Obesidade
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Obesidade

on

  • 32,023 views

 

Statistics

Views

Total Views
32,023
Views on SlideShare
31,800
Embed Views
223

Actions

Likes
8
Downloads
526
Comments
1

7 Embeds 223

http://www.slideshare.net 90
http://ambientessaudaveis.blogspot.com 62
http://ambientessaudaveis.blogspot.com.br 26
http://ambientessaudaveis.blogspot.pt 25
http://www.alimentacaoealimentos.blogspot.com 12
http://alimentacaoealimentos.blogspot.com 6
http://ambientessaudaveis.blogspot.com.es 2
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Obesidade Obesidade Presentation Transcript

  • Área de projecto / TIC Projecto Para a Saúde OBESIDADE Projecto Para a Saúde
  • Introdução
    • Com este trabalho pretendemos que as pessoas saibam mais sobre a obesidade.
    • Com isto queremos alertar a população para os problemas relacionados com esta doença.
    • A obesidade representa um problema caracterizado por um excessivo acumulo de gordura nos tecidos.
    • Trata-se de um distúrbio que, além dos problemas de natureza estética e psicológica, constitui um importante risco para a saúde, e quando não corrigido, danifica o coração, as artérias (sobretudo as coronárias), o fígado, as articulações e o sistema endócrino.
    • Uma pessoa pode ser definida como obesa quando o seu peso corpóreo supera 20% do peso considerado
    O que é?
  • Causas
    • A estabilidade do peso corpóreo nos indivíduos normais é garantida pelo equilíbrio entre a quantidade de calorias ingeridas com a dieta e a quantidade de calorias queimadas pelo organismo.
    • Quando essa combinação se desequilibra e a quantidade de calorias ingeridas supera as calorias eliminadas, as calorias em excesso ficam acumuladas no tecido adiposo sob forma de gordura.
  •  
  • Consequências
    • Consequências clínicas
    • Factor de risco coronário
    • Factor de risco para a hipertensão arterial
    • Aumento dos triglicéridos
    • Cardiopatia da obesidade
    • Hiperinsulinismo, insulino-resistência, diabetes tipo 2
    • Factor de desgaste articular precoce das articulações de carga dos membros inferiores e da coluna vertebral
    • Predisposição para o aparecimento de varizes e o seu agravamento
    • Aumento do cancro mais frequentes nos obesos: colo-rectal e da próstata no homem,da mama, do endométrio, do ovário e das vias biliares, nas mulheres.
  • Consequências (continuação) Hipertensão Diabetes   Arteriosclerose   Problemas cardíacos Derrame Cerebral   Insuficiência Renal Problemas na Vesícula Biliar Cancro Obesidade Riscos para a Saúde
  • Sintomas
    • O ganho de peso geralmente acontece ao longo do tempo. A maioria das pessoas sabe quando engordou, mas alguns sinais e sintomas de obesidade incluem:
    • Roupas que parecem apertadas e necessidade de usar números maiores.
    • Ter gordura extra ao redor da cintura.
    • Índice de massa corporal e circunferência da cintura maiores do que o considerado normal .
  • Formas de Prevenção
    • Como prevenir?
    A obesidade desenvolve-se ao longo do tempo e, uma vez instalada, é de difícil tratamento, daí que a prevenção nos pareça ser o único meio eficaz para a combater. Existem 3 níveis de acção de prevenção.
  • Formas de Prevençao
    • 1º Nível de prevenção:
    • De um modo geral, existem dois tipos de estratégias de intervenção em saúde pública usadas para dominar a obesidade:
    • Primeiro, melhorar os conhecimentos e capacidade de lidar com os problemas dos indivíduos através de estratégias de educação e alteração do comportamento.
    • Segundo, reduzir a exposição da população a ambiente promotor de obesidade, como a tentação dos alimentos de elevado conteúdo de gordura e evitar um estilo de vida sedentário.
  • Formas de Prevençao
    • 2º nível de prevenção:
    • Os programas de prevenção selectiva têm como alvo sub-grupos da população que têm elevado risco individual de desenvolver obesidade. Estes sub-grupos de elevado risco têm factores biológicos, psicológicos e sócio-culturais que estão associados a risco aumentado de obesidade. Este risco pode ser agudo, como em certas fases vulneráveis da vida (adulto jovem após o casamento, gravidez, menopausa, após deixar de fumar) ou pode ser permanente como a predisposição genética para o ganho de peso.
  • Formas de Prevenção
    • 3º Nível de prevenção:
    • Prevenção específica dirigida a determinado grupo alvo, indivíduos de alto risco, com sobrecarga ponderal mas ainda não obesos. Os programas de prevenção específica normalmente envolvem estratégias de trabalho com os doentes numa base individual ou, alternativamente, em grupos especiais.
  • Formas de Prevenção(cont.)
    • Os doentes recrutados para estes programas de prevenção específica já têm alguns problemas relacionados com o peso. Assim, os objectivos primários desta estratégia preventiva são:
    • 1) Impedir que crianças com sobrecarga ponderal se tornem adultos obesos;
    • 2) prevenir maior ganho de peso;
    • 3) reduzir o número de indivíduos que desenvolvem co-morbilidades relacionadas com a obesidade.
  • Tratamento
    • O principal tratamento para obesidade é a redução da gordura corporal por meio de adequação da dieta e aumento do exercício físico. Programas de dieta e exercício produzem perda média de aproximadamente 8% da massa total (excluindo os que não concluem os programas). Nem todos ficam satisfeitos com esses resultados, mas até a perda de 5% da massa podem contribuir significativamente para a saúde.
    • Mais difícil do que perder peso, é manter o peso reduzido. Entre 85% e 95% daqueles que perdem 10% ou mais de sua massa corporal, recuperam todo o peso perdido em 2 a 5 anos.
  • Recomendações
    • Existem quatro recomendações importantes para o tratamento clínico da obesidade:
    • Pessoas com IMC (índice de massa corporal) acima de 30 devem ser iniciadas num programa de dieta de redução calórica, exercício e outras intervenções comportamentais e estabelecer objectivos realistas de perda de peso.
    • Se os objectivos não forem alcançados pode ser oferecida terapia farmacêutica. O paciente deve ser informado da possibilidade de efeitos colaterais e da inexistência de dados sobre a segurança e eficácia de tais medicamentos a longo prazo.
  • Recomendações(cont.)
    • Pacientes com IMC acima de 40 que não alcançam seus objectivos de perda de peso (com ou sem medicamentos) e que desenvolvem outras condições derivadas da obesidade, podem receber indicação para realizarem cirurgia bariátrica . O paciente deve ser informado dos riscos e potenciais complicações.
    • Nesses casos, a cirurgia deve ser realizada em centros que realizam grande número desses procedimentos já que as evidências indicam que pacientes de cirurgiões que o realizam com frequência tendem a ter menos complicações.
    • * Cirurgia bariátrica – é a cirurgia que é efectuada para reduzir o tamanho do estômago.
  • IMC = peso / (altura)2
  • Pensa na tua vida . . .
  • Conclusão
    • Com este trabalho ficamos mais alertados sobre os problemas da obesidade assim como esperamos que a Prof. também tenham ficado. Esperamos que goste deste trabalho porque nós o fizemos com muito gosto!
    • Por isso quando o seu apetite lhe chamar a atenção, pense na sua saúde !!
  • Webgrafia
    • http:// barrigakiller.com /artigos/obesidade-riscos-e-preven%C3%A7%C3%A3o.html
    • http:// www.pesologica.com / calcular_imc.php
    • http://pt.wikipedia.org/wiki/Obesidade#Tratamento
    • http:// www.copacabanarunners.net / sintomas-obesidade.html
    • http:// pt.wikipedia.org / wiki /Obesidade
    • http:// www.virilplant.com / obesidade-causas.htm
    • http://www.obesidade.info/consequenciasobesidade.htm
    • Trabalho elaborado por:
    • David Maia Nº8
    • Mónica Abreu Nº15
    • Pedro Rodrigues Nº17
    • Tiago Ribeiro Nº23