Pessoas com deficiência visual, tecnologia assistiva e acessibilidade

6,192 views
6,001 views

Published on

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
6,192
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
56
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Pessoas com deficiência visual, tecnologia assistiva e acessibilidade

  1. 1. Pessoas com deficiência visual, tecnologia assistiva e acessibilidade José Antonio Borges Instituto Tércio Pacitti (NCE/UFRJ) IHA - Julho/2013 Jornada da Educação Especial na Perspectiva Inclusiva Direito à Ddiversidade
  2. 2. Joana é professora, e em mais de 25 anos alfabetizou centenas de crianças naquela sofisticada escola da Zona Sul do Rio de Janeiro. Alguns de seus alunos hoje são muito bem sucedidos, alguns famosos, a maioria deles ricos. Hoje é o primeiro dia de aula. As crianças estão em fila no pátio. As mães estão próximas, no lado direito do pátio, orgulhosas de seus filhinhos em lindos uniformes azuis e brancos. Mas esta fila não tem só crianças pequenas: uma única mãe está no fim desta fila, e do lado dela, uma criança sorri olhando para o vazio.
  3. 3. – Oh, meu Deus, o garoto é cego! ... E agora o que é que eu faço???
  4. 4. Joana é professora do ensino fundamental, mas poderia ser do ensino médio, superior ou pós graduação - sua surpresa provavelmente seria idêntica. Então reflita sobre isso! Que conhecimentos são necessários para lidar bem com esta situação de ensino? Que ferramental deve ser usado para tornar esta tarefa mais simples e efetiva?
  5. 5. Comunicação: a chave de tudo • Conjunto de sinais que nos permite interagir com o mundo. – A comunicação é o caminho pelo qual você traduz às pessoas seus conhecimentos, pensamentos, sentimentos, gostos, desgostos, opiniões, solicitações...
  6. 6. • As formas de comunicação se expandiram imensamente nos últimos anos, tornando-se • multisensoriais, • fazendo uso de múltiplas mídias para sua transmissão, • quase sempre intermediadas pela computação.
  7. 7. E quando existem limitações? • A linguagem é incompatível com o receptor. • A mídia usada é inacessível ao receptor. • O receptor não tem os pré-requisitos culturais ou mentais para absorver a comunicação. • O custo da comunicação é muito alto. O que isso tem a ver com as pessoas com deficiência visual?
  8. 8. Computador: o grande diferencial – transformar, manipular, arquivar e transmitir informações a velocidades espantosas. – exibir textos, imagens, sons, fala e música – controlar objetos do ambiente – ser comandado de muitas maneiras, inclusive pela voz – simular (parcialmente) a inteligência humana
  9. 9. • É a área das deficiências com maior número de artefatos de tecnologia assistiva • A área onde mais se desenvolveram no Brasil nos últimos anos. Deficiência visual
  10. 10. • Leitura e escrita foram tornadas razoavelmente compatíveis e acessíveis – entre videntes e DV – síntese de voz • Revolução cultural – Integração do estudante – Acesso a muito mais materiais didáticos – Produção cultural dos cegos facilitada Uso de computadores por DVs
  11. 11. • Usa intensamente a síntese de voz • Não é um leitor de telas, é um ambiente operacional – 90+ programas sonoros • Democratizou o acesso dos deficientes visuais à informática • Mais de 50000 usuários Dosvox
  12. 12. Jogavox: maior investimento • Criamos 50 jogos inclusivos em conjunto com alunos de pós-graduação – e também de 2º. Grau ! • Uso fez com que o sistema amadurecesse: – Velocidade para criação – Tornou-se possível criar jogos de vários tipos – Provamos que professores cegos podem realmente criar jogos • Nosso desejo é expandir para o Brasil todo. • Resultados acadêmicos: teses e monografias
  13. 13. – NVDA, Virtual Vision, Jaws – Suportam Windows na forma nativa, incluindo Office e Internet, com grande acessibilidade. – Adequado para uso profissional incluindo programadores – Exige treinamento longo Leitores de tela
  14. 14. • Nunca foi tão fácil produzir Braille – Possibilidade de produção por gente menos especializada • Técnicas baratas para coisas sofisticadas • ex. Desenho automatizado • Braille Fácil Escrita Tátil
  15. 15. Impressoras e linhas Braille
  16. 16. OCR OCR em celular
  17. 17. Leitura digital Principal tecnologia: DAISY Permite sincronismo Som – Texto Padrão adotado pelo MEC Programas: MecDaisy e Dorina DDR E-books Alguns permitem leitura sonorizada
  18. 18. Ampliadores de imagem
  19. 19. • iOS-5 traz excelente acessibilização – Voice Over – Mudança nos gestos • Android – Produtos com menor acessibilidade  melhorando – Projetos brasileiros  UFC Acessibilidade em Tablets
  20. 20. Multiplano
  21. 21. • Áudio descrição • Musicografia Braille • Gráficos táteis Outras tecnologias para DV
  22. 22. Obrigado por sua atenção José Antonio Borges Instituto Tércio Pacitti (NCE/UFRJ) http://intervox.nce.ufrj.br antonio2@nce.ufrj.br (21) 2598-3339

×