Ecologia
A palavra tem um de seus componentes de significação derivado
do grego oikos, que quer dizer "casa".
A Ecologia estuda o meio no qual um determinado animal ou uma
determinada planta vivem, assim como a relação estabelecida
...
Este meio, chamado de hábitat, contém uma comunidade
biológica que é estudada pela Ecologia. Os principais conceitos
na Ec...
Um ecossistema pode ser definido como um conjunto de
condições físicas e químicas de um certo lugar e a relação destas
com...
A cadeia alimentar corresponde à interligação em um hábitat das
correntes alimentares entre si, isto é, entre os grupos de...
A cadeia alimentar envolve a relação subsequente entre presas e
predadores. A chamada pirâmide alimentar envolve em seu to...
As demais camadas desta pirâmide subjacentes à tal elite de
predadores vão gradualmente possuindo maior quantidade de
alim...
Espécie: a palavra espécie, dentro da biologia, refere-se a uma
categoria taxonômica os indivíduos são classificados pelos...
Este é o início da taxonomia formal, a partir desse momento as
espécies passaram a ser definidas pela similaridade morfoló...
Então ficou estabelecido que “espécie é o conjunto de seres
semelhantes que podem se reproduzir gerando descendentes
férte...
População: populações são grupos de indivíduos da mesma
espécie ocupando um determinado espaço. Ecologicamente, são
a unid...
Características básicas da população são a taxa de natalidade, a
curva de crescimento, a taxa de mortalidade, distribuição...
Densidade: é a relação entre o tamanho da população
(quantidade de indivíduos) e a área ocupada por eles, por
exemplo, dua...
Se levamos em conta a área total disponível, tem-se a densidade
absoluta, enquanto que se levamos em conta a área
efetivam...
Os fatores que afetam a densidade são principalmente a
predação, competição intra e interespecífica, e variações
sazonais ...
Mortalidade: esta é uma característica da população a qual
indica em que nível ocorre a mortalidade dos seus indivíduos.
A taxa de mortalidade é calculada através do número de
indivíduos mortos dividido pelo número de vivos no início de um
per...
Natalidade: este parâmetro refere-se à capacidade de aumento
numérico de uma população.
A natalidade máxima (também chamada absoluta ou fisiológica)
é a quantidade máxima de indivíduos novos possível de ser
pro...
Crescimento das populações: é resultante da taxa da
natalidade, mortalidade, emigração e imigração. Se uma
população insta...
O que refreia este crescimento são os fatores limitantes
ambientais e as interações ecológicas com outras espécies, o
que ...
O potencial biótico é a capacidade de crescimento da população
na ausência de tensores como competição, predação, falta de...
Ecossistema: um ecossistema é representado por um conjunto
de organismos vivendo e interagindo em uma área definida, com
c...
Portanto, um ecossistema é uma unidade ecológica composta por
uma fração viva, denominada biocenose, e uma fração não viva...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Introducao a ecologia

255

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
255
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Introducao a ecologia

  1. 1. Ecologia
  2. 2. A palavra tem um de seus componentes de significação derivado do grego oikos, que quer dizer "casa".
  3. 3. A Ecologia estuda o meio no qual um determinado animal ou uma determinada planta vivem, assim como a relação estabelecida entre tais seres vivos com seus respectivos meios em que vivem.
  4. 4. Este meio, chamado de hábitat, contém uma comunidade biológica que é estudada pela Ecologia. Os principais conceitos na Ecologia são os de ecossistema, cadeia alimentar, corrente alimentar e pirâmide alimentar.
  5. 5. Um ecossistema pode ser definido como um conjunto de condições físicas e químicas de um certo lugar e a relação destas com os seres vivos que habitam este lugar.
  6. 6. A cadeia alimentar corresponde à interligação em um hábitat das correntes alimentares entre si, isto é, entre os grupos de seres que se caracterizam por diferentes hábitos alimentares.
  7. 7. A cadeia alimentar envolve a relação subsequente entre presas e predadores. A chamada pirâmide alimentar envolve em seu topo uma elite de predadores.
  8. 8. As demais camadas desta pirâmide subjacentes à tal elite de predadores vão gradualmente possuindo maior quantidade de alimento de camada a camada. A base desta pirâmide é constituída de alimentos vegetais.
  9. 9. Espécie: a palavra espécie, dentro da biologia, refere-se a uma categoria taxonômica os indivíduos são classificados pelos critérios da simples semelhança.
  10. 10. Este é o início da taxonomia formal, a partir desse momento as espécies passaram a ser definidas pela similaridade morfológica existente entre os organismos.
  11. 11. Então ficou estabelecido que “espécie é o conjunto de seres semelhantes que podem se reproduzir gerando descendentes férteis”.
  12. 12. População: populações são grupos de indivíduos da mesma espécie ocupando um determinado espaço. Ecologicamente, são a unidade por onde ocorre a transferência de energia dentro das cadeias e teias alimentares
  13. 13. Características básicas da população são a taxa de natalidade, a curva de crescimento, a taxa de mortalidade, distribuição etária, densidade e dispersão numérica no tempo e espaço.
  14. 14. Densidade: é a relação entre o tamanho da população (quantidade de indivíduos) e a área ocupada por eles, por exemplo, duas mil árvores por hectare de manguezal, ou quinhentos animais por metro quadrado de costão rochoso.
  15. 15. Se levamos em conta a área total disponível, tem-se a densidade absoluta, enquanto que se levamos em conta a área efetivamente habitável pela população tem-se a densidade ecológica, esta última sempre maior que a primeira.
  16. 16. Os fatores que afetam a densidade são principalmente a predação, competição intra e interespecífica, e variações sazonais ambientais (temperatura, umidade, luminosidade, etc.).
  17. 17. Mortalidade: esta é uma característica da população a qual indica em que nível ocorre a mortalidade dos seus indivíduos.
  18. 18. A taxa de mortalidade é calculada através do número de indivíduos mortos dividido pelo número de vivos no início de um período de tempo.
  19. 19. Natalidade: este parâmetro refere-se à capacidade de aumento numérico de uma população.
  20. 20. A natalidade máxima (também chamada absoluta ou fisiológica) é a quantidade máxima de indivíduos novos possível de ser produzida na ausência de quaisquer fatores limitantes.
  21. 21. Crescimento das populações: é resultante da taxa da natalidade, mortalidade, emigração e imigração. Se uma população instala-se em um ambiente ideal, ilimitado e despovoado, ela tende a crescer geometricamente e infinitamente.
  22. 22. O que refreia este crescimento são os fatores limitantes ambientais e as interações ecológicas com outras espécies, o que é definido como a resistência do meio.
  23. 23. O potencial biótico é a capacidade de crescimento da população na ausência de tensores como competição, predação, falta de recursos como alimento e espaço.
  24. 24. Ecossistema: um ecossistema é representado por um conjunto de organismos vivendo e interagindo em uma área definida, com características ambientais típicas.
  25. 25. Portanto, um ecossistema é uma unidade ecológica composta por uma fração viva, denominada biocenose, e uma fração não viva, o ambiente propriamente dito, denominada biótopo.
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×