Marketing nas mídias sociais

1,285 views
1,238 views

Published on

Apresentação desenvolvida para o curso Marketing nas Mídias Sociais no SRE Manaus, Onde foi abordado o tema para quem deseja atuar nesta área.Apresentação desenvolvida para um curso no SRE Manaus, Onde foi abordado o tema Marketing nas Mídias Sociais - Um roteiro sobre marketing nas redes sociais para quem deseja atuar nesta área.

Published in: Education
0 Comments
6 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,285
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
6
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Marketing nas mídias sociais

  1. 1.  Mídias Sociais “São sites na internet que permitem a criação e o compartilhamento de informações e conteúdos pelas pessoas e para as pessoas, nas quais o consumidor é ao mesmo tempo produtor e consumidor da informação”. - Cláudio Torres Andreas Kaplan e Michael Haenlein “Grupo de aplicações para Internet construídas com base nos fundamentos ideológicos e tecnológicos da Web 2.0, e que permitem a criação e troca de Conteúdo Gerado pelo Utilizador (UCG)”
  2. 2.  Mídias Sociais X Mídias Tradicionais
  3. 3.  Aplicações de mídias sociais
  4. 4.  Midia Social X Rede Social
  5. 5. Mas espere um pouco! Isto querdizer que antes da invenção da Web as pessoas não se socializavam?É claro que se socializavam sim!Os seres humanos vivem emsociedade desde os seus primórdios.A Web só aumentou aescala, potencializou a capacidadedas pessoas de se relacionar umascom as outras.
  6. 6. A teoria dos 6 graus de separação diz quequalquer pessoa no mundo precisa de nomáximo 6 laços de amizade para estareminterligadas, ou melhor o máximo quepodem separar duas pessoas no mundo são6 laços de amizades.A idéia surgiu em 1967. E nos dias de hoje,as redes sociais da internet, confirmamessa a teoria.
  7. 7.  Panorama da internet Hoje, o tráfego de dados na internet produz por hora informação suficiente para ser contida em 7 milhões de DVDs. Em 2015, segundo o estudo, serão 28 milhões de DVDs preenchidos por hora. O tráfego entre 2014 e 2015 já será maior do que todo a informação que circulou na internet em 2010. A explosão do tráfego da web acontecerá, principalmente, via vídeos online, além da expansão do wireless.
  8. 8.  Brasileiros com vídeos
  9. 9.  Acesso ao Facebook cresce quase seis vezes no Brasil em um ano Número de usuários do Twitter se aproxima da população dos EUA Maioria das empresas não está nas redes sociais
  10. 10. Parte IIPLANEJAMENTO
  11. 11.  Identificação do público alvo e suas mídias Quem você quer atingir com determinada comunicação? Os consumidores podem ser agrupados de acordo com vários fatores:
  12. 12.  Geográficos Onde está o seu cliente?
  13. 13.  Antes Demográfica, Agora Tecnográfica CRIADORES CRÍTICOS • Publicam um blog • Qualificam ou comentam produtos e serviços • Tem página na web • Fazem comentários em blogs de terceiros • Publicam vídeos que eles mesmos gravam • Participam de fóruns online • Fazem uploads de “sua’ música • Colaboram ou editam artigos em algum wiki. • Publicam artigos ou histórias que escrevem. COLECIONADORES EXPECTADORES • Usam feeds (RSS, Realy Simple Syndication) • Lêem blogs • Colocam tags em sites ou fotos • Assistem aos vídeos de outros usuários • Votam por sites. • Ouvem os podcasts; Lêem fórum virtuais • Lêem as opiniões ou votos de outros usuários. ADEPTOS INATIVOS • Mantém seu perfil em alguma rede social • Não interagem socialmente online de maneira alguma • Visitam os sites das diferentes redes.
  14. 14.  Psicográficos Mesmo que você possa ter determinado seu grupo demográfico, as pessoas dentro deste grupo ainda terão diferentes percepções sobre os benefícios ou valores de seu produto e serão motivadas por diferentes razões.
  15. 15.  Comportamentais Hábitos de consumo, benefícios procurados, freqüência de compra desse tipo de produto, lugar onde costuma comprar esse tipo de produto, ocasiões de compra e seus principais estímulos.
  16. 16. “Controle seu destino ou alguém controlará.” Jack Welch
  17. 17.  Definição de Estratégia de Atuação
  18. 18.  Produto Conjunto de atributos, tangíveis ou intangíveis, constituído através do processo de produção, para atendimento de necessidades reais ou simbólicas, e que pode ser negociado no mercado, mediante um determinado valor de troca, quando então se converte em mercadoria.
  19. 19.  Ciclo de Vida do Produto
  20. 20.  Introdução O produto é apresentado ao mercado através de um esforço de marketing intenso e focado visando a estabelecer uma identidade e promover ao máximo o conhecimento do produto.
  21. 21.  Crescimento ou Desenvolvimento Neste estágio há uma rápida aceitação de mercado, e melhoria significativa no lucro. O mercado apresenta uma abertura à expansão que deve ser explorada.
  22. 22.  Maturação É o momento de redução no crescimento das vendas, porque o produto já foi aceito pela maioria dos consumidores potenciais. Nesta fase, os consumidores fiéis repetem suas compras.
  23. 23.  Declínio Período de forte queda nas vendas e no lucro. Este estágio pode ser causado por uma competição feroz, condições desfavorecidas, mudanças nas tendências ou fatos. É o momento da desaceleração de vendas.
  24. 24.  Preço Financiamentos - Condições de Pagamento - Prazo médio - Número de Prestações – Descontos - Crediário
  25. 25.  Ponto de Distribuição Tarefas necessárias para apresentar o produto ou serviço ao consumidor, para que ele possa comprá-lo e consumi-lo, canais de distribuição, cobertura, variedades, locais, estoque, transporte. Lojas - Canais de distribuição – Logística Armazenamento - Distribuição
  26. 26.  Canal de distribuição
  27. 27.  PromoçãoTodas as tarefas de comunicação que visam promover o consumo do produto ou serviço, promoção devendas, publicidade, força de vendas, relações públicas, marketing direto, propaganda, etc.
  28. 28.  POST
  29. 29.  Do 4 P’s para os 4 E’s 4 Es: troca (exchange) em vez de preço; experiência em vez de produto; evangelismo – ou engajamento – em vez de promoção; onipresença (everyplace) em vez de praça. As empresas precisam ser onipresentes.
  30. 30.  Identificação dos Riscos e benefícios
  31. 31.  Definição de Regras de Conduta De repente, no mundo da propaganda, parece que os veículos de comunicação desapareceram. Só se fala em conteúdo gerado por consumidor (Orkut, fotologs, YouTube etc.). Três níveis com envolvimento
  32. 32.  Produção de conteúdo e gerenciamento As pessoas começaram a ficar mais exigentes, a quantidade de conteúdo na web é muito grande, se você não acha um texto interessante, há milhares de outros parecidos para se informar.
  33. 33. Com a web 2.0, as pessoascomeçaram a ficar maisexigentes, a quantidade deconteúdo na web é muitogrande, se você não acha umtexto interessante, há milharesde outros parecidos para seinformar. Por isso a necessidadede produzir conteúdo relevanteé cada vez maior.
  34. 34.  Produção de conteúdo e gerenciamento Uma mensagem no Twitter, um vídeo no YouTube ou um grupo no Facebook podem acabar com a reputação de uma marca.
  35. 35. Parte III Mídias Sociais eMarketing de Busca
  36. 36.  Início dos sistemas de busca Primeiro Sistema de busca – Archie - 1990 - Alan Emtage Wandex – Marthew Gray – 1993 – Base dos CrawlersWebmasters e responsáveis dos portais de conteúdo começaram a otimizar seus sites para os sistemas de busca em meados de 1990, porque os primeiros motores de busca estavam iniciando a indexação do conteúdo na World Wide Web.
  37. 37.  Anatomia dos Mecanismos de Busca - Back end dos buscadores – Softwares que usam aplicativo no intuito de coletar informações das páginas - Front end – Interface dos buscadoresEstes processos são realizados por crawlers, spiders ou robôs que consultam as URL’S da web, desta forma em sua anatomia de busca possa interagir com o banco de dados pertinente, catalogando e evocando as informações da web envolvendo todo o conceito de biblioteconomia.
  38. 38.  Participação no Mercado de Buscas
  39. 39. A cada SEGUNDO, cerca de 5 mil pessoas realizam uma busca no Google......e a maioria destas pessoas não conseguiu encontrar EXATAMENTE o que estavam procurando
  40. 40.  Sistemas de Busca Orgânica
  41. 41. 90% das buscas terminamantes de chegar à quartapágina e mais de 62% dassolicitações não ultrapassama primeira página
  42. 42. A Lei da Liderança“É melhor ser o primeiro do que ser o Melhor” As 22 consagradas leis do marketing
  43. 43.  Por que é importante que seu site esteja bem posicionado nos mecanismos de busca? - Exposição de seu negócio diretamente ao target - O Cliente é quem lhe procura e não o inverso - Percepção pela maioria dos usuários de mecanismo de busca de que os primeiros colocados são líderes de mercado - Cliques “gratuitos” - Custo reduzido de publicidade
  44. 44.  Como os Mecanismos de Busca Funcionam? SERVIDOR DO CONTEÚDO MECANISMO DO SITE DE BUSCA USUÁRIO RESULTADOS DA BUSCA
  45. 45.  Algoritmo A posição de um site em mecanismo de busca para qualquer palavra-chave é determinada por um algoritimo. O Google, por exemplo, conta com mais de 200 fatores em seu algoritmo. Fatores On-Page X Fatores Off Page
  46. 46.  Fatores On-Page Title tag
  47. 47.  Fatores On-Page Description Tag
  48. 48.  Fatores On-Page Keywords Tags
  49. 49.  Fatores Off-Page Idade de Domínio X
  50. 50.  Fatores Off-Page Backlinks são links para o nosso site presentes em outros sites ou páginas. Os backlinks são importantes em vários aspectos mas em um predominantemente, visibilidade.
  51. 51.  Fatores Off-Page O PageRank trabalha principalmente com o fator link e usa a lógica deste sistema de ligação entre páginas como se tivesse o valor de um voto para a página em questão.
  52. 52.  Perguntas FrequentesOs buscadores indexam sites em flash (.swf) ? SIM Ocorre a indexação! OBS. NÃO É RECOMENDADO EM SEO
  53. 53.  Servidor é importante em SEO? Relativamente Importante! Define a região de hospedagem, mas não é o que define o seu posicionamento nos buscadores, existem outros fatores mais importantes. OBS. Tempo de resposta ao visitante
  54. 54.  Qual o futuro da SEO? Promissor! Marketing e emprendimentos online tem tomado cada vez mais mercado se comparado ao empreendimentos tradicionais ( off line). OBS. É preciso se qualificar!
  55. 55. Uma regra de ouro para seu sucesso em SEO Ao desenvolver seu site, penseSEMPRE no seu cliente e NÃO para os mecanismos de busca
  56. 56.  SMO – Social Media Optimization Sua marca está nas redes sociais?
  57. 57.  Quais as razões para otimização? - Actualmente o Google e outros motores de busca já não são as únicas formas de pesquisa on line - As rede sociais devem servir como otimização
  58. 58.  Como efetuar o SMO - Tornar as tarefas de “bookmarking” e “taqqing” fáceis de serem realizadas: utilizando no website e nas redes sociais os botões de partilhar o conteúdo entre vários utilizadores
  59. 59.  Como efetuar o SMO - Ajudar os conteúdos a serem facilmente partilhados: atrave’s , vídeos, clips de áudio.. E que também seja visíveis em dispositivos móveis.
  60. 60.  Como efetuar o SMO - Recompensar os “brand advocates” do website: ou seja, os utilizadores que sistematicamente partilham conteúdo do mesmo.
  61. 61.  Ferramentas que devem ser utilizadas para efetuar o SMO - Anúncio Pagos: - RSS Feeds - Imagens e Vídeos - Marketing Viral
  62. 62. Social Media Optimization éassim uma das estratégiasmais importantes de atraçãode trafégo para os websites.
  63. 63.  SMM – Social Media Marketing Ações de marketing voltadas para a divulgação de um produto, serviço ou idéia dentro das redes sociais.
  64. 64.  Qual a diferença entre SMM e Marketing tradicional? Sua marca está nas redes sociais? E então, uso ou não uso o SMM?
  65. 65. Parte IVBlogs e Marketing Online
  66. 66.  A importância dos blogs corporativos no marketing digital Podem ser considerados uma biblioteca digital que tem o conteúdo, a experiência e visão dos influenciadores. Afinal, é um investimento na história e reputação digital de uma marca, empresa ou pessoa. Plataformas de desenvolvimento
  67. 67.  Integração de blogs com outras mídias sociais Continue a conversa com o seu nicho de mercado
  68. 68. Parte VAgregadores de Notícias
  69. 69.  Agregadores como forma de potencializar seu conteúdo Agregadores são locais onde são reunidas as mais variadas notícias de forma organizada em categoria de vários Blogs ou Site
  70. 70. Parte VIMicro Blogs
  71. 71.  Por que usar o Twitter? Segundo a Nielsen o microblog cresceu 1382% de um ano para outro
  72. 72.  Twitter – Customizações e marketing “oh this is going to be addictive” Dom Sagolla
  73. 73.  Por que usar o Twitter? Comunicação Eficaz e Permite monitorarMicroblog que permite com Clientes palavras-chave relacionadas com enviar mensagens nossa marca e atividades “tweets” em 140 caracteres É bom pois permite integração Exposição da com outros serviços Web e Marca melhoram a captação de clientes Excelente para divulgar links sobre Trafego para a marca e testar a influência e o o Site/blog pode viral da marca
  74. 74.  Números do Twitter • Um dos 30 sites mais populares do mundo (Alexa) • Terceira rede social mais usada no mundo, com 6 milhões de visitas únicas no mês (Compete.com) • Crescimento de 1382% nos últimos 12 meses (Score) – em junho/09 haviam 51,6 milhões de pessoas no mundo • No Brasil, 23% dos internautas possuem conta no Twitter (Nielsen) – isso é 8,3 milhões de pessoas • 30% da audiência dos sites de notícias tem origem no Twitter (Nielsen)
  75. 75.  Estimativas do usuário Twitter divulgou em seu próprio site o número total de usuários registrados: 175 milhões.
  76. 76.  A principal Regra A regra mais importante de aplicar e lembrar quando trabalhamos com qualquer rede social: Somos o que publicamos
  77. 77.  Influência é o Propósito O propósito de uso do Twitter em uma empresa é contruir Influência! ( A Influência e Confiança de Ganha pouco a pouco.)
  78. 78.  O que é Importante? • Ser humano • Respeitar as necesidades, desejos e preferências do seu público • Seguir contatos relevantes, o que vale é qualidade e não quantidade • Incluir informações de contato e links no Perfil
  79. 79. Como começar? Cadastre-se no Twitter e criar seu próprio canal. Escolha um nome adequado. Em "Bio" deve colocar um pequeno texto explicando quem você é como você faz. Use aplicações como Tweetdeck , hootsuite ePersonalisar o canal e dar um Cotweet para gerenciar seutoque profissional. perfilUm design atraente é muito útile prende a atenção do usuário. Encontre pessoas que você conhece ou que se tornou um seguidor / a. Você vai encontrar pessoas em seu local de trabalho mesmo, e assim começar a tecer a sua própria rede. Antes de criar seu próprio conteúdo , artigos , documentos, referências e assim Integre seu twitter com outros por diante. Também retwitte mensagens canais. Como (blog, site etc) de pessoas que seguem (RT @ username). intégra-los ao Twitter.
  80. 80.  Estratégias Digitais no Twitter Além de servir como mais uma ferramenta de integração social, também tem diversas aplicações práticas no marketing e comunicação das empresas atualmente.
  81. 81.  Estratégias Digitais no Twitter Identifique-se pelo seu Twitter nas mídias sociais, não por seu e-mail ou URL. Os consumidores que estão nas mídias sociais terão mais facilidade em se comunicar com você desta forma.
  82. 82.  Estratégias Digitais no Twitter Faça com que o conteúdo do blog de sua empresa, gere Tweets : Gerou conteúdo no Blog da Empresa, envie o para o Twitter, mas lembre-se Titulo chamativo é importante, pois a partir dele seu tweet será Retweetado.
  83. 83.  Estratégias Digitais no Twitter Posicione seu Twitter nos Mecanismos de Busca, milhões de busca são feitas por dia no Google, se seu perfil, estiver otimizando a chance dele aparecer entre os Resultados é muito grande.
  84. 84.  Estratégias Digitais no Twitter Use os favoritos como Testemunhas, ou seja, se uma campanha sua foi bastante favoritada no Twitter quer dizer que sua empresa obteve sucesso.
  85. 85.  Estratégias Digitais no Twitter Se imponha como líder no seu nicho de mercado, esse fator é importante, pois qualquer duvida o usuário irá procurar sua empresa.
  86. 86.  Estratégias Digitais no Twitter Ficar por dentro das notícias do que é falado sobre sua empresa, não adianta, participar da conversa se não monitorar a conversa
  87. 87.  Estratégias Digitais no Twitter Não tuite assuntos apenas da empresa/marca, mas sim do universo que rodeia a mesma…
  88. 88.  Estratégias Digitais no Twitter Utilize seu twitter para complementar suas campanhas promocionais : Faça promoções on-line criativas para seus seguidores. Isso também atrai mais seguidores e melhora suas ações
  89. 89.  Estratégias Digitais no Twitter Utilize o twitter para iniciar campanhas virais : Sua rede de seguidores no twitter é o meio mais fácil e ágil de iniciar suas campanhas de marketing viral.
  90. 90. Outrosmashable.com/guidebook/twitter/ www.scribd.com/doc/19 497275/La-Guia- Definitiva-Para-Entender- Twitter www.slideshare.net/ KyleLacy/140-twitter- tips www.rosauraochoa.com/2009/0 6/13-increibles-maneras-para- que-te-hagan.html
  91. 91.  Ferramentas Para Gerenciar Contas no Twitter Tweetdeck e Hootsuite, são as ferramentas mais populares e as melhores para gerenciar as contas
  92. 92. Algumas aplicaçõesFerramenta paraencurtar Links http://bit.ly/http://twittercounter.com/ Aqui podemos encontrar muitasEstatistica do Twitter ferramentas relacionadas com Twitter www.twtbase.com
  93. 93.  Métricas no Twitter• InfluênciaSeguidores | Alcance | Cliques• RelevânciaRetwitts | Favoritos | Listas | # FF• EngajamentoReplies | Menções Medir é a parte essencial de uma ação de Midias Sociais
  94. 94.  Conclusão O mais importante, sem dúvida, é gerar e recomendar bom conteúdo com o seu twitter. Essa é a ação mais importante para o seu twitter “bombar”. Marketing Digital no Twitter não tem mistério se você sabe, Ouvir, Conversas e ser honesto, você já tem consciência do que fazer na rede.
  95. 95.  Conectividade com outras redes sociais
  96. 96.  Integrar twitter no facebook 1 - Para integrar o twitter no facebook você deve logar no facebook e ativar o aplicativo acessando o link http://apps.facebook.com/twitter/.2 - Clique em permitir para aceitar o aplicativo do twitter no seu facebook. Caso você possua páginas no facebook deve escolher o perfil que deseja compartilhar no mural, como mostra a imagem abaixo. (Clique para Ampliar)3- Escolha onde será postado as suas publicações no twitter, a próxima e última tela é apresentada para confirmação, após completar esse passo o twitter já vai estar integrado com seu facebook. 4- Clique em Allow para aceitar o aplicativo no profile escolhido.
  97. 97.  Dependentes dele
  98. 98.  Twitter no Brasil Perfil do usuário brasileiro
  99. 99.  Alex Glikas O Diretor Comercial da Locaweb, Alex Glikas (não indico segui-lo) foi, no mínimo, infeliz em suas declarações (durante um clássico futebolístico). Alex Glikas deletou as twittadas, mas já era tarde demais – a tela de Glikas já havia sido “printada” e se espalhado mundo a fora! Por ter apagado as microblogadas, o Diretor Comercial da Locaweb foi chamado de “burro e covarde” por vários usuários.
  100. 100. @amaral00 @locaweb Que demitam esse “super profissional”. Vergonha ter esse lixo nas nossas mangas ttp://twitpic.com/1blz2g #ForaLocaWeb @kellianevilela RT @riccijr: Dêem RT para que o Sr @alexglikas assuma a sua responsabilidade como profissional da @locaweb com suas declarações http://twitpic.com/1blz2g@felipecincinato Dir. Comercial da #LocaWeb @alexglikas merece ser demitido! #ForaLocaWeb! http://twitpic.com/1blz2g @phbiavo @locaweb vai tomar alguma atitude sobre o @alexglikas ou não? @muesteves graças a essas declarações http://twitpic.com/1blz2g estou cancelando todas as minhas assinaturas da @locaweb
  101. 101. Outra coisa bizarra é que asdeclarações foram feitas noprimeiro jogo do São Paulotendo como a Locaweb a marcapatrocinadora de “manga decamisa”. O valor do patrocíniopara os dois jogos foi combinadoem cerca de R$ 600 mil.
  102. 102.  Mayara Petruso Após o anúncio do resultado das eleições, uma série de mensagens preconceituosas e difamatórias contra nordestinos foram publicadas no microblog. O site “Xenofobia Não” capturou e republicou algumas delas. O assunto apareceu entre os Trending Topics do Twitter na noite de domingo.
  103. 103. A estudante deverá responderpor crime de racismo e incitaçãopública de prática de crime, com penas previstas de dois a cinco anos e de três a seis meses ou multa. A jovem excluiu suas contas no Twitter e noFacebook, redes sociais em que ela publicou os ataques.
  104. 104.  Formspring Há cerca de 4 milhões de usuários cadastrados
  105. 105. Parte VIIRedes Sociais
  106. 106.  Linkedin O LinkedIn é um site de negócios que possui o formato de uma rede de relacionamento
  107. 107.  Facebook Foi lançado em 2004 por Mark Zuckerberg, na época com 19 anos. Inicialmente, a participação era restrita aos estudantes da Universidade de Harvard. Em 2006, passou a aceitar também estudantes secundaristas e algumas empresas.
  108. 108.  Crescimento Em julho de 2010, o Facebook atingiu 500 milhões de usuários no mundo. Na Índia, o número de usuários do Facebook ultrapassou os do Orkut em julho de 2010.São 19,8 milhões de indianos que usam o Orkut, enquanto 20,8 milhões usamo Facebook. O crescimento da rede no país foi de 179% em relação ao mesmo período de 2009.
  109. 109.  Com uma conta no Facebook é possível  Deixar recados para seus amigos.  Adicionar fotos e vídeos ao perfil.  Adicionar aplicativos à conta do Facebook.  Convidar seus amigos para eventos.  Curtir: você mostra para toda a sua rede de contatos indicações daquilo que gostou no Facebook, por meio do comando “curtir”.  Feed de notícias: acesso às atualizações de notícias.  Ver as atualizações dos seus amigos.  Acompanhamento das solicitações de amigos.  Encontrar amigos por e-mail.  Criação de páginas (equivalentes às comunidades do Orkut).
  110. 110.  Conquistando clientes com o Facebook O número total de fãs é a métrica mais expressiva no Facebook
  111. 111.  Coloque seus esforços em aumentar o seu número de fãs Coloque seus esforços no conteúdo da sua página Coloque seus esforços em engajar os seus fãs
  112. 112.  Orkut O rei no Brasil. Com mais de 23 milhões de usuários em janeiro de 2008. Dados Demográficos
  113. 113.  Ning: a Rede das redes A vida corre, as pessoas não tem tempo e eu respondo: abra um Ning!
  114. 114.  Ning: a Rede das redes A vida corre, as pessoas não tem tempo e eu respondo: abra um Ning!
  115. 115. Parte VIIIRedes de Compartilhamento de Conteúdo
  116. 116.  YoutubeO YouTube tornou-se tão popular nos últimos meses que, atualmente, exibe cerca de 100 milhões de arquivos por dia
  117. 117.  FlickrO Flickr é um site da web caracterizado como uma rede social cujo foco é no armazenamento e partilha de fotografias
  118. 118. Parte IXMonitoramento de Desempenho de Campanhas
  119. 119.  Monitoramento de desempenho de CampanhasMedir o que acontece nas redes sociais é hoje fundamental para as marcas. Em qualquer parte do mundo. Mais que isso, é preciso integrar essa mensuração com todos as demais presenças web das marcas.
  120. 120.  Monitoramento de desempenho de Campanhas Ferramentas de monitoramento de campanhas
  121. 121.  Monitoramento de desempenho de Campanhas Métricas em Mídias Sociais – Principais indicadores
  122. 122.  Monitoramento de desempenho de Campanhas Retorno do investimento em Mídias Sociais

×