Your SlideShare is downloading. ×
Conceito do processo de trabalho (1)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Conceito do processo de trabalho (1)

950
views

Published on


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
950
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 1. Definição e Conceito de Processos de Trabalho Surgimento Sabe-se que a concorrência está cada vez mais acirrada, privilegiando as empresas dinâmicas, em detrimento daquelas menos ágeis. Para poder competir num mercado cada vez mais disputado, as empresas precisam obter o melhor desempenho possível em seus negócios. Este desempenho é alcançado através de seus processos organizacionais. A ideia de processo tem estado presente nos textos e nas discussões sobre Administração de Empresas nos últimos anos. Entretanto, não é nova e tem suas raízes na tradição da “Escola Clássica da Administração”. Do ponto de vista didático, costuma-se dividir a Escola Clássica da Administração em dois pilares:
  • 2. Principais Formas de Abordagem Administração Científica Ênfase nas Tarefas Taylor Abordagem Clássica da Administração Fayol Teoria Clássica Ênfase na Estrutura
  • 3. Abordagem Clássica da Administração ( ÊNFASE NAS TAREFAS) No início do século XX dois engenheiros desenvolveram os primeiros trabalhos a respeito da Administração. Um era americano Wilson Taylor e desenvolveu a Escola da Administração Científica. ( aumento da eficiência da indústria através da racionalização do trabalho do operário. Primeiro Período de Taylor Shop Management (1903) • Boa Administração: métodos científicos : < salários + produção= > custo unitário • Princípios e processos padronizados • • • Adequação dos materiais e condições de trabalho dos empregados, que devem ser cientificamente distribuídos por seus postos de trabalho de acordo com as suas funções. Adestramento do trabalhador Boas relações entre administração e trabalhadores
  • 4. Abordagem Clássica da Administração ( ÊNFASE NAS TAREFAS) Segundo Período de Taylor: Princípios de Adm. Científica (1911) • Sub utilização do trabalho • • • Crença dos trabalhadores de que um maior rendimento homem / máquina resulta em desemprego Sistema de produção controlado por ítem Empirismo amador dos métodos de produção • Desconhecimento da gerência do potencial de ganho por tempos e movimentos • Falta de uniformidade dos métodos de trabalho • • Adm. Científica: 75% de análise, 25% de bom senso Visão de Homem: irresponsável, vadio e negligente
  • 5. Abordagem Clássica da Administração TAYLOR ( ÊNFASE NAS TAREFAS)
  • 6. Abordagem Clássica da Administração (ÊNFASE NA ESTRUTURA) O outro era europeu, Henri Fayol, desenvolveu a chamada Teoria Clássica, preocupada em aumentar a eficiência através da estruturação e disposição dos órgãos competentes das organizações e suas inter-relações. Fayol - 1916 - Caracteriza-se pela ênfase na estrutura que a organização deve possuir para ser eficiente. Divisão da empresa em seis grupos 1. Funções Técnicas - produção 2. Funções Comerciais - compra e venda 3. Funções Financeiras - procura e gerência de capitais 4. Funções de segurança - preservação dos bens e pessoas 5. Funções contábeis - balanços, inventários, registros e custos 6. Funções Administrativas - coordenam e sincronizam as demais funções
  • 7. Abordagem Clássica da Administração (ÊNFASE NA ESTRUTURA) Fayol defendia uma estrutura por processos, destacando: - Divisão de trabalho - Autoridade e responsabilidade - Disciplina - Ordem - Iniciativa - Espírito de equipe. As abordagens defendidas por Taylor e Fayol na Teoria da Escola da Administração eram limitadas, visto que viam a empresa como sistema fechado.
  • 8. Abordagem Clássica da Administração (ÊNFASE NA ESTRUTURA) Fayol define o ato de administrar como sendo : Prevenir Estes elementos constituem o controlar Organizar chamado: Processos Administrativos Coordenar Comandar
  • 9. Abordagem Clássica da Administração (Controle de Qualidade) A iniciativa e prevalências das empresas na adoção de estruturas sistêmicas ou por processos também foi fortalecida com o notório e admirável esforço do Japão para reergue-se do devastamento sofrido na segunda guerra mundial, encerrada em agosto de 1945. Antes disso a estrutura funcional eram ineficientes e não proviam a eficiência e eficácia nas linhas de produção. Surgiu então o sistema Toyota de produção, adotando uma produção enxuta, diversificada e de alta qualidade.
  • 10. Abordagem Clássica da Administração (Controle de Qualidade) Surgiram duas novas ideais inovadoras: Deming e Juran. Deming estava no controle e Juran era baseada na formação de melhoria de processos equipes de projeto para a resolução de problemas, melhorando a qualidade continuamente.
  • 11. Abordagem Clássica da Administração (Controle de Qualidade) Deming é amplamente reconhecido pela melhoria dos processos produtivos nos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial, sendo porém mais conhecido pelo seu trabalho no Japão. Deming, desenvolveu o ciclo PDCA, sendo caracterizado como o pai do Controle de Qualidade
  • 12. Processos Organizacionais – Alguns Pensadores Vistas em um contexto mais amplo e consideradas como instrumentos vitais de uma sociedade, Gibson et al (1981), diz que as organizações se caracterizam por um comportamento voltado para uma determinada meta. Adiantam, ainda, que além de instrumentos, criam ambientes que influenciam a vida de todos nós, tendo enorme influência sobre o comportamento. Segundo Davenport (1994) os processos de gerenciamento envolvem planejamento, fixação de metas, monitoramento, tomada de decisões e comunicação com relação aos processos ativos operacionais-chave de uma empresa. Tratando de definição de organização, Certo (2003) considera um processo de uso ordenado de todos os recursos e diz que uma organização se refere ao resultado do processo de organizar.
  • 13. Processos Organizacionais – Alguns Pensadores Os processos ainda podem ser classificados quanto sua hierarquia. Segundo Reis e Blattman (2004, p.08), a hierarquia do processo é “a forma de classificar os processos de acordo com o seu grau de abrangência na organização”. Os autores sintetizam a hierarquia desta maneira: Macroprocesso: é um processo que geralmente envolve mais de uma função da organização, cuja operação tem impactos significativos nas demais funções. Subprocessos: divisões do macroprocesso com objetivos específicos, organizadas seguindo linhas funcionais. Os subprocessos recebem entradas e geram suas saídas em um único departamento; Atividades: os subprocessos podem ser divididos nas diversas atividades que os compõem, e em um nível mais detalhado de tarefas.
  • 14. CONCEITO DO PROCESSO DE TRABALHO NAS ORGANIZAÇÕES Conclusão Para administrar adequadamente, cada organização precisa conhecer seus processos, isto significa mapear cada um dos processos, entender e diagnosticar quais são as atividades e tarefas desenvolvidas e executadas por pessoas (elemento chave de toda organização), bem como os envolvimentos existentes em cada etapa. Isto possibilita facilitar, com maior grau de precisão, a intervenção, alteração e modificação dos elementos identificados em cada processo.
  • 15. ANÁLISE DE PROCESSOS E ESTRUTURAS ADM TRABALHO PARA PRÓXIMA AULA RESENHA FORMAR GRUPOS (CADA GRUPO DEVERÁ ESCOLHER UM Nr. DE (01 A 11)
  • 16. Trabalho – Resenha sobre os principais pensadores da Administração 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 1903 Teoria da Administração Científica - Taylor, Gilberth 1909 Teoria da burocracia - Weber 1916 Escola dos Princípios de Administração - Fayol 1932 Escola das relações Humanas - Mayo e Lewin 1947 Teoria das decisões - Simon 1951 Teoria dos Sistemas - Bertalanffy, Kast e Rosenzweig 1953 Teoria dos Sistemas Sociotécnicos - Emery e Trist 1954 Teoria Neoclássica da Adm - Newman , Druker 1957 Escola Comportamental da Adm - McGregor 1962 Escola do Desenvolvimento Organizacional - Bennis 1972 Teoria da contingência - Woodward, Laurence e lorsch Fazer toda apresentação em Power Point ( até 5 slides no máximo) E Escrever a resenha em até 02 folhas A4.
  • 17. MUITO OBRIGADO – PROFESSOR ALEXANDRE