Your SlideShare is downloading. ×
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Inverno Trousseau 2010 - Sob o céu da Toscana

2,384

Published on

Título: Sob o céu da toscana …

Título: Sob o céu da toscana
Agência: Reciclo Comunicação
Cliente: Trousseau
Direção de criação e de arte: Marcone Procópio
Direção de estilo: Amir Slama
Redação: Patrícia Favalle
RTVC: Tina Procópio
Fotografia: Romulo Fialdini
Modelos: Laura Leshel e Airton Bessa | Elite Models Milão
Produção: Lucho Gallardo
Produção executiva: Claudia Battaglia
Tratamento de imagens: Dario Velasco
Mídia: Suellen Viglioni, Joyce Corrêa e Miquelina Lucena
Produção Gráfica: Alexandre Oliveira
Diretora de Atendimento: Angela Buratto
Atendimento: Victor Fernandes e Paula Aguilera
Aprovação: Vanda Dias, Adriana e Romeu Trussardi Neto

Published in: Design
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,384
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
6
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. SOB O CÉU DA TOSCANA
  • 2. Direção geral: Adriana e Romeu Trussardi Neto Direção de criação e de arte: Marcone Procópio Direção de estilo: Amir Slama Edição: Patrícia Favalle Redação: Adriana Brito, Helen Pessoa e Patrícia Favalle Revisão: Ariana Brink Fotografia: Romulo Fialdini Assistente de fotografia: Carla de Carvalho Modelos: Laura Leshel e Airton Bessa | Elite Models Milão Produção e reportagem visual: Lucho Gallardo Coordenação e produção executiva: Claudia Battaglia Tratamento de imagens: Dario Velasco Projeto gráfico e produção: Reciclo Comunicação Assessoria de imprensa: Index Assessoria Impressão: Typebrasil Marketing Trousseau Coordenação geral: Vanda Dias Assistente: Danúbia Cristina Agradecimentos La Bandita, John Voigtman, Francesca Lucherini, Paola Bai, Odete Viese, Comuna di Pienza SÃO PAULO | RIO DE JANEIRO | BELO HORIZONTE | SALVADOR | BRASÍLIA
  • 3. TROUSSEAU | SOB O CÉU DA TOSCANA EDITORIAL TOSCANA EM QUATRO TEMPOS ÀS VÉSPERAS DE COMPLETAR 20 ANOS, A TROUSSEAU CRUZOU O ATLÂNTICO REGIDA PELOS TONS E NOTAS QUE LHE RENDERAM SOLOS TÃO ESPECIAIS Desembarcar numa das terras mais belas da Europa não é apenas um privilégio, mas parte de uma narrativa que ajuda a contar a trajetória destas quase duas décadas de existência da Trousseau. Quando entendemos que o sonho era construído essencialmente de realizações, colocamos os pés no chão e nos adiantamos ao que viria pela frente – por isso escolhemos desvendar uma paisagem acolhedora e charmosa em todas as suas perspectivas. Deixamos pra trás os tons verdes e o calorão já conhecido da Toscana para apresentar um destino único, tomado pela neve até então exclusiva dos Alpes. No frio os olhos encontram ângulos raros, com encantos tão notadamente simples como elegantes, vistos na culinária local, na arquitetura despida de ostentação e na poesia abreviada em portas coloridas e de formas variadas, capazes de realçar uma cultura secular e aconchegante, de uma gente que ainda faz questão de abrir suas casas para receber os visitantes. E é com este apelo que mostramos as estampas de linhas delicadas, com nuances feitas apenas para despertar os sentidos. Oriente-se e siga adiante. ADRIANA E ROMEU TRUSSARDI NE TO |1|
  • 4. TROUSSEAU | SOB O CÉU DA TOSCANA QUARTO UM AMOR PARA SE VIVER FOTOGRAFIAS: ROMULO FIALDINI | TEXTO: PATRÍCIA FAVALLE DIZEM QUE OS CONTORNOS DA TOSCANA SÃO CAPAZES DE ARREBATAR OS MAIS CÉTICOS DOS FORASTEIROS. É ALI, NO MEIO DA “BOTA”, QUE OS PASSOS APRESSADOS SÃO CONDUZIDOS MANSAMENTE, COMO SE BAILASSEM UMA TROVATA COMPOSTA POR ANTONIO VIVALDI. O QUE OS OLHOS NÃO ENXERGAM FAZ PARTE DE UM FASCÍNIO SIMBÓLICO, CULPA DA EXUBERÂNCIA IMPOSTA PELA GEOGRAFIA MAJESTOSA E PELAS MURADAS TECIDAS PELAS MÃOS DOS HOMENS. AO PISAR NAQUELE CHÃO, O AMOR É MERA CONSEQUÊNCIA DO ESTADO DE ESPÍRITO. O FALAR CANTANTE E OS GESTOS DESENCONTRADOS DAQUELE POVO CONTAGIAM OS SORRISOS E GANHAM AS EXPRESSÕES. A ITÁLIA TRANSPIRA MÚSICA. NUMA ANALOGIA A LE QUATTRO STAGIONI, SE O COMEÇAR TÍMIDO É GUIADO PELA SONATA DRAMÁTICA QUE DESCREVE O INVERNO, A SEGURANÇA DESENVOLTA DOS DIAS SEGUINTES SE CONVERTE NA ALEGRIA DA PRIMAVERA, MOLDADA PELO RUBOR PRECIPITANTE DO VERÃO. A DESPEDIDA, ENTÃO, ACENTUA-SE NA CANDURA CONTRADITÓRIA E INEXORÁVEL DO LUGAR, TRADUZIDA PELOS ALTOS E BAIXOS DO OUTONO. SAIR DA TOSCANA É DEIXAR O AMOR NO PASSADO, MAS COM A CERTEZA QUE O CORAÇÃO EXPERIMENTOU O SEU MELHOR COMPASSO. |2|
  • 5. MANTA ITALIANA NATALIA NA COR CASTOR SOBRE OS COBERTORES DE CASHMERE COLONNA EM MARFIM E NAPOLI NA COR CHOCOLATE. || 1 || 3
  • 6. TROUSSEAU | SOB O CÉU DA TOSCANA QUARTO MANTA MICROSTAR NA COR PURPLE. |4|
  • 7. EM VERDE, PORTA- TRAVESSEIRO DE ALGODÃO EGÍPCIO BRESCIA. NO VELUDO ROCHELLE COLCHA E PORTA- TRAVESSEIRO MATELASSADOS. NA ESTAMPA, FLORAL ARTEMIS E LENÇOL LISTRADO TORINO. FRONHA E ALMOFADA 30X40 PEGASO, COM LUXUOSO ACABAMENTO DE ONDAS EM CETIM DE ALGODÃO EGÍPCIO, NA COR MARFIM. |5|
  • 8. TROUSSEAU | SOB O CÉU DA TOSCANA QUARTO JOGO DE LENÇOL DE POIS NAVY LA BANDITA E, NO LOSANGO, FRONHA PIENZA. FRONHA LISTRADA TOSCANA DE ALGODÃO ITALIANO. SOBRE ELES, DUVET E ALMOFADAS DE VELUDO LYON E MANTA ESCOCESA SCALE EM LÃ DE MERINO. |6|
  • 9. |7|
  • 10. TROUSSEAU | SOB O CÉU DA TOSCANA QUARTO PROTAGONISTA DO AMBIENTE MAIS PRIVATIVO DO SWEET HOME, A CAMA DIZ MUITO SOBRE OS DONOS DO PEDAÇO. SE OS MAIS TRADICIONAIS PREFEREM AS MANTAS, OS EDREDONS E OS LENÇÓIS NEUTROS, OS MODERNINHOS ELEGEM, SEM TITUBEAR, AS COMBINAÇÕES COLORIDAS E GRÁFICAS. JÁ OS ROMÂNTICOS ADORAM DORMIR SOBRE ESTAMPAS E FLORAIS, ENQUANTO OS SONHADORES SE PERDEM ENTRE TRAMAS, TEXTURAS E BORDADOS. |8|
  • 11. FRONHAS FLORAL NANQUIM NA COR MARFIM. LENÇOL ITALIANO ALIGNE EM ALGODÃO EGÍPCIO. MANTA VANITY DE CASHMERE, NA COR TOMATO. ALMOFADAS E DUVET MODELO RIENZI COM BACK FACE DE FLANELA. |9|
  • 12. TROUSSEAU | SOB O CÉU DA TOSCANA QUARTO COBERTOR SIENA DE CASHMERE. | 10 |
  • 13. EM CETIM DE ALGODÃO EGÍPCIO, ROLINHO E FRONHA SIRIA COM UMA LINDA RENDA APLICADA. | 11 |
  • 14. TROUSSEAU | SOB O CÉU DA TOSCANA QUARTO | 12 |
  • 15. reFinamento e soFisticação se traduzem no luxuoso Bordado duchese aplicado no algodão egípcio. a cama contempla nesta imagem colcha, lençol, Fronhas e almoFadas. | 13 |
  • 16. TROUSSEAU | SOB O CÉU DA TOSCANA QUARTO | 14 |
  • 17. NO FLORAL PEONE, LENÇOL, COLCHA MATELASSADA E ALMOFADA DE ALGODÃO EGÍPCIO BORDADA. MANTA DOUBLE PLAIN DE CASHMERE NA COR PURPLE. ALMOFADA LINHA MACRAMÉ COM CROCHET E BORDADO FEITOS A MÃO. ALMOFADAS BRESCIA EM TONS DE AZUL-CLARO E AMARELO, JUNTO AO ELEGANTE LENÇOL MADRID. | 15| | 1
  • 18. TROUSSEAU | SOB O CÉU DA TOSCANA QUARTO | 16 |
  • 19. MANTA ALEMÃ MICROSTAR NA COR LAGOON. NA LINHA NANQUIM, DUVET E FRONHAS ESTAMPADAS E JOGO DE LENÇOL BORDADO BRANCO. EM DESTAQUE NESTA LINHA, A FLOR NANQUIM BORDADA NA ALMOFADA DE PIQUET ITALIANO. MANTA LISTRADA DE CASHMERE DOUBLE STRIPE. | 17 |
  • 20. TROUSSEAU | SOB O CÉU DA TOSCANA QUARTO IMPORTADAS DA ALEMANHA, MANTA E ALMOFADA DE PELE DE COELHO MODELO PUSSY, NAS CORES CINZA E CASTOR. | 18 |
  • 21. DUVET E FRONHAS LINHA PISTOIA ESTAMPADOS EM CETIM DE ALGODÃO ITALIANO. FRONHA COM BABADOS RAVENNA. NA COR UVA, PORTA-TRAVESSEIRO E COLCHA DE VELUDO ROCHELLE COORDENAM COM O LENÇOL REJOIR, FEITO DE ALGODÃO EGÍPCIO COM DUPLO CORDONETTO. MANTA PUSSY, NA COR CASTOR. | 19 |
  • 22. TROUSSEAU | SOB O CÉU DA TOSCANA QUARTO MANTA MICROSTAR, CONHECIDA POR SEU TOQUE INCRIVELMENTE MACIO, NAS CORES PURPLE E LAGOON. | 20 |
  • 23. INSPIRADA NOS TONS DAS PAISAGENS DAS ILHAS DA LAGOA DE VENEZA, A ESTAMPA MURANO APRESENTA UMA BELA COMBINAÇÃO DE CORES NA SUA GEOMETRIA. COMPONDO COM ELA, FRONHAS E PORTA-TRAVESSEIRO DO MODELO PUNTI EM AZUL-CLARO E BRANCO. OS BORDADOS PONTILHADOS DESSA LINHA COORDENAM ELEGANTEMENTE COM A MANTA DE FRANJAS MODELO VERMONT E A MANTA ANDREWS, À ESQUERDA DA FOTO. AMBAS EM LÃ DE MERINO. | 21 |
  • 24. TROUSSEAU | SOB O CÉU DA TOSCANA QUARTO | 22 |
  • 25. Fronhas estampadas, duvet e almoFadas Bordadas linha pienza. em destaque, a manta de lã dupla Face herring tooth e almoFada linha nhanduti, Feita a mão com tiras de couro. lençol e Fronhas no listrado toscana com delicado acaBamento em ajour. | 23 |
  • 26. TROUSSEAU | SOB O CÉU DA TOSCANA QUARTO EM CASHMERE, MANTA STEWART NOS TONS DE AZUL. NO XADREZ VERDE, MANTA MACKENZIE. | 24 |
  • 27. MANTA ALEMÃ DE MICROFIBRA FAT RIB. ELEGÂNCIA E VERSATILIDADE EM SUA TEXTURA CANELADA. | 25 |
  • 28. HOMEWEAR FIQUE À VONTADE por AMIR SLAMA FOTOGRAFIAS: ROMULO FIALDINI | TEXTO: PATRÍCIA FAVALLE | 26 |
  • 29. CAMISOLA EM FLANELA COM CALÇA TIPO LEGGING LADAK PRETO. | 27 |
  • 30. HOMEWEAR CALÇA E JAQUETA DE PLUSH ATOALHADO COM DETALHE DE VOIL BORDADO. | 28 |
  • 31. A CADA DIA, OS PONTEIROS DO RELÓGIO PARECEM ACELERAR AS BADALADAS. AS HORAS RECUAM COMO SE FOSSEM FRAÇÕES DE SEGUNDOS, FAZENDO DO ONTEM UMA VAGA LEMBRANÇA QUE REPOUSA CALADAMENTE NUM MOMENTO DISTANTE. NÃO EXISTE FÓRMULA CAPAZ DE DETER O TEMPO, MAS HÁ INCONTÁVEIS MANEIRAS DE DRIBLÁ-LO. PARA A MAIORIA, SENTIR-SE À VONTADE REPRESENTA A CHAVE DA FELICIDADE – E É NESTE PONTO QUE A TROUSSEAU ENTRA NA FÁBULA. HABITUADA A TECER ROTEIROS COM DESFECHOS DURADOUROS E PRÓSPEROS, A GRIFE APOSTOU NA EXPERTISE TRAÇADA AO LONGO DE DUAS DÉCADAS DE ATUAÇÃO NO MERCADO, ALÉM DO SEU TIME DE CRIATIVOS, PARA LANÇAR A ATUAL COLEÇÃO DE HOMEWEAR. IDEALIZADAS PARA ADEQUAR O CONFORTO AO CONCEITO DO CASUAL-CHIC, AS PEÇAS CONTAM COM VOLUMES DELINEADOS, PALETA DE CORES SUAVES E DESENHOS HARMÔNICOS E FUNCIONAIS. UMA ODE À ATEMPORALIDADE VERSADA PELO POETA VINICIUS DE MORAES, PARAFRASEADA NO VERBO INFINITIVO QUE SE ATREVE A PERDURAR PARA BEM MAIS QUE O DIA DEPOIS DE AMANHÃ. | 29 |
  • 32. HOMEWEAR CARDIGAN DE TRICOT MANGA LONGA. | 30 |
  • 33. JAQUETA E CALÇA EM MOLETINHO MESCLA. BLUSA DE LADAK PRETO COM RENDA. | 31 |
  • 34. HOMEWEAR CALÇA E JAQUETA DE FLEECE PRETO COM DETALHE DE VELUDO SPORT. | 32 |
  • 35. QUIMONO COM DETALHE DE SEDA BORDADO A MÃO. REGATA COM RENDA PRETA E LEGGING MESCLA. | 33 |
  • 36. HOMEWEAR MACAQUINHO COM CAPUZ ATOALHADO. | 34 |
  • 37. | 35 |
  • 38. HOMEWEAR CALÇA E CARDIGAN DE FLANELA BORDADO. REGATA BRANCA COM DETALHE DE RENDA. | 36 |
  • 39. CASACO DE TRICOT, BLUSA COM DETALHE RENDADO E CALÇA LEGGING. | 37 |
  • 40. HOMEWEAR CAMISETA DE MEIA MALHA, ROBE DE FLANELA E BOXER DE TRICOLINE. | 38 |
  • 41. CARDIGAN DE TRICOT E CAMISOLA COM DETALHES DE RENDA. | 39 |
  • 42. HOMEWEAR | 40 |
  • 43. POLO DE MEIA MALHA MESCLA. BOXER EM TRICOLINE E CHINELO DE PLUSH PRETO. | 41 |
  • 44. HOMEWEAR BLUSÃO DE FLANELA COM CAPUZ, CAMISETA COM DECOTE V E CALÇA DE OXFORD. | 42 |
  • 45. CAMISETA POLO MEIA MALHA, CALÇA MOLETOM FELPADO MESCLA E MANTA DE CASHMERE DOUBLE STRIPE. | 43 |
  • 46. HOMEWEAR TROPICALISTA CHEIO DE BOSSA AMIR SLAMA É COMO A POESIA INVERTIDA DE CAETANO VELOSO, QUE ENCONTRA NO PARADOXO A SÍNTESE PARA OS NOVOS DESAFIOS POR PATRÍCIA FAVALLE | 44 |
  • 47. Ele é historiador – e foi deste contexto que resolveu COMO O HISTORIADOR SE TRANSFORMOU EM se empreender no mundo fashion. “A roupa diz muito ESTILISTA? O meu pai era dono de uma confecção de sobre a pessoa e a cultura do lugar”, diz. Estilista roupas esportivas, então, tive muita proximidade com o segmento da moda desde a infância. Mas acabei mesmo autodidata e cercado por referências colhidas ao longo me formando na Universidade de História e com o que do tempo, Amir Slama mergulhou num segmento ganhava não dava para manter uma família, e eu tinha ultracomplexo: a moda praia. Embora o Brasil seja planos de me casar. Foi quando aceitei a proposta do meu pai e passei a produzir peças de ginástica. Nessa um país essencialmente tropical, recortado por época, eu criava os modelos e a Riva se encarregava das praias deslumbrantes que se estendem por mais vendas. Foram quase cinco anos de muito trabalho até a de sete mil quilômetros, antes de Amir, filho de estabilização da marca. pai iraquiano e mãe romena, nascido e criado no DEPOIS DA SUA ESTREIA NAS PASSARELAS, A MODA tradicional bairro paulistano do Campos Elíseos, as PRAIA PROTAGONIZOU EDITORIAIS ATÉ DE HAUTE peças que circulavam pelas areias cabralistas não COUTURE. Eu sempre desenhei modelos funcionais e passavam de acessórios copiados – acreditem! – da versáteis, que destacam a feminilidade e a sensualidade terra do Tio Sam; quando muito desfilava por aqui da mulher. São peças que podem ser usadas na piscina, na praia e até como corpete de um vestido, por exemplo. Não uma novidade vinda da costa mediterrânea. Com a importa o tipo de roupa que se produz, mas os conceitos criatividade a postos, ao lado da esposa e ex-colega que se empregam. Acho que essa é a diferença do meu de escola, Riva, ele aceitou a proposta paterna e trabalho. ficou com as quatro máquinas de costura e alguns QUAL FOI A INSPIRAÇÃO PARA ESTA COLEÇÃO? A ideia retalhos, para depois alugar a parte dos fundos de era manter a sofisticação da marca Trousseau permitindo uma confecção no Bom Retiro. Mas foi munido pela vieses contemporâneos. Inicialmente pensamos em licença poética que ele se lançou na aventura de retratar o Oriente, que equaciona bem o clássico e o moldar biquínis e maiôs, elevando-os ao status de hits moderno, mas então notamos que as referências culturais já derrubaram as fronteiras. Existem gueixas tanto no atemporais. O sucesso foi tanto que logo os holofotes Japão como na Nova Zelândia, come-se sushi no Brasil, das passarelas exigiram coleções e adequação ao churrasco no Canadá e macarrão na Índia. Estamos cada cronograma outono-inverno e primavera-verão. vez mais próximos, ainda que na esfera virtual. Amir reinventou-se nas semanas de moda mais E COMO FOI A EXPERIÊNCIA DE CRIAR PARA A importantes do circuito, causando furor entre críticos TROUSSEAU? O processo de integrar esta equipe foi, e consumidores. Mas como alguém que não se dobra sem dúvida, um enorme aprendizado. Estou falando de à lógica, lá foi ele atrás de desafios maiores. A convite uma empresa consolidada e respeitada no segmento que do casal Adriana e Romeu Trussardi Neto, Amir atua, que dita tendências e nem por isso deixa de ser tradicional. A criação em conjunto é um facilitador quando aceitou fazer parte dessa família, cujo sobrenome tem há entendimento, detalhe que é latente na Trousseau. Por a sonoridade e a sofisticação Trousseau a tiracolo. aqui, fazemos parte da mesma família. Dessa parceria singular, o bom gosto foi arrematado pelo estilo, resultando numa coleção inspirada nas E COMO VOCÊ DEFINE ESTA NOVA ETAPA DA SUA CARREIRA? Acredito que “fazer moda” está além das culturas globalizadas, com grafismos, japonismos e limitações. É isso o que penso quando crio roupa – seja ela reminiscências. de praia ou de cama. | 45 |
  • 48. CULTURA A VIDA É BELA Para os cineastas compatriotas Franco Zefirelli, de La Traviata e Romeu e Julieta, e Roberto Benigni, diretor de A Vida é Bela, ambos nascidos na Toscana, não há melhor cenário para traduzir a emoção que a cidade onde cresceram. Além da arquitetura de linhas medievais e renascentistas que podem ser vistas nos passeios feitos de carro ou de bike, há uma estrutura de entretenimento de números invejáveis: são mil bibliotecas, 500 museus e 250 teatros – onde os mais de 40 milhões de turistas que visitam o lugar anualmente apreciam exposições de arte contemporânea e sacra, festivais de dança, shows e espetáculos que invadem os palcos do Teatro Nazionale d’Arte della Toscana, do Torre del Lago e do The Tuscan Sun Festival, entre outros. COMUNITÀ Parece um clichê falar da importância das artes plásticas para a cultura florentina, mas não é. Afinal, jamais seria corriqueiro descrevê-la como uma região que serviu de berço para Leonardo da Vinci, Michelangelo e Modigliani e suas obras, que ultrapassaram as barreiras impostas à compreensão, à memória e ao tempo. Dos bustos e afrescos esculpidos pelos etruscos, identificados como os primeiros habitantes destas comunas italianas, às basílicas tramadas pelas mãos dos grandes mestres toscanos, caso da mais famosa delas, a de São Pedro, localizada no Vaticano, as representações pictóricas nascidas por lá foram imprescindíveis para as escolas romântica, gótica, renascentista e maneirista. | 46 |
  • 49. | 47 |
  • 50. INSPIRAÇÃO | COTIDIANO 1 | 48 |
  • 51. 2 3 5 1 – MANTA DE PELE DE COELHO MODELO PUSSY. 2 – LINHA DE FRAGRÂNCIA WHITE LUXURY. 3 – ROBE FAEDRA. 4 – MANTA E ALMOFADA FAT RIB. 5 – MANTA DE FRANJAS MODELO VANITY E MANTA DOUBLE STRIPE NA COR SAGE. | 49 | 4
  • 52. BANHO À FLOR DA PELE FOTOGRAFIAS: ROMULO FIALDINI | TEXTO: PATRÍCIA FAVALLE NUM MUNDO TOMADO POR CIRCUITOS DE VOLTAGENS DISTINTAS, QUE TENTA A TODO CUSTO ESQUIVAR-SE DAS SOBRECARGAS E DAS PANES GENERALIZADAS, HÁ PESSOAS INTERLIGADAS POR CONEXÕES QUE TRANSMITEM ENERGIA ATRAVÉS DO CONTATO, DOS OLHARES E DA SONORIDADE. DO ARREPIO QUE SE ESTALA POR CULPA DO FRIO À SENSAÇÃO DE ABRIGO QUE O TECIDO CONFERE AO CORPO, APRENDEMOS A RECONHECER AS TEXTURAS E AS TRAMAS QUE SERVEM, LITERALMENTE, COMO SEGUNDA PELE. NESTE BALAIO FISIOLÓGICO DE COMBUSTÕES SENSORIAIS, OS ELEMENTOS EXTERNOS TAMBÉM FUNCIONAM COMO PROPULSORES PARA O BEM- ESTAR. EIS UM RACIOCÍNIO VIÁVEL PARA RESPONDER AO PORQUÊ DE NOSSAS ESCOLHAS. DOS SAPATOS QUE VESTEM OS PÉS ÀS TOALHAS QUE ENXUGAM A SILHUETA, ADICIONAM-SE AS IMPRESSÕES GUARDADAS PELA MEMÓRIA E REVELADAS EM TEXTOS INTERMITENTES: “PARA A PAIXÃO, O VERMELHO”; “PARA A ALEGRIA, O SORRISO”; “PARA O AMOR, A CANDURA DO ROSA” E “PARA A SUAVIDADE, O ALGODÃO”. SEGUINDO O FIO DESTA MEADA, DESEMBARCAMOS NAS TERMAS DE BAGNO VIGNONI, NAS CERCANIAS DE PIENZA. COM PAISAGEM MEDIEVAL INTOCADA, O LUGAR OFERECE FONTES DE ÁGUA QUE BROTAM A 52ºC, FRONTEIRADAS POR MUROS DE ATÉ CINCO METROS DE ALTURA E EDIFÍCIOS CONSTRUÍDOS PELO ARQUITETO E ESCULTOR BERNARDO ROSSELLINO EM HOMENAGEM AO PAPA PIO II E A SANTA CATARINA DE SIENA. SE OS SENTIDOS SÃO AGUÇADOS POR ESTE ENREDO BORBULHANTE, NATURAL, ENTÃO, QUE AS EMOÇÕES REFORCEM A ATMOSFERA DE DÉJÀ-VU. | 50 |
  • 53. TOALHAS TWILL EM ALGODÃO EGÍPCIO. | 51 |
  • 54. BANHO TOALHAS DE ROSTO TWILL NAS CORES LINEN, MARFIM, TURMALINE E CINZA-ESCURO. | 52 |
  • 55. EXCLUSIVAS TOALHAS PORTUGUESAS LINHA PURE NAS CORES TAUPE, CHOCOLATE, PLUN, LARANJA E BRANCA. | 53 |
  • 56. GUIA LA DOLCE VITA EXPLORAR AS RUELAS ENCRAVADAS ENTRE AS MURALHAS MEDIEVAIS DA ITÁLIA RENDE UM PASSEIO SABOROSO E INESQUECÍVEL Por Adriana Brito e Patrícia Favalle Destino dos mais badalados da Europa, a Toscana desponta com ingredientes sob medida para aguçar o espírito aventureiro e deixar o roteiro com jeito de viagem dos sonhos. Para quem escolhe passar uma temporada por estas bandas, seja para descansar, se divertir ou apenas para remexer em trechos da história – caminha-se em séculos de civilização –, sobram boas paradas: de Pienza a Siena, Montepulciano a Montalcino. Nesta Itália ritmada por sua gente bem-humorada e amistosa, onde a culinária soa como tentação e a paisagem, faça sol ou faça chuva, é um verdadeiro chamado aos olhos, qualquer opção ganha notas sofisticadas. QUANDO IR? O QUE LEVAR? Durante o verão ou na primavera aproveite Se a viagem for marcada para o veraneio, abra os dias longos e quentes da estação para mão dos sapatos fechados e das produções alugar uma bicicleta e sair pedalando. Mas exageradas para investir num visual clean, é bom preparar o fôlego, pois as subidas com chapéu e filtro solar a tiracolo. No frio, íngremes, o forte calor e o chão de pedras os casacos são indispensáveis, e se a neve surgem como obstáculos. Já no outono aparecer no alto da montanha, botas, meias, ou no inverno, quando as temperaturas cachecóis e luvas se transformam em itens despencam, é necessário adicionar doses de série. de adrenalina à bagagem. A neve pode tornar a paisagem mais bonita, porém o cuidado para quem se arrisca ao volante ONDE FICAR? de um carro, por exemplo, redobra. Ainda O La Bandita pode ser uma excelente assim, nesta época, mesmo para os que alternativa para quem viaja em grupo e curte já conhecem a região, vale antecipar que o o contato direto com a natureza. destino continua imperdível. La Bandita, tel. (+39) 333-4046704. www.la-bandita.com. Roteiros personalizados, Francesca. Em Pienza, o Hotel Residence San Gregorio Tel. (+39) 392-9864386 fica a poucos metros da antiga cidade murada, Aluguel de carros, Il Girasole. ambientado num teatro da década de 1930. Tel. 0575-678687 San Gregorio, tel. (+39) 0578-748175. www.autonoleggioilgirasole.it www.sangregorioresidencehotel.it | 54 |
  • 57. NOS CALDEIRÕES DA NONA Para uma culinária regida pela viticultura pedem-se combinações de sabores marcantes. À mesa, os comensais encontram iguarias presentes nos mais de 12 mil restaurantes desta parte do mapa italiano, com destaque para a diversidade de massas caseiras e antepastos, que incluem os azeites, cogumelos, salames, presuntos e o queijo pecorino di Pienza, este, feito a partir do leite da ovelha. É costume combinar o agridoce carregado de pitadas de um tipo de geleia, chamada de “mostarda”, que pode ser de maçã, girassol, laranja ou frutas vermelhas. Já as carnes são apreciadas na versão da tradicional Bistecca alla Fiorentina. Para fechar almoços e jantares, é indispensável contemplar o Panforte, uma espécie de pão doce, salpicado por amêndoas, mel, castanha e canela. ONDE COMER? Na Trattoria da Fiorella, em Pienza, peça a especialidade da casa: Bistecca alla Fiorentina, feita na chapa, com alecrim, louro e azeite. Se encarar as receitas mais condimentadas, arrisque saborear o Piti de massa caseira e molho apimentado. Em Monticchiello, a dica é conhecer o La Porta, propositalmente localizado na entrada da cidade, onde servem excelentes massas artesanais e sobremesas generosas. Em Montepulciano, um charmoso vilarejo medieval a 650 metros acima do nível do mar, o Caffè Poliziano, aberto em 1868, é um reduto para os visitantes de todas as gerações. Trattoria da Fiorella. Via Condotti, 11, Pienza, tel. (+39) 0578-749095. La Porta. Via del Piano, 1, Monticchiello, tel. 0578-755163. Caffè Poliziano. Via Voltaia del Corso, 27/29, Montepulciano, tel. 0578-758615. ESPETÁCULOS DE BACO Entre os bosques, florestas, parques nacionais e reservas minerais que enchem a Toscana de curiosidade, protegidos pelos ciprestes que surgem alinhados e imponentes muito acima de onde os olhos enxergam, estão alguns dos melhores vinhedos do mundo. Na carta de excelências há o Chianti, o Bolgheri e o Montepulciano, além do consagrado Brunello di Montalcino, apreciado pelo gosto consistente e refinado. Extraído da uva sangiovese, que tem como característica a forte coloração escura, de tons próximos ao marrom, este exemplar de tinto é dono das notas mais agradáveis do cardápio toscano. Nesta rápida degustação vale um lembrete: o Brunello traz a classificação Denominazione di Origine Controllata e Garantita, ou D.O.C.G., que avaliza que a bebida guardada nos tonéis de madeira foi confeccionada com um único tipo de uva. O QUE BEBER? Explore a seleção dos Brunellos, caso do Di Montalcino, e também dos Rossos. Para os dias frios, experimente uma dose da Grappa. | 55 |
  • 58. HOTEL ALÉM DO HORIZONTE SOB O CÉU DA TOSCANA, AS PAISAGENS SE MODIFICAM A CADA TEMPORADA, SUGERINDO QUAIS OS MELHORES MOMENTOS PARA SE VIVER ALI POR PATRÍCIA FAVALLE Esqueça os conceitos mais óbvios da hotelaria moderna – na contramão dos serviços que se encontram nas consagradas redes estreladas mundo afora, está o La Bandita. Inspirado na arquitetura tradicional da região, com traços rústicos e de ares medievais na fachada e um quê litorâneo nos interiores, ainda que os graus figurem abaixo de zero, o estilo se impõe pela liberdade. Por ali, nada de estruturalismos e rococós exagerados, o que vale mesmo é a informalidade. Depois de passar pela cidadela de Pienza – um preservado modelo da cultura do século 15 –, e percorrer cerca de 20 quilômetros de estradas sinuosas, finalmente se avista o refúgio. Especialmente desenhado para quem busca novas experiências, o hotel foi a realização de um sonho conjunto, iniciado desde a primeira estaca por John Voigtmann, ex-todo-poderoso da indústria fonográfica norte-americana, e sua esposa, que deixou de lado o mercado editorial para abraçar o cenário paradisíaco da Toscana. Neste clima descontraído e familiar, com direito a vitrola e discos de vinil, seleção de livros bacanas, cozinha gourmet, personal chef, living com lareira e ambientes aconchegantes, o La Bandita recepciona seus hóspedes. São oito acomodações com salas de banho, que misturam design funcional, limpeza de formas e mobiliário simples. Os coloridos aparecem vez ou outra em detalhes que se destacam sobre grandes bases neutras, que evitam os excessos para se permitir uma única extravagância: a exclusividade. La Bandita. Fim da estrada de Val d’Orcia, Pienza, 53026, tel. (+39) 333-4046704. www.la-bandita.com | 56 |
  • 59. Direção geral: Adriana e Romeu Trussardi Neto Direção de criação e de arte: Marcone Procópio Direção de estilo: Amir Slama Edição: Patrícia Favalle Redação: Adriana Brito, Helen Pessoa e Patrícia Favalle Revisão: Ariana Brink Fotografia: Romulo Fialdini Assistente de fotografia: Carla de Carvalho Modelos: Laura Leshel e Airton Bessa | Elite Models Milão Produção e reportagem visual: Lucho Gallardo Coordenação e produção executiva: Claudia Battaglia Tratamento de imagens: Dario Velasco Projeto gráfico e produção: Reciclo Comunicação Assessoria de imprensa: Index Assessoria Impressão: Typebrasil Marketing Trousseau Coordenação geral: Vanda Dias Assistente: Danúbia Cristina Agradecimentos La Bandita, John Voigtman, Francesca Lucherini, Paola Bai, Odete Viese, Comuna di Pienza SÃO PAULO | RIO DE JANEIRO | BELO HORIZONTE | SALVADOR | BRASÍLIA

×