Aula 22 - Os comandos XLINE, RAY, SPLINE e outros no Autocad 14.

  • 2,569 views
Uploaded on

Vigésima segunda aula de Introdução ao Autocad R14.da autoria do Arquitecto Alexandre Ribeiro, fundador da Ibercad e responsável pela introdução do ZWCAD em Portugal desde 2005. Este manual também …

Vigésima segunda aula de Introdução ao Autocad R14.da autoria do Arquitecto Alexandre Ribeiro, fundador da Ibercad e responsável pela introdução do ZWCAD em Portugal desde 2005. Este manual também pode ser utilizado para aprender a trabalhar no ZWCAD uma vez que os programas continuam muito idênticos. Pode fazer o download da versão trial e também recolher mais informações sobre este Software CAD alternativo em http://bit.ly/18KqE5q.

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
2,569
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4

Actions

Shares
Downloads
24
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Os comandos de desenho XLINE, RAY, SKETCH, MLINE, SPLINE e DONUT Os comandos de edição MLEDIT e SPLINEDIT
  • 2. Objectivos • O formando deve trabalhar correctamente com os comandos XLINE, RAY, SKETCH, MLINE, SPLINE e DONUT, explicando a funcionalidade de cada um e as diferenças entre eles e editando-os usando os comandos MLEDIT e SPLINEDIT
  • 3. O comando XLINE Command: xline DRAW > CONSTRUCTION LINE • Permite desenhar rectas (infinitas) que servem de linhas de chamada como referência, por exemplo, para o desenho de alçados. • Após se cortar esta recta, com o comando Trim, esta transforma-se numa semi-recta e depois num segmento de recta tal como seria desenhado com o comando line
  • 4. Trabalhar com o comando XLINE Command: xline Hor/Ver/Ang/Bisect/Offset/ <From point>: (seleccione o ponto por onde vão passar todas as rectas que vai desenhar ou uma das opções) Through point: (seleccione outro ponto por onde vai passar a recta) Through point: (seleccione outro ponto por onde vai passar a recta até confirmar com o botão direito)
  • 5. Opções do comando XLINE • Hor - Desenha automaticamente linhas de referência horizontais, bastando para isso definir um ponto por onde ela irá passar • Ver - Igual a HOR, excepto que esta opção desenha linhas verticais • Ang - Cria uma recta a passar num ponto com uma inclinação dada por um ângulo que pode ser introduzido por valores globais ou fazendo-o referenciar a dois pontos existentes (subopção reference) • Bisect - Desenha a bissectriz de um ângulo definido pelo seu vértice e dois pontos das linhas que o definem • Offset - Desenha uma recta paralela a um objecto existente em função de uma distância e um lado dados
  • 6. O comando RAY Command: ray DRAW > RAY • Permite desenhar semirectas através da definição do ponto inicial e de uma direcção • Após se cortar esta recta, com o comando Trim, esta transforma-se num segmento de recta tal como seria desenhado com o comando line
  • 7. Trabalhar com o comando RAY Command: ray From point: (seleccione o ponto por onde vão passar todas as rectas que vai desenhar) Through point: (seleccione outro ponto por onde vai passar a recta) Through point: (seleccione outro ponto por onde vai passar a recta até confirmar com o botão direito)
  • 8. O comando SKETCH Command: sketch • Permite executar desenhos como se se estivesse a desenhar á mão livre com base numa medida de incremento de linhas • Depois de desenhadas, as linhas têm de ser registadas • De cada vez que se prime o botão esquerdo a caneta baixa ou sobe • ATENÇÃO: as linhas desenhadas não são polilinhas
  • 9. Trabalhar com o comando SKETCH Command: sketch Record increment: (introduza os valores do incremento que vão influir na definição gráfica da linha) Sketch. Pen eXit Quit Record Erase Connect: (seleccione uma opção bastando premir uma das teclas mencionadas sem carregar em Enter)
  • 10. Opções do comando SKETCH • Pen - Levanta ou baixa a caneta tal como o botão direito do rato • eXit - Permite sair do comando tal como o botão direito • Quit - Sai do comando mas sem registar as linhas desenhadas pelo que anula toda a operação executada • Record - Regista todas as linhas desenhadas até aí sem sair do comando • Erase - Apaga uma dada porção de linha anteriormente desenhada • Connect - Liga a nossa caneta ao último ponto da última linha desenhada, desde que ela não esteja já registada
  • 11. O comando MLINE Command: mline DRAW > MULTILINE • Desenha um conjunto de linhas paralelas, tendo por base uma linha definida pelo utilizador, podendo as suas características ser definidas pelo utilizador numa caixa de diálogo • Cada multilinha criada constitui um conjunto que tem de ser explodido para ser editado tal como uma polilinha
  • 12. Trabalhar com o comando MLINE Command: mline Justification=Botton, Scale=40, Style= standard Justification/Scale/Style/<From point>: (seleccione o primeiro ponto ou uma das opções; o comando funciona tal como o comando line e pline) Close/Undo/<To point>: (seleccione outro ponto ou uma das opções até terminar o comando com o botão direito)
  • 13. Opções do comando MLINE • Justification - Altera a localização do ponto de inserção da multilinha relativamente ao eixo desta dentro de três possíveis: zero, top e botton (ponto zero, extremo superior e inferior). Ver figura • Scale - Permite alterar a largura total da polilinha em valores absolutos • STyle - Permite alterar o estilo de multilinha corrente dentro dos que estão configurados com o comando MLEDIT
  • 14. O comando MLEDIT Command: mledit MODIFY > OBJECT > MULTILINE... • Chama uma caixa de diálogo onde é possível configurar a forma de unir várias multilinhas sobrepostas ou como introduzir quebras
  • 15. O comando MLSTYLE Command: mlstyle FORMAT > MULTILINE STYLE... • Permite criar diferentes tipos de multilinhas através de uma caixa de diálogo, configurando o espaçamento das linhas, a sua cor e tipo de linha sendo possível gravar os tipos de multilinha num ficheiro
  • 16. A caixa de diálogo Multiline Styles Estilo corrente Gravar estilo novo Adicionar estilo Estilo a editar Descrição do estilo Carregar estilo Alterar nome do estilo Previsão Propriedades dos elementos Propriedades das multilinha
  • 17. A caixa de diálogo Load Multiline Styles Procurar ficheiro de estilos (extensão mln) Estilos disponíveis no ficheiro
  • 18. A caixa de diálogo Save Multiline Styles Localização do ficheiro Nome dado ao ficheiro criado
  • 19. A caixa de diálogo Element properties Elementos existentes Adicionar elementos Eliminar elementos Dar cor ao elemento Tipo de linha do elemento Afastamento da linha criada relativamente ao eixo de inserção
  • 20. A caixa de diálogo Multiline properties Mostra a bisectriz do ângulo das multilinhas Permite definir uma linha de fecho da multilinha que pode ser um segmento de recta ou um arco Permite encher o miolo das multilinhas com uma cor a definir
  • 21. O comando SPLINE Command: spline DRAW > SPLINE • Desenha um conjunto de curvas definidas ao longo de pontos dados • As curvas adaptamse em relação á posição desses pontos definidos pelo utilizador • É bastante útil no desenho de topografia
  • 22. Trabalhar com o comando SPLINE Command: spline Object/<Enter first point>: (indicar P1) Close/Fit tolerance/<Enter point>: (seleccione outro ponto ou uma das opções até terminar o comando com o botão direito) Enter Start Tangent: (indicar Px - ponto que ditará a tangente ao início da spline) Enter End Tangent: (indicar Py - ponto que ditará a tangente ao fim da spline)
  • 23. Opções do comando SPLINE • • Close - Fecha a SPLINE, criando uma polilinha fechada Fit tolerance - Permite fazer com que a spline passe a uma certa distância do ponto sendo que, se o seu valor for igual a zero, a spline passará precisamente no ponto • Object: - Permite transformar polilinhas existentes em splines, tal e qual como o faz o comando PEDIT
  • 24. O comando SPLINEDIT Command: splinedit MODIFY > OBJECT > SPLINE • Permite alterar algumas das características das splines com as seguintes opções: • Fit data - permite definir os pontos da spline • Close - fecha a spline se esta estiver aberta • Move vertex - move um ponto de definição da spline • Refine - permite ajustar a definição gráfica da spline • Reverse - reverte a direcção da spline • Undo - desfaz a última acção do comando SPLINEDIT • Exit - sai do comando
  • 25. Subopções da opção Fit Data • • • • • • Add - Adiciona pontos de definição da spline Close - Fecha uma spline Delete - Elimina um dos pontos de definição da spline Move - Permite mover um ponto de definição Purge - Limpa todos os dados da spline Tangents - Permite redefinir as tangentes iniciais e finais da spline • toLerance - Readapta a spline em função de uma nova distância desta relativamente aos seus pontos de definição • Exit - Sai da opção
  • 26. O comando DONUT Command: donut DRAW > DONUT • Permite desenhar uma roda com o miolo preenchido, tal como um Donut, definindose apenas um diâmetro interior, um diâmetro exterior e o centro do mesmo.
  • 27. Trabalhar com o comando DONUT Command: donut Inside diameter: (definir o diâmetro interior) Outside diameter: (definir o diâmetro exterior) Center of Doughnut: (Seleccionar o centro do Donut)