difusa (Figura 1). No diagnóstico suge- dicular – localizado mais para lingual. Novo exame radiográfico rido foi periodontite apical aguda, com lesão radiográfica visível foi realizado para comprovação da anatomia atípica do incisivo radiograficamente. central superior esquerdo. Os dois canais foram instrumentados Após anestesia pela técnica supraperiosteal utilizando Arti- seguindo o mesmo protocolo do tratamento endodôntico descrito caína a 4% com epinefrina na concentração de 1:100.000 (Sep- anteriormente e obturados também com a técnica híbrida de Ta- todont, São Paulo – Brasil), foi realizado o acesso cirúrgico com gger (Figura 3). 66 REV ASSOC PAUL CIR DENT 2010;64(1):65-8Endodontia 2 - 4 paginas.indd 66 11.03.10 17:39:14
  • Endodontia FIGURA 2 FIGURA 5 Radiografia final após primeira intervenção Radiografia de proservação em três anos O paciente retornou para controle após 24 horas e sete dias após o término do tratamento sem sinais e sintomas. Foram feitas proservações no intervalo de um ano (Figura 4), onde se observou radiograficamente reparo da lesão periapical e pos- teriormente em três anos (Figura 5) comprovando o sucesso do tratamento realizado. Nesse momento, foi solicitada uma to- mografia computadorizada – cone bean,com cortes transversais (Figura 6) e Axiais (Figura 7) onde fica evidente não só o reparo periapical como também a existência de dois canais radiculares com forames independentes . FIGURA 3 Radiografia final após segunda intervenção FIGURA 6 Tomografia computadorizada corte Sargital DISCUSSÃO A busca incessante pela excelência do tratamento endodôn- tico nos dias atuais mostra que por mais complicado e inusitado que o caso clínico possa parecer, na maioria das vezes, há uma solução plausível e com resultado favorável, mas para ser realizada devem ser observados detalhes que em seu conjunto levarão ao FIGURA 4 sucesso do tratamento. Radiografia de proservação em um ano Poucos casos de incisivos centrais superiores com dois canais REV ASSOC PAUL CIR DENT 2010;64(1):65-8 67Endodontia 2 - 4 paginas.indd 67 11.03.10 17:39:14
  • ALMEIDA GM, CUNHA RS, MARQUES EF, VERDE GMRL, FONTANA CE, BUENO CES muito finos Cimilli & Kartal21. O microscópio operatório é um recurso muito valioso para a localização dos canais radiculares Kim & Baek22. No momento em que foi realizado o tratamento, o operador não dispunha do recur- so da microscopia operatória. A radiografia é um procedimento de grande importância para o diagnóstico das alterações anatômicas e morfológicas dos ele- mentos dentais, contribuindo assim para o sucesso da terapia endodôntica Patterson8; Slowey9 e Plata23. Porém não se pode esquecer que a imagem revelada do elemento dental é limitada. Sberna et al.24 relatou que a tomografia computadorizada é um recurso relevante para obtenção de um melhor detalhamento de imagens e assim a precisão de diagnóstico, como demonstrado por Sponchiado et al.19 em relato de caso clínico de tratamento endodôntico realizado em um incisivo central superior sem ano- malia morfológica da coroa, com duas raízes e dois canais. No pre- FIGURA 7 Tomografia computadorizada corte Axial sente estudo clínico, a tomografia computadorizada foi solicitada posteriormente para a confirmação e detalhamento do reparo do tratamento endodôntico. foram informados na literatura (Genovese & Marsico), compro- vando a raridade do caso. Sabala et al.15 informaram em seu estudo que aberrações neste tipo de elemento acontecem em CONCLUSÃO menos de 1% dos casos e que 90% eram bilaterais. Todd10 pu- Com o relato deste caso clínico conclui-se que: blicou uma série de radiografias do tratamento endodôntico de 1. A anatomia interna, mesmo em elementos dentários onde um incisivo central com uma única raiz e dois canais radiculares. usualmente o tratamento é simples, pode apresentar variações; Hatton & Ferrillo16 e Sinai & Luspbader17, verificaram a presen- 2. A imagem radiográfica é limitada para o correto diagnóstico ça de duas raízes e dois canais radiculares em incisivos centrais e verificação da anatomia interna; superiores, como observado também por Gomes et al.18, Spon- 3. A importância da tomografia computadorizada como exa- chiado19 e Wen-Chun Lin et al.20 A raiz deste elemento pode me complementar permite uma melhor compreensão de possíveis também apresentar uma divisão próxima ao ápice em dois canais dúvidas sobre a anatomia. REFERÊNCIAS 1. Pécora JD, Barbin EL, Ferraz JAB, Santos TC, Miranzi BA, Cussioli AL. Estudo da anatomia 13. Mayo C.V., Montgomery S, Rio C. A computerized method for evaluating root canal mor- interna dos incisivos centrais superiores humanos. Robrac. 1999;8(26):4-6. phology. J Endodon. 1986;12:2–7. 2. Anzai D, Amorim CVG, Lage Marques JL. A influência microbiana nas lesões refratárias 14. Huumonen S, Kvist T, Gröndahl K, Molander A. Diagnostic value of computed tomography endodônticas. J. Brás Endod. 2003 Jan/mar;4(12):82-86. in re-treatment of root fillings in maxillary molars. Int Endod J. 2006;39:827-833. 3. Beer R. Princípios de Endodontia: Acesso à Câmara Pulpar e Controle visual. International 15. Sabala CL, Benenati FW, Neas BR. Bilateral root or root canal aberrations in a dental school magazine of endodontogy-Roots. 2006;1(1): 34-37. patient population. J Endodon. 1994;20:38–42. 4. Pineda Y, Kuttler Y. Mesial distal and buccal lingual roentgengraphic investigation of 7,275 16. Hatton JF, Ferrillo PJ Jr. Successful treatment of a two-canaled maxillary lateral incisor. J root canals. Oral Surg. 1972;33:101-2. Endodon. 1989;15:216-218. 5. Kerekes K, Tronstad L. Morphometric observations on root canal of human anterior teeth. 17. Sinai I, Luspbader S. A dual maxillary central incisor. J Endodon.1984;10:105-6. J Endodon. 1977;1:24-9.. 18. Gomes AP, Kubo CH, Takahashi FE. Tratamento endodôntico e protético de um incisivo 6. AI-NAZHAN S. Two Root Canals in a Maxillary Central Incisor with Enamel Hypoplasia. J. central superior com dois canais radiculares. JBC. 2000;2(8):78-80. Endodon. 1991 September; 17(9):469-471. 19. Sponchiado EC, Ismail HAAQ, Braga MRL, Carvalho FK, Simões CACG, Maxillary Central 7. Genovese FR & Marsico EM. Maxillary Central Incisor with Two Roots:A Case Report . J Incisor with Two Root Canals. J Endodon. 2006 october; 32(10):1002-1004. Endodon. 2003 March; 29(3):322-326. 20. Wen-Chun Lin, Shue-Fen Yang, M.S., Sheng-colmilho Pai. Nonsurgical Endodontic Treat- 8. Patterson JM. Bifurcated root of upper central incisor. Oral Surg Oral Med Oral Pathol. ment of a Two-RootedMaxillary Central Incisor. J Endodon. 2006 may; 32( 5):478-81. 1970;29(4):222-224. 21. Cimilli H, Kartal N. Endodontic treatment of unusual central incisors. J Endodon. 2002 jun 9. Slowey R. Radiographic aids in the detection of extra root canals. Oral Surg. 1974;37:762- 1; 28(6):480. 72. 22. Kim S, Baek S. The Microscope and endodontics. Dent Clin N Am. 2004;48:11-18. 10. Todd H. W.,Maxillary right central incisor with two root canals. J Endodon. 1976 Aug; 23. Plata RG, Plata WG. Conventional and Surgical Treatment of a Two-Rooted Maxillary Cen- 2(8):227. tral Incisor. J Endodon. 2003 june;29(6). 11. Hosomi T, Masataka Y, Yaoi M, Sakiyama Y. A maxillary central incisor having two root 24. Sberna MT, Rizzo G, Zacchi E, Cappare` P, Rubinacci A. A preliminary study of the use canals geminated with a supernumerary tooth. J Endodon. 1989;15:161-3. of peripheral quantitative computed tomography for investigating root canal anatomy. Int 12. Michanowicz AE, Michanowicz JP, Ardila J, Posada A. Apical surgery on a two-rooted ma- Endod J. 2009;42: 66–75. xillary central incisor. J Endodon.1990 sep;16(9):454-5. 68 REV ASSOC PAUL CIR DENT 2010;64(1):65-8Endodontia 2 - 4 paginas.indd 68 11.03.10 17:39:15