Espaço agrário
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Espaço agrário

on

  • 47,902 views

 

Statistics

Views

Total Views
47,902
Views on SlideShare
47,902
Embed Views
0

Actions

Likes
9
Downloads
1,102
Comments
2

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • É a verdadeira apologia ao agronegócio, no mundo e no Brasil.
    Realmente o autor está a serviço do latifundiário brasileiro.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • que porcaria
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Espaço agrário Espaço agrário Presentation Transcript

  • ESPAÇO AGRÁRIO A atividade agrícola foi um divisor de águas na evolução humana.
  • Agricultura mundial A importância da agricultura Os principais sistemas agrícolas A biotecnologia e a agricultura As principais áreas agrícolas no mundo
  • A importância da agricultura
    • Fonte de alimentos – representatividade no meio rural
    • Fonte de matérias-primas – suprimento para a indústria
      • Mercado de commodities: centros financeiros onde se realizam transações comerciais envolvendo commodities
        • Commodities: matérias-primas agrícolas voltadas para a exportação – chá, café, soja, minério de ferro etc.
    View slide
  • A importância da agricultura
    • Comércio mundial de commodities
      • Balança comercial: diferença entre o valor das exportações e importações realizadas anualmente por uma nação
    Países subdesenvolvidos E I Países desenvolvidos I E View slide
  • Os principais sistemas agrícolas Elevada produtividade – exportação Baixa produtividade Alto investimento em tecnologia Pouco investimento de capital e tecnologia Mão-de-obra especializada Mão-de-obra abundante, desqualificada e a baixo custo Sistema intensivo de produção Sistema de rotação de cultura Uso extensivo da terra – esgotamento do solo Agricultura moderna ou comercial - agrobusiness Agricultura de jardinagem ou terraços Agricultura itinerante ou roça tropical Capital Trabalho Terra
  • A biotecnologia e a agricultura
    • Avanço científico e tecnológico
      • Produção de insumos químicos – fertilizantes e maquinaria
        • Produtos transgênicos – OGMs
  • As principais áreas agrícolas do mundo
    • A questão comercial agrária
      • 1947 – Acordo Geral de Tarifas de Comércio – Gaat
      • 1993 – Organização Mundial de Comércio – OMC
      • 1994 – Assinatura do acordo para solucionar disputas comerciais agrícolas
        • Questão das práticas protecionistas
  • As principais áreas agrícolas do mundo Países subdesenvolvidos Países desenvolvidos MAÇÃ Café CHIC MAÇÃ CHIC CHIC
  • As principais áreas agrícolas do mundo EUROPA França, Portugal, Espanha, Itália, Grécia CANADÁ JAPÃO AUSTRÁLIA NOVA ZELÂNDIA ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA REGIÕES DESENVOLVIDAS
  • As principais áreas agrícolas do mundo
    • Cadeia produtiva dos agronegócios;
    • Elevados índices de mecanização, irrigação, técnicas de melhoria do solo, biotecnologia;
    • Boa infra-estrutura de transportes
    • e armazenamento.
    PAÍSES RICOS
  • As principais áreas agrícolas do mundo REGIÕES POBRES AMÉRICA CENTRAL AMÉRICA LATINA AMÉRICA DO SUL MÉXICO CHILE ARGENTINA URUGUAI PARAGUAI ÁSIA ÍNDIA CHINA CONTINENTE AFRICANO
  • As principais áreas agrícolas do mundo
    • Atividades primárias;
    • Baixos índices de mecanização, irrigação, técnicas de melhoria do solo, biotecnologia;
    • Infra-estrutura de transportes e armazenamento precárias.
    PAÍSES POBRES
  • O espaço agrário brasileiro A agricultura no Brasil A influência dos fatores naturais nas atividades agrárias As principais áreas agropecuárias brasileiras A importância da pecuária brasileira
  • A agricultura no Brasil
    • Mais importante atividade econômica:
      • Fornecedora de alimentos;
      • Fonte de matérias-primas industriais;
      • Geradora de emprego e receita (exportações).
    AGRICULTURA COMERCIAL versus LAVOURAS FAMILIARES PARE PENSE
  • A agricultura no Brasil
    • 1530: cana-de-açúcar – monocultura;
    • Século XIX: café;
    • Século XX: cacau e algodão;
    • Século XXI: soja e laranja.
    PRODUÇÃO AGRÍCOLA, POSSE DE TERRA, GERAÇÃO DE RIQUEZA, CONCENTRAÇÃO DE PODER POLÍTICO-ECONÔMICO
  • A agricultura no Brasil
    • 1973: crise do petróleo
    AUMENTO DO ENDIVIDAMENTO EXTERNO NACIONAL SUBSÍDIOS GOVERNAMENTAIS – SOJA E LARANJA EXPORTAÇÃO E ABASTECIMENTO DA AGROINDÚSTRIA ÁLCOOL – COMBUSTÍVEL ALTERNATIVO MODERNIZAÇÃO AGRÁRIA – ELEVAÇÃO DA PRODUTIVIDADE INTENSIFICAÇÃO DO ÊXODO RURAL 
  • A influência dos fatores naturais nas atividades agrárias REGIÃO SUL Clima tropical; Solos de terra roxa (norte do Paraná). DESENVOLVIMENTO DAS CULTURAS DE CAFÉ E ALGODÃO REGIÃO SUDESTE Clima tropical de altitude; Manchas de terra roxa (concentradas na porção Centro-ocidental). EXPANSÃO DA CULTURA CAFEEIRA REGIÃO NORDESTE Zona da Mata: monocultura de cana-de-açúcar e cacau Agreste: policultura para consumo interno Solo de massapé e, clima tropical úmido REGIÃO NORDESTE Sertão e Meio-Norte: Escassez agrícola. Solo arenoso, rios intermitentes e clima semi-árido
  • As principais áreas agropecuárias brasileiras Numerosas propriedades rurais com lavouras destinadas a agroindústria (cana-de-açúcar) e a exportação (laranja e soja). Lavouras de café, milho e banana. REGIÃO SUDESTE
    • Mais importante produção
    • agropecuária brasileira
    • (fatores):
    • -Paisagem natural;
    • Ocupação humana e
    • econômica;
    • Concentração industrial.
    Pecuária bovina: -Sistema semi-extensivo; -Grandes investimentos de capital e tecnologia; -Destaque para a raça nelore, destinada ao corte. Pecuária leiteira (Vale do Paraíba). Principais áreas agropecuárias da região: Centro-oeste paulista; Triângulo mineiro.
  • As principais áreas agropecuárias brasileiras Santa Catarina: - Numerosas pequenas propriedades policultoras; - Produção de milho, arroz, fumo e criação de suínos e bovinos para leite. REGIÃO SUL Agropecuária moderna e diversificada. Alto grau de investimento de capitais e tecnologia.
    • Paraná:
    • Substituição das culturas
    • de café e algodão por soja
    • e cana-de-açúcar (norte);
    • Diversidade de culturas,
    • destaque para o trigo
    • (outras regiões).
    • Rio Grande do Sul:
    • Soja e trigo (noroeste);
    • Vinha (região serrana);
    • Pecuária extensiva de
    • bovinos e ovinos e cultura
    • de arroz (pampas).
  • As principais áreas agropecuárias brasileiras Região dividida em quatro sub-regiões: -Zona da Mata; -Agreste; -Sertão; -Meio-Norte. REGIÃO NORDESTE Agropecuária como uma das principais atividades econômicas da região: valor produzido e mão-de-obra empregada. Principais produtos agrícolas: -Cana-de-açúcar; -Mandioca e milho; -Soja e laranja; -Arroz; -Banana; -Coco-da-baía. Pecuária extensiva de bovinos, destinada ao corte, e de caprinos, para leite.
  • As principais áreas agropecuárias brasileiras Produção de soja para o mercado externo. Detentora de ¼ do rebanho bovino nacional. REGIÃO CENTRO-OESTE
    • Região fornecedora de
    • produtos agropecuários
    • para indústrias alimentícias
    • do Centro-Sul:
    • -Trigo e soja;
    • Arroz e milho;
    • Algodão;
    • Carne.
    Destaque para a região do Pantanal: criação de gado, bovinos e bufalinos – favorecida pela topografia plana e vegetação aberta (cerrado).
    • Principais áreas
    • agrícolas da região:
    • Campo Grande e Dourados,
    • No Mato Grosso do Sul;
    • -”Mato Grosso de Goiás”,
    • em Goiás;
    • -Vale do Parnaíba, entre
    • os estados de Goiás e
    • Minas Gerais.
  • As principais áreas agropecuárias brasileiras Principais produtos agrícolas: -Mandioca; -Arroz; -Banana; -Milho; -Cana-de-açúcar; -Dendê (coco). REGIÃO NORTE Participação relativa na economia nacional; Expressiva participação socioeconômica regional (fatores): -Condições naturais; -Incipiente capitalização; -Grande distância dos centros consumidores. Destaque: -Zona Bragantina: pimenta-do-reino, introduzida e cultivada por imigrantes e descendentes japoneses – transformou o Brasil em 5° maior produtor mundial desse produto. Criação de gado – baixo rendimento, emprego de pouca mão-de-obra. Regiões: Roraima e Ilha de Marajó (pecuária).
  • A importância da pecuária brasileira 2 ° MAIOR REBANHO BOVINO DO MUNDO (1 ° ÍNDIA) 2 °MAIOR REBANHO DE SUÍNOS DO MUNDO (1 ° EUA) 2 ° MAIOR REBANHO DE FRANGOS DO MUNDO ( 1 ° CHINA) SANTA CATARINA: EXPORTAÇÃO DE CARNES DE AVES E SUÍNOS PREDOMINÂNCIA DE PEQUENAS E MÉDIAS UNIDADES PRODUTORAS ABASTECIMENTO DA AGROINDÚSTRIA ALIMENTÍCIA
  • A questão da terra A estrutura fundiária do Brasil A modernização do espaço agrário e a concentração de terras Movimentos políticos rurais A questão da reforma agrária
  • A estrutura fundiária no Brasil
    • Uma das maiores concentrações rurais do globo:
      • Principal característica: desigualdade – 2% com menos de 10 hectares; 80% grandes propriedades
        • Graves distorções de ordem social – desemprego e êxodo rural;
        • Problemas de ordem política – conflitos no campo e movimentos de ocupação de terras;
        • Deformidades de ordem econômica – baixos índices de produção agrária.
  • A estrutura fundiária no Brasil BRASIL COLÔNIA: SISTEMA DE DOAÇÃO DE TERRAS EM SESMARIAS ECONOMIA COLONIAL AGRÁRIO-EXPORTADORA 1850: LEI DE TERRAS – EXTINÇÃO DA SESMARIAS LATIFÚNDIO, USO DE MÃO DE OBRA ESCRAVA, MONOCULTURA 1964: O ESTATUTO DA TERRA – MÓDULO RURAL 1993: REFORMA AGRÁRIA: MÓDULO FISCAL
  • A modernização do espaço agrário e a concentração de terras
    • 1950: o Governo implantou uma política de aumento das fronteiras agropecuárias (Centro-oeste e Norte)
      • Ocupação por lavouras monocultoras – aumento da concentração de terras
        • 1964 – extensão da legislação trabalhista para os trabalhadores rurais - desemprego
  • Movimentos políticos rurais
    • 1970: movimentos estaduais dos trabalhadores sem-terra – RS, MS, PR, GO, BA, PA;
    • 1985: Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST);
    • 1986: União Democrática Ruralista (UDR) – combate ao MST.
  • A questão da reforma agrária
  • A questão da reforma agrária
    • 1988 – matéria constitucional (função social da terra);
    • 1996 – Lei do Rito Sumário:
      • Celeridade aos processos de desapropriação, ocupação e indenização;
      • Impedimento da desapropriação de terras invadidas por trabalhadores sem-terra;
      • Cobrança progressiva do ITR sobre propriedades improdutivas
  • Problemas agrários Muita terra, muita fome Estrutura fundiária, êxodo rural e violência no campo Mudanças nas relações agrárias de trabalho
  • Muita terra, muita fome
    • 353,6 milhões de hectares
    • de estabelecimentos rurais;
    • 29 milhões de pessoas
    • abaixo da linha de pobreza
    • absoluta.
  • Muita terra, muita fome
    • Herança do sistema colonial;
    • Domínio latifundiário;
    • Desorganização do comércio
    • da produção agrícola;
    • Ausência de reforma agrária
    • efetiva.
  • Estrutura fundiária, êxodo rural e violência no campo
    • Poucos com muita terra,
    • muitos com pouca terra;
    Luta pela terra CONFLITOS Abandono da terra ÊXODO RURAL ASSENTAMENTO POSSEIRO GRILAGEM
  • Mudanças nas relações agrárias de trabalho
    • Pequenos produtores;
    • Trabalho infantil;
    • Mobilidade espacial;
    • Trabalho assalariado.
  • AGROPECUÁRIA versus MEIO AMBIENTE Não é possível parar com a atividade produtiva, mas é preciso dar condições para que a natureza se refaça. O equilíbrio é essencial.
  • Agropecuária e meio ambiente
    • Devastação da vegetação natural:
      • Desmatamento;
      • Queimadas.
  • Agropecuária e meio ambiente
    • Desenvolvimento sustentável:
      • Exploração de recursos de forma racional e limitada, respeitando a a capacidade da natureza de se recompor.
  • “ Não existe o não poder, só o não querer. Se você for uma pessoa preparada, basta um desejo intenso de realizar algo para que a transformação aconteça.” Jan Ashford
  • FIM