Your SlideShare is downloading. ×
Sadc fefeu revisão
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Sadc fefeu revisão

1,913
views

Published on

Published in: News & Politics

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,913
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1.
    • SADC
    • Conferência para o Desenvolvimento da África Austral
  • 2.
    • 1960-1970 período de descolonização e independência na
    • África do Sul
    • A presença do colonizador era considerável, houve resistência à descolonização
    • Com independência de Moçambique,Angola e Zimbábue, os Estados da Linha de Frente resolveu criar alguma forma de mecanismo regional que examinasse, monitorasse e coordenasse questões de desenvolvimento econômico nos países independentes da África Austral.
    • Esse mecanismo veio a se tornar a Conferência de Coordenação para o Desenvolvimento da África Austral (SADC)
    Fundação do SADC
  • 3.
    • A SADC foi estabelecida por meio de um tratado, em 1992. Esse tratado tem por objetivo melhorar as habilidades técnicas e administrativas dentro da região e estipula o estabelecimento de uma série de protocolos voltados para uma maior integração regional.
    • O principal parceiro econômico externo ao SADC é a UE que, com o bloco mencionado realiza importantes trocas há alguns anos e ainda representam a maior parte das exportações e importações externas ao grupo . Há planos de integração entre o Mercosul e a SADC, mais especificamente entre o Brasil e a África do Sul. Esse acordo de comércio seria do interesse brasileiro para, além dos motivos óbvios, não se mostrar submisso à proposta da ALCA.
    A integração do SADC
  • 4. 1. reduzir a dependência do mundo exterior e em particular, da África do Sul; 2. promover a autoconfiança coletiva dos Estados membros; 3. promover e coordenar a cooperação econômica por meio de um projeto e de uma abordagem orientada por setor; 4. promover uma ação conjunta para garantir a compreensão internacional e seu apoio prático para a estratégia da SADCC Objetivos iniciais
  • 5.  
  • 6.
    • A SADC tem uma visão de um futuro comum, dentro de uma comunidade regional que vai garantir bem-estar econômico, a melhoria dos padrões de vida e a qualidade de vida, liberdade e justiça social, paz e segurança para os povos da África Austral
    Visão
  • 7.
    • Embora todos os membros declarem democráticos, bem poucos contêm as instituições que caracterizam as modernas democracias sem seus sistemas políticos, como eleições livres e justas, e uma imprensa livre.
    • Pelo menos dois dos estados membros, Angola e República Democrática do Congo, estão envolvidos em contínuas guerras civis
    • Existe O PROGRAMA DE AÇÃO SADC. Que é um conjunto de programas setoriais, com os seus objetivos, estratégias e projetos destinados a concretizar os objetivos gerais da SADC.
    Sobre a política
  • 8.
    • As economias da região são estruturalmente variadas e estão em variados estágios de desenvolvimento.
    • O PIB da África do Sul, de US$ 131 bilhões, é maior do que a soma do PIB de todos os outros países da SADC.
    • A SADC está enfrentando sérios desafios para estabelecer um bloco regional viável, dadas as suas disparidades econômicas
    • De acordo com a meta da organização, após a criação da zona econômica, serão estabelecidos a aliança de impostos em 2010, mercado comum em 2015, banco central regional e aliança monetária em 2016 e em 2018, segundo planejado, todos os países membros utilizarão moeda única.
    Sobre a economia
  • 9.
    • República democrática do Congo
    • Tanzânia
    • Moçambique
    • Angola
    • África do Sul
    • Maurício
    • Botsuana
    • Malauí
    • Lesoto
    • Suazilândia
    • Namíbia
    • Zâmbia
    • Zimbábue
    • Madagáscar
    Os seus membros atuais são:
  • 10.
    • África do Sul : Finanças e Investimentos
    • Angola : Comissão de Energia
    • Botsuana : Investigação Agrária e Produção animal e Controle de doenças de animais
    • Lesoto : Conservação da Água e solo e utilização da terra e Turismo
    • Malauí : Pesca, área florestal e vida selvagem;
    • Maurício : Não tem um grande objetivo
    • Moçambique : Cultura, informação, esportes, comissão de transportes e comunicação;
    • Namíbia : Pescas
    • Suazilândia : Desenvolvimento de Recursos Humanos
    • Tanzânia : Indústria e Comércio
    • Zâmbia : emprego, trabalho e mineração
    • Zimbábue : produção agrícola, alimentação, recursos agrícolas e naturais.
    Os países e suas funções:
  • 11.
    • População: 202,9 milhões
    • PIB: US$ 173,5 bilhões
    • Exportações: US$ 53,5 bilhões
    • Importações: US$ 52,8 bilhões
    Estatísticas
  • 12.  
  • 13.
    • Igualdade para todos os estados membros
    • Solidariedade, paz e segurança
    • Direitos humanos, democracia, e a régua da lei
    • Benefício mútuo
    • Estabelecimento calmo das disputas.
    • Aumentar a participação da mulher em todas as camadas da sociedade
    Metas
  • 14. Oscilação na quantidade de mulheres no governo.
  • 15.  
  • 16.
    • Ana
    • Ingrid
    • Lana
    • Mariana
    • Tarsis
    • Wesley
    • 2° A
    Componentes