Arquitetura de Informação

3,362 views
3,191 views

Published on

Palestra sobre Arquitetura de Informação - Como desenvolver sistemas eficientes

Published in: Technology

Arquitetura de Informação

  1. 1. Allan Brito – Abril /2007
  2. 2. <ul><li>O que faz um arquiteto de informação? </li></ul>Um arquiteto de informação organiza sistemas de informação , para que os usuários possam encontrar de maneira mais fácil o que procuram. http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  3. 3. <ul><li>Um arquiteto organiza os espaços de uma edificação, para facilitar o deslocamento de pessoas em ambientes físicos ; </li></ul><ul><li>Um arquiteto de informação organiza ambientes virtuais, para facilitar a navegação de pessoas em ambientes virtuais . </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  4. 4. Home Produtos Serviços Investidores http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009 SAC Loja Virtual
  5. 5. Home Produtos Serviços Investidores Contato Como comprar? Categoria 1 Categoria 2 Administrador Usuário Produto 1 Produto 1 Produto 2 http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009 SAC Loja Virtual Intranet Login / Autenticação Produto 2
  6. 6. <ul><li>Como é o comportamento do usuário na internet? </li></ul><ul><li>Como acontece a navegação? </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  7. 7. <ul><li>Navegação para caçada: Os usuários procuram uma informação precisa, que desejam obter o mais rápido possível. </li></ul><ul><li>Navegação para pilhagem: Os usuários estão vagamente interessados no assunto, mas prontos a se desviarem a qualquer momento, dependendo do “clima do momento”. O usuário vaga de site em site, de link em link... </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  8. 8. <ul><li>Navegação por marcos: O usuário utiliza pontos de sinalização ao longo do percurso. </li></ul><ul><li>Navegação por rotas: O usuário deve conhecer os passos necessários para chegar ao destino, assim será preciso apenas “ligar os pontos”. </li></ul><ul><li>Navegação exploratória: Aqui o usuário monta um mapa mental do espaço, que fornece um quadro de referência na mente para basear decisões. </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  9. 9. <ul><li>Navegação Global </li></ul><ul><li>Navegação Local </li></ul><ul><li>Navegação Contextual </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  10. 10. Navegação Local Navegação Contextual Navegação Global http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  11. 11. <ul><li>SUBMARINO </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  12. 12. <ul><li>AMERICANAS </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  13. 13. <ul><li>AMAZON </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  14. 14. <ul><li>Os ambientes virtuais permitem uma interação mais complexa; </li></ul><ul><li>Não é simplesmente uma rota de origem -> destino </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  15. 15. <ul><li>Hipermídia = Interação </li></ul><ul><li>Interação = Problemas </li></ul><ul><li>Interação com textos, imagens, ícones e símbolos. </li></ul><ul><li>Essas interação gera os problemas na hora do projeto dos sistemas e suas interfaces. </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  16. 16. <ul><li>Consistência (cores, layout, fontes e outros..) </li></ul><ul><li>Atalhos para os mais experientes </li></ul><ul><li>Retroalimentação (cada ação tem uma reação) </li></ul><ul><li>Diálogo (o sistema deve se comunicar com o usuário) </li></ul><ul><li>Prevenção de erros (o sistema deve ser capaz de recusar o erro humano) </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  17. 17. <ul><li>Caminho de volta (o usuário deve ter a opção de reverter o sistema para o seu estado inicial) </li></ul><ul><li>Controle (o usuário deve ter a sensação que ele está no controle, e não o contrário) </li></ul><ul><li>Limites de memória devem ser respeitados (Não abusar dos itens de navegação e opções). </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  18. 18. <ul><li>Conhecer o USUÁRIO! </li></ul><ul><ul><li>Quem ele é? </li></ul></ul><ul><ul><li>O que ele quer no sistema? </li></ul></ul><ul><ul><li>Como ele pensa? </li></ul></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  19. 19. <ul><li>Interfaces pouco amigáveis contribuíram para o desastre da “primeira onda” das pontocom . </li></ul><ul><li>Relação com o comércio eletrônico </li></ul><ul><ul><li>Perda de aproximadamente 50 % das vendas </li></ul></ul><ul><ul><li>Resultados negativos na segunda visita ao website, faziam os usuários não voltarem mais. </li></ul></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  20. 20. <ul><li>Perdas financeiras para UOL, Terra, IG e Globo.com </li></ul><ul><li>Demissões (Amazon.com, AOL, Disney, StarMedia, O Estado de São Paulo e outros) </li></ul><ul><li>Altavista entra em sérias dificuldades financeiras </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  21. 21. <ul><li>Desconsiderar o usuário é o primeiro erro </li></ul><ul><li>Lembrar que a concorrência está a apenas um clique de distância </li></ul><ul><li>A tecnologia é apenas o meio, não é a solução </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  22. 22. <ul><li>Pesquisas </li></ul><ul><ul><li>Questionários online </li></ul></ul><ul><ul><li>Grupos focais </li></ul></ul><ul><ul><li>Outros... </li></ul></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  23. 23. <ul><li>Não temos tempo e nem dinheiro para isso! </li></ul><ul><li>Já sabemos tudo o que queremos. </li></ul><ul><li>Nós já fizemos as pesquisas... </li></ul><ul><li>Para que isso? Não é eleição! </li></ul><ul><li>Você está louco?! </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  24. 24. <ul><li>Modelo de abordagem equilibrada, para as pesquisas . </li></ul><ul><li>Modelo dos 3C, adaptado das idéias de Morville e Rosenfeld. </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  25. 25. Modelo dos 3C da arquitetura de informação http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  26. 26. <ul><li>Contexto (organizacional) </li></ul><ul><ul><li>Objetivos da empresa </li></ul></ul><ul><ul><li>Ambiente político </li></ul></ul><ul><ul><li>Organização da empresa </li></ul></ul><ul><ul><li>Plano de negócios </li></ul></ul><ul><ul><li>Objetivos para o curto e longo prazo </li></ul></ul><ul><ul><li>Estrutura tecnológica </li></ul></ul><ul><ul><li>Aspectos financeiros </li></ul></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  27. 27. <ul><li>Conteúdos (informações) </li></ul><ul><ul><li>Documentos </li></ul></ul><ul><ul><li>Bancos de dados </li></ul></ul><ul><ul><li>Metadados </li></ul></ul><ul><ul><li>Imagens </li></ul></ul><ul><ul><li>Áudio </li></ul></ul><ul><ul><li>Vídeo </li></ul></ul><ul><ul><li>Serviços </li></ul></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  28. 28. <ul><li>Comportamento (usuários) </li></ul><ul><ul><li>Quem são os usuários? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quais os objetivos no sistema? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quais as tarefas mais realizadas? </li></ul></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  29. 29. <ul><li>O quanto as pesquisas são realmente eficientes? </li></ul><ul><li>Os usuários são “eternos”? </li></ul><ul><li>Existe algum tipo de classificação? </li></ul><ul><ul><li>Iniciante (Dificuldades com o uso do mouse...) </li></ul></ul><ul><ul><li>Intermediário (Ainda tem dificuldades em mover e copiar arquivos) </li></ul></ul><ul><ul><li>Avançado (Querem eficiência) </li></ul></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  30. 30. <ul><li>Design centrado no usuário </li></ul><ul><li>User Centered Design (UCD) </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009
  31. 31. <ul><li>http://www.allanbrito.com </li></ul><ul><li>[email_address] </li></ul>http://www.allanbrito.com 26 de Maio de 2009

×