Artigo do curso de analise e desenvolvimento de sistemas

866 views
667 views

Published on

Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Published in: Career
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
866
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Artigo do curso de analise e desenvolvimento de sistemas

  1. 1. Artigo do curso de analise e desenvolvimento de sistemas Esse tecnólogo desenvolve, analisa, projeta implementa e atualiza sistemas de informação para diversos setores de atividade. Tem noções de gerenciamento, mas sua especialidade é a criação de sistemas informatizados. Ele programa computadores e desenvolve softwares que permitem o melhor aproveitamento das máquinas, a ampliação da capacidade de armazenamento de dados e maior velocidade no processamento das informações. Pode dedicar-se à implantação e ao desenvolvimento de banco de dados para sistemas de computação e para a internet e intranet, criando estruturas de programas compatíveis com as necessidades de uma empresa. Para isso, ele deve conhecer a estrutura física dos equipamentos e periféricos, softwares, bancos de dados, bem como os negócios da companhia em que vai trabalhar. Tem de manter-se atualizado também sobre as linguagens de programação e os ambientes operacionais que servem de suporte aos aplicativos. Pode atuar, ainda, como consultor na área de sistemas de informação. Mercado de Trabalho A demanda por profissionais no mercado de informática está sempre em alta. "Há funções em todas as esferas do poder público que requerem formação nessa área", diz Léony Luis Lopes Negrão, coordenador do curso da Uepa. "E, no setor privado, qualquer empresa precisa manter sistemas informatizados para controle de gastos, preparação da folha de pagamento e emissão de notas fiscais, entre outras operações." Empresas como IBM, HP, Totvs e DataSul, bem como companhias de telecomunicações e telefonia móvel, são algumas das que costumam contratar o profissional. Também há mercado para quem quer atuar como autônomo. As cidades de São Paulo, Campinas e Rio de Janeiro e as capitais da Região Sul concentram a maior parte das vagas. Os estados das regiões Nordeste, CentroOeste e Norte apresentam boas perspectivas de trabalho em razão da carência de mão de obra especializada. Salário inicial: R$ 1.082,00 (fonte: Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados e Tecnologia da Informação do Estado de São Paulo). Curso Os cursos nessa área recebem grande variedade de nomes. Porém, há fundamentalmente dois tipos: um mais generalista e outro mais específico para banco de dados. Mas o currículo de ambos mantém quase as mesmas disciplinas básicas, como cálculo e linguagens de computação. Em aulas práticas, o estudante faz análise e programação de sistemas e administra redes de computadores. Os cursos de Banco de Dados aprofundamse no
  2. 2. desenvolvimento, na implantação e na administração de banco de dados. Fazem parte do currículo, neste caso, matérias como aplicações em comércio eletrônico e internet. Algumas escolas exigem estágio de um semestre e um trabalho de conclusão de curso. Duração média: de dois a três anos. SENAI -- Florianopolis OBJETIVO GERAL O Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas procura formar profissionais solidamente capacitados para planejar, analisar, utilizar e avaliar modernas tecnologias de informação aplicadas em organizações públicas e privadas, também estando aptos a gerir e adaptar-se às mudanças provocadas pelas constantes inovações tecnológicas. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: Para atender ao perfil proposto pelo curso e para formação profissional os egressos devem ser capazes de: atuar eficazmente na área de suporte e desenvolvimento de sistemas de informação de alta qualidade; oferecer suporte na gerência, instalação e configuração de plataformas de hardware e software necessárias à operação das organizações; utilizar metodologias nas áreas da computação relacionadas à produção de sistemas de qualidade; - adaptar-se ao trabalho em equipes multidisciplinares; reciclar-se constantemente, atuando com competência em diferentes organizações e ambientes corporativos onde o uso de Sistemas de Informação seja presente. Pré-Requisitos Para acesso ao Curso Superior em Tecnologia o candidato deverá ter concluído o Ensino Médio ou equivalente. No ato da matrícula o candidato ou seu responsável legal deverá apresentar a via original e uma cópia dos seguintes documentos: - Certidão de nascimento ou casamento; - Cédula de Identidade (RG); - CPF; - Título de eleitor; - Certificado Militar - Documento comprobatório de estar em dia com as obrigações militares (sexo masculino); - Diploma ou certificado de conclusão do Ensino Médio ou
  3. 3. equivalente; - Histórico escolar do Ensino Médio; - Comprovante de residência; - Duas fotos 3x4 coloridas, iguais e recentes; - RG e CPF do responsável legal e financeiro, caso o candidato seja menor de idade. Conteúdo programático Módulo I - Programador de sistemas de computador 1º Semestre Algoritmos e programação - 140 hrs Comunicação oral e escrita - 70 hrs Fundamentos de Computação e Sistemas Operacionais - 70 hrs Webdesign - 70 hrs 2º Semestre Criação e Manipulação de Banco de dados - 105 hrs Métodos e Técnicas de Pesquisa - 70 hrs Programação Orientada a Objetos - 175 hrs 3º Semestre Arquitetura de Redes - 70 hrs Engenharia de software - 35 hrs Estruturas de dados - 70 hrs Fundamentos de Gestão - 35 hrs Programação para web - 140 hrs Módulo II - Analista de desenvolvimento de sistemas 4º Semestre Análise de sistemas - 105 hrs Projeto de Banco de Dados - 70 hrs Relações Humanas no Trabalho - 70 hrs Segurança da informação - 35 hrs Serviços básicos de rede para web - 70 hrs 5º Semestre Gerenciamento de banco de dados - 70 hrs
  4. 4. Gestão da qualidade e produtividade - 70 hrs Gestão de TI - 35 hrs Interface Homem-Computador - 35 hrs Projeto de Sistemas - 105 hrs Segurança no desenvolvimento de sistemas - 35 hrs AAC - Atividades acadêmicas complementares Atividades acadêmicas complementares - 60 hrs Módulo III 6º Semestre Fundamentos de Empreendedorismo - 70 hrs Gestão de Projetos de TI - 70 hrs Metodologia para Elaboração de Projetos - 35 hrs Qualidade de software - 70 hrs Tendências e Demandas Tecnológicas - 35 hrs Testes de software - 70 hrs Optativas 7º Semestre Língua Brasileira de Sinais - 70 hrs TCC - Trabalho de conclusão de curso TCC - Trabalho de conclusão de curso - 180 hrs Unip Matriz Curricular • • • • • • • • • • Análise de Sistemas Orientada a Objetos Atividades Complementares Banco de Dados Comunicação Aplicada Desenvolvimento de Software para Internet Desenvolvimento Sustentável Economia e Mercado Educação Ambiental (Optativa) Empreendedorismo Engenharia de Software I
  5. 5. • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • Engenharia de Software II Estatística Estudos Disciplinares Ética e Legislação Profissional Fundamentos de Redes de Dados e Comunicação Fundamentos de Sistemas Operacionais Gerenciamento de Projetos de Software Gestão da Qualidade Gestão Estratégica de Recursos Humanos Linguagem e Técnicas de Programação Lógica Língua Brasileira de Sinais (Optativa) Matemática para Computação Metodologia Científica Organização de Computadores Princípios de Sistemas de Informação Programação Orientada a Objetos I Programação Orientada a Objetos II Projeto de Interface com o Usuário Projeto de Sistemas Orientado a Objetos Projeto Integrado Multidisciplinar I Projeto Integrado Multidisciplinar II Projeto Integrado Multidisciplinar III Projeto Integrado Multidisciplinar IV Relações Étnico-Raciais e Afrodescendência (Optativa) Tópicos Especiais de Programação Orientada a Objetos Áreas de atuação Outras Sua atuação é passível em vários segmentos compatíveis com a formação obtida no curso. Por exemplo, na atualização de sistemas computacionais já existentes; na implantação e desenvolvimento de banco de dados para sistemas de computação; no ensino; na pesquisa; entre outros. Prestação de serviços Atua como autônomo em consultorias ou em empresas prestadoras de serviços de TI. Analista de suporte Atua na manutenção da estrutura física de computadores, estrutura de rede de área local e sistemas operacionais. Análise de sistemas
  6. 6. Atua no processo completo de desenvolvimento de sistemas de informação. Desenvolvimento de sistemas à web Atua no desenvolvimento de sistemas computacionais para web, utilizando linguagens de programação adequadas Orientada a objetos A orientação a objetos é um paradigma de análise, projeto e programação de sistemas de software baseado na composição e interação entre diversas unidades de software chamadas de objetos. Em alguns contextos, prefere-se usar modelagem orientada ao objeto, em vez de programação. De fato, o paradigma "orientação a objeto", tem bases conceituais e origem no campo de estudo da cognição, que influenciou a área de inteligência artificial e da linguística, no campo da abstração de conceitos do mundo real. Na qualidade de método de modelagem, é tida como a melhor estratégia para se eliminar o "gap semântico", dificuldade recorrente no processo de modelar o mundo real do domínio do problema em um conjunto de componentes de software que seja o mais fiel na sua representação deste domínio. Facilitaria a comunicação do profissional modelador e do usuário da área alvo, na medida em que a correlação da simbologia e conceitos abstratos do mundo real e da ferramenta de modelagem (conceitos, terminologia, símbolos, grafismo e estratégias) fosse a mais óbvia, natural e exata possível. Algoritmos e pragramação Codificar programas computacionais utilizando lógica de programação e respeitando boas práticas de programação Habilidades: • Interpretar enunciados de problemas computacionais • Estruturar algoritmos para resolução de problemas computacionais • Utilizar linguagem de programação Aplicar boas práticas de programação • Utilizar lógica linear, estruturada e modular • Diferenciar os processos de compilação e interpretação • Realizar depuração de códigos-fonte • Identificar e corrigir erros de implementação
  7. 7. Conhecimentos • Conceitos de programação • Linguagens de programação • Variáveis, constantes, operadores e expressões • Tipo de dados • Álgebra Booleana • Funções e procedimentos Conhecimentos • Estruturas de Seleção e Repetição • Lógica linear, estruturada e modular • Documentação de código-fonte • Compilação e interpretação • Estruturas de dados homogêneas: vetores e matrizes Referencias http://guiadoestudante.abril.com.br/profissoes/ciencias-exatas-informatica/a nalise-desenvolvimento-sistemas-683991.shtml http://www.anhanguera.com/graduacao/cursos/tec_analise_desenv_sistemas .php http://www1.unip.br/ensino/graduacao/tecnologicos/analise_desenv_sistema s_grade.aspx http://www.sc.senai.br/ http://pt.wikipedia.org/wiki/Orienta%C3%A7%C3%A3o_a_objetos

×