OBJETIVOS
- Aula com tema: Ter amigos é muito bom.
- Identificar os colegas de sala como amigos.
- Dizer que as pessoas da...
5. História Amigo Papagaio
Tempo previsto: 20 minutos
Primeiro momento: Com as crianças reunidas em rodinha, narrar a hist...
Anexo 1: História Amigo Papagaio
CONT. (1) DOANEXO 2 - PLANO DE AULA Nº 6 - MÓDULO III: CONDUTAESPÍRITA- VIVÊNCIA EVANGÉLICA - MATERNAL
ILUSTRAÇÃO 1
CONT. (2) DO ANEXO 2 - PLANO DE AULANº 6 - MÓDULO III: CONDUTAESPÍRITA- VIVÊNCIA EVANGÉLICA - MATERNAL
ILUSTRAÇÃO 2
CONT. (3) DO ANEXO 2 - PLANO DE AULA Nº 6 - MÓDULO III: CONDUTAESPÍRITA- VIVÊNCIA EVANGÉLICA - MATERNAL
ILUSTRAÇÃO 3
CONT. (4) DO ANEXO 2 - PLANO DEAULA Nº 6 - MÓDULO III: CONDUTAESPÍRITA- VIVÊNCIA EVANGÉLICA - MATERNAL
ILUSTRAÇÃO 4
CONT. (5) DO ANEXO 2 - PLANO DEAULA Nº 6 - MÓDULO III: CONDUTAESPÍRITA- VIVÊNCIA EVANGÉLICA - MATERNAL
ILUSTRAÇÃO5
Anexo 2: Atividade das Crianças
NOME:
ANEXO 3
MÓDULOIII:CONDUTA ESPÍRITA-VIVÊNCIA EVANGÉLICA
MATERNAL
PLANODEAULANº6
ATIVI...
Anexo 2: Atividade das Crianças
NOME:
ANEXO 3
MÓDULOIII:CONDUTA ESPÍRITA-VIVÊNCIA EVANGÉLICA
MATERNAL
PLANODEAULANº6
ATIVI...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Ter amigos é muito bom (1)

1,287

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,287
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
18
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Ter amigos é muito bom (1)

  1. 1. OBJETIVOS - Aula com tema: Ter amigos é muito bom. - Identificar os colegas de sala como amigos. - Dizer que as pessoas da nossa família também são nossos amigos. PROCEDIMENTOS 1. Prece inicial com participação de todos os alunos - Cantar música: vamos fechar os olhinhos, vamos ficar bem quietinhos, é hora de falar com Jesus, é hora de falar com Jesus. - Prece de agradecimento por está presente naquele momento. 2. Apresentação da Turma (Música de Bem vindo) – (Realizar essa atividade se a turma ainda está dispersa). Tempo previsto: 5 minutos Bom-dia (nome do aluno), como vai? AIAIAI Bom-dia (nome de outro aluno), como vai? AIAIAI ... Faremos o possível para sermos bons amigos, Bom-dia amiguinhos como vão? AIAIAI 3. Conversa sobre amigos (Aula baseada nos Planos de Aula da FEB, Coleção Nº 4, módulo III Plano de Aula Nº 6) Tempo previsto: 10 minutos Perguntar às crianças se elas sabem o que é um amigo. Explicar-lhes que amigo é a pessoa de quem gostamos, com quem conversamos, brincamos e que pode estar perto ou longe de nós. Dizer-lhes que, ali na sala, todos somos amigos e, como amigos, devemos gostar uns dos outros, brincar juntos e procurar sempre maneiras de ajudar. 4. Brincadeira do Amigo Tempo previsto: 20 minutos Primeiro momento: Propor a brincadeira intitulada O jogo do amigo, para que os alunos se conheçam e expressem sentimentos de amizade nas imitações propostas: O JOGO DO AMIGO Pedir que as crianças se sentem formando um círculo. Escolher uma delas para ir ao centro da roda e servir de espelho para as outras crianças. Dizer aos alunos que todos deverão imitar os gestos que forem feitos pela criança que está no centro. Orientar o aluno que ocupar a liderança da brincadeira para que execute gestos que expressem amizade, por exemplo: abraço, aperto de mão, sair de mãos dadas, sorrir, cumprimentar, etc. Todas as crianças do grupo deverão imitá-la, repetindo-lhe os movimentos. Substituir o líder da brincadeira por outras crianças que desejarem aquela posição. A brincadeira deverá ser rápida, não ultrapassando 15 minutos. Segundo momento: Ao final da brincadeira, perguntar- lhes: 1. Como devemos tratar nossos amigos? 2. Aqui nesta sala quem é amigo? 3. Vocês têm amigos em casa? 4. Quem são? Ouvir as respostas dos alunos reforçando a idéia de que nossos familiares são nossos amigos.
  2. 2. 5. História Amigo Papagaio Tempo previsto: 20 minutos Primeiro momento: Com as crianças reunidas em rodinha, narrar a história do Amigo papagaio, com auxílio de gravuras. (Figuras Anexo 1) AMIGO PAPAGAIO Certo dia Sr. Papagaio saiu pela floresta para visitar D. Coruja, que estava muito doente. Ia todo feliz pelo caminho, quando encontrou D. Galinha muito assustada e nervosa. — O que aconteceu, D. Galinha? — perguntou o Sr. Papagaio. — É que meu filho, o pintinho Piu Piu, saiu para passear e até agora não voltou. Por isso, estou preocupada. — Não fique nervosa, vamos procurá-lo. — disse Sr. Papagaio. E juntos saíram à procura do pintinho Piu Piu. De repente, viram o pintinho e saíram correndo em sua direção. Chegando lá, Piu Piu estava chorando, pois seu pezinho ficara enterrado na lama e não conseguia tirá-lo. Sr. Papagaio e D. Galinha ajudaram Piu Piu. Depois, D. Galinha agradeceu ao Sr. Papagaio por tê- la ajudado a encontrar seu pintinho. Foi então que D. Galinha perguntou: — Mas, Sr. Papagaio, para onde o Sr. vai? — Ah! Eu vou visitar D. Coruja que está muito doente. — Então podemos ir com o Sr.? — perguntou Piu Piu. — Claro, vamos sim, pois ela ficará muito contente com nossa visita. Chegando à casa de D. Coruja, D. Galinha foi logo à cozinha preparar uma sopinha bem quentinha para ela. E muito contente, D. Coruja agradeceu pela visita e carinho de seus amiguinhos. Segundo momento: Finalizada a narrativa, fazer a exploração da história, por meio das perguntas: 1. Que aconteceu com o pintinho Piu Piu? 2. Quem o ajudou? 3. É bom ter amigos? 4. Quem nos deu os amigos? * O evangelizador deverá enfatizar a noção de que Deus nos deu os amigos. Terceiro momento: Desenvolver uma atividade de colagem para que as crianças ajudem o pintinho a encontrar o caminho de sua casa (Anexo 2). 6. Prece Final: RECURSOS - Figuras da História Amigo Papagaio (Anexo 1); - Atividade das Crianças (uma para cada aluno) – ajudando o Piu-piu achar sua casa (Anexo 2); - Papel rascunho; - Cola; - Algodão e papel colorido; - Lápis de cor, giz de cera, canetinha. AVALIAÇÃO - Os alunos devem ser capazes de considerar seus colegas de turma como amigos e sua família também. Devem participar das atividades com interesse. OBSERVAÇÕES
  3. 3. Anexo 1: História Amigo Papagaio
  4. 4. CONT. (1) DOANEXO 2 - PLANO DE AULA Nº 6 - MÓDULO III: CONDUTAESPÍRITA- VIVÊNCIA EVANGÉLICA - MATERNAL ILUSTRAÇÃO 1
  5. 5. CONT. (2) DO ANEXO 2 - PLANO DE AULANº 6 - MÓDULO III: CONDUTAESPÍRITA- VIVÊNCIA EVANGÉLICA - MATERNAL ILUSTRAÇÃO 2
  6. 6. CONT. (3) DO ANEXO 2 - PLANO DE AULA Nº 6 - MÓDULO III: CONDUTAESPÍRITA- VIVÊNCIA EVANGÉLICA - MATERNAL ILUSTRAÇÃO 3
  7. 7. CONT. (4) DO ANEXO 2 - PLANO DEAULA Nº 6 - MÓDULO III: CONDUTAESPÍRITA- VIVÊNCIA EVANGÉLICA - MATERNAL ILUSTRAÇÃO 4
  8. 8. CONT. (5) DO ANEXO 2 - PLANO DEAULA Nº 6 - MÓDULO III: CONDUTAESPÍRITA- VIVÊNCIA EVANGÉLICA - MATERNAL ILUSTRAÇÃO5
  9. 9. Anexo 2: Atividade das Crianças NOME: ANEXO 3 MÓDULOIII:CONDUTA ESPÍRITA-VIVÊNCIA EVANGÉLICA MATERNAL PLANODEAULANº6 ATIVIDADEPEDAGÓGICA Colar pedaços de algodão ou papel colorido no caminho que leva o pintinho à sua casa. Se a criança desejar colar fora do caminho traçado, o evangelizador deverá deixá-la à vontade.
  10. 10. Anexo 2: Atividade das Crianças NOME: ANEXO 3 MÓDULOIII:CONDUTA ESPÍRITA-VIVÊNCIA EVANGÉLICA MATERNAL PLANODEAULANº6 ATIVIDADEPEDAGÓGICA Colar pedaços de algodão ou papel colorido no caminho que leva o pintinho à sua casa. Se a criança desejar colar fora do caminho traçado, o evangelizador deverá deixá-la à vontade.

×