Your SlideShare is downloading. ×
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Aula 8   rede
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Aula 8 rede

1,199

Published on

Tipos de Redes..etc

Tipos de Redes..etc

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,199
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
84
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide
  • Em ambos os tipos, o roteador faz a maioria do serviço direcionando o tráfego entre os dispositivos conectados. Conectando um roteador à sua DSL de dial-up ou modem a cabo , você também pode permitir que múltiplos computadores compartilhem uma conexão com a Internet. Muitos roteadores novos combinam a tecnologia sem fio e a Ethernet e incluem um firewall para hardware.
  • (se pronuncia "I três E")
  • Como um sinal no meio Ethernet alcança todos os nós conectados, o endereço de destino desempenha um papel fundamental para identificar o destinatário do frame. Por exemplo, na figura acima, quando o computador B transmite para a impressora C, os computadores A e D ainda vão receber e examinar o frame. Entretanto, quando a primeira estação recebe o frame, ela verifica o endereço de destino para saber se o frame foi endereçado a ela. Se não foi, a estação descarta o frame sem examinar o conteúdo.
  • Conector BNC macho, usado em cabos Exemplo de conector BNC fêmea em uma placa de rede (conector usado para redes baseadas em cabo coaxial).
  • Os switches , também conhecidos como comutadores, são peças fundamentais de muitas redes porque agilizam as coisas. Os switches permitem que diferentes nós (um ponto de conexão da rede, geralmente um computador) de uma rede se comuniquem diretamente uns com os outros de maneira simples e eficaz.
  • Na topologia Ring (anel), as estações de trabalho encontram-se ligadas entre si (à semelhança da topologia Bus) mas constituindo um circuito fechado em forma de anel. Esta topologia apresenta vantagens em relação á Bus, dado que o sinal é regenerado de cada vez que passa por uma estação, permitindo assim velocidades de transferência também maiores. A principal desvantagem desta topologia reside no facto de todas as estações estarem obrigatoriamente ligadas e a funcionar correctamente.
  • A topologia Star (estrela) também é muito usada em redes peer-to-peer, mas neste caso as estações estão todas ligadas a um concentrador de rede (hub) ou a um router. Também podem estar ligadas a um computador central que desempenhe o papel de servidor dedicado. Esta topologia é mais fiável que a anterior, mas é também relativamente mais cara. topologia Mesh (malha) as estações encontram-se ligadas entre si por meio de linhas diferentes, à semelhança de uma rede (de pesca...ou uma malha, daí o nome). A vantagem principal nesta topologia é o facto de estar sujeita a um menor número de erros de transmissão, podendo os dados fluir por caminhos alternativos até chegar ao destino. Desvantagens: preço (imagine-se a quantidade de cabos e placas de rede que seriam necessárias para ligar, por exemplo, 100 computadores) e mau aproveitamento da largura de banda
  • A topologia Bus (barramento) é caracterizada por uma única linha de dados, terminada nos extremos, e ao longo da qual se ligam as estações de trabalho. Esta topologia tem a vantagem de ser relativamente barata, daí o ser utilizada sobretudo em redes peer-to-peer caseiras. Contudo, se um dos elementos da rede falhar, a rede fica toda comprometida, e é relativamente difícil detectar a falha.
  • Transcript

    • 1. Rede A princípio o propósito era transmitir dados de um micro a outro...
    • 2. Componentes Essenciais
      • Mais do que um computador;
      • Hardware e software para coordenar a troca de informações;
      • Um caminho para as informações seguirem de um computador para outro.
    • 3. Tipos de Redes Comuns Os dois tipos de rede mais populares são as redes sem fio e Ethernet.
    • 4. Rede Definindo o meio de transmissão: Wired Wireless
    • 5. 802.3 Em fevereiro de 1980, o Institute of Electrical and Electronics Engineers, ou IEEE , criou um comitê para padronizar as tecnologias de rede. O IEEE batizou esse comitê como grupo de trabalho 802. O nome foi baseado no ano e no mês de formação do grupo. Subcomitês do grupo de trabalho 802 pesquisavam separadamente diferentes aspectos das redes.
    • 6. Ethernet (802.3) O IEEE definiu cada subcomitê numerando-o como 802.X, em que X representava um número único para cada subcomitê.
    • 7. Terminologia Meio – Dispositivos se conectam a um meio comum que fornece um caminho para os sinais eletrônicos.
    • 8. Terminologia Nó – Cada dispositivo que se conecta à Rede.
    • 9. Terminologia Frame - Os nós se comunicam por meio de mensagens curtas chamadas frames, que são blocos de informação de tamanho variável
    • 10. Protocolos Conjunto de regras que regem as comunicações. Protocolos são a linguagem dos computadores. Seguindo esse raciocínio, dois dispositivos de uma rede precisam entender o mesmo protocolo para poder se comunicar.
    • 11. Protocolo Ethernet Pense em um frame como se fosse uma frase na linguagem humana. Em português, obedecemos a regras para construir as frases. Sabemos que todas as frases devem possuir um sentido completo.
    • 12. Protocolo Ethernet Especifica um conjunto de regras para construir os frames. Existe um comprimento mínimo e máximo para os frames e um conjunto necessário de trechos de informação que devem aparecer no frame.
    • 13. Protocolo Ethernet Por exemplo, cada frame deve incluir um endereço de destino e um endereço de envio, que identificam respectivamente o destinatário e o remetente da mensagem. O endereço identifica um nó único, da mesma forma que um nome identifica uma pessoa - dois dispositivos Ethernet nunca têm o mesmo endereço.
    • 14. O Meio Ethernet
    • 15. Redes Com Cabo Coaxial Par Trançado Fibra Óptica
    • 16. Rede com fio (Wired) Temos três padrões de redes Ethernet: de 10 megabits, 100 megabits e 1 gigabit.
    • 17. Rede com fio (Wired) As placas são intercompatíveis, mas ao usar placas de velocidades diferentes, as duas vão conversar na velocidade da placa mais lenta.
    • 18. Cabo Coaxial
    • 19. Cabo Coaxial
    • 20. Cabo de Par Trançado UTP STP
    • 21. Cabo de Par Trançado
    • 22. Cabo de Par Trançado Categoria 3: até 10 Mbps Categoria 4: até 16 Mbps Categoria 5: até 100 Mbps
    • 23. Cabo de Fibra Óptica
    • 24. Cabo de Fibra Óptica
    • 25. Cabo de Fibra Óptica
      • Vantagens:
      • Velocidade  
      • Isolamento elétrico  
      • O cabo pode ser longo 
      • Alta taxa de transferência
    • 26. Cabo de Fibra Óptica
      • Desvantagens:
      • Muito caro 
      • Difícil de instalar 
      • Quebra com facilidade 
      • Difícil de ser remendado
    • 27. Precisamos de dispositivos para automatizar tarefas, organizar fisicamente a rede e otimizar o tráfego:
    • 28. HUB É um dispositivo que tem a função de interligar os computadores de uma rede local. Ele recebe dados vindos de um computador e os transmite às outras máquinas. No momento em que isso ocorre nenhum outro computador consegue enviar sinal. Sua liberação acontece após o sinal anterior ter sido completamente distribuído.
    • 29. HUB (RJ 45)
    • 30. Hub USB
    • 31. Casa John Travolta
    • 32. Switch
        • É um aparelho muito semelhante ao hub, mas tem uma grande diferença: os dados vindos do computador de origem somente são repassados ao computador de destino. Isso porque os switchs criam uma espécie de canal de comunicação exclusiva
        • entre a origem e o destino.
    • 33. Switch
    • 34. Roteador (Router) Garante que a informação não vá para onde ela não é necessária e que cheguem ao destino desejado. Direciona o tráfego entre os dispositivos conectados. Pode permitir que múltiplos computadores compartilhem uma conexão com a Internet. Muitos roteadores novos combinam a tecnologia sem fio e a Ethernet e incluem um firewall para hardware.
    • 35. Roteador (Router)
    • 36. Troca de Dados na Rede
    • 37. Segmento Qualquer porção da rede separada por um switch, ponte ou roteador.
    • 38. Nó Qualquer coisa que está conectada à rede. Geralmente, um nó é um computador, mas também pode ser uma impressora ou uma torre de CD-ROM.
    • 39. Servidores São computadores com alta capacidade de processamento e armazenagem que tem por função disponibilizar serviços, arquivos ou aplicações a uma rede.
    • 40. Backbone Cabeamento principal de uma rede, sendo que todos os segmentos se conectam a ele. Geralmente, o backbone é capaz de carregar mais informações do que os segmentos individuais. Por exemplo, cada segmento pode ter uma taxa de transferência de 10 Mbps (megabits por segundo), enquanto o backbone opera a 100 Mbps.
    • 41. Placa de Interface de Rede Cada computador (e a maioria dos outros dispositivos) se conecta à rede através de uma placa de rede. A maioria dos computadores utiliza uma placa Ethernet conectada a um slot da placa-mãe do computador.
    • 42. Unicast Transmissão de um nó endereçado, especificamente, para outro nó.
    • 43. Multicast Um nó envia um pacote endereçado a um grupo especial de endereços. Os dispositivos interessados neste grupo podem se registrar para receber os pacotes endereçados ao grupo. Um exemplo pode ser um roteador Cisco que envia uma atualização para todos os outros roteadores Cisco.
    • 44. Broadcast Em uma transmissão broadcast, um nó envia um pacote endereçado a todos os outros nós da rede.
    • 45. Topologia Maneira como cada nó se conecta fisicamente à rede
    • 46. Ponto-a-ponto
    • 47. Anel (Ring)
    • 48. Anel (Ring) Os computadores são ligados diretamente um ao outro formando um caminho fechado. As placas de rede funcionam de forma Ativa, ou seja, um pacote que chega a uma placa de rede é retransmitido ao próximo computador. Se o pacote não está endereçado a um micro, este o retransmite, se o pacote realmente é para aquele micro, ele o copia e depois o retransmite.
    • 49. Anel (Ring) Uma falha em uma estação afeta a rede (ela pode, simplesmente, PARAR). Um pacote enviado atravessa o anel todo,ou seja, sai do emissor, passa por todos os micros, chega ao receptor, passa por mais micros e volta ao emissor
    • 50. Estrela (Star)
    • 51. Estrela (Star) Os computadores são ligados por meio de um equipamento central (nó central, concentrador, hub, núcleo, são alguns dos nomes). Todas as mensagens enviadas pela rede passam por esse equipamento.
    • 52. Estrela (Star) Os pacotes podem ser enviados por difusão (broadcast), ou seja, podem ser mandados para todos os micros da rede. Mas o ideal dessa topologia é que o núcleo saiba ler cada pacote e direcioná-los exatamente para o micro de destino, sem enviar, desnecessariamente, sinais elétricos aos demais.
    • 53. Estrela (Star) É a topologia física mais usada hoje em dia. É fácil expandir a rede, é fácil dar manutenção na rede, é menos complicado detectar falhas na rede.
    • 54. Barramento (Bus)
    • 55. Barramento (Bus) Os computadores são ligados a um condutor central, ou seja, o meio físico é compartilhado. As transmissões são feitas por difusão (Broadcast), ou seja, um computador simplesmente transmite sinais elétricos a todos. A mensagem só será assimilada pelo computador que possuir o endereço tido como destinatário da mensagem.
    • 56. Barramento (Bus) As interfaces (placas de rede) funcionam de forma passiva, ou seja, um computador qualquer apenas “escuta” a rede: se o pacote for para ele, ele o aceita, se o pacote for direcionado a outro, este micro simplesmente descarta-o. As interfaces de rede não servem como repetidoras, ou seja, não retransmitem o sinal que recebem.
    • 57. Barramento (Bus) Um computador com problemas não afeta o funcionamento da rede, justamente porque trabalha de forma passiva. Quanto mais computadores ligados em uma rede barramento, menos desempenho ela apresentará.
    • 58. Redes Sem Fio (Wireless) Tipos: Infravermelho Bluetooth Wi-fi Wi-max
    • 59. Infravermelho Transmissão de Dados Velocidade: 9.600 bps até 4 Mbps
    • 60. Bluetooth Transmissão de Dados Velocidade: 700 Kbps Freqüência: 2,4 GHz Atuação: 10 metros
    • 61. Wi-fi Wireless Fidelity - Fidelidade sem Fios Principais Padrões: 802.11b 802.11a 802.11g 802.11n
    • 62. 802.11b Transmissão de Dados Velocidade: 11 Mbps Freqüência: 2,4 GHz Atuação: 100 metros
    • 63. 802.11b Vantagens: Baixo custo - integrado em muitos dispositivos e computadores. Bom alcance - tipicamente de 45 a 90 metros em ambientes fechados. Não é facilmente obstruído - boa transmissão através da maioria das paredes e barreiras. Ampla adoção - compatível com a maioria dos pontos de acesso e hot spots públicos.
    • 64. 802.11b Desvantagens: Interferência - freqüência congestionada de 2,4 GHz pode significar conflitos com dispositivos Bluetooth e telefones sem fio, microondas. Velocidade mais lenta - Taxa de transferência máxima de 11 Mbps.
    • 65. 802.11a Transmissão de Dados Velocidade: 54 Mbps Freqüência: 5 GHz Atuação: 100 metros
    • 66. 802.11a Vantagens: Menos interferência - a banda de 5 GHz é menos congestionada com conflitos de freqüência. Maior largura de banda - 54 Mbps viabilizam redes de alta velocidade. Gargalos reduzidos - pode lidar com mais usuários simultâneos do que o 802.11b.
    • 67. 802.11a Desvantagens: Curto alcance - 18 a 27 metros em ambientes fechados. Menor compatibilidade - não é capaz de se comunicar diretamente com hardware 802.11b/g e com a maioria dos hot spots públicos.
    • 68. 802.11g Transmissão de Dados Velocidade: 54 Mbps Freqüência: 2,4 GHz Atuação: 100 metros
    • 69. 802.11g Vantagens: Alta velocidade - até 54 Mbps. Cinco vezes a taxa de transferência do 802.11b. Bom alcance - 45 a 90 metros em ambientes fechados. Não é facilmente obstruído - boa transmissão através da maioria das paredes e barreiras. Altamente compatível - comunica-se com dispositivos 802.11b e a maioria dos hot spots públicos.
    • 70. 802.11g Desvantagens Interferência - usa a mesma freqüência congestionada de 2,4 GHz do 802.11b. Custo - mais cara do que o 802.11b. Gargalos - apenas três canais se comparado com os oito canais do 802.11a.
    • 71. a/b/g Vários fabricantes oferecem atualmente pontos de acesso e cartões híbridos 802.11a/b/g que eliminam a necessidade de ter que escolher um único padrão. Existe, porém, a desvantagem do maior custo.
    • 72. Compatilidade Para que a rede efetivamente trabalhe a 54 megabits, é necessário que o ponto de acesso e todas as placas sejam 802.11g. Ao incluir uma única placa 802.11b na rede (mesmo que seja seu vizinho roubando sinal), toda a rede passa a operar a 11 megabits. As placas 802.11g não são compatíveis com o padrão 802.11a, mas os dois tipos de placas podem conversar a 11 megabits, utilizando o padrão 802.11b, que vira um denominador comum.
    • 73. Wi-Fi Tipos de Comunicação: Ad-hoc Infra Estrutura
    • 74. Wi-Max Transmissão de Dados Velocidade: 75 Mbps Freqüência: 2 a 66 GHz Atuação: 50 a100 Km Principal Padrão: 802.16d
    • 75. Endereço Físico Esse é um endereço único para o equipamento que está conectado ao cabo de rede
    • 76. Endereço MAC Media Access Control - este é o endereço físico de qualquer dispositivo (como uma placa de rede em um computador) na rede. O endereço MAC, formado por 2 partes iguais, tem 6 bytes de comprimento. Os primeiros 3 bytes identificam a empresa que fabricou a placa de rede. Os 3 bytes seguintes representam o número de série da placa de rede.
    • 77. MAC Endereço Físico: 00-15-8D-54-12-34
    • 78. Roteadores Dados Internet, quer no formato de uma página da Web, ou um arquivo baixado em um e-mail, trafegam em uma sistema conhecido como rede de pacotes de dados comutados . (ANIMAÇÃO)

    ×