Ciclo das rochas

451 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
451
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ciclo das rochas

  1. 1. Ciclo das rochas
  2. 2. O que são Minerais? • São elementos ou compostos químicos com composição bem definida dentro de certos limites, cristalizados e formados naturalmente por meio de processos geológicos ou inorgânicos, na terra ou em corpos extraterrestres. O que são Rochas? • São produtos consolidados, resultantes da união natural de minerais. (Um agregado de minerais) Obs: Diferente de sedimentos, por exemplo: areia da praia é um conjunto de minerais soltos.
  3. 3. CLASSIFICAÇÃO GENÉTICA DAS ROCHAS ÍGNEAS METAMÓRFICAS SEDIMENTARES 95% CC 5%
  4. 4. INTEMPERISMO = Rocha Ígnea Solidificação Intrusiva (plutônica) Extrusiva (vulcânica) Magma
  5. 5. INTEMPERISMO Físico Químico PEDOGÊNESE Produtos (Fríaveis e móveis , resultado da desagregação e decomposição das rochas) Solos Depósitos lateríticos
  6. 6. Sedimento – Sedis = acento, deposição Transporte (erosão) Mecânico Químico SOTERRAMENTO COMPACTAÇÃO Compactação, dissolução, cimentação. Litificação(~250ºC)- Rocha Sedimentar Deposição
  7. 7. METAMORFISMO Os processos Metamórficos ocorrem, em geral , associados aos processos tectônicos. (intimamente associadas a rochas plutônicas). Fatores condicionantes Natureza do protólito Temperatura e pressão Presença de fluídos e tempo de duração dos processos
  8. 8. QUALQUER TIPO DE ROCHA PODE SOFRER METAMORFISMO Em ambiente de P e T, com produção de dobras e foliações, além de recristalizações minerais, gerando as rochas metamórficas. QUALQUER TIPO DE ROCHA PODE SER LEVADA A AMBIENTES GEOLÓGICOS DE T e P, AINDA MAIS ALTAS QUE O AMBIENTE DE METAMÓRFICO. E QUANDO CHEGAM A FUSAO (MAGMA), ORIGINA-SE A ROCHA ÍGNEA.
  9. 9. Bibliografia Decifrando Terra/ org. Wilson Teixeira...[et al.]. – São Paulo: Oficina de Textos, 2000. Reimpressão 2001. http://www.geocities.com/fundamentos_geologia/rxm et.html http://www.igc.usp.br/replicas/rochas/ciclo.htm

×