Sintese modulo 3_sessao_4-_drelvt3
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Sintese modulo 3_sessao_4-_drelvt3

on

  • 217 views

 

Statistics

Views

Total Views
217
Views on SlideShare
217
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Sintese modulo 3_sessao_4-_drelvt3 Sintese modulo 3_sessao_4-_drelvt3 Document Transcript

  • Práticas e Modelos de Auto-Avaliação de Bibliotecas Escolares Sessão 4 3ª sessão online Síntese da Sessão: O Modelo de Auto-avaliação no contexto da escola/ agrupamentoForam objectivos desta sessão:Entender as ligações do processo de auto-avaliação à escola.Perspectivar a gestão da informação e o processo de comunicação com a escola/ agrupamento.Perceber o papel e a necessidade de liderança por parte do professor coordenador.Tarefas propostas:Os formandos deveriam escolher uma das três tarefas propostas:Tarefa 1Perspectivar a integração do processo de auto-avaliação no contexto da escola/ agrupamentoimplica que o professor bibliotecário divulgue e discuta o valor do Modelo e dê a conhecero processo. Pedia-se, então o seguinte trabalho:Construir um PowerPoint para apresentar no Conselho Pedagógico/ Escola/ agrupamento queevidenciasse:- A estrutura do Modelo e as metodologias de operacionalização- O papel e mais valias da auto-avaliação da BE;- O processo de implementação e o necessário envolvimento da escola/ agrupamento;- A elaboração do Relatório- A relação com o processo de planeamento;- A integração dos resultados na auto-avaliação da escola.Tarefa 2Consultar o Modelo e procurar os factores críticos de sucesso correspondentes a cadaum dos domínios/ subdomínios que constavam da tabela fornecida e, a partir deles, fazer umaanálise à situação da biblioteca escolar do formando.Identificar pontos fracos e fortes e delinear estratégias que conduzam a uma maior apropriação ereconhecimento do valor da BE.
  • Práticas e Modelos de Auto-Avaliação de Bibliotecas Escolares Sessão 4 3ª sessão onlineDepois desta análise, identificar o domínio que requer mais atenção e que, em função de maisalgumas circunstâncias contextuais, deva ser objecto de avaliação.Tarefa 3Pensar a biblioteca escolar perspectivando-a no contexto do trabalho da escola, dos seusprojectos e objectivos educativos e curriculares.Recorrer ao Modelo e ao texto da sessão e elencar os factores implicados no sucesso da BE na suarelação com a escola em cada um dos níveis elencados na tabela fornecida para a tarefa.A 2ª parte de cada tarefa consistia no comentário ao trabalho de um dos colegas e este podia serrelativo a uma tarefa diferente da realizada pela formanda.Realização das tarefas:Em relação à realização das tarefas, verificou-se um caso de não realização de qualquer tarefa e 3casos de não cumprimento dos prazos. Uma das formandas não fez a 2ª parte da tarefa.Relativamente às tarefas propostas, dez formandas optaram pela 1ª, sete pela 2ª tarefa e apenasuma pela terceira. Todas as formandas que realizaram trabalhos nesta sessão apresentaramtambém a sua auto-avaliação.Consideramos que, dada a qualidade das participações, os objectivos da sessão foram plenamentealcançados.REALIZAÇÃO DA 1ª TAREFA:No que diz respeito à 1ª tarefa, a elaboração de um Powerpoint de apresentação do modelo,registaram-se quase na generalidade contributos muito válidos, verificando-se apenas que nemtodos colocam a mesma ênfase nos vários aspectos a focar, o que é perfeitamente natural.Salientamos as apresentações das colegas Fátima Pedro, Rosa Maria Silva e Sara Cacela.REALIZAÇÃO DA 2ª TAREFAOs trabalhos respeitantes à 2ª tarefa, levaram as formandas a realizar uma análise ao trabalho dassuas bibliotecas, identificando pontos fortes e fracos e acções a implementar. Finalmentedecidiram qual o domínio que, após a análise efectuada, deveria ser escolhido para este ano.
  • Práticas e Modelos de Auto-Avaliação de Bibliotecas Escolares Sessão 4 3ª sessão onlineRegistou-se com interesse a apresentação por parte da colega Isabel Braga, de uma perspectivadiferente quanto ao critério que deve presidir à escolha do domínio a privilegiar na avaliação.Recomendamos a leitura, em especial, dos contributos das formandas Isabel Braga e Isabel Reis.REALIZAÇÃO DA 3ª TAREFAPara a realização desta tarefa, a colega Isabel Batista socorreu-se da sua já larga experiência,valendo portanto a pena atentar no seu contributo.COMENTÁRIOS AOS TRABALHOS DOS COLEGASAlguns (poucos) comentários revelam um reduzido investimento na tarefa, o que pode dever-se afalta de tempo. Em compensação, a maioria dos comentários foi feita de forma muito criteriosa ecorrecta e alguns deles revelam uma muito boa capacidade reflexiva. Embora a segunda parte datarefa constitua uma sobrecarga, tendo em conta o pouco tempo disponível para cada sessão,consideramos que a mesma foi bastante enriquecedora, tanto para quem fez os comentárioscomo para aqueles que os receberam.Felicitamos o conjunto da turma pelo trabalho desenvolvido e desejamos a todas a continuação deum bom trabalho!As formadorasIsabel MendinhosHelena Araújo22 de Novembro de 2010