COPYRIGHT 2013-Direitos Reservados
RUDAMON II
Uma nova ameaça colocará o planeta Terra em risco!
Somente uma força poderá ...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright
2013- Todos os direitos reservados
http:/rudamon.blogspot.com.br Págin...
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
RUDAMON II
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

RUDAMON II

3,207 views

Published on

RUDAMON II, escrito por Demetrio Alexandre Guimarães- COPYRIGHT 2013-All Rights Reserved

Published in: Entertainment & Humor
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,207
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2,418
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

RUDAMON II

  1. 1. COPYRIGHT 2013-Direitos Reservados RUDAMON II Uma nova ameaça colocará o planeta Terra em risco! Somente uma força poderá detê-la! Demetrio Alexandre Guimarães 15/07/2013
  2. 2. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 2 Rudamon II
  3. 3. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 3 Demetrio Alexandre Guimarães 2013 Copyright © 2013 por Demetrio Alexandre Guimarães Rudamon II Demetrio Alexandre Guimarães 1a Edição 1a tiragem Julho de 2013 – 1 exemplar (Publicação Eletrônica) Coordenação Editorial Demetrio Alexandre Guimarães Revisão Demetrio Alexandre Guimarães Projeto gráfico e capa: Demetrio Alexandre Guimarães Copyright © 2013 por Demetrio Alexandre Guimarães Rudamon II Demetrio Alexandre Guimarães 1a Edição 1a tiragem Julho de 2013 –(Publicação Eletrônica) Coordenação Editorial Demetrio Alexandre Guimarães Revisão Demetrio Alexandre Guimarães Projeto gráfico e capa: Demetrio Alexandre Guimarães
  4. 4. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 4 ISBN – 978-85-920620-2-6 CIP – (Cataloguing-in-Publication) – Brasil – Catalogação na Publicação _______________________________________________________ _____________________ Ficha Catalográfica feita pelo autor Guimarães, Demetrio Alexandre – 1975 Rudamon - O Novo Herói / Demetrio Alexandre Guimarães ; [Demetrio Alexandre Guimarães]. – 1 ed.Rio Claro: Demetrio Alexandre Guimarães, 2013. 339 p. Tamanho A5- (Publicação Eletrônica ou impressa sob demanda.) ISBN 978-85-920620-2-6 CDU 82-3 CDU 82-3 932 82.93 620 291213 _______________________________________________________ _____________________ Índice para catálogo sistemático 1. Literatura Infanto-Juvenil – 82-3 4. Literatura Infanto-Juvenil – 82.93 2. Egito antigo – 932 5. Egito – 620 3. Ficção – 82- 6. Herói Mitológico – 291213
  5. 5. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 5 Índice Dedicatória- página: 7 Palavras do Autor- página:8 Prefácio- página:9 1º Capítulo A Máscara do Mal- página:23 2° Capítulo 25 de Novembro de 2009- página:31 3° Capítulo O Novo Mestre Waja-Hur- página:42 4° Capítulo 2019- página:53 5º Capítulo 05 de Março de 2019- página:66 6º Capítulo Asru, A Bruxa- página:74 7º Capítulo Oito anos depois- página:85 8° Capítulo -Alguns Segredos sobre Osorkon- página:106 9° Capítulo Hiago: O Cigano- página:113 10° Capítulo Doutor Berg- página:125 11° Capítulo A palestra de Doutor Roberto- página:135 12º Capítulo- A doença de Nadila-145 13° Capítulo -O Mal se torna mais forte- página:161 14° Capítulo As sementes do mal- página:174 15° Capítulo Rudamon está de volta! Mas não parece o mesmo- página:191
  6. 6. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 6 16° Capítulo As coisas começam a piorar- página:213 17° Capítulo O retorno de Disebek- página:228 18° Capítulo O Prenúncio de uma Guerra Racial- página:251 19° Capítulo A Guerra Sangrenta- página:266 20º Capítulo: Rudamon Voltou!- página:274 21° Capítulo A Viagem pelo Tempo- página:299 22º Capítulo: Consertando o passado- página:311 23° Capítulo: Efeito Borboleta- página:319 24° Capítulo Rudamon versus Serpentus- página:327 25° Capítulo A Armadilha de Seth- página:334 Epílogo- página:338
  7. 7. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 7 Dedicatória Eu dedico esse trabalho... - A você que irá ler! -A todos os profissionais que fazem de suas profissões algo muito parecido com o que fazem os super-heróis (principalmente aos professores comprometidos, que podem ser verdadeiros heróis na vida de seus alunos, educando-os adequadamente para a vida!); -A toda minha família, amigos e pessoas que fazem ou fizeram parte da minha vida; -Aos meus pais (A.P) e (W.A.G.P), minha irmã de Jundiaí (A.B.S) e aos meus irmãos de Rio Claro (A.G.P) e (D.G.P); -A todos os meus alunos, ex-alunos e colegas de trabalho; Dedicatória Especial Eu dedico esse trabalho especialmente a você, amor da minha vida! Alma linda que todos os dias me faz feliz! Eu agradeço a você, pelo grande incentivo que me deu para que eu retomasse meu trabalho de escritor! Eu amo muito você!Assim como meu personagem Hor se encontrou no Sol, em também me encontrei em você... Você é o Sol que ilumina minha vida!Pessoa que amo tanto!Minha razão!Meu amor!Minha namorada (C.A.S);
  8. 8. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 8 Palavras do Autor Caro (a) leitor: Meu primeiro livro “Rudamon: O Novo Herói” foi escrito no ano de 2007, e publicado em Dezembro de 2008. Naquela época eu tinha a intenção de criar super heróis, e trabalhar com os mesmos em HQs. O tempo passou, muita coisa aconteceu, e eu decidi desistir da idéia das HQs, e focar somente na parte de literatura. Continuarei criando personagens, mas darei vida aos mesmos através dos livros. Meu primeiro trabalho foi publicado pela editora Livre Expressão. Hoje em dia, eu não pretendo mais publicar os meus livros através de editoras. Eu gosto muito de escrever, e pretendo disponibilizar o meu trabalho para quem quiser ler, utilizando a internet. Vou continuar criando, continuar escrevendo, porque isso faz parte de mim. Escrever é o meu hobby, e eu quero dividir isso com você que está lendo agora. Esse livro foi escrito em 2008 e ficou pronto em 2009. Ele ficou todos esses anos guardados no meu pen drive para que em 2013, fosse revisado, modificado e aperfeiçoado. Eu trabalho totalmente sozinho, inclusive sou eu quem faz as revisões. Por conta disso, eu já quero pedir desculpas, de antemão, caso o leitor encontre alguns erros gramaticais e ortográficos nesse trabalho, porque a maioria dos escritores profissionais confere esse serviço a um revisor profissional da área de língua portuguesa. Como sou apenas um escritor amador, que escrevo por hobby, perdoe-me se você encontrar algumas falhas.
  9. 9. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 9 Esse livro foi escrito com muito amor e carinho. Ele é o resultado de muitos dias, muitas horas, muitos meses de trabalho! Eu espero de coração que, o mesmo prazer que eu tive em escrevê-lo, você também possa ter ao lê-lo. Esse trabalho dará continuidade ao meu primeiro livro: “Rudamon: O Novo Herói”. A primeira edição do livro mencionado teve uma tiragem de mil cópias, das quais metade eu vendi para recuperar o investimento feito, outra metade eu doei para algumas pessoas, instituições de caridade e projetos sociais. Eu pretendo expor meus trabalhos na internet apenas para entreter as pessoas. Todos os meus trabalhos e personagens são protegidos pela Lei de Direitos Autorais e não possuem fins comerciais. Esse livro é parte integrante do Blog:http://rudamon.blogspot.com.br/ Prefácio Essa é uma história com muitos detalhes, e o melhor modo de fazer um prefácio da mesma, será apresentando uma sinopse dos personagens principais. Doutor Carlos Coadjuvante na primeira história de Rudamon, doutor Carlos, melhor amigo de Osorkon (identidade secreta do super herói) , ganha destaque na segunda história, tornando-se um dos personagens principais da continuação da trama. Após o desaparecimento de Osorkon e da morte de Freda logo após o nascimento de Hor, doutor Carlos passaria a cuidar do filho de Osorkon como se fosse seu próprio filho, na esperança do
  10. 10. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 10 amigo regressar. A difícil tarefa de conciliar seu trabalho de médico e criar uma criança ao mesmo tempo, tornar-se-ia mais difícil com o passar do tempo... Osorkon jamais regressaria... E Hor não seria uma criança comum... Doutor Manfred Descendente de alemães e pesquisador em genética humana, doutor Manfred é o vilão que, após a morte de Rudamon, dá o pontapé inicial para a reconstrução do mal no planeta. O personagem é adepto do neonazismo, e ao perceber que Rudamon não ressurge quando fatos ruins acontecem, doutor Manfred traça um maquiavélico plano para que os neonazistas dominem o mundo, fazendo parte de seu plano escravizar eliminar aqueles que forem contra sua ideologia ou considerados “inferiores” pela mesma. Para piorar, um dos seus informantes revela ao mesmo sobre a existência e o código genético diferenciado de Hor. Doutor Manfred persegue e investiga Hor desde o seu nascimento, em busca da criação de uma poderosa arma genética que tornaria o seu exército neonazista indestrutível... Será que doutor Manfred conseguirá concretizar seus planos? Huni Mestre da OSWH (Ordem Secreta dos Waja-Hur), Mago Huni foi um dos protagonistas da primeira história. O personagem (inicialmente, único, a saber, sobre a morte de Rudamon) foi quem revelou a missão a Osorkon, transmitindo ao mesmo todos os segredos do legado Rudamon. Consciente sobre a missão do sucessor do super-
  11. 11. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 11 herói (Hor, filho de Osorkon), Huni será peça fundamental para que muitas pistas de alguns segredos que ficaram sem explicação no primeiro livro, possam ser reveladas ao leitor. Bem mais velho e preste a passar seu cajado de mestre ao próximo Waja-Hur eleito para a missão (seguindo as tradições da OSWH), Huni se prepara para o merecido descanso. Quando o personagem pensa que sua missão está terminando, percebe que ela só está começando... Doutor Berg Personagem muito curioso da segunda história, no mínimo surpreendente. Gênio desde criança, doutor Berg é um renomado químico dotado de uma inteligência extraordinária... Além do conhecimento em química, por ter uma inteligência acima do normal, também gosta de fazer experiências com genética e tecnologia. O único problema é que, perturbado desde a infância pelo próprio pai, que cobrava superioridade do filho em relação aos outros, tornou- se obsessivo pelo poder e com idéia fixa de dominar o mundo. Por causa disso, doutor Berg desenvolveu fórmulas químicas que aplicou em si mesmo, que acabaram tornando-o psicótico e esquizofrênico. Judeu e jogador de Golfe nas horas vagas, esse curioso personagem também cria uma serpente de estimação. Ao sentir-se perseguido pelos neonazistas, doutor Berg consegue escapar do hospital psiquiátrico no qual estava internado, e vai atrás de um poder ainda maior do que almejava, com o objetivo de destruir os neonazistas e derrotar Rudamon. O personagem acaba se tornando um perigoso super vilão, autodenominando-se
  12. 12. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 12 ÍGNUS. Pelo fato de os inimigos principais serem os neonazistas, nenhum leitor conseguirá imaginar o trabalhão que ÍGNUS dará ao super herói Rudamon. O interessante nesse personagem, é que ele consegue utilizar a inteligência humana para enfrentar Rudamon de igual pra igual, e com certa vantagem ainda... NADILA Meiga, sincera, alto astral, companheira e linda, essa personagem capoeirista promete mexer com a emoção dos leitores do começo ao fim da história. Nadila será uma das representantes da raça negra nessa ficção que estará repleta de confrontos raciais. Ela viverá uma história de amor com o personagem principal da trama (Hor, identidade secreta do novo Rudamon). Durante a leitura, Nadila será uma promessa de expectativas, pois até que a história termine, o leitor ficará com muitas dúvidas sobre o destino final da personagem, principalmente pelo fato dela descobrir que está com leucemia bem no período em que Hor ainda não tem consciência de como utilizar os poderes que possui, além de que o super-herói Rudamon ficará certo tempo sem todos os poderes que lhe cabe (inclusive o de curar pessoas e ressuscitar os mortos), o que aumentará o drama da história. Será que Nadila, por ser negra, morrerá nas mãos dos neonazistas? Será que Nadila morrerá pela doença que tem? Será que Nadila, por ser exímia capoeirista e namorada do super-herói, será uma nova heroína que ajudará Rudamon a combater o mal nessa história? Será que Hor aprenderá tudo sobre seus poderes, a tempo de salvá-la? Será que Rudamon
  13. 13. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 13 conseguirá recuperar todos os seus poderes a tempo de curá- la da doença ou ressuscitá-la, caso ela venha a falecer? Sahator Eleito para ser o novo mestre da OSWH (ORDEM SECRETA dos WAJA HUR), Sahator promete ser um dos personagens que mais mexerá com os nervos do leitor durante a trama. Amigo e discípulo de Huni, apesar de fazer parte das forças do bem nessa história, esse egípcio deixará o leitor o tempo todo em dúvida, quanto à veracidade do seu caráter. Ao receber o seu cajado de mestre, Sahator também recebe junto uma missão de extrema importância para o planeta: entregar a máscara faraônica de Rudamon ao personagem Hor (filho e sucessor de Osorkon na missão heróica que essa máscara confere). O personagem tem consciência que, caso sua missão seja bem sucedida, as forças do bem triunfarão definitivamente sobre as forças do mal no universo. Caso contrário, o mundo sucumbirá ao mal e a humanidade ficará pra sempre escravizada pela força das trevas. Guardar, proteger e esperar a data certa para entregar um artefato tão valioso, poderoso, perigoso e importante, já seria uma missão difícil... O que Sahator não imagina, é que as forças do mal serão enviadas por Apóphis para que essa missão se torne quase impossível... Como lidar com a sensação de que o mundo precisa de um gesto seu para ser salvo, e ao mesmo tempo sofrer uma constante ameaça que tragédias muito terríveis acontecerão em sua vida pessoal, caso você não desista? Conseguirá Sahator cumprir essa importante missão que lhe foi incumbida?
  14. 14. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 14 Hiago Belo, enigmático e sedutor... Hiago é um cigano de caráter duvidoso, que nasceu com um dom peculiar: A Telepatia. O personagem que também é um exímio atirador de facas utiliza seus dons como principal atração de um circo cigano conhecido em todo o país, circo este que garante a sobrevivência do seu povo há décadas. Hiago cria um lobo de estimação, desde que este ainda era um filhote. Com uma forte tendência pra fazer o que é errado, Hiago também utiliza seus dons para realizar assaltos. Sempre que terminam as apresentações, o cigano utiliza uma máscara de lobo e leva seu animal de estimação para ajudá-lo a praticar os crimes. O país inteiro fala sobre o assaltante “Cigano Lobo”, mas nunca ninguém suspeitou que fosse o habilidoso Hiago. O personagem vive essa rotina até o momento em que seu povo é perseguido e exterminado pelos neonazistas. Ao se tornar o único sobrevivente, Hiago passa a ser um homem odioso e jura vingança contra os gadjos (pessoas que não são ciganas). O personagem só não esperava que o destino lhe colocasse em contato com um artefato egípcio que lhe daria poderes sobrenaturais. O mundo passaria conhecê-lo como Cigano Mutante. Seria o início da vingança... Seria o estopim para o começo de uma sangrenta guerra racial no planeta. Cigano Mutante, herói ou vilão
  15. 15. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 15 Apóphis e deus Seth Apóphis e deus Seth são personagens da mitologia egípcia inseridos na trama Rudamon desde a primeira história. Se comparássemos a batalha entre o bem e o mal a um jogo de xadrez, no tabuleiro, Apóphis seria o jogador e deus Seth seria a peça “rainha” do lado mal. Na mitologia egípcia, Apóphis, que é a representação do mal mais poderoso que existe no universo, costuma sempre ser personificada em forma de serpente. Na trama Rudamon, Apóphis possui um único objetivo: Destruir a raça humana para que os seres das trevas se materializem e passem a habitar o planeta Terra. Para conseguir o seu objetivo, nada melhor do que disseminar o mal entre os próprios seres humanos, para que destruam uns aos outros, já que, espiritualmente, isso não é possível. Na saga Rudamon, para conseguir disseminar o mal no planeta, Apóphis conta com o auxílio do deus Seth (deus da mitologia egípcia que tem o corpo humano e a cabeça de chacal). Na trama, esse deus age como um intermediário entre a esfera espiritual do mal e o planeta Terra. Seth sempre vem ao planeta para executar as ordens de Apóphis, e esse deus consegue influenciar as pessoas mais fracas ou propensas à maldade, seja de forma indireta ou até mesmo direta, a realizarem os planos traçados por Apóphis. Em Rudamon II, Apóphis fica furiosa com o inesperado ato heróico de Osorkon (identidade secreta do super-herói Rudamon), que sacrificou a própria vida em prol da humanidade, ato esse que destruiu o semideus Disebek, que Apóphis havia despertado com a finalidade de materializar o mal definitivamente no planeta. Sabendo da existência de Hor ( filho de Osorkon),
  16. 16. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 16 Apóphis envia seu filho (Serpentus) para reencarnar no planeta e destruir definitivamente o legado Rudamon. Para conseguir concretizar o seu plano, o mal precisa ser reinstalado no planeta, já que Rudamon havia conseguido a paz mundial. Para que isso aconteça, Apóphis encontra um modo de fazer Disebek retornar e terá que contar novamente com a ajuda do deus Seth que por sua vez, deverá agir sobre as pessoas certas para que tudo possa sair de acordo com a estratégia da maléfica serpente. Quem vencerá essa batalha? O bem ou o mal? Doutor Roberto, Vendaval e Ígnus Irmão da capoeirista Nadila, doutor Roberto é um cientista negro pós-graduado em tecnologia que conseguiu realizar um grande sonho pessoal, ao inventar um aparelho teletransportador de objetos. Sua invenção, que ficou mundialmente famosa, consiste em desintegrar as moléculas do objeto, transportando-as por um sistema seguro de radiação. Orgulhoso do seu invento, doutor Roberto quis ir muito mais longe, pensando na possibilidade de criar um teletransportador humano... A partir do momento que doutor Roberto começou suas pesquisas nesse campo, sua vida mudou radicalmente... Doutor Roberto foi procurado pelo cientista judeu doutor Berg (recém fugido do hospital psiquiátrico, e que futuramente se tornaria o temido Ígnus) Assustado e receoso com a inesperada aparição do cientista esquizofrênico, doutor Roberto o recebeu com cuidado e diplomacia (a fama de psicótico de doutor Berg já era conhecida por todos), fingindo
  17. 17. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 17 naturalidade ao ouvir de Berg que os neonazistas começariam uma perseguição implacável contra negros e judeus (doutor Berg teve acesso aos planos neonazistas antes mesmo deles terem sido colocados em prática). A verdadeira intenção de doutor Berg não era alertar Roberto sobre os neonazistas, mas sim, especular sobre as novas descobertas tecnológicas do famoso cientista negro, pois as mesmas muito lhe interessavam. Após conversar com doutor Roberto, doutor Berg lhe entregou uma ampola com uma poderosa fórmula química de poder (que testou nele próprio), e aconselhou doutor Roberto a aplicá-la em si próprio, pois somente assim ele poderia enfrentar os neonazistas de igual pra igual. Após a saída de Berg, doutor Roberto guardou a fórmula na gaveta, achando que tudo aquilo não passava de uma grande loucura, quando de repente alguns neonazistas invadem seu laboratório e começam a espancá-lo. Ao perceber que ia morrer, e sem nada a perder, doutor Roberto realiza uma rápida auto-aplicação da fórmula que lhe foi conferida por Berg... Tudo piora quando um dos neonazistas apanha o aparelho teletransportador humano (ainda em fase de teste) e dispara-o contra doutor Roberto... Explosão, fusão de moléculas, radiação e elementos químicos desconhecidos alteram o corpo e a mente de doutor Roberto, que passa a adquirir incríveis super poderes, autodenominando-se Vendaval. Por tudo o que passou nas mãos dos neonazistas, Vendaval passou a ter somente um único objetivo... Vingar-se da raça branca e destruí-la por completo! Uma sangrenta guerra racial estava preste a acontecer... Ígnus foi o nome que doutor Berg conferiu a si próprio após desenvolver uma poderosa armadura com uma tecnologia
  18. 18. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 18 capaz de enfrentar Rudamon de igual pra igual, ficando completamente imune aos poderes sobrenaturais do herói. Além dessa armadura, esse super vilão também inventou um poderoso e sofisticado lança-chamas, com o mesmo princípio do fogo do bastão de ouro de Seth, tornando-se o único ser humano capaz de matar Rudamon. Para piorar, Ígnus projetou uma máquina que lança um gás químico que ele próprio denominou como “Gás da Subserviência”, substância essa que poderá ajudá-lo a concretizar um grande sonho: Dominar o mundo! Isso só será possível caso Rudamon seja destruído... Conseguirá Vendaval destruir a raça branca? Conseguirá Ígnus dominar o mundo? Conseguirá Rudamon detê-los a tempo? Asru, A Bruxa e Naja, O Senhor do Tempo Linda e solteira por opção, Asru é uma personagem que com certeza deixará o leitor intrigado. Qualquer pessoa questionaria o porquê essa bela egípcia e sexy mulher de 35 anos, seria contraditoriamente intitulada como bruxa. Asru é nada mais nada menos do que a mestre da OCT (Ordem dos Cavaleiros das Trevas), organização secreta do Egito que trabalha há séculos servindo diretamente às forças do mal. A rotina de Asru sempre consistiu em realizar os rituais macabros da OCT. Mas tudo muda em sua vida quando deus Seth, a mando de Apóphis, faz uma aparição no meio de um ritual realizado por Asru, incumbindo-lhe de uma missão. Conseguirá Asru cumprir essa missão e ganhar definitivamente a confiança das forças do mal?
  19. 19. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 19 Naja, o senhor do Tempo, é uma criatura que possui corpo humano, cabeça de cobra Naja e seus braços são duas serpentes. Essa criatura faz uma rápida e quase despercebida aparição na primeira história, no episódio em que o primeiro Rudamon (vivido pelo personagem Jarha) é destruído pelas cinco múmias sobrenaturais, no período bem anterior ao conhecido como Egito Antigo. Naja possui um cubo de ouro, artefato que foi feito no inferno de Apóphis, que na realidade pertence a Serpentum, o Mestre do tempo, mas que é conhecido como “cubo do tempo de Seth”, pelo fato de que o deus do trovão foi o responsável por trazê-lo ao planeta. Naja, o senhor do tempo, é uma criatura antagônica, pois ela é do bem, mas serve as forças do mal. Existiria uma explicação para isso? Qual seria a finalidade desse misterioso cubo? Dessa vez, esse personagem fará muito mais do que uma rápida e despercebida aparição... Franz e Serpentus Com a finalidade de destruir Rudamon, Serpentus ,filho de Apóphis, é enviado ao planeta Terra para encarnar no corpo de um ser humano comum. Apóphis, sua mãe (o demônio de todos os demônios), precisa que o super herói Rudamon seja destruído, para conseguir realizar seu maior objetivo: Exterminar a raça humana inteira e preparar o planeta Terra para a vinda dos seres das trevas. Apóphis precisa escolher uma mulher que esteja próxima de dar a luz, no prazo máximo de sete dias após o nascimento de Hor. A malvada serpente escolhe o pai biológico perfeito para enviar o seu filho: o neonazista e cientista genético descendente de
  20. 20. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 20 alemães, o maquiavélico doutor Manfred. Serpentus nasce uma semana após Hor, e recebe o nome de Franz. O destino desses dois personagens se cruza desde o nascimento dos mesmos. Franz é um personagem malvado desde a infância, e vai piorando o seu caráter com o passar dos anos. Doutor Manfred percebe que Hor (filho de Osorkon) é uma criança diferenciada e encontra uma forma de recolher o material genético do personagem, sem que o mesmo perceba. A partir daí o cientista inventa uma vacina genética muito poderosa. Manfred testa o seu invento em Franz, conferindo-lhe um poder sobre-humano. Franz passa a liderar todos os neonazistas do mundo, tornando-se uma espécie de “Hitler” do século XXI. O personagem espalha muito medo, terror e morte no planeta inteiro. As coisas pioram bastante depois que Franz atinge a idade certa para receber os poderes sobrenaturais que lhe foram destinados. O personagem passa a assumir a identidade de Serpentus, e fisicamente torna-se idêntico ao super herói Rudamon, com a diferença que sua máscara e suas vestes são pretas, e ao invés de escorpiões marcados no corpo, ele possui suásticas. Serpentus também pode assumir sua verdadeira forma física, a de uma terrível, medonha e gigantesca serpente. Sem dúvida, esse será o personagem mais forte, difícil, cruel e tenebroso que Rudamon deverá enfrentar. O caos estará instalado no planeta! Quem vencerá essa batalha Disebek Semideus, metade homem, metade escorpião, Disebek foi criado pelas forças do bem para cumprir uma importante
  21. 21. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 21 missão no planeta Terra. O interessante nesse personagem, é que ele é a própria origem dos poderes do super herói Rudamon. Influenciado pelas forças do mal, Disebek desonrou seu compromisso, recebendo uma terrível punição dos deuses. O personagem foi transformado em escorpião, e aprisionado por vários séculos dentro de um cubo de ouro, que ficava sob as areias do deserto egípcio. Muito tempo depois, a serpente Apóphis, o demônio de todos os demônios, encontrou uma forma de despertar esse terrível mal. A maléfica serpente tinha a intenção de utilizar Disebek para destruir o super herói Rudamon (vivido pelo personagem Osorkon). Apóphis devolveu a forma original ao semideus, libertando-o do cubo. Mas seus planos foram por água abaixo... Rudamon sacrificou a própria vida para conseguir matar Disebek! Na trama Rudamon II, Apóphis planeja inúmeras armadilhas, preparando um arsenal pesado para garantir a destruição do sucessor de Osorkon (Hor, geneticamente preparado para assumir o legado do herói Rudamon). Não satisfeita em enviar seu filho Serpentus das profundezas do inferno, Apóphis encontra um modo de enviar Disebek de volta ao planeta... Conseguirá Rudamon resistir a tanta pressão Hor Personagem principal da trama, Hor é filho de Osorkon (Rudamon da história anterior que sacrificou a própria vida para salvar o planeta Terra). Hor nasce órfão de pai e mãe, e passa a ser criado por doutor Carlos (melhor amigo de Osorkon). Em Rudamon II o leitor acompanhará toda a vida
  22. 22. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 22 do personagem Hor, desde o nascimento até o momento em que ele toma consciência da missão ao qual foi destinado, para se tornar o novo Rudamon. O personagem passa uma vida inteira buscando explicações sobre o porquê de ele ser diferente dos outros garotos. Amante de esportes radicais e esportista desde a infância, Hor descobre que seu pai foi Rudamon no dia em que foi saltar de pára-quedas pela primeira vez. A partir daí muita coisa começa a mudar em sua vida. Como ele usaria seus poderes? Tudo fica mais complicado quando Hor recebe a máscara de Rudamon e um manuscrito egípcio revelando como utilizar seus poderes. Tudo seria perfeito, se eles não fossem falsos, e os piores super vilões da face da Terra não estivessem em ação... Rudamon “Sempre que fores praticar o altruísmo ou combater o mal, deverás usar a máscara de Osíris. Ela é ativada com o poder do seu pensamento, e esconde a sua verdadeira personalidade. A máscara confere novos poderes, de acordo com a personalidade de quem a estiver usando;” (Rudamon:O Novo Herói- página 68-Demetrio Alexandre Guimarães-Editora Livre Expressão). Além dos poderes que lhe foram transmitidos por Disebek, Osorkon recebeu da máscara de Osíris o poder de evocar os deuses elementais... Qual será o poder que Hor receberá da máscara de Osíris, caso ela venha a chegar em suas mãos?
  23. 23. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 23 RUDAMON II 1º Capítulo A Máscara do Mal as profundezas do inferno de Apophis, as chamas do fogo maldito ardiam em brasa. O cheiro de enxofre tomava conta de toda aquela dimensão infernal. A voz macabra e furiosa da poderosa serpente ecoava por todos os lados: - Escravos! Onde estão os meus escravos? Eu quero os meus súditos diante de mim! Agora! No mesmo instante, vários vultos escuros dirigiram-se em direção a Apóphis, com uma rapidez tão impressionante que só perdia para a velocidade da luz. Os grunhidos e gemidos maquiavélicos eram tenebrosos e num breve momento, estavam todos diante da maior personificação do mal que podia existir. – Eu quero que vocês busquem o deus Seth! Preciso falar com ele! N
  24. 24. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 24 Tragam aquele cão imundo aqui! O escolhido será enviado hoje! Mais do que depressa, os vultos do mal foram para diferentes direções, com gritos apavorantes, procurar o terrível deus Seth. Alguns instantes depois, o inferno todo escutou os macabros uivos de chacal e um estrondoso som de trovão. Seth estava dirigindo-se a Apophis. –O que desejas mestra de todos os mestres? –Você falhou! Respondeu Apophis furiosa. –Como assim venerável senhora? Rudamon está morto! Eu cumpri os teus decretos! –O planeta Terra está na mais absoluta paz! A máscara não foi destruída e Osorkon deixou um filho no planeta! -Como ousas dizer que cumpriu os meus decretos, deus tolo e insolente! _A cada palavra, Apophis rastejava em torno de Seth e levantava-se de repente, como se a qualquer momento fosse dar um bote no mesmo. A fúria no olhar da serpente era enorme, e a cada frase que dizia, o tom de sua tenebrosa voz aumentava cada vez mais. – Por sua causa, vou ter que enviar o meu filho ao planeta! Você não imagina o ódio que isso me causa... Um filho de Apóphis, tendo que assumir a forma humana! Isso é inadmissível! Bradou a serpente. Seth não sabia o que dizer. Apesar de sua apavorante cabeça de chacal causar medo em qualquer um que se aproximasse dele, naquele momento sua feição não passava de um vira lata que acabara de ser chutado. –Peço-te perdão, venerável senhora! Ofereço-me para reparar os erros cometidos! Se desejares, irei agora mesmo destruir a
  25. 25. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 25 máscara e matar o filho de Rudamon pessoalmente! Suplicou Seth com uma voz trêmula. –As coisas não são tão simples assim, seu cão idiota! Se fizéssemos isso, estaríamos provocando uma perigosa guerra com os deuses, que certamente perderíamos! Você não conhece a força de Rá? Seth ficou pensativo. Apóphis continuou... –Temos que agir com calma e derrotar o inimigo usando a inteligência, coisa que, aliás, você não deve possuir! Se batermos de frente com os seres de luz no atual momento que a Terra está vivendo, teremos as nossas forças devastadas! O poder do bem está muito forte no mundo e a única coisa que podemos fazer é ir instalando o mal, lentamente, para depois dar o golpe final! –E o que temos que fazer venerável senhora? –Hoje faz sete dias que Hor nasceu! O meu filho irá encarnar como humano exatamente daqui duas horas! Você não imagina o trabalho que me deu para encontrar o pai ideal, pois o medo de fazer o mal está tão grande entre os seres humanos, que as pessoas temem até os próprios pensamentos. Além do mais, somente os Waja-Hur sabem que Rudamon está morto! Quanto a você, vou te dar apenas mais uma chance... Segundo as profecias, Hor receberá a máscara faraônica de Rudamon quando completar vinte e cinco anos. Se isso acontecer, será o nosso fim, pois Rudamon terá um poder tão grande, que poderá nos destruir pessoalmente. Para evitarmos essa catástrofe, vou lhe dar uma nova missão e espero que você possa ter a competência suficiente para
  26. 26. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 26 realizá-la. –Sim venerável senhora, diga-me o que tenho que fazer que irei imediatamente! –Você irá até as profundezas do inferno buscar o ouro das trevas e confeccionar uma réplica perfeita da máscara de Rudamon. A máscara deverá ficar ardendo em brasa e ser retirada no momento oportuno, quando Hor estiver perto de completar a idade de receber o poder da máscara de Osíris! A máscara feita no inferno deverá substituir à original, que por sua vez, deverá ser entregue ao meu filho, uma semana depois! A máscara falsa irá limitar os poderes de Hor, conduzindo-o ao mal. Se Hor estiver com ela, ouvirá apenas a voz do próprio ego. A falsa máscara abafará a voz do coração de Hor! Já, a máscara verdadeira, tornará o meu filho o Senhor do Planeta! –Que plano fantástico, venerável senhora! _Disse Seth com uma expressão um pouco mais aliviada. –Quando Hor colocar a falsa máscara vai continuar indestrutível, mas não poderá fazer certas coisas que a verdadeira máscara lhe permitiria: - Não conseguirá ouvir os pedidos de ajuda de quase ninguém; - Não poderá estar presente em vários lugares ao mesmo tempo; - Não ressuscitará mais os mortos; - Não poderá curar mais ninguém; - O seu raio aguilhão terá o seu poder reduzido pela metade. Além do mais, toda vez que aquele miserável usá-lo, estimulará as tendências maléficas de seu inconsciente;
  27. 27. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 27 Além desta enorme lista de desgraças que eu lhe passei, a falsa máscara irá impedi-lo de usar o dom que os deuses lhe concederam... –Qual? O poder de invocar os deuses elementais? Perguntou Seth empolgado. –Não... Esse poder era reservado a Osorkon! Os deuses incumbiram a Hor o poder de viajar no tempo, para poder exterminar todas as crueldades que foram feitas no planeta desde o início dos tempos, com o intuito de reintegrar a coletividade da alma humana ao deus Rá, com a energia mais pura possível! -E os raios de luz dourada das mãos de Hor? Terão algum poder? _Perguntou Seth. Os raios de luz dourada são característicos da máscara verdadeira. Estes raios pertencem à força do deus Osíris! A réplica da máscara permitirá que ele utilize apenas metade de capacidade dos poderes da máscara original. Mas aí é que entra a parte interessante... –Qual? Toda vez que Hor utilizar os poderes de suas mãos, o espírito de Disebek começará a tomar posse de seu corpo, lentamente... Chegará um momento em que Hor se sentirá tão culpado e humilhado, devido à sua incompetência, que Disebek tomará posse definitiva do seu corpo. Aí, o meu filho será o rei, e Disebek será o príncipe do planeta Terra! –Desculpe a ousadia, mas eu tenho que lhe fazer esta pergunta... _Disse Seth receoso. E quanto à máscara original? Ouvi dizer que ela foi destinada para o escolhido de Rá... Terá ela algum efeito sobre o seu filho? –Sim! Qualquer pessoa pode usar a máscara e adquirir os poderes que ela
  28. 28. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 28 confere. A questão, é que quando ela é utilizada por alguém que tem os poderes sobrenaturais de Disebek, ela se torna muito mais forte! Este é o caso de Hor, que tem esse poder em seu código genético! Não podemos esquecer que os poderes originais de Disebek são genuinamente puros e foram conferidos pelos deuses elementais! Ele se corrompeu porque era um fraco e estúpido! O único obstáculo que teremos, é que a OSWH protege a máscara! Você está incumbido de tomar as devidas providências para substituir a verdadeira máscara pela réplica feita no inferno. Quanto ao meu filho, tenho planos de conferir a ele poderes sobrenaturais extras, que quando forem utilizados junto com a máscara original, o tornará indestrutível! Você também entrará nessa parte... –E como farei isso, venerável senhora? Existe uma bruxa no Egito, que lidera uma escola de mistérios que estuda os poderes sobrenaturais do mal há séculos. Ela nunca deixou de ser fiel a nós, mesmo quando Osorkon estava vivo. O nome dela é Asru. O único problema, é que essa escola estudou até hoje a teoria dos poderes do mal, mas nunca os colocou em prática, por pura incompetência! Imagine a surpresa e a emoção dessa mulher, quando você aparecer pessoalmente a ela, incumbindo-lhe uma missão? –E qual será esta missão, venerável Serpente? -Você lhe entregará o manuscrito de Satan. Esse manuscrito ensinará a Asru como confeccionar a caixa de poder do panteão animal egípcio. Esse poder irá conferir ao meu filho,
  29. 29. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 29 energias sobrenaturais da força animal, tornando-o poderosíssimo. Além do mais, Asru deverá instalar no planeta a força espelho do panteão egípcio! - Força espelho? Perdoe a minha ignorância venerável senhora, mas desconheço esse poder. -Toda força que existe no mundo, possui uma força contrária exatamente oposta! Asru deverá despertar os gênios contrários do panteão egípcio através do espelho feito no fogo do inferno, que você deverá entregar a ela junto com o manuscrito de Satan! No momento certo, Asru será avisada quanto à utilização do espelho, e triunfaremos sobre a luz! Será a vitória definitiva das forças do mal! Dito isto, Apophis emitiu uma sonora gargalhada. –Agora escuta aqui, seu cão inútil... Se você falhar nessa missão, vou aniquilar a sua existência! Só não te eliminei ainda porque vou precisar de você! Se tiver êxito, vou esquecer que você foi incompetente em sua última missão. Agora vá cuidar dos seus afazeres, que eu preciso me despedir de meu filho! Apóphis
  30. 30. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 30 deus Seth
  31. 31. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 31 2° Capítulo 25 de Novembro de 2009 a sala de espera do laboratório de exames pediátricos, doutor Carlos segurava o pequeno Hor no colo. Aqueles lindos olhinhos azuis que o bebê herdou de Freda, encantavam o médico que assumiu o menino amando- o como se fosse o seu próprio filho, apesar da tristeza que sentia pela morte da mãe da criança e pelo desaparecimento de seu velho amigo Osorkon. Enquanto contemplava aquele pequeno ser, doutor Carlos refletia como seria difícil explicar ao menino que sua mãe morreu quando deu a luz ao mesmo. –Tomara que Osorkon apareça! Será mais difícil ainda explicar a sua ausência... Pensava doutor Carlos consigo mesmo. Os pensamentos de doutor Carlos só foram interrompidos quando a secretária o chamou... –Doutor N
  32. 32. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 32 Carlos! Os exames que o pediatra solicitou ao pequeno Hor já estão prontos. O senhor já pode apanhá-los, basta assinar esses papéis. Enquanto doutor Carlos assinava os papéis de retirada dos exames, o chefe do laboratório aproximou-se dele... –Bom dia! O senhor é o pai da criança? -Não. Hor é filho de um amigo meu que precisou se ausentar por algum tempo, deixando a criança sob os meus cuidados, pois o menino ficou órfão de mãe. –Que triste! Isto é lamentável... –Permita- me apresentar-me, sou Doutor Rodrigo, o chefe responsável por este laboratório. –Muito prazer! Sou Doutor Carlos. Clínico geral e estou preste a fazer especialização em oncologia. _Disse doutor Carlos apertando a mão de doutor Rodrigo, enquanto segurava Hor meio sem jeito com a outra mão. – Doutor Carlos, eu sei que o senhor deve ser um homem muito ocupado, assim como eu, mas poderia me emprestar uns cinco minutinhos de seu tempo para conversarmos? -Sim, sem problema nenhum! –Por favor, venha até a minha sala. Doutor Rodrigo dirigiu-se à sua sala, seguido de doutor Carlos que ainda não tinha descoberto qual era a fórmula correta de segurar um recém nascido no colo. –Sente-se doutor Carlos. Coloque a criança deitada naquele berço para ficar mais à vontade, se o senhor achar melhor, é claro... – Acho que o senhor me deu uma boa idéia!_ Doutor Carlos colocou o pequeno Hor no berço, sentando-se em seguida.
  33. 33. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 33 –Bem doutor Carlos... O fato de que o senhor é um médico, vai auxiliar muito nessa conversa que quero ter contigo. Empreste os exames, por favor! _Doutor Carlos entregou os envelopes ao doutor Rodrigo que tirou os exames dos mesmos, entregando-os de volta sem os envelopes. –Por favor, eu gostaria que o senhor visse os resultados com os seus próprios olhos... Doutor Carlos conferiu os exames e ficou surpreso, pois estavam iguais aos exames de Osorkon depois que o mesmo sofrera o ataque dos escorpiões no deserto egípcio. Sem saber o que dizer, o médico tentou disfarçar... –Realmente os exames estão incomuns. Vou tomar as devidas providências. –Que tipo de providências doutor Carlos? O código genético e o sangue dessa criança não são humanos! Pelo estudo que eu fiz, o DNA de Hor é uma mistura de humano com artrópode. Eu nunca tinha visto esse tipo de coisa na vida! O senhor tem que concordar comigo que este caso é bizarro e sem explicação! Precisamos estudar este bebê... _Doutor Carlos começou a ficar nervoso e sem saber o que dizer, e após refletir por alguns instantes.. . –Doutor Rodrigo, eu não sou o responsável por esta criança! Eu apenas estou responsável por ela. Vou passar essas informações ao pai da mesma, quando ele voltar, e deixar que ele decida o que vai fazer. –Quando o pai da criança vai voltar? _Perguntou doutor Rodrigo. Doutor Carlos tentou disfarçar. -Eu não sei... Ele saiu para pesquisar uns escorpiões diferentes no Egito, e não faço a menor idéia de quando ele volta! Você já deve ter ouvido falar nele... É o famoso doutor
  34. 34. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 34 Osorkon, especialista em escorpiões! _Doutor Carlos tentou desconversar da maneira que pode. –Doutor Osorkon! Claro que eu o conheço! O herói que inventou os antídotos OSK1 e OSK2 contra escorpiões! – Sim, realmente ele é um herói... _Disse doutor Carlos com certo sorriso misterioso de satisfação. –Será que Osorkon andou fazendo algum tipo de experiência genética no próprio filho recém nascido?-Claro que não!_Respondeu Doutor Carlos em tom de admiração._Doutor Rodrigo continuou: - Doutor Carlos, como pesquisador eu sugiro darmos início às pesquisas o quanto antes! O pai da criança também é um pesquisador, ele vai entender... O quadro que o bebê apresenta, é o de uma anomalia, algo que nunca foi visto em nenhum ser humano! _Doutor Carlos pensou numa rápida saída... –Agora eu entendi o que aconteceu com Hor! Disse doutor Carlos em tom de ter feito uma grande descoberta... -Osorkon havia me dito que vacinaria o filho com os seus antídotos assim que ele nascesse. Os exames devem ter saído desta forma, porque a vacina deve levar certo tempo dentro do organismo! É isso! _Terminou doutor Carlos com um sorriso de alívio, certo de que a conversa já podia ser encerrada. _Doutor Rodrigo fez um olhar de desafio e continuou... –Doutor Carlos, por favor... Não subestime a minha inteligência! Eu não sou apenas um pesquisador de laboratório! Também sou um geneticista! Além do mais, eu já fiz testes sanguíneos com pessoas que tomaram os antídotos de doutor Osorkon! Elas não apresentaram o mesmo quadro
  35. 35. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 35 que Hor! _Doutor Carlos ficou sem graça e realmente sem saber o que dizer. –Desculpe o que vou lhe dizer doutor Carlos, mas esta criança tem características que podem torná-la um mutante! Não sabemos nada sobre o que poderá acontecer com ela no futuro! Por isso é necessário que a estudemos, para o próprio bem dela! Além do mais, depois que Rudamon apareceu no planeta com todos aqueles monstros horripilantes, não sabemos que espécie de radiação sobrenatural possa ter atingido os seres humanos! Hor pode ser apenas o primeiro caso que eu examino, mas podem aparecer outros! O senhor tem que colaborar com a ciência! Quanto antes o estudarmos, melhor! Poderemos estar evitando uma geração de mutantes! _Doutor Carlos ficou mais nervoso ainda, e perdendo o controle exaltou-se... –Por favor, doutor Rodrigo, não insista! Enquanto doutor Osorkon não regressar de suas pesquisas, eu não posso passar por cima de sua autoridade de pai! Ele é quem deve decidir! – Telefone para ele! Peça autorização! Ele vai entender! _Disse doutor Rodrigo um pouco exaltado, elevando mais o seu tom de voz. Nesse exato momento começava um barulho muito forte de ventania e caiu uma forte tempestade. O céu ficou escuro fazendo aquela bela manhã de segundos atrás parecer noite. Doutor Rodrigo olhou pela janela surpreso... –Que estranho... Eu nunca vi um dia de sol tão lindo como este, ficar escuro tão de repente desse jeito! Antes de sair de casa, eu assisti o
  36. 36. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 36 jornal e a mulher do tempo falou que teríamos um bom tempo o dia todo! Veja como está escuro! Parece noite! Aliás, se estivesse de noite, poderíamos dizer que foi a noite mais escura que já vimos... –Verdade doutor Rodrigo! O homem do tempo já errou algumas vezes, mas desta vez ele se superou! Parece que vai cair um dilúvio! A escuridão que está lá fora é aterrorizante! Veja como as árvores estão se movendo com a ventania! Parece que elas vão ser arrancadas do solo! –Será que teremos outro ataque de monstros? _Perguntou doutor Rodrigo com ar de preocupação. –Espero que não! Respondeu doutor Carlos que estava indo pegar Hor no colo, que chorava de modo desesperado, berrando de forma que ia muito além de um simples choro de recém nascido. O fenômeno durou exatamente dez minutos, o mesmo tempo que Hor chorou. Os dois homens não sabiam o que mais lhes angustiava, se o choro da criança, ou aquela escuridão toda.
  37. 37. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 37 Como um milagre, de repente, o dia havia voltado exatamente como estava antes, e Hor parou de chorar, como se nada tivesse acontecido. –Realmente, este acontecimento foi muito estranho... _Disse doutor Carlos. –Verdade... Eu senti um medo e uma agonia tão terríveis quanto ao ataque daquelas múmias incendiárias! _Depois que tudo ficou mais calmo, doutor Rodrigo insistiu... –Voltando a nossa conversa, pense na hipótese de pesquisarmos o bebê! Eu vou te dar o cartão do meu professor, doutor Manfred, ele poderá te orientar melhor! - Doutor Manfred? Aquele carniceiro nazista? Nem pensar! É lamentável saber que você estudou com ele! _Exaltou-se novamente doutor Carlos. –Escuta doutor Carlos, como você pode julgar uma pessoa sem conhecê-la? Muitas coisas que falam a respeito de doutor Manfred, são lendas! Além do mais, ele não é um nazista, é apenas um revisionista que quer estudar de forma científica a outra parte da história! Ele faz isso por hobby. Você tem que concordar que ele é o melhor geneticista do país! – Agora é você quem está subestimando a minha inteligência! Aquele homem é capaz de fazer pesquisas terríveis e a sangue frio, com a própria mãe, se é que aquilo tem uma mãe! Além do mais é um racista inescrupuloso, que se pudesse, só deixaria a raça branca no mundo! _Bradou doutor Carlos em tom de desabafo. –Quem te disse essas besteiras? _Perguntou doutor Rodrigo. –Eu estou no meio científico e conheço muita gente! Não foi uma ou duas pessoas que me falaram! Foram quase todas! – São boatos! Eu pessoalmente acho o doutor Manfred uma
  38. 38. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 38 pessoa inteligentíssima que pode contribuir muito na área dos estudos genéticos! _Disse doutor Rodrigo em tom de defesa. –Boatos? Que nada? As pessoas que me falaram conhecem Manfred pessoalmente! Aquele homem é um mau caráter e não tem escrúpulos! -É por isso que eu vou te dar o cartão dele! Se conhecê-lo pessoalmente, vai ver que as coisas que ouviu a seu respeito, não passam de comentários de pessoas invejosas! –Escute doutor Rodrigo... Eu agradeço a sua intenção e entendo o seu interesse científico! Acho que já perdemos tempo demais com essa discussão, e somos pessoas muito ocupadas para perdermos tempo. Além do mais, estou com uma criança recém nascida para cuidar. Eu só te peço que mantenha sigilo e que seja profissionalmente ético! Não comente nada a respeito desses exames com ninguém, até o pai da criança retornar e conversar com você. Passar bem! _Em seguida, doutor Carlos apertou a mão de doutor Rodrigo, levantou-se, pegou o pequeno Hor no colo e saiu pensando consigo mesmo: - Preciso encontrar o tal mestre Huni! Ele deve saber alguma coisa sobre Osorkon! O problema é que o encontrei em condições adversas! Quantos homens devem se chamar Huni no Egito... Não sei nem por onde começar! Vou procurar nas coisas de Osorkon! Ele deve ter algum telefone ou algum endereço do senhor Huni. _Enquanto doutor Carlos colocava o bebê no carro, doutor Rodrigo fazia uma ligação... –Por favor, o doutor Manfred está? Preciso falar com ele, é muito importante! –Ele não está! O filho dele acabou de nascer a alguns minutos atrás, e
  39. 39. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 39 acredito que no momento nada possa ser mais importante do que isso! _Respondeu a secretária do doutor Manfred. –Por favor, então anote o meu recado... _Disse doutor Rodrigo ansioso... Doutor Carlos ficou horas revirando a casa de Osorkon, até conseguir encontrar o telefone e o endereço de Huni. Para o seu desespero, além de gastar uma alta quantia com o tradutor egípcio que contratou para fazer o telefonema, acabou descobrindo que Huni havia mudado de endereço e a pessoa que atendeu a ligação não sabia nada sobre o seu paradeiro. Para piorar as coisas, na agenda de Osorkon estava apenas o primeiro nome do mago. –Preciso sair do Estado de São Paulo sem deixar rastros! Aquele tal doutor Rodrigo não parece ser confiável, e sinto que Hor está correndo perigo! _Disse doutor Carlos consigo mesmo. Doutor Carlos olhou carinhosamente para Hor e disse: - É... Campeão... Vamos para Santa Catarina! Fato número 1 aquela mesma noite, depois que o bebê dormiu doutor Carlos ainda preocupado, resolveu assistir ao noticiário para se distrair um pouco. As notícias não pareciam ser tão boas como nos tempos de Rudamon... –Internado hoje no hospital psiquiátrico de Santa Catarina, o famoso cientista doutor Berg, químico e doutor em genética dos mais respeitáveis do país. Com apenas vinte e oito anos de idade, doutor Berg que nasceu um garoto prodígio, é N
  40. 40. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 40 formado em química e genética, com pós-doutorado em tecnologia, que cursou nos Estados Unidos. É o primeiro caso de internação depois que Rudamon curou todos os doentes do mundo. O que intriga os médicos é o fato de que o quadro apresentado pelo cientista assemelha-se a uma overdose de drogas. A questão é que não existe mais o tráfico de entorpecentes há algum tempo. Alguns pesquisadores acreditam que ele deva ter feito uma experiência com substâncias químicas, sendo ele mesmo a cobaia. Doutor Berg foi internado pela manhã, e a única frase que consegue dizer é: - Vou dominar o mundo! _Doutor Carlos levantou-se para pegar um refrigerante e falou consigo mesmo... –No mínimo deve ter sido aluno do doutor Manfred! Ainda bem que está internado, senão eu teria que mudar para outro Estado! _Enquanto apanhava o refrigerante e fazia um pequeno lanche por causa da fome repentina, doutor Carlos se concentrava nas notícias mesmo estando na cozinha... –Hoje ocorreu um fenômeno no planeta que intrigou os meteorologistas! Durante dez minutos, todos os países do mundo vivenciaram um período de escuridão e tempestade, nos dois hemisférios. Esse tipo de fenômeno nunca tinha acontecido até então... Varias casas foram devastadas, pessoas ficaram desabrigadas, crianças e animais morreram... O vendaval foi tão forte que muitas emissoras saíram do ar. Várias pessoas comentaram que durante o tempo em que o fenômeno durou, muitos animais ficaram agressivos, inclusive atacando os próprios donos. Outro relato
  41. 41. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 41 interessante foi que todas as crianças recém nascidas do planeta choraram desesperadamente, e só pararam de chorar depois que o fenômeno parou. Os cientistas denominaram o fenômeno de “noite negra”. O que aumenta o desespero de todos é que Rudamon não apareceu para nos ajudar! Algumas pessoas acreditam que algum daqueles terríveis monstros possa ter matado o herói, e que este fenômeno deve ter sido causado por alguma criatura sobrenatural! Nesse momento, todos fazem a mesma pergunta: Onde está Rudamon? _Doutor Carlos dirigiu-se até o sofá com o prato numa mão e a lata de refrigerante na outra... –É meu velho amigo... Onde está você? Onde?
  42. 42. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 42 3° Capítulo O Novo Mestre Waja-Hur pós a morte de Osorkon e a destruição do templo, os membros da Ordem Secreta dos Waja-Hur passaram a se reunir num enorme porão de uma casa localizada no Cairo. Huni utilizava o anel de ouro em sua mão direita, anel este que concentrava todo o poder da pirâmide de ouro Waja-Hur, fato que lhe dava as condições necessárias para realizar um ritual da Ordem em qualquer lugar que quisesse. A máscara faraônica de Rudamon estava muito bem guardada no subsolo do porão, sob sua proteção. O velho mestre completaria trinta anos de gestão, fato que significava a troca de comando do templo, segundo os manuscritos antigos daquela escola de mistérios. O eleito para assumir a função já estava preparado A
  43. 43. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 43 para o cargo, e Huni o chamou para uma conversa em sua nova casa, na véspera do ritual de posse. Era dia 24 de Dezembro de 2009. Sahathor dirigia-se ansiosamente à casa de Huni. O futuro mestre tinha apenas trinta anos de idade, e foi considerado pelos membros como o mais preparado para assumir a importante missão. Muitas coisas passavam por sua cabeça, e o fato de assumir tal responsabilidade lhe causava uma mescla de alegria com certo medo. Huni abriu a porta de sua casa... –Olá Sahathor, como vai você? Entre por favor! _Disse Huni dando um abraço no futuro jovem mestre. Apesar da fortuna de Huni, a casa onde ele morava atualmente era bem simples e improvisada, pois o velho mestre não pretendia ficar nela por muito tempo. –Sente-se Sahathor e sinta-se em casa! Vou pedir à empregada para lhe servir o café. _Disse Huni mostrando o sofá ao rapaz. Depois que o café foi servido, Huni começou a conversa... –É, meu jovem... Trinta anos se passaram e eu nem percebi! Agora que eu já estava acostumado a ser um mestre, terei que lhe passar o cargo! Parece que foi ontem... 25 de Dezembro de 1979... Eu tinha apenas vinte e dois anos... Fui o mais jovem mestre a ser instalado na OSWH! Ao longo de todos esses anos enfrentei muitas alegrias, muitas tristezas e contratempos, mas muitos segredos me foram revelados... Posso lhe dizer que terei certo alívio ao deixar o meu cargo, pois vou descansar... Mas não nego que estou sentindo certa nostalgia e um aperto no peito por ter que abandonar o meu cajado de mestre! Mas a vida é assim mesmo! Tudo tem o seu
  44. 44. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 44 tempo... _Huni colocou a xícara de café com o pires sobre a pequena mesinha da sala, dando um enigmático suspiro que não mostrava nem satisfação, e nem tristeza. Sahathor, um pouco constrangido, expôs suas palavras. –Confesso ao senhor que estou muito triste de saber que não vou vê-lo mais atuando como mestre! Estou ansioso e me sentindo privilegiado, mas estou com medo, pois sei o peso da responsabilidade que acompanha todo o mestre Waja-Hur. Sinto-me jovem demais para tomar posse de tão importante cargo, estou casado há apenas dois anos e a minha filha acabou de nascer! A minha vida profissional não está bem definida ainda, e estou passando por terríveis dificuldades financeiras. No entanto, senti uma alegria muito grande quando o senhor me falou que assumiu o seu cargo mais jovem do que eu! Esse fato mostra que posso estar realmente preparado, apesar dos pesares. _Sahathor saboreou mais um gole de café. –Pois bem, meu jovem... Foi por isso que lhe chamei aqui! Antes que você passe pelo ritual de posse, é muito importante eu lhe passar um pouco da minha experiência de mestre. Você precisa conscientizar-se que apesar dos segredos e poderes que receberá nessa função, a sua vida fora do templo será como a vida de qualquer mortal! Você não estará isento de problemas, doenças e infortúnios, apesar de todo o conhecimento e responsabilidade que receberá! Você não deve pensar que o deus Rá estará a sua disposição o tempo todo, o que seria egoísmo e imaturidade de sua parte, pois ele tem milhões de filhos no mundo! Um mestre Waja-Hur deve
  45. 45. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 45 estar preparado para aniquilar o próprio ego, abnegando-se de tudo aquilo que os profanos gostam de fazer, e acham que têm o direito para isso! Você terá que confiar em você mesmo, e em mais ninguém! Você acha que está preparado para isso? –Preparado eu não sei... Mas tenho a consciência sobre tudo isso que o senhor me disse. –Todo mestre Waja-Hur tem uma importante missão para executar no mundo, além das atribuições ritualísticas do templo! Você será responsável por algo sagrado, que é protegido há séculos... Qualquer erro de sua parte poderá ser fatal! Lembra da escuridão e dos fenômenos que ocorreram mês passado no planeta? –Sim! Aquilo foi terrível! -Pois então... Eu não tive um bom pressentimento em relação àquele fato! Minha intuição me diz que algo muito ruim está para acontecer, e que o mal está tentando se apossar do planeta novamente! Osorkon morreu, mas deixou um legítimo herdeiro. Não existem mais escorpiões sobrenaturais no planeta, pois graças ao deus Rá, conseguimos destruí-los! Segundo a profecia, o filho de Osorkon deverá cumprir a missão de reintegrar a humanidade ao seu estado mais puro de evolução, e ele irá precisar de você, assim como Osorkon precisou de mim! Não sabemos ao certo o que as forças do mal estão planejando, pois elas são bastante sutis... Mas não pense, jamais, que elas desistem! Se você falhar com o herdeiro da máscara, o mal poderá se apossar do planeta definitivamente, e todos nós correremos os riscos de nos tornarmos escravos de Apóphis! Espero que você esteja bastante consciente em relação a isso!
  46. 46. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 46 –Sim, eu estou! Sei que o meu fardo será bastante pesado, mas se fui o escolhido, tentarei fazer o meu melhor! – Outra coisa que preciso lhe falar... As forças do mal vão tentar ganhar você de todas as formas! Muitas tentações e infortúnios serão provocados por elas, para que você se alie às mesmas. Vou te dar um grande conselho... Aconteça o que acontecer, não ceda! Não traia a Luz, jamais! Existe um grande castigo dos deuses, reservado àqueles que traem as forças do bem! –E em relação ao herdeiro da máscara? Como terei que proceder? –Quando ele completar vinte e cinco anos, você deverá procurá-lo e proceder exatamente segundo as orientações que eu vou lhe passar! Lembre-se que você sempre poderá contar comigo como conselheiro, para qualquer coisa que precisar! O filho de Osorkon deverá receber um poder especial, diferente dos outros dois Rudamons que existiram! Há uma caixa do tempo enterrada sob as areias do deserto, bem no local onde se situava o nosso templo que foi destruído! Essa caixa foi construída pelo deus Osíris, com o ouro mais sagrado que existe no universo. Antes que ela fosse enterrada, o mestre daquela época recebeu a mesma de um mensageiro, que lhe autorizou a testá-la para que comprovasse a veracidade dos fatos. O mestre dirigiu-se ao ano de 2007, no dia em que Osorkon estava sendo atacado pelos escorpiões de Disebek, comprovando realmente que a caixa tinha esse poder. Inclusive o próprio Osorkon conseguiu vê-lo, embora não soubesse do que se tratava. O filho de Osorkon só poderá incorporar os poderes da caixa do tempo, depois que receber
  47. 47. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 47 a máscara de Osíris, através da qual assumirá seu verdadeiro poder de Rudamon... Somente ele poderá retirá-la do local, utilizando o raio de luz dourada de suas mãos. Eu lhe entregarei a máscara e o manuscrito no ritual de posse de mestre. Você deverá procurar o filho de Osorkon no Brasil, e entregar a ele, no dia do aniversário em que ele completar vinte e cinco anos. Você está vendo este anel no meu dedo? _Huni mostrou a mão direita à Sahathor. –Este anel tem a força da pirâmide de ouro do templo Waja-Hur! Você só irá recebê-lo, depois que entregar a máscara e o manuscrito ao herdeiro de Osorkon! E eu farei questão de lhe entregar este anel pessoalmente, se Rá permitir que eu esteja vivo na ocasião! –Que assim seja! Que Rá dê vida longa ao senhor! -Bem Sahathor... Acho que já lhe falei tudo àquilo que julgava ser necessário! Vá para a sua casa, pense somente em coisas puras e descanse bastante, pois amanhã, será o grande dia de sua vida! O Ritual de posse do novo cargo de Mestre ia 25 de Dezembro de 2009. O ritual para a posse de cargo estava prestes a começar. Trinta homens vestiam túnica e capuz vermelhos, formando um grande círculo de mãos dadas. Tambores eram tocados em compasso binário. No centro do círculo, havia um altar com a máscara de Rudamon e um pergaminho ao lado. Sinos começaram a ser tocados... Huni entrou no templo vestido com a sua túnica e D
  48. 48. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 48 capuz violetas, e portando o seu cajado. O círculo foi desfeito para que o mestre se dirigisse ao centro do mesmo. Quando Huni assumiu o seu posto no centro do círculo, os tambores e os sinos pararam de tocar. –Pitonisa! Conduza o novo mestre ao centro do círculo! _Bradou Huni com voz firme e imponente. Os tambores voltaram a soar em ritmo binário. O círculo de homens se desfez novamente, para dar passagem ao novo mestre. A linda pitonisa que vestia seus longos trajes azuis conduzia Sahathor, que por sua vez, estava vestido com a túnica violeta de mestre. Quando ambos chegaram ao centro do círculo, ficaram frente a frente com Huni... Os tambores cessaram novamente. Huni empunhou o seu cajado, e começou a dizer solenemente... -A partir de hoje, Sahathor será o novo mestre Waja-Hur, até o ano de 2039! Será, portanto, o responsável pelos trabalhos de nossa Ordem! _Huni dirigiu o seu olhar firme e convicto a Sahathor e continuou... -Tu deverás iniciar os buscadores da Luz, e cuidar dos segredos e poderes dos quais terás acesso, jurando protegê-los de qualquer pessoa que seja indigna de recebê-los! Deverás proteger a máscara de Rudamon e jurar lealdade à mesma! Deverás entregá-la ao herdeiro de Osorkon, assim que ele completar vinte e cinco anos! Huni bateu palmas três vezes, espaçadamente... Após as palmas, um enorme gongo também soou por três vezes. Os tambores voltaram a ecoar num compasso binário. Os homens de vermelho desfizeram o círculo. De repente
  49. 49. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 49 surgiu no templo outra bela pitonisa, vestindo longas vestes brancas e trazendo em suas mãos a imagem do deus Osíris. Outras três pitonisas, que também vestiam túnicas brancas, acompanhavam-na. Uma delas segurava um turíbulo que queimava ervas aromáticas; a segunda segurava um cajado marrom; a terceira trazia um pergaminho, que foi entregue a Huni. Huni abriu o pergaminho e ordenou Sahathor ajoelhar- se diante da pitonisa que segurava a imagem de Osíris. Enquanto o futuro mestre estava ajoelhado, os homens de vermelho deram-se as mãos fechando o círculo novamente. Huni dirigiu novamente o seu olhar para Sahathor, e começou a ler o pergaminho solenemente... –Juras diante da imagem de Osíris, assumir os compromissos de um mestre Waja-Hur? –Sim! Respondeu Sahathor. – Juras proteger a máscara de Rudamon e o pergaminho sagrado, entregando-os ao filho de Osorkon quando este completar vinte e cinco anos? –Sim! - Juras que jamais se aliarás às forças do mal, não importando o que esssas te ofereçam? –Sim! -Juras não revelar nenhum segredo de nosso templo a ninguém que pertença à nossa Ordem? –Sim! _Neste exato momento, Huni deu um imenso sorriso para Sahathor, colocando o seu próprio cajado no chão. A Pitonisa que carregava o cajado marrom entregou-o para Huni. O mestre apontou o cajado para o alto, e fitando profundamente os olhos de Sahathor proferiu... Pelos poderes que me foram conferidos, passo-lhe o cajado de um mestre Waja-Hur! A partir de agora, és o novo mestre! _Dito isso, entregou o cajado a Sahathor, e prosseguiu o seu discurso... -
  50. 50. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 50 Os poderes deste cajado lhe serão revelados com o tempo, à medida que mostrares o devido merecimento! _Doze badalos de sino ecoaram pelo templo. Os homens desfizeram o círculo. Huni deixou o templo, seguido das pitonisas. O novo mestre estava instalado. Depois que o templo foi devidamente arrumado, os membros Waja-Hur fizeram uma grande confraternização fora do mesmo. Todos festejaram a posse do novo mestre, regados
  51. 51. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 51 com suco de uva e nozes. Huni chamou Sahathor para uma conversa particular... –Parabéns meu amigo! É o novo mestre! –Obrigado Huni! Foi uma emoção muito grande! –Eu preciso lhe pedir um grande favor... _Suplicou Huni, colocando sua mão direita sobre os ombros de Sahathor. –Diga meu amado mestre! O que tu pedires, para mim será uma ordem! –Que bom poder contar com você! É o seguinte... No dia 17 de Novembro de1975, eu era um guardião Waja- Hur e estava fazendo uma peregrinação iniciática pelo deserto. De repente Rudamon surgiu diante de mim! Ele retirou a máscara, e me pediu para realizar uma missão... Quando eu vi o seu rosto, estranhei... Ele não aparentava ser o egípcio Jarha, segundo as descrições que temos nos manuscritos de nossa Ordem... Era um belo rapaz louro e de olhos azuis... Ele entregou a máscara a mim, e me disse que no dia seguinte o seu pai iria nascer no Brasil, e que seria um famoso pesquisador de escorpiões chamado Osorkon. Eu deveria procurá-lo, e entregar-lhe a máscara faraônica de Rudamon, pois o seu pai seria o eleito dos deuses. Depois que o rapaz me disse isso, sorriu e desapareceu. Eu prometi a Osorkon que lhe contaria essa história depois que ele cumprisse a missão que lhe foi incumbida, matando o terrível Disebek. O problema é que Osorkon decidiu sacrificar a própria vida, e morreu junto com o monstro... O mínimo que eu posso fazer para aliviar a minha consciência
  52. 52. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 52 de não ter contado a Osorkon, é informar ao filho dele sobre essa história. Quando você encontrá-lo, peço-lhe a gentileza de contar-lhe. –Que engraçado... Pelo o que eu entendi, o rapaz fez uma viagem no tempo e sabia que o pai iria nascer no dia seguinte! _Disse Sahathor admirado. –É verdade... Eu refleti durante anos sobre esse acontecimento... Até agora, eu não consegui entender o que realmente possa ter acontecido... _Disse Huni com olhar distante.
  53. 53. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 53 4° Capítulo 2019 lorianópolis, 03 de março... Doutor Carlos e o garoto Hor, adaptaram-se muito bem à capital catarinense, ao longo dos últimos dez anos. O médico conseguiu criar o menino com muita tranqüilidade, além de terminar a sua especialização em oncologia. Sua expectativa em relação ao amigo Osorkon estar vivo já tinha diminuído, apesar de ainda existir uma ponta de esperança. Hor por sua vez, considerava- o como um pai. Além de ter herdado os olhos azuis da mãe, os seus cabelos eram tão loiros quanto aos de Freda. Em compensação o rosto... Ninguém podia negar que ele era realmente o filho de Osorkon. Hor gostava muito de jogar futebol. E o seu tio Carlos, modo pelo qual ele chamava carinhosamente pelo médico, não perdia um jogo. Hor era muito bom de bola, um verdadeiro craque. O problema era o seu temperamento... Um tanto quanto rebelde, no entanto, amoroso. O menino nunca tinha ficado doente na vida, tão pouco sofrido nenhum ferimento sequer. Qualquer corte ou hematoma que ocorria com ele, cicatrizava e curava na hora, quase que instantaneamente. As “entradas duras” dos zagueiros adversários, muitas vezes até maldosas demais, nada lhe faziam. Para a decepção dos mesmos, Hor levantava-se do gramado em perfeitas condições, e cobrava a falta rapidamente para continuar o jogo. No entanto, esse fato não livrava os adversários de F
  54. 54. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 54 tomarem um sopapo de vez em quando daquele atacante “lemãozinho”, briguento e temperamental. O garoto também era bom de briga, apesar de não gostar de artes marciais como o seu pai gostava. De estudar... Hor não gostava muito. A única matéria que ele adorava era história. Doutor Carlos vivia pegando no pé do menino... “-Vamos estudar garoto! Senão você não vai mais poder jogar bola!” _Hor amava doutor Carlos como um pai de verdade. Assim como Carlos, o menino tinha alguma esperança de que Osorkon pudesse aparecer a qualquer instante, embora tivesse dúvidas se conseguiria cultivar o mesmo sentimento que tinha pelo “tio Carlos”, caso Osorkon aparecesse. Como fazia diariamente pelas manhãs, Hor estava jogando bola no campo de futebol no clube onde treinava antes de ir para a escola. Doutor Carlos assistia aos treinos do garoto com grande orgulho, ao lado de outros pais que também podiam acompanhar o treino de seus filhos naquele horário. Na arquibancada, além dos pais, amigos e familiares dos pequenos jogadores, um misterioso homem também acompanhava os seus treinos todos os dias... O treino estava terminando, e doutor Carlos ainda tinha que levar o garoto para tomar banho e almoçar, afinal, a escola estava a sua espera.
  55. 55. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 55 Naquele dia, as aulas tinham passado rapidamente, e Hor esperava doutor Carlos apanhá-lo na porta da escola, como sempre fazia. Às vezes doutor Carlos demorava um pouco, pois, vida de médico, era assim mesmo. Enquanto esperava pelo médico, Hor notou que o seu colega de classe Franz, um cruel garoto que adorava bater nos meninos negros da escola, estava em companhia de seis garotos do sétimo ano. Franz estudava na mesma turma que Hor, mas adorava andar com os garotos mais velhos, a fim de intimidar os seus colegas e demonstrar poder. Assim como Franz, cada um dos meninos segurava um pedaço de pau e todos pareciam bastante mal intencionados. Como o querido “tio Carlos” sempre se atrasava um pouco, Hor resolveu segui-los... Algumas quadras adiante, Franz agachou-se no portão de uma casa e começou a chamar um gatinho que pertencia a uma senhora viúva. O bichano fazia festinha para os garotos, esfregando-se de um lado para o
  56. 56. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 56 outro no portão e ronronando para os mesmos. Assim que o gatinho aproximou-se de Franz, este lhe acariciou ganhando a sua confiança, pegou-o e colocou-o dentro de um saco de lixo. Franz olhou para os colegas, e após dar um sorriso malicioso falou... –Vamos levar esse bicho ao terreno baldio e espancá-lo até a morte! Depois agente volta e joga ele de volta no quintal dessa velha miserável! Assim da próxima vez, ela aprende a devolver a nossa bola quando cair no quintal dela! _Em seguida, esboçou um cruel sorriso. Hor que assistiu toda a cena e ouviu o comentário feito por Franz, ficou furioso de ódio. O seu coração começou a disparar e o seu rosto ficou vermelho. Não agüentando ver aquela cena, dirigiu-se com tudo em direção aos garotos... – Vocês são um bando de covardes! Por que vocês não enfrentam alguém do mesmo tamanho? _Um dos garotos olhou para Hor e falou... –O que você quer conosco, bebezinho órfão do sexto ano? O titio ainda não veio te buscar? _Todos os garotos caíram na risada. Franz olhou para Hor com deboche e falou... –É melhor você cair fora daqui! Vai procurar aqueles negrinhos que você chama de amigos e não aborreça! Senão você será espancado junto com o gato! _Os garotos começaram a rir novamente. Hor ficou mais furioso ainda e correu em direção a Franz, tomando-lhe o saco de suas mãos e colocando o gato de volta na casa de sua dona. Para certificar-se que o pobre bichano não correria mais riscos, Hor bateu o pé com força ao lado de fora do portão e
  57. 57. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 57 fez um barulho com a boca, espantando o gato que correu para dentro de casa na maior velocidade que pôde. Feito isso, encostou a sua testa na testa de Franz, e olhando fixamente em seus olhos lhe disse... –Quem vai me espancar? Você? Pode vir então! _Neste meio tempo, os garotos do sétimo ano foram rapidamente em direção a Hor e seguraram- no. Dois deles imobilizaram as suas pernas e outros dois imobilizaram-lhe os braços. Franz encostou o dedo no nariz de Hor... –Você vai aprender a não se meter com a gente! Vou lhe dar uma surra! _Hor olhou para Franz com mais ódio ainda e lhe disse em tom de desafio... –Por que você não me bate, sem que os seus namoradinhos me segurem? Você tem medo de mim, covarde? _Franz ficou enfurecido... –Soltem este idiota! Vou bater nele sozinho, e fazê-lo engolir os dentes por tudo o que ele falou! Os garotos soltaram-no imediatamente. Um deles até pegou o celular para filmar a briga. Os seis meninos fizeram uma roda ao redor dos dois. Franz avançou com tudo para cima de Hor e desferiu-lhe um soco. Hor esquivou-se do golpe, acertando um chute nos testículos do adversário que caiu no chão gritando de dor. Um dos amigos de Franz tomou as suas dores, acertando uma paulada na cabeça de Hor pelas costas, que foi ao chão no mesmo instante após o golpe. Os seis garotos aproveitaram que ele estava caído, e começaram a chutá-lo com fortes pontapés. Os chutes acertavam os mais variados lugares... Estômago, dentes, testículos, olhos, costas... Hor era surrado covardemente.
  58. 58. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 58 Nesse meio tempo, doutor Carlos chegou ao colégio para buscar o garoto. Ao ver que o menino não estava lá, ficou preocupado e estacionou o carro para tentar encontrá-lo dentro da escola. Para o seu desespero, todas as crianças já tinham ido embora. Quando o inspetor da escola lhe disse que viu o garoto indo atrás de uns meninos que seguravam um pedaço de pau, o drama de doutor Carlos aumentou... – Encrenca!_ Pensou consigo mesmo. _Doutor Carlos dirigiu- se rapidamente na direção indicada pelo inspetor da escola... Enquanto isso, Hor continuava sendo agredido. De repente, ele conseguiu passar uma rasteira em um dos garotos, que caiu imediatamente no chão, largando o pedaço de pau que estava segurando. Hor conseguiu apanhar o pedaço de pau rapidamente, acertando um golpe nos joelhos de um e no estômago do outro. Ambos também foram ao chão. Mesmo sangrando e cheio de hematomas, Hor conseguiu se levantar, indo com tudo para cima do outro garoto que estava mais próximo, desferindo-lhe vários socos no rosto. Os garotos do sétimo ano resolveram fugir, deixando Franz a sós com Hor,
  59. 59. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 59 pois notaram que a força que ele tinha, era incomum para um garoto de sua idade. Hor pegou Franz pelo colarinho, prensando-lhe contra o portão da senhora viúva... –Da próxima vez que eu ver você judiando de animais ou batendo em algum garoto só porque ele é negro, eu te arrebento, ouviu! _Franz ficou enfurecido e cuspiu no rosto de Hor, desferindo-lhe uma joelhada nos testículos. Este por sua vez, soltou-lhe imediatamente. Franz aproveitou-se da distância em que Hor ficou, e apanhou um pedaço de pau que estava bem próximo. O pedaço de pau tinha um prego na ponta. Franz desferiu uma paulada bem no supercílio de Hor, que começou a sangrar sem parar. Mas o filho de Osorkon não se intimidou... Pelo contrário, ficou mais furioso ainda. Hor cerrou os dois punhos e começou a desferir uma seqüência ininterrupta de socos em Franz. Os socos acertavam todas as partes do corpo de Franz que Hor podia conseguir golpear. Franz parecia um boxeador que estava preso nas cordas do ringue, prestes a ser nocauteado. Foi o tempo de doutor Carlos se aproximar e afastá-lo de Franz... –O que você está fazendo? Ficou louco? Por que está batendo nesse garoto? _Perguntou doutor Carlos enfurecido. –Ele queria matar o gato dessa casa! Mas ele não estava sozinho! Os maricas do sétimo ano que são amigos dele fugiram do “pau”! O senhor sabe que eu odeio pessoas que judiam dos animais! _Doutor Carlos fez uma cara de repreensão para Hor, que já estava com os ferimentos
  60. 60. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 60 cicatrizados, e tinha parado de sangrar. O médico resolveu então, acudir Franz que estava caído ao chão. –Eu preciso te levar ao hospital garoto! Você não pode ir para casa nesse estado! _Franz levantou-se e limpou o sangue do rosto com a blusa da escola... –Eu não preciso da sua ajuda! Pode escrever que um dia eu darei o troco nesse moleque! _Em seguida, Franz saiu enfurecido. Doutor Carlos voltou-se novamente a Hor... –Eu sempre falei para você que violência gera violência! Bater nas pessoas não resolve nada! Olhe só o seu estado! Até parece que o seu uniforme é vermelho! Você acha isso bonito? E se você tivesse matado ou ferido gravemente algum garoto? Quer ir para a Fundação Casa? Não existe mais um Rudamon no mundo! Os garotos da Fundação Casa são perigosíssimos! É para lá que você quer ir? _Hor fez cara de vítima... – Não tio! Eu só pedi para eles largarem o gato! Eles que quiseram me bater! _Enquanto Hor se explicava quase todos os ferimentos de seu rosto já haviam sumido. Apesar de entender os motivos do garoto, que no fundo tinha certa razão de querer impedir certas crueldades feitas pelos meninos daquela idade, doutor Carlos procurou manter a firmeza... -Eu já falei pra você parar de arrumar encrenca! Todo dia uma briga nova! Você não se cansa? _Hor dirigiu um olhar melindroso ao médico... –Você não vai me tirar do futebol, não é? _Naquele momento doutor Carlos segurou-se para não dar uma gargalhada, e já mudou um pouco o seu tom de voz... –Não sei... Vou pensar! Estou
  61. 61. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 61 muito decepcionado com você! O pior é que eu já marquei um horário para você cortar o cabelo! Vou ter que te levar nesse estado ao cabeleireiro... Quer saber? Você vai sujo assim mesmo! Quem sabe da próxima vez, aprende a ter bons modos! _Doutor Carlos colocou sua mão sobre os ombros de Hor e foi a pé até o local onde o seu carro estava estacionado. Ninguém havia percebido que atrás de uma das árvores, estava um misterioso homem escondido e filmando tudo. O tal homem seguiu os dois a pé, disfarçadamente. Depois que doutor Carlos entrou em seu carro com Hor e seguiu até o cabeleireiro, o tal homem também entrou em um carro, seguindo-os sem que percebessem... Depois que Hor cortou o cabelo, doutor Carlos pagou o cabeleireiro e levou o garoto para casa. As atividades do salão já estavam sendo encerradas. Depois que o cabeleireiro varreu os cabelos de Hor que estavam no chão, colocou-os num saco de lixo e foi até a rua colocá-los no cesto. Após verificar se estava tudo em ordem, apagou a luz do salão,
  62. 62. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 62 fechou a porta e foi embora. O misterioso homem que estava com o seu carro estacionado do outro lado da rua, foi em direção ao cesto de lixo, apanhou o saco de lixo que fora colocado pelo cabeleireiro, colocou-o no porta malas de seu carro e saiu às pressas. No caminho para casa, Hor perguntou a doutor Carlos... –Tio Carlos... Por que eu não me machuco como as outras crianças? _Um pouco constrangido com a pergunta e sem saber o que dizer, doutor Carlos tentou sair-se como pode... – Um dia o tio te conta! Eu só quero que você me prometa que não vai comentar sobre isso com ninguém! Você promete? – Prometo! _Respondeu o garoto com um lindo sorriso. Cairo, 4 de março... ra o dia de folga no serviço de Sahathor. O mestre Waja-Hur desfrutava de um belo sono em seu quarto, enquanto sua esposa e sua filhinha de dez anos conversavam na cozinha... –Mamãe, será que o papai pode me levar ao parque hoje? É o dia de folga dele... –Não sei querida... Estamos com pouco dinheiro! _A garota fez uma cara de frustrada. _Nyla ficou com dó da garota e disse... – Vamos esperar o papai acordar! Ele decide! _A garota Nait animou-se e abriu um sorriso maroto... -Posso acordar o papai? _Nyla deu uma gargalhada... –Nem pensar! O pobre coitado se arrebenta de trabalhar todos os dias, e só pode dormir até mais tarde na folga dele! Tenha paciência menina travessa! _Nait deu uma risadinha sem graça. E
  63. 63. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 63 Enquanto isso, Sahathor sonhava... Sonhava não... Na verdade estava tendo um pesadelo! Em seu pesadelo, ele estava afundando numa areia movediça que se situava num pântano sinistro... Enquanto afundava lentamente, o deus Seth apareceu a ele na forma mais aterrorizante que podia. Com o corpo de um homem bem forte e alto, e a cabeça de um feroz chacal, Seth começara a falar com uma voz aterrorizante e estridente... –Eu vou te dar uma chance de se dar bem na vida! Alie-se a Apóphis! _Apesar do medo, Sahathor enfrentou o deus do mal... –Nem pensar! Eu sou um servidor da Luz e não tenho medo de você! _Seth deu uma macabra gargalhada e emitiu um medonho uivo de chacal... –Vocês humanos são muito tolos mesmo! Você acha que tem algum poder sobre nós, só por causa do seu “cajadinho”? _Em seguida, apontou as mãos para Sahathor, emitindo um raio escuro que o fez afundar mais alguns centímetros na areia movediça... –Se você ama realmente a sua mulher e a sua filha, desperte e ponha fogo no manuscrito que deve entregar a Hor! _Logo após proferir a ameaça, um cenário de fogo se abriu nas costas de Seth. Sahathor viu sua esposa e sua filha penduradas de cabeça para baixo, gritando desesperadamente. Enquanto elas gritavam, Seth uivava e gargalhava, e Sahathor ia afundando na areia até chegar ao pescoço... No exato momento em que a areia tocou o seu pescoço, o seu patrão apareceu ao lado de Seth. O maléfico deus continuou... -Se você não destruir o manuscrito na hora em que acordar, vai perder sua família e o seu emprego!
  64. 64. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 64 Em seguida, Seth apontou suas mãos ao patrão de Sahathor, transformando-o numa marionete. Enquanto Seth manipulava a marionete, sua esposa e sua filha começaram a balançar em direção ao fogo. Sahathor afundou na areia movediça até o nariz e começou a ficar com falta de ar. Seth ordenou novamente... –Se você não puser fogo naquele manuscrito, irá se arrepender! _Sahathor acordou gritando. Nyla e Nait assustaram-se com o grito, e foram correndo ao quarto... –O que foi querido, você teve um pesadelo? _Perguntou Nyla preocupada. –Sim! Foi horrível! _Ao ver os olhinhos assustados de Nait, Sahathor procurou disfarçar e sorriu... Mas vendo essa linda garotinha, eu até esqueci! _Sahathor abraçou esposa e a filha carinhosamente. –Vamos tomar o café querido! Já está pronto! _Enquanto tomava o café da manhã, Sahathor relembrava cada momento daquele terrível pesadelo... –Será que foi apenas um pesadelo? Ou será que foi um mau presságio? _Por um momento, Sahathor pensou em colocar fogo no manuscrito de Rudamon, mas lembrou-se do juramento que fez. Seus pensamentos foram interrompidos com o chamado de Nait... –Papai, me leva no parque? Hoje é o seu dia de folga... _Sahathor ficou pensativo, fez certo ar de mistério e respondeu... –Boa idéia! Hoje a garotinha mais linda do mundo vai ao parque com a mamãe e o papai! Dito isso, pegou a garota no colo e encheu-a de beijos. _Nyla olhou a cena carinhosamente .
  65. 65. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 65 Quando Sahathor dirigiu-se a seu carro, Nyla e Nait já estavam a sua espera. Nyla olhou para o rosto do marido e começou a dar risada. –O que foi? _Perguntou Sahathor meio sem jeito. –Você é um distraído mesmo... Olhe para a sua camisa! Está toda suja de manteiga! Olha a camisa do papai Nait! _A garota não agüentou e começou a rir sem parar. _Sahathor disse meio sem graça... -Esperem um pouco, que vou ao banheiro limpar a minha camisa e já volto! _Depois que Sahathor terminou de limpar a camisa, olhou no espelho do banheiro novamente, para ver se estava tudo certo, quando de repente surgiu no espelho a imagem de Seth... –Você não se livrou do manuscrito! Ainda há tempo! Ou fica do meu lado, ou fica contra mim! _Dito isso, Seth desapareceu. Naquele momento, Sahathor realmente ficou preocupado... Não foi um simples pesadelo... Foi uma aparição... Seu medo era tanto, que a vontade que lhe deu foi de pegar o manuscrito, atear fogo e ir se divertir com a família no parque. Mas o compromisso assumido há dez anos, e as lembranças do juramento que fez foi mais forte. Sahathor procurou disfarçar sua expressão de medo, voltou para o carro com a camisa limpa e foi ao parque com a família.
  66. 66. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 66 5º Capítulo 05 de Março de 2019 anta Catarina... Doutor Manfred estava trancado em seu laboratório onde nunca havia deixado ninguém entrar. O laboratório ficava dentro de sua casa, ao lado do seu quarto. Nas paredes do laboratório, havia diversas fotografias das várias fases da vida de Hor. Doutor Rodrigo não só avisou Manfred, como também lhe havia entregado todas as amostras de sangue do pequeno Hor. Não foi difícil encontrar o paradeiro do filho de Osorkon, pois Manfred colocou um detetive particular que investigava doutor Carlos desde que fora informado sobre o menino. Assim que soube que o médico mudaria para Santa Catarina, Manfred fez o mesmo. Foram dez anos observando o garoto, sendo que ao longo desse período colheu muito material genético e subornou muitas pessoas para conseguir o que queria de modo mais fácil... Pedaços de unhas, mechas de cabelos, camisetas manchadas de sangue, filmagens e muitas fotografias. A maior parte do trabalho procurou fazer sozinho, pois era um S
  67. 67. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 67 homem muito discreto e preferia que as coisas fossem feitas a seu modo. Manfred teve o sangue frio necessário para filmar o próprio filho Franz apanhando de Hor, sem ao menos se preocupar se o garoto havia se machucado. Aliás, para Franz, apanhar não era novidade. Por qualquer motivo, Manfred sempre desferia uma bofetada no filho. Diálogo em sua casa praticamente não existia... Principalmente depois que sua esposa Anette morrera num desastre aéreo, quando Franz tinha somente dois anos de idade. As únicas palavras que o garoto ouvia do pai eram de cunho preconceituoso. Manfred nunca escondeu de ninguém que era racista, e a favor de um revisionismo histórico em relação ao período do holocausto. Sua fama e prestígio como um cientista pesquisador de genética, sempre serviram para mascarar o trabalho obscuro que realizou durante anos. Manfred liderava e organizava o neonazismo no planeta. Seus trabalhos só foram suspensos no período de Rudamon. Aliás, na década que passou após o desaparecimento do herói, o mal foi ganhando forças lentamente. As pessoas com tendências maléficas começaram a perceber que Rudamon não aparecia mais, e abandonaram o sacrifício de tentar serem melhores. Os crimes e a corrupção voltaram a ocorrer no mundo, e a polícia teve que se armar novamente.
  68. 68. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 68 Fato número 2 único acordo que a ONU conseguiu manter foi o cessar fogo entre nações, sendo que as armas de destruição em massa continuavam escondidas em dois continentes diferentes. O armamento mais poderoso foi enterrado no subsolo africano, os demais armamentos, no continente europeu. Somente técnicos e pessoas de confiança da ONU sabiam a localização exata dos armamentos. O problema é que uma dessas pessoas do continente europeu traiu a confiança da Organização das Nações Unidas. Klaus era o seu nome... Esse homem simplesmente fazia parte do movimento neonazista, e trabalhava como um espião de Manfred dentro da ONU. Klaus não conseguiu descobrir a localização das perigosas armas enterradas no continente africano, pois fazia apenas parte da equipe de confiança da Europa. O que ninguém desconfiava, é que as armas do continente europeu haviam sido roubadas por um grupo neonazista liderado por Klaus, que a mando de doutor Manfred esconderam-nas muito bem para poder executar a realização de um sórdido plano. O
  69. 69. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 69 Como sempre fazia, Manfred ouvia marchinhas nazistas em seu laboratório, enquanto realizava suas pesquisas genéticas. Para descansar, sentava-se numa velha poltrona de família, e fumava seu cachimbo, contemplando um enorme pôster de Adolf Hitler que tinha na parede de seu laboratório, bem de frente com a poltrona. Naquela tarde, o velho nazista deu um sorriso que há anos não dava... –Descobri! Já sei como tornar qualquer homem tão indestrutível quanto aquele garotinho! Acabei de inventar a fórmula Manfred! Se ela funcionar, poderei aplicá-la em todos os neonazistas do planeta e conquistar o mundo! Só há um problema... Eu preciso testá-la em alguém...
  70. 70. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 70 _Após fazer o comentário consigo mesmo, Manfred ficou refletindo por um tempo... –Já sei! –Franz! Venha até o meu laboratório! Quando o garoto ouviu o chamado do pai, ficou surpreso, pois nem a empregada podia entrar naquele local para limpá-lo. nquanto isso no Cairo... Huni estava se preparando para fazer mais uma de suas meditações diárias, diante do pequeno altar que tinha em seu quarto. O belo altar era revestido por uma toalha vermelha, tinha a imagem do deus Osíris, uma vela acesa e um incenso queimando. O velho mestre enviava vibrações mentais de paz ao planeta, sempre que podia, evocando os poderes das forças dos seres de Luz com o seu cajado. Huni tinha acabado de fechar os olhos para começar o seu trabalho, quando o telefone tocou... –Sahathor! Que surpresa ouvi-lo! Como andam as coisas? _Após ouvir as palavras que o atual mestre Waja-Hur tinha para dizer do outro lado da linha, Huni ficara assustado... – Acidente? Em que hospital vocês estão? _Após fazer as anotações necessárias em sua agenda, Huni vestiu-se e saiu de sua casa imediatamente. No hospital do Cairo, Huni ficou boquiaberto com as histórias sobre o pesadelo e sobre a aparição de Seth no espelho. Mas as histórias não paravam por aí... -Eu não estou agüentando a pressão Huni! Como o deus Rá pode me deixar desamparado desta maneira! Ontem nós estávamos indo ao parque, e eu pude ver Seth nitidamente na pista! Quando eu desviei o carro, batemos contra uma carreta. A partir daí, eu não me E
  71. 71. RUDAMON II- Demetrio Alexandre Guimarães- Copyright 2013- Todos os direitos reservados http:/rudamon.blogspot.com.br Página 71 lembro de mais nada! A única coisa que eu me lembro é a voz de Seth me dizendo que se eu não destruir o manuscrito de Rudamon, minha esposa vai morrer e minha filha nunca mais irá andar! Foi quando eu acordei assustado na cama deste hospital! Eu não sofri um arranhão sequer, só desmaiei. Minha esposa e minha filha estão na UTI em estado grave, e os médicos disseram que elas correm o risco de que aconteça justamente o que Seth ameaçou! Eu não sei o que fazer! _Huni mostrou uma expressão muito preocupada... –Eu conversei com você a respeito disso Sahathor! O fardo de um mestre não é fácil! Você conduziu muito bem a sua gestão ao longo dos últimos dez anos! Agora que só faltam quinze anos para a luz derrotar as trevas de forma definitiva, seria natural que certas coisas começassem a acontecer com você! –Natural? Desculpe-me Huni! Mas é a minha família que está na UTI dependendo de uma atitude minha, e não a sua família! Se eu colocar fogo naquele manuscrito, terei as pessoas que mais amo de volta! _Huni arregalou os olhos... –Por favor, nem pense em fazer uma coisa dessas! Você não condenaria só a sua mulher e a sua filha a uma desgraça eterna! Condenaria todo o planeta! Por favor, tente ser forte! Seth está chantageando você com reféns, porque o cajado de mestre torna você inatingível contra os ataques de Apóphis! Ele está atacando o seu coração, pois sabe que a fraqueza humana está nas emoções! Você precisa superar isso! _Sahathor começou a chorar... – Você sabe o que a minha filha me disse semana passada? Que o maior sonho da vida dela é ser bailarina! E o que a minha

×