Aula 22 - Os comandos XLINE, RAY, SPLINE e outros no Autocad 14.

5,834 views

Published on

Vigésima segunda aula de Introdução ao Autocad R14.da autoria do Arquitecto Alexandre Ribeiro, fundador da Ibercad e responsável pela introdução do ZWCAD em Portugal desde 2005. Este manual também pode ser utilizado para aprender a trabalhar no ZWCAD uma vez que os programas continuam muito idênticos. Pode fazer o download da versão trial e também recolher mais informações sobre este Software CAD alternativo em http://bit.ly/18KqE5q.

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
5,834
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,796
Actions
Shares
0
Downloads
37
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 22 - Os comandos XLINE, RAY, SPLINE e outros no Autocad 14.

  1. 1. Os comandos de desenho XLINE, RAY, SKETCH, MLINE, SPLINE e DONUT Os comandos de edição MLEDIT e SPLINEDIT
  2. 2. Objectivos • O formando deve trabalhar correctamente com os comandos XLINE, RAY, SKETCH, MLINE, SPLINE e DONUT, explicando a funcionalidade de cada um e as diferenças entre eles e editando-os usando os comandos MLEDIT e SPLINEDIT
  3. 3. O comando XLINE Command: xline DRAW > CONSTRUCTION LINE • Permite desenhar rectas (infinitas) que servem de linhas de chamada como referência, por exemplo, para o desenho de alçados. • Após se cortar esta recta, com o comando Trim, esta transforma-se numa semi-recta e depois num segmento de recta tal como seria desenhado com o comando line
  4. 4. Trabalhar com o comando XLINE Command: xline Hor/Ver/Ang/Bisect/Offset/ <From point>: (seleccione o ponto por onde vão passar todas as rectas que vai desenhar ou uma das opções) Through point: (seleccione outro ponto por onde vai passar a recta) Through point: (seleccione outro ponto por onde vai passar a recta até confirmar com o botão direito)
  5. 5. Opções do comando XLINE • Hor - Desenha automaticamente linhas de referência horizontais, bastando para isso definir um ponto por onde ela irá passar • Ver - Igual a HOR, excepto que esta opção desenha linhas verticais • Ang - Cria uma recta a passar num ponto com uma inclinação dada por um ângulo que pode ser introduzido por valores globais ou fazendo-o referenciar a dois pontos existentes (subopção reference) • Bisect - Desenha a bissectriz de um ângulo definido pelo seu vértice e dois pontos das linhas que o definem • Offset - Desenha uma recta paralela a um objecto existente em função de uma distância e um lado dados
  6. 6. O comando RAY Command: ray DRAW > RAY • Permite desenhar semirectas através da definição do ponto inicial e de uma direcção • Após se cortar esta recta, com o comando Trim, esta transforma-se num segmento de recta tal como seria desenhado com o comando line
  7. 7. Trabalhar com o comando RAY Command: ray From point: (seleccione o ponto por onde vão passar todas as rectas que vai desenhar) Through point: (seleccione outro ponto por onde vai passar a recta) Through point: (seleccione outro ponto por onde vai passar a recta até confirmar com o botão direito)
  8. 8. O comando SKETCH Command: sketch • Permite executar desenhos como se se estivesse a desenhar á mão livre com base numa medida de incremento de linhas • Depois de desenhadas, as linhas têm de ser registadas • De cada vez que se prime o botão esquerdo a caneta baixa ou sobe • ATENÇÃO: as linhas desenhadas não são polilinhas
  9. 9. Trabalhar com o comando SKETCH Command: sketch Record increment: (introduza os valores do incremento que vão influir na definição gráfica da linha) Sketch. Pen eXit Quit Record Erase Connect: (seleccione uma opção bastando premir uma das teclas mencionadas sem carregar em Enter)
  10. 10. Opções do comando SKETCH • Pen - Levanta ou baixa a caneta tal como o botão direito do rato • eXit - Permite sair do comando tal como o botão direito • Quit - Sai do comando mas sem registar as linhas desenhadas pelo que anula toda a operação executada • Record - Regista todas as linhas desenhadas até aí sem sair do comando • Erase - Apaga uma dada porção de linha anteriormente desenhada • Connect - Liga a nossa caneta ao último ponto da última linha desenhada, desde que ela não esteja já registada
  11. 11. O comando MLINE Command: mline DRAW > MULTILINE • Desenha um conjunto de linhas paralelas, tendo por base uma linha definida pelo utilizador, podendo as suas características ser definidas pelo utilizador numa caixa de diálogo • Cada multilinha criada constitui um conjunto que tem de ser explodido para ser editado tal como uma polilinha
  12. 12. Trabalhar com o comando MLINE Command: mline Justification=Botton, Scale=40, Style= standard Justification/Scale/Style/<From point>: (seleccione o primeiro ponto ou uma das opções; o comando funciona tal como o comando line e pline) Close/Undo/<To point>: (seleccione outro ponto ou uma das opções até terminar o comando com o botão direito)
  13. 13. Opções do comando MLINE • Justification - Altera a localização do ponto de inserção da multilinha relativamente ao eixo desta dentro de três possíveis: zero, top e botton (ponto zero, extremo superior e inferior). Ver figura • Scale - Permite alterar a largura total da polilinha em valores absolutos • STyle - Permite alterar o estilo de multilinha corrente dentro dos que estão configurados com o comando MLEDIT
  14. 14. O comando MLEDIT Command: mledit MODIFY > OBJECT > MULTILINE... • Chama uma caixa de diálogo onde é possível configurar a forma de unir várias multilinhas sobrepostas ou como introduzir quebras
  15. 15. O comando MLSTYLE Command: mlstyle FORMAT > MULTILINE STYLE... • Permite criar diferentes tipos de multilinhas através de uma caixa de diálogo, configurando o espaçamento das linhas, a sua cor e tipo de linha sendo possível gravar os tipos de multilinha num ficheiro
  16. 16. A caixa de diálogo Multiline Styles Estilo corrente Gravar estilo novo Adicionar estilo Estilo a editar Descrição do estilo Carregar estilo Alterar nome do estilo Previsão Propriedades dos elementos Propriedades das multilinha
  17. 17. A caixa de diálogo Load Multiline Styles Procurar ficheiro de estilos (extensão mln) Estilos disponíveis no ficheiro
  18. 18. A caixa de diálogo Save Multiline Styles Localização do ficheiro Nome dado ao ficheiro criado
  19. 19. A caixa de diálogo Element properties Elementos existentes Adicionar elementos Eliminar elementos Dar cor ao elemento Tipo de linha do elemento Afastamento da linha criada relativamente ao eixo de inserção
  20. 20. A caixa de diálogo Multiline properties Mostra a bisectriz do ângulo das multilinhas Permite definir uma linha de fecho da multilinha que pode ser um segmento de recta ou um arco Permite encher o miolo das multilinhas com uma cor a definir
  21. 21. O comando SPLINE Command: spline DRAW > SPLINE • Desenha um conjunto de curvas definidas ao longo de pontos dados • As curvas adaptamse em relação á posição desses pontos definidos pelo utilizador • É bastante útil no desenho de topografia
  22. 22. Trabalhar com o comando SPLINE Command: spline Object/<Enter first point>: (indicar P1) Close/Fit tolerance/<Enter point>: (seleccione outro ponto ou uma das opções até terminar o comando com o botão direito) Enter Start Tangent: (indicar Px - ponto que ditará a tangente ao início da spline) Enter End Tangent: (indicar Py - ponto que ditará a tangente ao fim da spline)
  23. 23. Opções do comando SPLINE • • Close - Fecha a SPLINE, criando uma polilinha fechada Fit tolerance - Permite fazer com que a spline passe a uma certa distância do ponto sendo que, se o seu valor for igual a zero, a spline passará precisamente no ponto • Object: - Permite transformar polilinhas existentes em splines, tal e qual como o faz o comando PEDIT
  24. 24. O comando SPLINEDIT Command: splinedit MODIFY > OBJECT > SPLINE • Permite alterar algumas das características das splines com as seguintes opções: • Fit data - permite definir os pontos da spline • Close - fecha a spline se esta estiver aberta • Move vertex - move um ponto de definição da spline • Refine - permite ajustar a definição gráfica da spline • Reverse - reverte a direcção da spline • Undo - desfaz a última acção do comando SPLINEDIT • Exit - sai do comando
  25. 25. Subopções da opção Fit Data • • • • • • Add - Adiciona pontos de definição da spline Close - Fecha uma spline Delete - Elimina um dos pontos de definição da spline Move - Permite mover um ponto de definição Purge - Limpa todos os dados da spline Tangents - Permite redefinir as tangentes iniciais e finais da spline • toLerance - Readapta a spline em função de uma nova distância desta relativamente aos seus pontos de definição • Exit - Sai da opção
  26. 26. O comando DONUT Command: donut DRAW > DONUT • Permite desenhar uma roda com o miolo preenchido, tal como um Donut, definindose apenas um diâmetro interior, um diâmetro exterior e o centro do mesmo.
  27. 27. Trabalhar com o comando DONUT Command: donut Inside diameter: (definir o diâmetro interior) Outside diameter: (definir o diâmetro exterior) Center of Doughnut: (Seleccionar o centro do Donut)

×