Your SlideShare is downloading. ×
Industria  brasileira 2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Industria brasileira 2011

6,730

Published on

Published in: Technology, Business
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
6,730
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
82
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. A INDÚSTRIA NO BRASIL
  • 2. A crise de 1929
    • Pôs em xeque o modelo econômico brasileiro agro-exportador.
    • Até 1930 a industrialização brasileira foi marcada por indústrias tradicionais (alimentos e têxteis).
    • Com essa crise uma parcela razoável do capital cafeeiro foi reinvestida em atividades urbanas fabris.
  • 3.  
  • 4. A Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945)
    • Beneficiou a industrialização brasileira, que precisou substituir os produtos importados e dinamizar a sua produção local. Industrialização Substitutiva de Importação.
  • 5.  
  • 6. Segunda Fase: A era Vargas (1930 – 1954)
  • 7.
    • Foi o principal responsável pela infra-estrutura necessária para instalação das indústrias no período do seu primeiro governo (1930 – 1945).
    • Exemplo: * A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN)
    • 1941
    • * A Companhia Vale do Rio Doce (CVRD)
    • 1942
    • * A Fábrica Nacional de Motores (FNM)
    • 1943
    • * A Companhia Hidrelétrica do São Francisco
    • (Chesf)1945.
  • 8.
    • Durante seu segundo mandato (1950 – 1954), houve uma continuação da implantação da infra-estrutura.
    • Exemplo: * A criação do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES), em 1943.
    • * A criação da estatal do petróleo, a PETROBRAS (Petróleo Brasileiro S/A), em 1954.
    • Esta segunda fase foi marcada por grande participação do Estado no papel de empreendedor, como resposta a grande depressão da década de 1930 (Keynesianismo).
  • 9. Terceira fase: Juscelino Kubitschek (1956 – 1960).
  • 10.
    • Privilegiou as obras para geração de energia, os transportes e principalmente a construção de rodovias, que facilitou a instalação de montadoras estrangeiras no país.
    • Seu governo ao contrário do de Getúlio Vargas, que se preocupou em proteger a produção nacional, marcou o inicio da internacionalização do parque industrial brasileiro.
    • Nessa época, além das montadoras, vieram indústrias de aparelhos eletroeletrônicos e de alimentos, que mais tarde passaram a controlar o mercado interno, após a compra de empresas nacionais, incapazes de competir com a tecnologia e com os preços praticados por essas transnacionais.
  • 11. Governo Militar (1964 – 1985) Emilio Garrastazu Médice, presidiu o país em um dos períodos mais violentos do regime ditatorial.
  • 12.
    • Os governos militares - Internacionalização da industrialização brasileira.
    • Entre 1967 e 1973 o país conheceu seu “milagre econômico”, à medida que recebeu vultosos empréstimos internacionais.
    • Passou a ter o oitavo maior PIB do mundo e o maior entre os países periféricos.
  • 13. 1980: A década perdida
  • 14.
    • No campo político-social representou um período de grande conturbação, marcado por manifestações da sociedade civil organizada em prol da redemocratização do país, a exemplo das Diretas Já!
    • Com o quadro agudo da dívida externa e aumento substancial do preço do barril de petróleo no mercado externo, o país mergulhou numa profunda recessão econômica, marcada por alta inflação e elevado índice de desemprego.
    • Este quadro de crise socioeconômica representou a máxima em quase toda América Latina, com exceção de Cuba.
  • 15. 1990: A indústria brasileira na Globalização Fernando Collor de Melo (1990-1992)
  • 16.
    • Fase da reabertura da economia brasileira para os capitais estrangeiros, causando duas conseqüências: melhoria na qualidade dos produtos e a falência de pequenas e médias empresas.
    • Após graves denúncias de corrupção o presidente foi deposto pelo processo de impeachment.
  • 17. 1994 – 2002: Implantação e consolidação do modelo neoliberal Itamar Franco (1992-1994) FernandoHenrique Cardoso(1994 – 2002)
  • 18.
    • Os anos 90 foram marcados pela globalização da economia, pela política neoliberal e pelas crises econômicas em países emergentes como o Brasil.
    • Em conseqüência, o capital transnacional passou a controlar cada vez mais não só a industrialização, mas também toda economia do Brasil.
    • Período de privatizações das empresas estatais localizadas em setores estratégicos, como transportes, energia e telecomunicações.
  • 19. Exemplo:
    • Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Empresa Brasileira de Telecomunicações (EMBRATEL), Companhia Vale do Rio Doce (CVRD) e boa parte da malha ferroviária e rodoviária do país.
  • 20.  

×