Word press learn-03

  • 109 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
109
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. MUDAR DE VIDA
  • 2. A conhecerB prepararC fazerD e depois?
  • 3. A conhecerNo final desta parte, o participante deve conhecer as principais característicasdo WordPress, as razões para o utilizar e o que a sua utilização implica. chamo-me Álvaro Góis sou editor criativo numa agência de comunicação chamada Empower “construo” sites com WordPress os primeiros sites que construí foi para o meu negócio e este é o meu avatar
  • 4. A conhecer chamo-me Álvaro Góis e este é o meu avatar e vocês, têm avatar? [gosto de fazer parêntesis e às vezes perco-me neles… não deixem!] http://gravatar.com/ http://pt.wordpress.com/
  • 5. A conhecer O WordPress é um sistema de gestão de conteúdo que lhe permite criar e WordPress v.3.4.2 manter, de maneira simples e robusta, todo o conteúdo de um site. 2003 > 2012  Combina estética, standards da web e usabilidade. Apesar de ser grátis, tem um valor inestimável. PHP + MySQL
  • 6. (cc) Berto Garcia
  • 7. A conhecer Em Março de 2012, o WordPress corria quase 72,5 milhões de sites… WordPress v.3.4.2 20% a 25% de todos os novos sites… alguns números… cerca de 16% de todos os sites da web…
  • 8. A conhecer
  • 9. A conhecer http://en.wordpress.com/stats/ http://yoast.com/wordpress-stats/ http://wordpress.org/about/
  • 10. A conhecer open source…? código aberto…? grátis…? livre…?
  • 11. A conhecer Open Source é um conceito de distribuição de software, que estabelece como fundamentais, os princípios de desenvolvimento compartilhado, distribuição na forma de código fonte e licenciamento gratuito.Qualquer trabalho desenvolvido em Open Source pode ser modificado para atender novas necessidades desde que o trabalho derivado seja disponibilizado a todos, também de forma gratuita. A integridade e notoriedade dos autores é preservada, sendo registado o nome de cada um dos colaboradores nas versões subsequentes.
  • 12. A conhecer Para além de ser gratuito, o cliente não fica preso a um determinado fornecedor. De posse do código fonte, pode desenvolver ele próprio novas funcionalidades.O produto evolui mais depressa. Com milhares de utilizadores e desenvolvedores a testar, propor e implementar novas soluções, o cliente não tem de esperar pela próxima atualização de versão (muitas vezes por questões puramente comerciais de uma única empresa).É mais seguro. Quando instala um software “fechado”, não sabe o que ele faz internamente, se obtém alguma informação indevida e a envia para algum lugar. Um produto de código fonte aberto com tais funções seria rapidamente eliminado do mercado.Em geral tem melhor performance. O ambiente Open Source conta com um extenso número de colaboradores em Pesquisa & Desenvolvimento. Além disso, não há interesses comerciais que impliquem upgrades de hardware e software.
  • 13. A conhecer http://pt.wikipedia.org/wiki/Open_source http://opensource.org/ https://ansol.org/filosofia
  • 14. A conhecer é essencial conhecer o negócio, seja qual for a ferramenta que vamos usar
  • 15. A conhecer o WordPress pode ser usado para: ‣publicar conteúdos em formato de revista ‣mostrar um portefólio ‣vender produtos e serviços ‣desenvolver aplicações específicas ‣etc
  • 16. A conhecer http://thenextweb.com/ http://anateresafernandez.com/ http://www.cooperativa-cowork.com/ http://ovolandia.com/ http://www.uniplaces.com/
  • 17. A conhecer em 2005 criei uma empresa de edição e precisava de publicar um catálogo online primeiro usei o flash, e só depois descobri o WordPress, na versão 2.7 http://ovni.org/
  • 18. A conhecer
  • 19. A conhecer
  • 20. (cc) Brian Hillegas
  • 21. A conhecer se quisermos fazer o site perfeito, vamos acabar com nenhum… O mais importante é planear os passos que temos de dar e preparar muito bem os nossos conteúdos. Um site em WordPress é, por natureza, dinâmico. Cresce. Modifica-se. Não vale a pena pensar que temos mesmo de acertar à primeira.
  • 22. (cc) marc falardeau
  • 23. ums.wordpress.org/ A conhecer o WordPress e outros projetos open source são comunitários, peça ajuda Uma das maiores vantagens do software open source, e do WordPress em particular, é a sua comunidade, imensa, dispersa por todo o mundo e com muita disponibilidade para ajudar. É importante ler e escrever em inglês, mas também há comunidades em língua portuguesa:
  • 24. A conhecer a comunidade WordPress é tão grande que, não importa qual é o problema ou a dificuldade, de certeza que alguém já passou pelo mesmo e publicou uma solução algures É importante consultar os fóruns, colocar as suas questões, pode ajudar-se a si mas também outros que tenham o mesmo problema. Isso chama-se colaborar!
  • 25. A conhecer mas, afinal, WordPress é wordpress.com ou wordpress.org? wordpress.org é o site de onde podemos descarregar o software para fazermos a instalação no nosso próprio servidor, instalar temas e plugins wordpress.com é um serviço, uma plataforma de alojamento onde todos podem alojar sem custos um site WordPress, mas tem limitações
  • 26. A conhecerwordpress.org wordpress.com+ é grátis e livre+ há uma comunidade enorme que procura + é grátissempre melhorar o software+ pode-se instalar temas (há mais de 1500 + a manutenção é toda feita pela plataforma – setup, atualizações,grátis só no repositório)+ pode-se instalar plugins (mais de 20000 grátis etc.só no repositório)+ não é preciso pagar por qualquer atualização+ + está alojado em centenas de servidores, vai estar sempre disponívelpode-se alterar o código à vontade+ pode-se controlar o negócio à volta + o conteúdo é guardado automaticamente para evitar desastresdo site– tem de se instalar o software– tem de se ter algum traquejo – o wordpress.com tem temas limitadostecnológico– somos responsáveis por atualizar o software– – não se pode carregar plugins nem temas personalizadossomos responsáveis por manter o site seguro – não se pode alterar o código PHP da plataforma– somos responsáveis por fazer cópias de segurança – não se pode controlar a publicidade no site – se quisermos um upgrade premium, que nos dá mais espaço, incorporação de vídeos e um domínio próprio, isso custa dinheiro
  • 27. (cc) Charlestons TheDigitel
  • 28. A conhecer e que é isso de temas e plugins? temas são modelos que podemos aplicar ao nosso conteúdo para alterar a forma como é apresentado plugins são aplicações que podemos adicionar para garantir funcionalidades extra no nosso site
  • 29. (cc) Olivier Bruchez
  • 30. A conhecer há temas e plugins gratuitos (e livres) ou pagos e também há muita coisa pirata… com tanta variedade e quantidade de temas e plugins gratuitos, escolher uma versão pirata não tem qualquer razão de ser (e é perigoso…)
  • 31. A conhecer o local indicado para começar a procurar é o repositório do WordPress.org TEMAS – http://wordpress.org/extend/themes/ PLUGINS – http://wordpress.org/extend/plugins/ mesmo os temas comerciais podem ser comprados por valores entre 15 e 50 euros, o mesmo acontecendo com os plugins
  • 32. A conhecer Requisitos de Sistema ▪ PHP versão 5.2.4 ou superior.▪ MySQL versão 5.0 ou superior. Recomendações de Sistema ▪ O módulo Apache mod_rewrite.▪Um link para http://pt.wordpress .org no seu site.
  • 33. A conhecer Alojamento? Que é isso? Chama-se alojamento web ao serviço prestado por um servidor de páginas web e de outras aplicações de acesso online. A oferta é imensa, nacional e internacional.
  • 34. A conhecer Em geral, as contas de alojamento disponibilizam um painel de administração cPanel, bases de dados MySQL e acesso via FTP. http://www.cpanel.net/media/tutorials/mysqlwizard.htm http://www.cpanel.net/media/tutorials/addmysql.htm http://www.cpanel.net/media/tutorials/ftpacct.htm
  • 35. press.org/instalacao/ A conhecer A famosa instalação de 5 minutos1. Descompacte o pacote numa directoria vazia e faça upload de tudo.2. Abra o ficheiro wp-admin/install.php no seu browser. Será guiado no procedimento de criação do ficheiro wp-config.php com os detalhes de ligação à sua base de dados. 2.1. Se por alguma razão isto não funcionar, não se preocupe. Não funciona sempre em todos os servidores. Abra o ficheiro wp-config-sample.php num editor de texto como o WordPad ou semelhante e introduza os dados de acesso à sua base de dados manualmente. 2.2. Guarde o ficheiro como wp-config.php e faça upload para o servidor. 2.3. Abra agora wp-admin/install.php no seu browser. no seu browser.
  • 36. press.org/instalacao/ A conhecer 3. Com este ficheiro criado, o procedimento de instalação irá preparar as tabelas necessárias ao seu site. Se ocorrerem erros, verifique o ficheiro wp-config.php e tente novamente. Se mesmo assim não funcionar, por favor visite o fórum de suporte com toda a informação que conseguir fornecer.4. Se não especificar uma password, tome nota da password que foi gerada para si. Se não especificar um nome de utilizador, este será admin.5. No final, o instalador deverá reencaminhá-lo para a página de iníc io de sessão. Inicie a sessão com o nome de utilizador e password que escolheu (ou com os que lhe foram atribuidos) durante a instalação. Se foi gerada uma password poderá clicar em ‘Perfil’ para mudá-la. Se foi gerada uma password poderá clicar em ‘Perfil’ para mudá-la. Se foi gerada uma password poderá clicar em ‘Perfil’ para mudá-la.
  • 37. conhecerO que é o WordPressO que é o Open SourceA diferença entre wordpress.com e wordpress.orgO que podemos fazer com o WordPress: temas e pluginsComo alojar o nosso site WordPressComo se instala o WordPress
  • 38. B prepararNo final desta parte, o participante deve ser capaz de definir o projeto que quer implementar,instalar o WordPress, escolher temas e plugins adequados e produzir conteúdo. 1. o que vai ser o meu negócio online? 2. instalar o WordPress (?) 3. o painel de administração (dashboard) 4. escolher um tema que se adeque à utilização que quero dar 5. escolher plugins necessários a funcionalidades extra para o site 6. produzir conteúdo: texto e imagem
  • 39. B preparar Será que usar o WordPress é o mais indicado? O WordPress é um sistema de gestão robusto, flexível e escalável, aplica-se a pequenos projetos ou a instalações gigantescas (como o WordPress.com). Mas se o site só tem uma página e não vai ter atualizações, será que vale a pena?
  • 40. B preparar Mesmo com o WordPress, tenho de saber HTML? O editor do WordPress permite criar e editar conteúdos de forma muito semelhante a um editor de texto comum. No entanto, conhecer HTML básico pode ajudar a evitar erros frequentes. E é mais fácil do que parece!
  • 41. B preparar Administrar o WordPress não parece assim tão simples… A destreza para gerir um site vai depender, como em muitas coisas, da frequência com que se faça. Quanto mais frequente mais fácil se torna. Além disso, o aspeto mais importante para um site de sucesso é a atualização, os motores de pesquisa adoram atualizações… e os visitantes também.
  • 42. B preparar Entrar… Para aceder à área de administração do WordPress: http://www.omeusite.pt/wp-login.php Não esquecer o nome de utilizador e a senha. Mas se esquecer, o WordPress pode enviar uma nova.
  • 43. prepararComo vai ser o meu negócio online: portefólio, serviços, produtos?Vou instalar o WordPress no meu próprio servidor ou usar o WordPress.com?Qual é o tema que vou usar?Vou ter de o personalizar?Quais os plugins adicionais que vou precisar para o meu projeto?Os meus conteúdos: escolher, criar, editar
  • 44. C fazerNo final desta parte, o participante já deve conhecer um pouco da administração do WordPress,deve conseguir escolher e instalar temas, fazer personalizações básicas e procurar e adicionar plugins. 1. nome do meu site 2. tema que escolhi 3. personalizar 4. dicas úteis a ter em conta 5. publicar
  • 45. C fazer aparte o conteúdo específico, as ligações (links) externas e internas são a maior fonte de visitas e de reconhecimento do nosso site é importante criar ligações entre os artigos, criar ligações para fontes reconhecidas, criar ligações com outros sites, p.e., de fornecedores
  • 46. C fazer crédito: se utilizamos conteúdos, ideias, imagens, código que originalmente foram produzidos por outros autores, não esquecer de atribuir o crédito é uma regra básica do open source e da licença GPL incorporada no WordPress
  • 47. C fazer focalizar, pensar no essencial, fazer depressa A internet tem tantos recursos que é muito fácil dispersarmo-nos, perdermos o foco e tornarmos um projeto simples num quebra-cabeças. O ritmo de evolução na web é tão acelerado que se bloqueamos demasiado tempo em soluções complexas corremos o risco de obsolescer.
  • 48. fazerconseguir criar um site básicodefinir um tema de WordPress adequado ao tipo de conteúdos a publicarintroduzir pluginseditar os conteúdos
  • 49. D e depois…?No final desta parte, o participante deve poder refletir sobre aspetos essenciais na gestão de um site,em especial um site que sustenta um negócio: segurança, pagamentos, backups, estatísticas. 1. divulgação: redes sociais 2. internacionalização: multilínguas 3. estatísticas 4. atualizações e cópias de segurança 5. segurança e spam 6. sistemas de pagamentos
  • 50. D e depois…? é essencial conhecer o negócio, seja qual for a ferramenta que vamos usar se quisermos fazer o site perfeito, vamos acabar com nenhum… atualizar, atualizar, atualizar…
  • 51. e depois…?Criar um site não é a parte mais complicada de um projeto web.Difícil é geri-lo de forma que tenha procura, que atraia visitas, que cative quemacede e promover o retorno do utilizador.