Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
1,748
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
13
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. FUSOS HORÁRIOS:
    • Convenção internacional que, tendo como ponto de partido o meridiano de Greenwich ou Inicial ou Principal (0°), divide o globo terrestre em 24 fusos horários, cada um deles medindo 15°.
    • No anti-meridiano de Greenwich ocorre a mudança da data (Linha Internacional da Mudança de Data - LIMD = 180°).
  • 2.
    • O sistema de fuso foi adotado na Conferência Internacional do Meridiano, em 1844 na cidade de Washington, DC.
    • Tempo de duração da rotação da Terra = 24 horas (360°/24 = 15 meridianos ou 15°).
    • 1 hora = 15° ou 15 meridianos.
    • Cada grau = 4 minutos.
  • 3. PARA QUE SERVEM OS FUSOS HORÁRIOS
    • Padronização das horas conforme o movimento de rotação da Terra e a incidência solar;
    • Facilita as comunicações nas diversas partes do mundo;
    • Facilita programação das viagens nacionais e internacionais;
    • Possibilita a integração de empresas transnacionais e mercados de valores no mundo, entre outros.
  • 4. Tipos de hora:
    • Hora legal – tem por base o meridiano de Greenwich.
    • Hora local – é determinada pelo movimento aparente do Sol.
    • Horário de verão: é adotado nas regiões de médias latitudes no período de maior insolação (verão) com o objetivo de reduzir o consumo de energia. (diminui 1 hora)
  • 5. QUE ESPETÁCULO! Foto do anoitecer na Europa e África, num dia sem nuvens, vista de um satélite em órbita. Observem como as luzes já estão acesas em Paris e Barcelona, no entanto, em Londres, Lisboa e Madri é dia claro. No meio do Oceano pode-se identificar Açores, mais abaixo Madeira, ao longe as Ilhas Canárias e do Cabo Verde. O mais impressionante é a visão perfeita das Plataformas Continentais envolvendo as Ilhas Britânicas e de outro o Canadá e ao centro a Islândia.
  • 6. França Islândia Itália Plataforma continental Inglaterra ÁFRICA Anoitece por ali Espanha Oceano Atlântico
  • 7. Essas primeiras fotos, tiradas de um satélite, são do anoitecer de um dia qualquer no Brasil, enquanto a gente está voltando pra casa, ou indo pro boteco, ou pra faculdade, por exemplo. É legal ver que a primeira foto toma a visão como ela realmente é, ao passo que a segunda, através de um efeito do satélite, realça as luzes das cidades acesas. As outras duas fotos, seguindo o mesmo esquema, são do anoitecer na América do Norte, e o interessante é ver a quantidade de luzes que as cidades dos Estados Unidos proporcionam à visão. QUE ESPETÁCULO!
  • 8. Grande São Paulo Rio de Janeiro Belo Horizonte Salvador Oceano Atlântico Essa região azul mais clara é a plataforma continental brasileira.
  • 9. Grande São Paulo Rio de Janeiro O mesmo ponto geográfico com outro recurso do satélite realça outras cidades. Por exemplo: O ponto luminoso acima da região da Grande São Paulo é a região da cidade de Campinas. No nordeste, as capitais dos estados se destacam um pouco mais que as outras cidades. Salvador Recife Fortaleza Brasília Goiânia Uberlândia Belo Horizonte Florianópolis
  • 10. E essa foto dá uma visão dos Estados Unidos ao anoitecer. Se você se admirou com a quantidade de cidades destacadas pelas luzes, veja o próximo slide, que detalha um pouco mais e acrescenta outras muitas cidades norte-americanas.
  • 11. Essa “bagunça” de grandes luzes, por ordem, de cima para baixo, são Boston, Nova York, Philadelphia e Washington. Miami Houston Dallas Chicago Na Califórnia, ainda está claro. E ali, pelo meio da foto, é claro, tem um monte de outras cidades, mas, pela quantidade de luzes acesas, não dá pra saber mesmo qual cidade é qual!
  • 12.  
  • 13. FUSOS HORÁRIOS BRASILEIROS
  • 14. Divisão antiga dos fusos horários brasileiros
  • 15. Atual divisão dos fusos brasileiros Horas tendo como referência o Meridiano de Greenwich
  • 16.  
  • 17. 1° problema:
    • Brasília fica a 45°W de Greenwich e os relógios marcam 8 horas. Que horas serão na cidade de Rio Branco, AC que fica a 60°W?
    • Resp. 60 – 45 = 15/15 = 1 (diferença), logo 8-1=7 horas em Rio Branco.
  • 18. 2° problema:
    • Na cidade de Cruzeiro do Sul, AC a 75°W os relógios marcam 23 horas do dia 31/12/2008, que horas serão em Fernando de Noronha, que fica no primeiro fuso brasileiro, ou seja, -2 horas em relação a Greenwich?
    • Resp. 75 – 30=45/15 = 3 (diferença) 23 + 3 = 26 – 24 = 2 horas do dia 01/01/2009.
  • 19. 3° problema:
    • Sabendo-se que na cidade A são 4h 16min 9seg. no momento em que na cidade B são 5h 19min e 10seg. Determine a longitude de B em relação a A .
    • Resp. 5h 19min 10seg. – 4h 16min 9 seg. = 1h 3min 1seg. X 15 = B fica a L de A à 15° 45’ 15”
  • 20. 4° problema:
    • Suponha que em uma cidade A, localizada a 120°L de Greenwich, os relógios marquem 11:00 h. Que horas serão noutra cidade B, localizada a 75°L de Greenwich?
    • Responda: 120 – 75 = 45/15 = 3, logo 11 – 3 = 8. São 8:00 na cidade B.
  • 21. 5° problema:
    • Em uma cidade X, com longitude 150°L, são 18:00 horas. No mesmo instante, em uma cidade Y são 4:00 horas (hora local). Qual a longitude da cidade Y?
    • Responda: 18 – 4 = 14 x 15 = 210 – 150 = 60, logo a longitude de Y é 60°W.
  • 22. 6° problema:
    • Um avião sai de Manaus a 60°W às 12 horas com destino a Salvador, a 45°W. O vôo tem duração de 5 horas. Que horas serão na capital baiana quando a aeronave aterrissar?
    • Resp. 60 – 45 = 15/15 = 1, logo 12 + 1 = 13 + 5 = 18, serão 18:00h na capital baiana.