Rede CIGA<br />Célula de Inovação na Gestão do Agronegócio<br />
Rede CIGA<br />Célula de Inovação na Gestão do Agronegócio<br />InstitucionalPeabirus<br />RedesSociaise Web 2.0 - VisãoGe...
O Instituto Peabirus<br />
O Instituto Peabirus<br />Os peabiru (na língua tupi, "pe" – caminho; "abiru" - gramado amassado) são antigos caminhos, ut...
Atuação<br /><ul><li>Configuração de Rede Digital como plataforma de articulação em Rede;
Integração desta Rede com as principais ferramentas de articulação  Twitter, YouTube,  Facebook, Ustream, Flickr e etc.)
Utilização de ferramentas na web para melhoria de comunicação, colaboração e performance.</li></ul>Uma vez estabelecida a ...
Principais Redes<br />Rede CIM: célula de inovação do município. Levando inovação e articulação em rede para a gestão públ...
Equipe<br />Rodrigo Lara Mesquita<br />Estudou História na Universidade de São Paulo e cursou como assistente Ecodesenvolv...
Equipe<br />Marina Miranda<br />Estudou Economia na UNESP Araraquara e cursou Imagem e Som na Federal de São Paulo. Cursan...
Equipe<br />Alex DunderKoch<br />Formando em Administração e Marketing pela Universidade Anhanguera em São Caetano do Sul ...
Equipe<br />Milhares de articuladores conectados na Rede: clientes, parceiros, usuários...<br />Quem trabalha em Rede, tra...
Resultados e Redes<br />A verdadeira arte não é só a expressão de um sentimento, mas também o resultado de uma inteligênci...
A apuração dos feedbacks precisa ser veloz para não se perder a dinâmica da Rede<br />
Feedback Tangível<br />Análise<br />Dados<br />Conexão entre pessoas e atividades recentes;<br />Mapeamento de Hubs, Netwe...
38.700 cadastrados<br />80.000 visitantes/ mês<br />#empreendorismo<br />1300 post. Blog / mês<br />1.500 comunidades<br /...
Feedback Intangível<br />Escuta<br />Fluxos<br />Mapeamento de novas oportunidades de articulação;<br />Conexão com novos ...
Replicação de arenas digitais a partir de arena inicial TEIA MG<br />Visibilidade tomadores de decisão: Serra cita REDE CI...
Sustentável<br />Maior Idade<br />Debutante<br />
TEIA MG<br />Objetivos do Cliente: <br /><ul><li>Massificar a inovação no Estado de Minas Gerais;
Promover a difusão da utilização da computação em nuvem e dos conceitos da web participativa buscando a inserção das MPEs ...
Promover a capacitação e o desenvolvimento do empreendedorismo digital com geração de renda. </li></li></ul><li>TEIA MG<br...
 30.000 Integraminas</li></ul>71 Redes Sociais<br />24 Parcerias Institucionais<br />Propagação da marca TEIA MG<br />
TEIA MG<br />Valor de Mercado<br />Valor médio, pormembrodaredepagonasoperações de aquisição de ações das redessociaisFace...
TEIA MG<br />
REDE CIM<br />Objetivos do Cliente: <br /><ul><li>Ser reconhecido como modelo de inovação na gestão pública no Estado de S...
Ser reconhecido como promotor de transparência e participação cidadã;
Promover conceitos e ferramentas da web participativa para o seu público interno e para os municípios do Estado de São Pau...
REDE CIM<br />Capacitação em web 2.0 e articulação em rede para 52 municípios paulistas<br />Resultados:<br />Aumento de 2...
RAIO BRASIL<br />Objetivos do Cliente: <br /><ul><li>Mapear, mobilizar e capacitar LanHouses (400) para tornarem-se Pontos...
Promover a aproximação das LanHouses com a iniciativa privada de forma estruturada;
Promover a formalização das LanHouses. </li></li></ul><li>RAIO BRASIL<br />Utilização de Social Game como estratégia de mo...
A Web 2.0 e Redes Sociais<br />
Utilidade pública da web 2.0<br />
Utilidade pública da web 2.0<br /><br />http://peabirus.com.br/redes/form/comunidade?id=218<br />
Utilidade pública da web 2.0<br />Case: Comunidade Manejo da Lavoura Cafeeira<br /><ul><li> Sérgio Parreiras – Pesquisador
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Apresentação Institucional - Projeto CIGA

658 views
592 views

Published on

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
658
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação Institucional - Projeto CIGA

  1. 1. Rede CIGA<br />Célula de Inovação na Gestão do Agronegócio<br />
  2. 2. Rede CIGA<br />Célula de Inovação na Gestão do Agronegócio<br />InstitucionalPeabirus<br />RedesSociaise Web 2.0 - VisãoGeral<br />O queéoProjeto<br />Debate/Dúvidas/Contribuições<br />
  3. 3. O Instituto Peabirus<br />
  4. 4. O Instituto Peabirus<br />Os peabiru (na língua tupi, "pe" – caminho; "abiru" - gramado amassado) são antigos caminhos, utilizados pelos indígenas sul-americanos desde muito antes do descobrimento pelos europeus, ligando o litoral ao interior do continente.<br />O Instituto Peabirustem como objetivo atuar nas Redes Sociais a partir de ações de articulação visando fomentar as conexões, presença e diálogo dos seus clientes com estas Redes visando a evolução, inovação e sustentabilidade de seus negócios.<br />
  5. 5. Atuação<br /><ul><li>Configuração de Rede Digital como plataforma de articulação em Rede;
  6. 6. Integração desta Rede com as principais ferramentas de articulação Twitter, YouTube, Facebook, Ustream, Flickr e etc.)
  7. 7. Utilização de ferramentas na web para melhoria de comunicação, colaboração e performance.</li></ul>Uma vez estabelecida a base das ferramentas sociais é preciso articular conteúdos do cliente e do ecossistema ao qual ele pertence por estas bases.<br />Criação de estratégias e atividades de forma compartilhada que possam energizar a animação das Arenas Digitais e potencializar o diálogo do cliente com seu ecossistema<br />Articulação de projetos entre empresasquepassam a compartilharrecursosemprol de um oumaisobjetivoscomunscomo forma de maximizarresultados, multiplicargeração de conhecimento e reduzircustos .<br />Nossa atuação é baseada em um pacto de aprendizagem mútua com o cliente e construção conjunta da evolução da atuação em Rede, visando a sustentabilidade desta atuação.<br />Criação de modelos de negócio e formas de trabalho em Rede.<br />
  8. 8. Principais Redes<br />Rede CIM: célula de inovação do município. Levando inovação e articulação em rede para a gestão pública<br />Rede Peabirus: comunidades de prática e inovação. A Rede trazendo resultados em escala.<br />TEIA-MG: agentes TEIA em um pacto de aprendizagem com clientes TEIA gerando inovação, renda e inclusão digital e social.<br />REDE PEGN: empreendedores em Rede. Conexões para a melhoria dos negócios.<br />Raio Brasil: sustentabilidade das LanHouses e certificação delas como Pontos de Atendimento SEBRAE<br />
  9. 9. Equipe<br />Rodrigo Lara Mesquita<br />Estudou História na Universidade de São Paulo e cursou como assistente Ecodesenvolvimento na École de HautesÉtudes de Paris. Foi repórter, redator, sub editor, editor e editor chefe do Jornal da Tarde, onde começou a trabalhar em 1976. Em 1988, assumiu a diretoria geral da Agência Estado. Através das TICs, abriu a empresa para ao mercado e desenvolveu o projeto Broadcast, empresa líder do mercado brasileiro de informação eletrônica para o mercado financeiro desde 92. Neste mesmo ano, aproximou-se do Media Lab, ‘laboratório’ de mídia do M.I.T, entidade da qual foi pesquisador afiliado durante um período da gestão de Nicholas Negroponte e Walter Bender. É sócio fundador e foi presidente da Fundação SOS Mata Atlântica.Desde 2002 é sócio é sócio e fundados do Instituto Peabirus, empresa de serviços de articulação de públicos e conexões na web.<br />Cacau Guarnieri<br />Formado em roteiro cinematográfico pela EICTV (Cuba) e notório saber em dramaturgia. Atua como estrategista e consultor web desde 2001. Com ampla experiência no mercado digital, ocupou cargos executivos em empresas como Radium Systems, Mentor Tecnologia, Plena Consultores e Instituto Peabirus. Foi responsável por importantes projetos para clientes como Embraer, Itaú, GVT, COMGÁS, Samarco, Sebrae, Telefônica, CCR, Governo do Estado de São Paulo, SECTES-MG, Pernambucanas, Petrobrás, Votorantim Cimentos, entre muitos outros. Vencedor do World SummitAward 2005 (etapa brasileira, pela criação do game educacional Bellatrix e o Palácio do Tempo), vencedor do Prêmio Vidarte 2002 (melhor web arte latino americana por 6 propostas para o novo milênio). <br />
  10. 10. Equipe<br />Marina Miranda<br />Estudou Economia na UNESP Araraquara e cursou Imagem e Som na Federal de São Paulo. Cursando atualmente Pós Graduação em Gestão Integrada de Comunicação Digital na ECA USP.  Entre 1994 a 2000 foi  sócia proprietária de uma produtora de vídeo e um programa de tv. Trabalhou em empresas de eventos como Banco de Eventos e Av Produções , com cliente como UBS, FORD, MC Donalds, Embraer. E  entre 2005 a 2008 foi sócia proprietária de uma empresa de eventos. Desde de 2008 atua no Instituto Peabirus como articuladora em rede, para clientes como CEPAM, SECTECS, SMA.<br />Flavio KenjiYanai<br />Engenheiro de Computação formado pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e pós graduação em Gestão de Projetos de TI pela Fundação Vanzolini.<br />Tem experiência de 10 anos na área de web e tecnologia, trabalho no Estado de São Paulo e teve cargos executivos em empresas como CIMED, Radium Systems e Instituto Peabirus.<br />Trabalhou em projetos importante para o Grupo Estado de São Paulo, Governo do Estado de São Paulo, SEBRAE, SECTES-MG.<br />
  11. 11. Equipe<br />Alex DunderKoch<br />Formando em Administração e Marketing pela Universidade Anhanguera em São Caetano do Sul e formado em Profissionalizante em Web Design pela Microcamp e Administração pela ETE Jorge Street. Em 2010, participou pelo Instituto Peabirus do primeiro treinamento oficial do Google em Google APPS do Brasil. Desde 2008 atua na área de web e Redes Sociais pelo Instituto Peabirus e como freelancer. Já atuou em projetos importantes para o Governo do Estado de São Paulo, SEBRAE, SECTES-MG, destacando a participação na gestão do processo de atendimento de demandas do projeto TEIA MG e implantação e padronização de domínios pelo Google APPS para todas as Prefeituras e Câmaras do Estado de Minas Gerais no projeto IntegraMinas. <br />Bruno Garcia<br />Formando em comunicação Social, habilitação em Radio e Tv pela Universidade Anhembi.<br />Cursou o Técnico em Informática no Centro Paula Souza e desenho pela Escola Traço Bizarro, ambos em Americana, são Paulo.<br />Trabalhou como Produtor Cultural para o Grupo os Satyros, durante as Satyrianas 2008, para a HQMix Livraria produzindo a Jam de quadrinhos 2009.<br />Desde janeiro de 2010 assina a coluna “Do fundo estante” no site “Impulso HQ”<br />Desde 2009 vem trabalhando com com o Instituo Peabirus, participando de vários projetos como a Rede CIM e o Raio Brasil.<br />
  12. 12. Equipe<br />Milhares de articuladores conectados na Rede: clientes, parceiros, usuários...<br />Quem trabalha em Rede, trabalha com a Rede. <br />
  13. 13. Resultados e Redes<br />A verdadeira arte não é só a expressão de um sentimento, mas também o resultado de uma inteligência viva -  Berlage , Hendrik<br />
  14. 14.
  15. 15. A apuração dos feedbacks precisa ser veloz para não se perder a dinâmica da Rede<br />
  16. 16. Feedback Tangível<br />Análise<br />Dados<br />Conexão entre pessoas e atividades recentes;<br />Mapeamento de Hubs, Netweavers e Inovadores;<br />Contexto temático;<br />Produção;<br />Clusterização e enxameamento.<br />Audiência das arenas digitais;<br />Produção de Conteúdo;<br />Produção de Clusters (grupos e comunidades espontâneas);<br />Posicionamento sistema de busca.<br />Atividades recentes nas arenas digitais.<br />
  17. 17. 38.700 cadastrados<br />80.000 visitantes/ mês<br />#empreendorismo<br />1300 post. Blog / mês<br />1.500 comunidades<br />487 grupos<br />800 postagem forum/mês<br />1120 atualização perfis<br />#tecnologia<br />#meioambiente<br />2300 fotos/ mês<br />850 vídeos/mês<br />160 eventos / mês<br />#inovação<br />#gestãopública<br />5300 netweavers<br />125 hubs<br />30 inovadores<br />
  18. 18. Feedback Intangível<br />Escuta<br />Fluxos<br />Mapeamento de novas oportunidades de articulação;<br />Conexão com novos ecossistemas;<br />Ampliação do ecossistema do cliente;<br />Identificação da narrativa de uma rede;<br />Ampliação, foco ou ajustes dos objetivos.<br />Apropriação da rede de forma espontânea;<br />Temas e assuntos emergentes;<br />Expansão das arenas digitais;<br />Ações fora do radar;<br />Visibilidade para tomadores de decisão;<br />Visibilidade além do digital;<br />Surgimento da “aura” (branding)<br />
  19. 19. Replicação de arenas digitais a partir de arena inicial TEIA MG<br />Visibilidade tomadores de decisão: Serra cita REDE CIM como exemplo de inovação e utilização das redes no COP 15 <br />Empoderamento espontâneo: agentes Teia MG organizam cursos de multiplicação de agentes em Teófilo Otoni (conhecimento distribuído)<br />Ajuste de ação por “escuta”: adoção de Social Game para atividade de capacitação de LanHouses em substituição a mobilização broadcast. <br />Apropriação da Marca e propagação do branding TEIA de forma emergente chegando aos tomadores de decisão.<br />
  20. 20. Sustentável<br />Maior Idade<br />Debutante<br />
  21. 21. TEIA MG<br />Objetivos do Cliente: <br /><ul><li>Massificar a inovação no Estado de Minas Gerais;
  22. 22. Promover a difusão da utilização da computação em nuvem e dos conceitos da web participativa buscando a inserção das MPEs na nova economia;
  23. 23. Promover a capacitação e o desenvolvimento do empreendedorismo digital com geração de renda. </li></li></ul><li>TEIA MG<br />AtivoConstruído<br />Instrumentalização de toda a rede de ensino estadual com ferramentas gratuitas de produtividade do Google<br />Infraestrutura de comunicação direta com 853 municípios e câmaras de vereadores<br />5 continentes<br />129 países<br />2109 cidades no Mundo<br />376 no Brasil<br />155.344 visitantes únicos<br />709.450 pageviews<br />700 sites com link para o TEIA<br />Articulação direta com 61.600 pessoas<br /><ul><li>31 600 redes sociais abertas
  24. 24. 30.000 Integraminas</li></ul>71 Redes Sociais<br />24 Parcerias Institucionais<br />Propagação da marca TEIA MG<br />
  25. 25. TEIA MG<br />Valor de Mercado<br />Valor médio, pormembrodaredepagonasoperações de aquisição de ações das redessociaisFacebook, Beebo e Linkedin R$ 54,13 (US$ 30,00) <br />Cálculo do valor atual do projeto<br />61.660 pessoas x R$ 54,13 =<br />R$ 3.337.655,80<br />Tempo estimadoparaatingir o ponto de equilíbrio:<br />2 meses<br />Ponto de equilíbrio <br />70 mil membros <br />19º mês do projeto<br />
  26. 26. TEIA MG<br />
  27. 27. REDE CIM<br />Objetivos do Cliente: <br /><ul><li>Ser reconhecido como modelo de inovação na gestão pública no Estado de São Paulo e no Brasil;
  28. 28. Ser reconhecido como promotor de transparência e participação cidadã;
  29. 29. Promover conceitos e ferramentas da web participativa para o seu público interno e para os municípios do Estado de São Paulo. </li></li></ul><li>REDE CIM<br />Evento em Rede, o primeiro Google Day em Rede foi articulado entre o CEPAM e o Google.<br />Resultados:<br />Aumento de 700% de membros na Rede CIM (recém criada);<br />Reverberação nacional da iniciativa;<br />Veiculação do CEPAM com tags de inovação, mídia social e colaboração nos sistemas de busca e no twitter;<br />Ampliação do ecossistema do cliente (novas conexões).<br />
  30. 30. REDE CIM<br />Capacitação em web 2.0 e articulação em rede para 52 municípios paulistas<br />Resultados:<br />Aumento de 250% no número de grupos na Rede;<br />Aumento de 300% na produção de conteúdo;<br />Criação de base articulada de multiplicadores de conhecimento;<br />Criação de base para início da auto-sustentabilidade da Rede;<br />Consolidação do CEPAM como provedor de inovação da administração municipal.<br />
  31. 31. RAIO BRASIL<br />Objetivos do Cliente: <br /><ul><li>Mapear, mobilizar e capacitar LanHouses (400) para tornarem-se Pontos de Atendimento SEBRAE ;
  32. 32. Promover a aproximação das LanHouses com a iniciativa privada de forma estruturada;
  33. 33. Promover a formalização das LanHouses. </li></li></ul><li>RAIO BRASIL<br />Utilização de Social Game como estratégia de mobilização e ação em Rede.<br />Resultados:<br />6 LanHouses capacitadas em 1 semana de atividade;<br />Mais de 150 LanHouses inscritas (número em crescimento);<br />Aumento de 150% de cadastros na rede, em menos de 3 dias;<br />Aumento nos atendimentos (cursos Sebrae);<br />Reverberação na imprensa;<br />Aumento das atividades gerais da Rede.<br />
  34. 34. A Web 2.0 e Redes Sociais<br />
  35. 35. Utilidade pública da web 2.0<br />
  36. 36. Utilidade pública da web 2.0<br /><br />http://peabirus.com.br/redes/form/comunidade?id=218<br />
  37. 37. Utilidade pública da web 2.0<br />Case: Comunidade Manejo da Lavoura Cafeeira<br /><ul><li> Sérgio Parreiras – Pesquisador
  38. 38. Não encontrava novas pessoas e conteúdos sobre Lavoura Cafeeira
  39. 39. Estava limitado aos pesquisadores e pessoas ligadas a esta área que ele já conhecia
  40. 40. Iniciou uma pequena rede onde pudesse disponibilizar seus conteúdos a outros
  41. 41. Com isso ganhou visibilidade e atraiu milhares de pessoas relacionadas ao assunto que precisava discutir
  42. 42. Agora organiza eventos, troca experiências, notícias do setor, conteúdos e até é remunerado por patrocínios em sua comunidade na Rede Peabirus</li></li></ul><li>Utilidade pública da web 2.0<br />3.210 membros<br />99 Grupos<br />1.310 mensagens <br />de blog<br />http://inovadefesa.ning.com<br />
  43. 43. Utilidade pública da web 2.0<br />Case: Rede Inovadefesa<br /><ul><li> Sofia Iba – Trabalha no setor de Defesa Agropecuária em Minas Gerais
  44. 44. Precisava conhecer pessoas que se relacionavam ou trabalhavam com Defesa Agropecuária
  45. 45. Por ser um assunto muito específico não conseguia conhecer novas pessoas além do seu círculo de trabalho
  46. 46. Se deparou com o Projeto TEIA MG, mas foi resistente a Web 2.0 e suas ferramentas e, primeiramente não construiu a Rede
  47. 47. Após um tempo de convencimento fez um teste e criou a rede InovaDefesa
  48. 48. Quando a rede tinha seus 100 membros a Sofia já se sentia realizada, pois eram 100 pessoas que queria discutir o assunto e tinham conteúdos para isso, coisa que ela não havia conseguido em anos de trabalho
  49. 49. Agora possui um network riquíssimo com milhares de pessoas que tratam sobre um assunto muito específico</li></li></ul><li>Utilidade pública da web 2.0<br />
  50. 50. O Que é o Projeto<br />
  51. 51. O que é?<br />Uma ação da Secretária de Agricultura e Abastecimento , iniciativa da CODASP.<br />Tem como objetivo a implantação de uma Célula de Inovação na SAA que possa disseminar a utilização de conceitos e ferramentas da web 2.0.<br />Todos os públicos internos e externos, serão articulados formando uma rede de profissionais, gestores, cidadãos e instituições que possam gerar - a partir desta articulação em Rede – inovação para a gestão, compartilhamento de conhecimento e visibilidade para as ações em curso de todos os órgãos ligados à SAA.<br />Prevê a participação de todos: CATI, CODEAGRO, APTA, CDA, FEAP/BANAGRO. Uma rede forte não se constrói em um dia. Para que possa, de fato, gerar benefícios, deve resultar do trabalho de todos para inovar e trilhar novos caminhos visando a modernização da gestão pública.<br />
  52. 52. Debate, Dúvidas e Sugestões<br />

×