Your SlideShare is downloading. ×
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Receitas pratos e vinhos chelenos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Receitas pratos e vinhos chelenos

798

Published on

Published in: Education, Self Improvement
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
798
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
30
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Preparação suculenta de tomates maduros aromatizados com alho ecoentro que são amassados em um pilãozinho de pedra (mortero).Dizem que seu nome vem do verbo “chancar” que significa moer edaí teria derivado a” chanco” e depois a “chancho” (porco).Ingredientes (6 pessoas)1 1/2 kg de tomates maduros pelados e picados em pedaços grandes3 dentes grandes de alho descascados3 pimentas verdes2 maços de coentro picadinho2 colherzinhas de orégano1/2xícara de óleo10 grãos de pimenta-do-reino1 1/2 colherzinha de sal CHANCHO EM PEDRAPREPARO1.- Em um pilãozinho ponha o sal , os alhos e os grãos de pimenta-do-reino, amasse até obter uma pasta.2.- Parta as pimentas no comprimento, elimine as sementes e pique-as, socando-as no pilão.3.- Adicione o orégano, a salsinha e o coentro bem picados e continuesocando.4.- Incorpore 2 tomates picados, para que a mistura fique maislíquida; ponha tudo numa tigela de barro onde estarão o resto dostomates pelados e picados. Acrescente o óleo e misture, amassandoos pedaços de tomate. Ponha mais sal, se for necessário.Os sabores frescos e a textura do tomate, coentro e da pimentaconvidam para provar um vinho de perfil fresco e jovem, como SIGLODE ORO SAUVIGNON BLANC.
  • 2. Pode ser servido frio como entrada ou quente como prato principal; éum dos pratos mais típicos do campo chilenoIngredientes (6 pessoas)2 kg de lombo de porco ( pescoço)Um pedaço de couro de porco de 30X40 cm.3 dentes de alho1 colher de vinagre1/2 de colherzinha de cominho moído2 colherzinhas de orégano seco2 colherzinhas de páprika em póSal e pimenta-do-reino1 colher de molho de pimenta vermelha ARROLLADO HUASO (Arrolhado)PREPARO1.- Corte o lombo de comprido em 6 ou 8 tiras e deixe-o de molho nostemperos (menos o alho), durante 24 horas.2.- Se o couro tiver pêlos, passe-o pela chama de fogo. Depois estenda-o sobre uma mesa e coloque sobre um extremo todas as tiras de carne,enrole o couro e amarre o arrollado com um barbante, dando primeiroduas laçadas longitudinais cruzadas. Siga enrolando com o barbantebem apertado, mantendo um centímetro entre cada volta.3.- Coloque o arrollado num saco plástico, elimine todo o ar e feche-ocom um nó cego. Ponha para ferver este rocambole durante 1 1/2 horanuma panela de pressão com agua suficiente para que fique boiando.4.- Quando o caldo gelatinoso estiver frio e mais sólido, abra o saco eretire o arrollado. Elimine a gelatina com as mãos, desenrole o barbantee pincele toda a superfície com molho de pimenta vermelha.5.- Se quiser, sirva-o quente, retire-o da panela quando estiver cozidoe coloque-o numa travessa. Abra o saco, cuidadosamente, para nãoderramar o caldo e corte a carne em fatias grossas de 5 cm, semdesamarrar o barbante, para que os pedaços fiquem inteiros. Sirvaacompanhado de batatas cozidas e o molho chancho em pedra.A temperatura de um prato é um fator a ser considerado na harmoniacom o vinho. Quando é servido frio SIGLO DE ORO Cabernet Sauvignondá um equilíbrio perfeito à personalidade especial do arrollado. Ao servi-lo quente, seu sabor se suaviza e prefere um SIGLO DE ORO Carmenere,que lhe dá um toque de pimentão verde e espécies.
  • 3. Símbolo da chilenidade, é fundamental nas festas pátrias; tira-gosto dechurrascos e prato tradicional nos domingos familiaresIngredientes (20 empanadas)Para o Pino (recheio carne moída):1 Kg de carne picada em cubos de 1 cm5 cebolas grandes picadas em cubinhos4 colheres de banha de porco1 colherzinha de cominho2 colheres de pimenta vermelha2 colherzinhas de molho de pimenta vermelhaSal e pimenta-do-reinoPara a massa8 xícaras de farinha de trigo peneirada200 g de gordura quente1 colherzinha de páprika em pó misturada com uma colher de óleoSalPara o recheio20 azeitonas40 passas demolhadas4 ovos duros cortados em gomos EMPANADAS / PASTÉIS DE FORNOPREPARORecheio1.- Numa frigideira frite a carne e a cebola na banha por 5 minutos atédourar ligeiramente. Tempere com os outros ingredientes e deixe esfriar.2.- Leve o caldo à geladeira para não soltar água antes de tempo.Massa1.- Prepare uma salmoura com 1/2 litro de água quente, misture comos outros ingredientes e amasse bem .2.- Divida a massa em e abra-a com o rolo numa espessura de 2 mm.Corte rodelas de 15 cm de diâmetro. Reserve os círculos de massa,amasse as beiradas que lhe sobraram e abra novamente com o rolo.Corte. Repita a operação até acabar a massa ou faça umas 20 rodelas.Empanada/ pastel de forno.1.- Em cada rodela de massa ponha duas colheres de recheio; umpedaço de ovo duro, uma azeitona e duas passas. Molhe as beiradas damassa com água morna e dobre uma metade sobre a outra. Aperte bemo contorno e faça pequenas pregas na massa da beirada.2.- Leve ao forno , pré-aquecido em temperatura média, por 15 minutos.Ao tirá-las do forno, deixe-as repousar durante 10 minutos cobertascom um pano, antes de servir.Bem saborosas, as “empanadas” necessitam de um vinho robusto comoum SELECCIÓN DEL DIRECTORIO Cabernet Sauvignon, onde a frutavermelha madura, as especiarias e os aromas defumados se equilibramcom o recheio bem temperado.
  • 4. Dependendo do tamanho podem ser servidas como tira-gosto ou comoprato de entrada; graças ao longo litoral chileno estes pastéis permitemmúltiplas combinações de frutos do mar de Norte a Sul.Ingredientes (32 pastéis)Massa1/2 kg de farinha de trigo1/2 litro de água morna2 colheres de sopa de gordura1 colher de sopa de sal1 colher de sopa de azeite de olivaRecheio2 colheres de sopa de óleo2 cebolas cortadas em cubinhos1/2 kg de machas limpas e picadas (ou outro fruto do mar )2 colheradas de salsinha picada finapáprika em pó1 colherzinha de farinha de trigo1 ovo1 litro de óleo para fritar P AT É I S D E F RU TO S D O M A RMODO DE PREPARO:Massa1.- Coloque a farinha de trigo em uma tigela e incorpore a água, o óleobem quente e o sal . Misture e amasse até ligar todos os ingredientes.Coloque a massa em um papel plástico e deixe-a repousar na geladeiradurante uma hora.2.- Coloque a massa em uma superfície plana e com farinha de trigo,abra com o rolo até 5 mm de espessura.3.- Corte a massa em rodelas de 10 cm de diâmetro. Reserve as rodelasde massa, amasse as beiradas que sobraram e passe o rolo novamentee corte. Repita a operação até acabar a massa.Recheio :1.- Numa frigideira aqueça o óleo e doure a cebola durante 5 minutos.2.- Adicione o resto dos ingredientes e mexa bem, durante uns doisminutos mais. Retire do fogo e deixe esfriar em temperatura ambiente.Como montar os pastéis :1.- Quando o recheio estiver frio, ponha duas colheres de sopa do recheiono meio de cada rodela de massa.2.- Pincele as beiradas com ovo batido e junte uma metade com a outra,pressionando as beiradas com os dedos para fechar bem.3.- Frite em abundante óleo quente, até ficarem douradas. Deixe unsminutos sobre papel absorvente para eliminar o excesso de óleo e sirva-as bem quente.Combina perfeitamente com as notas frescas de um vinho RESERVASauvignon Blanc; cujo aroma a abacaxi e goiaba equilibram o delicadosabor a frutos do mar destes pastéis
  • 5. Prato tradicional, fruto de nosso longo litoral.Ingredientes (4 pessoas)8 ouriços-do-mar grandes (10 línguas por pessoa)1 cebola média picada em cuadritos1 maço de salsinha picada finaSuco de 4 limões1 pão de forma cortado em fatias125 g de manteiga “OURIÇOS-DO MAR” EM MOLHO VERDEMODO DE PREPARO1.- Abra cada ouri-do-mar quebrando a parte superior de forma circular,usando uma faca pesada. Recolha em um recipiente o caldo que sair.2.- Solte as línguas cuidadosamente com os dedos. Lave-as no sucoreservado. Desta maneira ficarão com seu sabor natural.3.- Coloque 10 línguas em cada prato e jogue 3 colheradas do suco deouriço coado por cima.4.- Faça um molho verde misturando a cebola com a salsinha e o sucode limão. Adicione sal a gosto e ponha nos pratos com os erizos.5.- Sirva acompanhado de torradinhas com manteiga.O forte sabor de iodo deste marisco exige um vinho firme, como o nossoSELECCIÓN DEL DIRECTORIO Sauvignon Blanc; onde sabores cítricoscom um toque mineral oferece uma excelente harmonização.
  • 6. (machas:moluscos abundantes no Chile)Tradicional entrada quente do litoral chilenoIngredientes (6 pessoas)36 machas grandes e frescas3 colheres de sopa de queijo parmesão ralado125 g de manteiga2 limões MACHAS À PARMESANAMODO DE PREPARO1.- Abra as machas com uma faca firme e desprenda as línguas. Separeas conchas, limpe-as e reserve.2.- Lave as línguas para eliminar a areia. Faça um corte em cada umapara eliminar o conteúdo intestinal esverdeado, apertando-as com osdedos. Dê umas batidinhas em cada língua com o cabo de uma faca,ou junte todas num saco plástico e bata-o contra a superficie de umamesa.3.- Coloque uma língua em cada concha sobre a assadeira do forno .Adicione pedacinhos de manteiga e povilhe-as com queijo parmesão.Leve ao forno em temperatura alta, por 5 minutos. Se não tiver queijoparmesão, você pode substituir por fatias pequenas e finas de queijoprato.4.- Sirva 6 machas em cada prato e acompanhe o prato com limão .A textura das machas e a suavidade do queijo sugerem um vinho brancofrutoso com boa acidez e corpo médio como um SELECCIÓN DELDIRECTORIO Chardonnay.
  • 7. (No Chile o abacate se consome com sal)Receita clássica do campo chileno, com o tempo o recheio de frango foisubstituído por atum em lata ou camarões.Ingredientes (6 pessoas)3 abacates grandes maduros3 coxas de frango3 colheradas de maionese1 lata de pimentões em conserva picados finos6 tirinhas de pimentão fresco6 azeitonas pretas cortadas de compridoSuco de 1/2 limão1 alfaceSal e pimenta-do-reino ABACATE RAINHAPREPARO1.- Descasque o abacate e corte no sentido de comprimento em duasmetades, retire o caroço e a casca. Tempere-as por dentro com sal elimão.2.- Tempere as coxas de frango com sal e pimenta-do-reino e leve-asao forno. Uma vez cozidas desfie-as e misture-as com o pimentão e 11/2 colher de sopa de maionese.3.- Recheie bem cada metade de abacate com o frango e decore como resto da maionese, uma tira de pimentão fresco e uma azeitona.4.- Ponha cada metade de abacate num pirex, no meio de uma camafeita com folhas de alface.A textura cremosa do abacate e da maionese mais o recheio de frangocombinam muito bem com um vinho branco encorpado e com toque demadeira como RESERVA Chardonnay
  • 8. É uma receita muito versátil, pode ser servida sobre torradas paracoquetel, sobre fatias de pão preto como entrada ou como prato friopara um buffet.Ingredientes para o tártaro (4 pessoas)1/2 kg de filé de salmão1 colher de sopa de mostarda Dijon1 colherzinha de alcaparras1 pimenta verde picadinha1/2 colherzinha de gengibre fresco ralado1/2 xícara de pepinos cortados em cubinhos sem sementes1/2 cebola roxa cortada à juliana1 xícara de suco de limão esprimido na horaSal e pimenta-do-reinoIngredientes para o molho vinagrete1 colher de sopa de azeite de oliva1 colher de sopa de mostarda Dijon1 colher de sopa de mel1 colher de sopa de aceto balsâmicoSal e pimenta-do-reino2 maços de agrião TÁRTARO DE SALMÃOMODO DE PREPARO DO TÁRTARO:1.- Corte o salmão em cubinhos pequenos e coloque-os em uma tigela.Acrescente a mostarda, as alcaparras, a pimenta verde, o gengibre, ospepinos e a cebola.2.- Misture bem e tempere com sal e pimenta-do-reino.3.- Por último, adicione o suco de limão e deixe macerar por 5 minutos,para que o salmão fique impregnado com os sabores dos outrosingredientes.Montagem1.- Misture os Ingredientes do vinagrete até conseguir uma consistênciahomogênea e reserve.2.- Lave o agrião e escorra-o bem. Faça uma cama com o agrião sobrecada prato, e ponha sobre ela a forma onde você quer armar o tártaro.3.- Encha a forma com o tártaro reservado, apertando ligeiramente paraque ele fique compacto.4.- Retire a forma com cuidado, ponha o vinagrete sobre o agrião esirva imediatamente.Tanto o pepino como o gengibre dão um toque vivo no salmão; sigaa mesma linha com um vinho branco de aromas herbáceos e cítricoscomo o SELECCIÓN DEL DIRECTORIO Sauvignon Blanc.
  • 9. Pode ser uma entrada deliciosa ou um prato principal frio, um clássicode verão.Ingredientes (8 pessoas)Para as panquecas2 ovos125 g de farinha de trigo1 xícara de leite1/2 colherzinha de salPara o recheio2 alfaces picadas finas20 vagens cozidas e picadas2 xícaras de maionese3 abacates amassados3 tomates cortados em rodelas finas2 latas de atum em óleo (130g c/u drenado) ou um peito de frangocozido6 ovos duros cortados em gomos2 latas pequenas de pimentão (130g c/u drenado)Óleo, sal e limão TORTA DE PANQUECAS COM VERDURASMODO DE PREPARO:1.- En um tigela bata os ovos hasta que estén ligeramente espumosos,e incorpore lentamente la farinha de trigo peneirada, la leite e o sal .2.- Confeccione os panquecas numa frigideira de 15 cm. de diâmetro,bem quente e ligeramente aceitada. Reserve.3.- Misture alface comum pouco de maionese. Reserve.4.- Misture os vagens comum pouco de maionese. Reserve.5.- Corte as abacates en fatias, tempere comsal e um pouco de sucode limón.6.- Misture el atum já escorrido com um pouco de maionese. Se usarfrango, use o peito, pique fininho e misture com a maionese.7.- Tempere os tomates com sal.8.- Sobre um pirex redondo monte a torta, alternando uma panquecae um tipo diferente de recheio, deixando os mais moles (abacate epimentões) para as camadas superiores.9.- Tenha muito cuidado, ao cortar as porções, para não desarmar atorta. Use a faca elétrica para esta operação.Servido frio e com muitas verduras frescas, este prato harmoniza comum vinho leve e refrescante como nosso VARIETAL Cabernet Rosé,frutoso e ligeiramente doce.
  • 10. Da cozinha do norte, este tradicional “chupe de guatitas”.Ingredientes (6 pessoas)1 kg de bucho (guatitas)3 colheradas de queijo ralado1 cebola picada em cubinhos2 dentes de alho picados1 colherzinha de orégano2 colheres de sopa de salsinha picada1 colherzinha de pimenta-do-reino2 pãezinhos (pão branco)2 colherzinhas de pimenta2 colheradas de creme de leite2 colherzinhas de molho de pimenta em vidro3 colheres de sopa de óleo2 ovos durosSal DOBRADINHASMODO DE PREPARO1.- Lave bem o bucho e cozinhe-o em água com sal, na panela de pressãodurante uma hora ou até ficar mole.2.- Escorra e corte em tiras de 3 cm. Reserve um pouco do caldo decozimento e coloque os pães de molho nesse caldo.3.- Frite a cebola no óleo até ficar dourada, adicione os dentes de alho,a salsinha e outros temperos.4.- A seguir misture as dobradinhas e continue fritando, acrescente opão demolhado no caldo bem amassado, adicione o creme e o caldonecessário para obter uma consistência fluida e cremosa.5.- Despeje esta mistura em potinhos de barro untados com manteiga,decore com ovo duro e cubra com queijo ralado. Coloque no forno atéficar gratinado.Este prato cremoso com a parte de cima crocante requer um vinhobranco de corpo médio como RESERVA Chardonnay; que dá frescura aosabor presente das dobradinhas.
  • 11. Clássico da Ilha Grande de Chiloé; o Pulmay é feito na panela, cobertocom folhas de repolho, diferindo do Curanto que é preparado na terrae coberto com folhas de nalca. O caldo do cozimento recebe o nomepopular de “levanta muertos” por sua consistência.Ingredientes (15 pessoas)2 colheres de sopa de óleo15 pedaços de costela de porco defumado15 pedaços de frango15 pedaços de lingüiça1 cebola picada fina2 dentes de alho picados finos1/2 pimenta picada15 batatas com casca15 picorocos (fruto do mar)30 almejas30 choritos ou mexilhões30 cholgas3 litros de caldo de peixe ou de frutos do mar1 xícara de vinho Varietal Sauvignon Blanc1/2 kg de vagens com ervilhasFolhas de repolhoSal PULMAY OU CURANTO NA PANELAMODO DE PREPARO1.- Em uma frigideira com um pouco de óleo doure, dois minutos paracada lado, os pedaços de costela de porco defumada, frango e aslingüiças. Reserve.2.- Numa panela grande refogue a cebola, o alho e a pimenta .3.- Junte, por camadas, as batatas, os picorocos com as bocas paracima, as almejas, os choritos e as cholgas.4.- Depois junte os pedaços de frango, de porco e as lingüiçaspreviamente douradas.5.- Por último acrescente o caldo de peixe, o vinho e as ervilhas. Paraque todos os ingredientes tenham um cozimento adequado, respeite aordem sugerida no momento de colocá-los na panela;o que demoramais para cozinhar deve ir embaixo.6.- Tampe a panela com folhas de repolho e deixe cozinhar, a fogomédio por 45 minutos.7.- Sirva em tigelas de barro escaldadas, distribuindo uma porção decada ingrediente para cada pessoa.Esta mistura de mar e terra, com abundância de frutos do mar, peixee frango, sugere um vinho branco com corpo como nosso SELECCIÓNDEL DIRECTORIO Chardonnay; onde suas notas defumadas terminamde completar este prato.
  • 12. É o manjar dos deuses do litoral chileno, que o grande poeta PabloNeruda imortalizou em sua Oda al Caldillo de Congrio:”... el caldillo, sequenten las esencias de Chile, y a la mesa lleguen recién cassados lossabores del mar y de la tierra para que en ese prato tú conozcas el cielo.”Ingredientes (8 pessoas)1 Congrio de 4kg ou mais, cortado em 8 fatias transversais3 cebolas cortadas à juliana1 cenoura cortada em rodelas finas3 tomates descascados e picados1/2 pimentão vermelho descascado e cortado em cubinhos.4 batatas descascadas e cortadas em rodelas finas60 g de manteiga2 colheres de sopa de óleo4 colheres de sopa de creme de leite2 xícaras de vinho Varietal Sauvignon BlancTemperos1 folha de louro1 cebola cortada em quatro1 maço de salsinha picado fino3 dentes de alho picados finos1 limão2 colherzinhas de orégano1 colherzinha de molho de pimentasal e pimenta-do-reino CALDEIRADA DE CONGRIOMODO DE PREPARO1.- Numa panela faça um caldo com as nadadeiras e a cabeça do peixeem 1 1/2 litro de água, temperada com louro, cebola, salsinha e 2dentes de alho. Cozinhe por 2 horas em fogo lento, repondo a águaevaporada; coe e reserve.2.- Tempere o peixe com sal e pimenta-do-reino, suco de limão e umdente de alho molido, uma pitada de orégano e pimenta, deixe repousarpelo menos uma hora.3.- Numa panela frite a cebola no óleo e manteiga, até começar a dourar.Adicione as cenouras, os dentes de alho, os tomates e o pimentão.Coloque esta fritura na panela, com o caldo quente. Incorpore as batatase o vinho branco. Depois de 15 minutos adicione os pedaços de peixe.Deixe ferver por mais 10 minutos, retire do fogo e adicione o creme deleite previamente diluido em 1/2 xícara de caldo.4.- Sirva em pratos fundos e jogue salsinha picada por cima , antes deservir.Esta sopa combina bem com um vinho branco de bom corpo como nossoSelección del Directorio Chardonnay.
  • 13. Cazuela é o nome da panela na qual se preparam os cozidos; no Chileesta palavra passou a designar exclusivamente esta sopa saborosa, quepode ser feita com qualquer tipo de carne, sendo as mais populares acazuela de carne de vaca e a cazuela de frango.Ingredientes (6 pessoas)2 kg de assado de tira6 batatas grandes1/2 kg de abóbora300 g de vagens1 cenoura grande cortada à juliana2 pedaços de milho1 cebola pequena2 alhos poró3 colheres de sopa de arrozTemperos2 dentes de alhouma pitada de orégano1 galhinho de tomilho.2 colherzinhas de coentro ou salsinha picada fina.Sal e pimenta-do-reino em grãos CAZUELA DE VACUNOMODO DE PREPARO1.- Descasque as batatas e coloque-as numa tigela com água fria, ondetambém irão todos os vegetais já picados, antes de fervê-los. Descasquee corte a abóbora em 6 pedaços grandes. Limpe as vagens e corte-asde comprido. Corte também o milho e o alho poró em três pedaços cadaum.2.- Cozinhe a carne em 1/2 litro de água temperada, numa panela quepermita colocar com folga todos os ingredientes.3.- Quando a carne estiver bem cozida, junte os outros ingredientes naorden estabelecida pelo tempo de cozimento: primeiro o pimentão e acenoura, depois as batatas e o arroz; depois o milho, a abóbora e porúltimo as vagens. Cozinhe durante 15 minutos mais e logo estará prontaa cazuela.4.- Leve os pratos servidos à mesa com um pedaço de cada ingredientee caldo suficiente. Sirva acompanhado de pimenta verde sem sementes,coentro ou salsinha picados.A cazuela é um prato típico dos dias chuvosos de inverno; serve-se comum vinho Selección del Directorio Cabernet Sauvignon; onde as frutasvermelhas e seu corpo médio realçam o sabor da carne e das verdurassem opacá-las.
  • 14. Prato de origmn espanhola, incorporado à gastronomia chilena, quandoPedro de Valdivia conquista a Araucânia. Nesse momento, para se salvarda escassez da carne, nasce este rico caldo feito à base de charque; eque atualmente deve seu nome a este conquistador espanhol, tornando-se uma tradição do sul do Chile.Ingredientes (6 pessoas)1/2 kg de charque (carne de vaca seca e defumada)4 cebolas médias cortadas à juliana2 pimentas verdes sem sementes cortadas de comprido6 ovos4 colheres de sopa de óleoTemperosPáprika em pó1 colherzinha de orégano1 pitada de cominho moído1 cubinho de caldo de carne1 colher de sopa de salsinha picada finasuco de 1/2 limão ou 1 laranja azedaSal VALDIVIANOMODO DE PREPARO1.- Numa lata ponha o charque para assar no forno bem quente por 10minutos e depois, amasse-o bem até desfiá-lo em tirinhas. Numa frigideira,frite as cebolas picadas em óleo, sem dourá-las, adicione o charque, apáprika em pó, o orégano e a pitada de cominho.2.- Numa panela com 1 1/2 litro de água fervendo, dissolva o caldo decarne; adicione a ceboa frita e deixe ferver por 1 hora. Depois incorporea pimenta verde, a salsinha e o caldo do limão ou da laranja azeda.3.- Quebre cada ovo sem arrebentar a gema e coloque-o numa concha,a seguir coloque-o dentro da panela do caldo até ficarem cozidos.Retire os ovos com cuidado e ponha um em cada prato fundo, coloquea sopa e sirva imediatamente.Vinho - Selección del Directorio Carmenère; suas frutas negras combinammuito bem com o sabor da cebola e do suco de laranja do prato, e asas notas torradas do barril destacam o sabor defumado do charque.
  • 15. Seu nome deriva do bife à pimenta-do-reino (em francês Bifteckg aupoivre), que no Chile generosamente acrescentaram batatas fritas,cebola e ovo frito. No norte do nosso país também é servido com arroz.Ingredientes (4 pessoas)4 bifes de lomo ou filé mignon12 batatas descascadas e cortadas de comprido, em tiras grossas4 cebolas médias cortadas à juliana8 ovos2 litros de óleoSal e pimenta-do-reino BIFE A LO POBREMODO DE PREPARO1.- Em uma frigideira, frite as batatas em óleo abundante até dourarligeiramente.2.- Frite as cebolas em fogo alto com 3 colheres de sopa de óleo.3.- Unte com óleo duas frigideiras, polvilhe sal e quando o óleo estiverbem quente frite os bifes em cada uma. Deixe a carne bem dourada,mantendo o centro rosado e suculento. Retire-os do fogo quandoaparecerme gotinhas rosadas na superficie.4.- Frite os ovos, mantendo-os quentes.5.- Sirva em quatro travessas, aquecidas previamente no forno ,distribuindo nelas as cebolas, as batatas fritas, um bife no meio,cobrindo-o com ovo frito em cada prato.O aroma das frutas vermelhas de nosso vinho VERNUS Cabernet Sauvignoncombina perfeitamente com a relativa doçura da cebola e o sal dasbatatas. O toque das espécies neste vinho realçam o bife e o volumemantém o equilíbrio.
  • 16. Prato pré-colombiano de origem andina feito originalmente à base decharque, preparado em todo o Chile, talvez por influência dos incas eque os espanhóis continuaram guisando, e o seu preparo é mantido atéhoje."Ingredientes (6 pessoas)1/2 Kg de carne (alcatra, patinho)cortada em cubinhos1 cebola grande picada4 batatas grandes descascadas e cortadas em cubinhos.1/2 Kg de abóbora descascada e cortada em cubinhos2 dentes de alho amassados1/2 xícara de óleo2 colherzinhas de páprika em pó1 1/2 colherzinha de orégano1 pitada de cominhocebolas e pimentas em escabecheSal e pimenta-do-reino CHARQUICÁNMODO DE PREPARO:1.- Aqueça o óleo numa panela e frite a carne por 10 minutos.2.- Junte as batatas, a abóbora, o alho e os temperos. Frite por mais10 minutos, e depois coloque a água fervendo até cobrir tudo. Cozinhepor 20 minutos ou até as batatas ficarem bem cozidas.3.- Quando o cozido ficar pronto, amasse os pedaços de batatas eabóbora com uma colher, desmanchando-os parcialmente.4.- Sirva em pratos individuais, decorados com a páprika em pó.Acompanhe com cebola e pimenta verde em escabeche.De textura suave e cheio de sabor, este prato harmoniza bem com umvinho Selección del Directorio Merlot; a doçura da abóbora acentua asnotas de frutas vermelhas; e a carne combina bem com os toquestostados do vinho.
  • 17. Famoso por ser um prato abundante da cozinha caseira e simples, podeser feito com carnes variadas: frango, mariscos ou carne de vaca, massua versão mais saborosa e da terra continua sendo a de testículos.Ingredientes (6 pessoas)6 testículos grandes de cordeiro1 cebola mediana picada em cubinhos2 xícaras de pão de forma fresco cortado em cubinhos3 xícaras de batatas peladas e cortadas em cubinhos1/2 xícara de cenoura cortada em cubinhos1 xícara de ervilhas1 copa de vinho Varietal Sauvignon Blanc2 colheres de sopa de salsinha picada fina2 xícaras de caldo de testículos3 ovos2 ovos duros picados1/2 xícara de óleo3 colheres de sopa de manteigaSal e pimenta-do-reino F R I C A S SÉ D E T E S T Í C U L O S DE CORDEIROMODO DE PREPARO1.- Numa panela cozinhe 6 testículos em abundante água salgadadurante 15 minutos. Reserve o caldo, tire a pele e corte-os em cubinhose polvilhe –os com pimenta-do-reino.2.- Frite este picadinho em óleo misturado com a manteiga, até dourarmuito ligeiramente.3.- Frite a cebola e a cenoura, no que resta de óleo na frigideira maisuma colherzinha de manteiga. Misture com os testículos e junte a salsinhae as ervilhas. Acrescente uma xícara de caldo, vinho branco e deixeferver na caçarola tampada por 5 minutos. Ajuste o sal e a pimenta-do-reino, mantendo o calor.4.- Numa frigideira, frite as batatas com abundante óleo e quandoestiverem começando a dourar, adicione o pão e continue fritando atéele ficar dourado. Retire e ponha sobre o papel absorbente para eliminaro excesso de óleo.5.- Bata os ovos, despeje-os na panela com o cozimento, retire do fogoe mexa rapidamente, para que o caldo quente junto do ovo forme umaliga cremosa. Ponha numa travessa quente e espalhe por cima as batatas,o pão frito e os ovos duros.6.- Com uma colher grande, distribua o guisado em cada prato, fazendocom que a fritura fique sobre o cozido, evitando que se misturem.O singular sabor dos testículos exige um vinho robusto como Notas deGuarda Cabernet Sauvignon; seus taninos redondos e notas de pimenta-do-reino preta harmonizam bem com o prato.
  • 18. É uma das preparações mais antigas da cozinha pré-hispânica chilena,elas são feitas com milho verde, que é um alimento compartilhado comoutros povos andinos; dando origem aos “tamales” de outras regiões;no entanto a pamonha chilena é feita só com milho, podendo ser doce,salgada ou com pimenta..Ingredientes (8 pessoas)12 espigas de milho verde grandes1 cebola grande picada2 colheres de sopa de banha de porco5 folhas de manjericão picadas finas2 pimentas verdes picadas finas1 xícara de leite1 colher de sopa de páprika em póSal e pimenta-do-reino H U M I TA S / PA M O N H A SMODO DE PREPARO1.- Corte as espigas de milho pela base e separe as palhas. Reserve as mais largas para fazer as pamonhas mais tarde.2.- Retire os cabelo, lave as espigas e debulhe-as. Passe o milho pelamáquina processadora. Ponha numa tigela e reserve.3.- Numa frigideira frite a cebola na banha até ficar transparente,acrescente pimentas verdes, ou páprika em pó, o manjericão, o sal ea pimenta-do-reino. Despeje esta fritura na panela com o milho moido,acrescente leite e misture bem . Se o milho estiver muito maduro e compouco caldo, adicione mais leite até conseguir uma mistura espessa.4.- Sobreponha 2 palhas e acrescente 1 xícara e meia da mistura naparte central, dobre a palha como se fosse um embrulho, as pontaslaterais para dentro e feche bem. Amarre com uma tira fina de palha.5.- Ponha as pamonhas para cozinhar numa panela grande de águacom sal, durante uma hora. Escorra bem, antes de servir.O recheio cremoso de milho harmoniza muito bem com um vinho tintode taninos suaves como nosso Siglo de Oro Carmenère. O manjericãoe a pimenta verde da pamonha se unem ao pimentão verde e à pimenta-do-reino do vinho.
  • 19. Sendo o milho um ingrediente muito presente na comida chilena, nesteprato é o rei. De aroma inconfundível, em sua “paila” de barro(tigela)os sabores da carne e a doçura do milho se misturam.Ingredientes (12 pessoas)12 espigas de milho grandescarne moída com cebola e outros temperos (ver entradas)1 frango assado , desossado60 g de manteiga1 colher de sopa de óleo3 colheres de sopa de açúcar1 litro de leite3 colherzinhas de molho de pimenta4 ovos duros, cortados em quartos3 folhas de manjericão picadas finas TORTA DE MILHOMODO DE PREPARO1.- Descasque as espigas de milho , debulhe, e passe o milho pelamáquina de moer.2.- Ponha numa panela a manteiga no óleo quente, acrescente a pastade milho e cozinhe lentamente, mexendo. Junte o leite a medida quefor espessando e depois o sal , o açúcar e o manjericão. Quando o cremeestiver espesso já está em condições de armar o prato.3.- Prepare a carne moída conforme as indicações das “empanadas” deforno , seção entradas.4.- Unte cada tigelinha de barro e ponha 4 colheres de sopa cheias decarne moída, um pedaço de frango assado e uma fatia de ovo cozido,cubra com uma camada da mistura de milho de 2 cm. Polvilhe açúcare leve ao forno, pré-aquecido e fogo forte, até o açúcar começar acaramelizar.Este prato forte pede um vinho expressivo, como nosso Notas de GuardaCarmenère; seus sabores a frutos negros complementam a doçura domilho e suas notas especiadas harmonizam muito bem com o sabor dacarne do recheio.
  • 20. Os chilenos são fanáticos pelos legumes e este prato saboroso, preparadocom feijão fresco, milho verde e manjericao é a melhor receita de nossacozinha rural, no verão.Ingredientes (6 pessoas)2 Kg de feijão verde1/2 Kg. de vagem em pedacinhos1/2 abóbora picada2 dentes de alho picados finos1/2 cebola picada em cubinhos6 folhas de manjericão picadas3 espigas de milho verde2 pimentas verdes picadas fininhas2 colheres de sopa de óleo1 cucharada de banha de porco1 colherzinha de páprika em pó1 pitada de cominhopimenta-do-reino POROTOS GRANADOS ( FEIJÃO VERDE)MODO DE PREPARO1.- Debulhe o milho em três cortes, de modo que cada grão de milhofique partido em três.2.- Numa frigideira frite a pimenta verde por 5 minutos e junte a cebolaaté começar a dourar. Acrescente o alho,a páprika, a pimenta-do-reinoe o cominho.3.- Numa panela misture com o feijão verde e adicione agua até cobriros ingredientes.4.- Cozinhe o feijão verde durante 45 minutos ou até ficar mole5- Junte a abóbora e 5 minutos depois, o picadinho de milho e omanjericão. Cozinhe por 10 minutos mais.O sabor das verduras frescas cai muito bem com um vinho tinto de corpomédio como o Varietal Cabernet Sauvignon - Merlot; suas notas frutaisrealçam especialmente o sabor da abóbora.
  • 21. O cordeiro é um clássico da Patogônia Chilena, onde esta carne de altoconteúdo de gordura faz parte da cozinha trivial nesta região de clima frio.Ingredientes (1 - 2 pessoas)1 1/2 Kg de Costela de Cordeiro CHURRASCO DE COSTELA DE CORDEIROTÉCNICA DE ASSADO1.- Separe a espinha da costela, deixando por um lado o lombo aderidoà costela e pelo outro, vértebras toráxicas.2.- Com um machado ou serra corte a extremidade da costela, deixandoas costelas de um comprimento de 12 cm. Depois corte a gordura sobreas costelas a 5 cm da extremidade dos ossos.3.- Corte a membrana entre os ossos e raspe a carne grudada nela,deixando as costelas limpas.4.- Ponha as chuletas sobre a grelha, com as costelas nas brasas por30 minutos em temperatura moderada. Passe sal sobre a gordura dolado superior.5.- A carne deverá ter-se desprendido levemente dos ossos e apareceráuma espuminha ma medula das costelas. Vire as chuletas, deixando odorso exposto às brasas durante 15 minutos mais, até dourar.6.- Retire as chuletas da grelha e corte de dois ou três e acompanhecom purê de verduras.Os sabores de amora e cerejas dão um contraste aos matizes defumadosda carne; resultados do lento cozimento sobre a grelha. O alto conteúdode gordura desta carne faz excelente dupla com os firmes taninos denosso D.O.N. (De Origem Nobre).
  • 22. Receita muito econômica, antigamente era feita com o pão amanhecido;hoje a receita foi resgatada e seu Modo de preparo foi se sofisticando,obtendo assim uma sobremesa mais leve e saborosa.Ingredientes (8 pessoas)1 litro de leite200 g de pão de forma sem as beiradas.5 ovos1 xícara de açúcar1 cucharada de passas corinto2 colheres de sopa de frutas cristalizadas surtidas3 colheres de sopa de pisco (30 graus).•colherzinha de essência de baunilha1 pau de canela. PUDIM DE PÃOMODO DE PREPARO:1.- Deixe as passas corinto de molho em 3 colheres de sopa de pisco(30 graus).2.- Ferva o leite com o açúcar, a canela e a baunilha por 15 minutos.Deixe amornar e ponha o pão de molho nele. Despeje esta mistura noliqüidificador e adicione os ovos e misture tudo.3.- Acrescente as passas com o pisco e as frutas cristalizadas picadas,misturando bem, despeje tudo em uma forma previamente caramelizada.4.- Leve ao forno em banho-maria, forno pré-aquecido em temperaturamédia durante uma hora.5.- Verifique com um palito se o centro está firme; deixe esfriar edesenforme. Sirva em fatias banhadas com alguma calda com licor oudecorada com creme chantilly.A suave textura e seu frutoso sabor;tornam o Vernus Riesling LateHarvest, o companheiro ideal desta sobremesa tão clássica.
  • 23. O Chile é bem conhecido por suas excelentes frutas. Aqui as perascombinam com o vinho para uma sobremesa elegante, bonita e deliciosa.Ingredientes (6 pessoas)6 peras maduras firmes1 garrafa de Siglo de Oro Merlot1 xícara de açúcar1/3 xícara de creme de leite fresco1 pau de canela3 colherzinhas de amido de milho1 colher de sopa de açúcar de confeiteiro. PERAS AO MERLOTMODO DE PREPARO:1.- Descasque as peras, deixando a superfície bem lisa e conservandoo cabinho.2.- Numa panela quente o vinho junto com o açúcar e a canela.3.- Adicione as peras e deixe ferver por 30 minutos, para ter certeza deque as peras estão bem cozidas, espete-as com um palito.4.- Retire as peras da panela com cuidado e coloque-as numa bandejana geladeira. Continue fervendo o vinho em fogo forte para deixá-loconcentrado, reduzindo seu volume a 2/3. Engrosse-o ligeiramente coma maizena dissolvida em duas colheres de sopa de água. Dê uma últimafervura e deixe esfriar.5.- Enquanto isso em uma tigela bata o creme por 3 minutos com oaçúcar de confeiteiro.6.- Ponha três colheres de sopa de calda de vinho em cada prato euma pera. Cubra a pera com uma colher de creme batido.Os aromas frutais nos sugerem um vinho jovem de taninos suaves, oque permite servir o vinho Siglo de Oro Merlot, utilizado na preparaçãodesta deliciosa sobremesa.
  • 24. Delicia típica de inverno enche de calidez e energia as chuvosas e frias tardes. As sopaipilhas podem ser servidas com calda de rapadura comosobremesa ou com “chancho em pedra” como tira-gosto.Ingredientes (6 pessoas)1 Kg de abóbora1 Kg de farinha de trigo125 g de banha de porco1 colherzinha de fermento em pó2 colherzinhas de salCalda1 pedaço de rapadura (125 g)2 xícaras de águaBaunilha, casca de laranja ou limão, cravos ou canela (a escolha)Amido de Milho “SOPAIPILLAS” (SOPAIPILHAS)MODO DE PREPARO:1.- Ponha a abóbora numa travessa e leve ao forno quente para dourarbem sua superfície, por 1 hora e deixe esfriar.2.- Passe a abóbora por uma peneira. Junte a banha e o sal ao purê deabóbora; adicione a farinha de trigo, aos poucos, até obter uma massabranda que não grude nas mãos.3.- Estique com o rolo até deixar a massa com 3 mm.Corte rodelas de6 a 8 cm. de diâmetro.4.- Frite as rodelas em uma frigideira com abundante óleo, bem quente,até dourar.Calda1.- Ferva a água numa panela grande e dissolva a rapadura. Diminuao fogo e junte os saborizantes a gosto. Deixe no fogo brando durante20 a 30 minutos.2.- Numa xícara dissolva 1 ou 2 colherzinhas de amido de milho emágua fria e junta à calda para espessá-la.3.- Passe as sopaipilhas pela calda fervendo, durante 1 a 3 minutosconforme seu gosto, quanto mais tempo ficam na calda, mais moleficam. Sirva quente.Variação salgada para tira-gosto.1.- Prepare as sopaipilhas da mesma forma, mas corte-as em rodelinhasde 3 a 4 cm de diâmetro.2.- Sirva com “Chancho em Pedra” (ver receita seção entradas)Servidas como sobremesas a sugestão é acompanhá-las com um VERNUSRiesling Late Harvest, que equilibrao doce. Se preferir como tira-gostoum SIGLO DE ORO Sauvignon Blanc, harmoniza muito bem com ofrescor da pimenta e do tomate.
  • 25. Versão Chilena do merengue italianoIngredientes (6 pessoas)1 garrafa de Varietal Shiraz2 xícaras de açúcar5 claras de ovos100 g de nozes peladas TURRORE DE SHIRAZMODO DE PREPARO1.- Coloque as nozes sobre uma bandeja no forno por 5 minutos paratorrá-las levemente. Esfregue-as energicamente com um pano para soltara película que as cobre, depois pique-as e sopre para eliminar os restosda película. Reserve.2.- Ferva o vinho até reduzi-lo pela metade, adicione o açúcar e continuefervendo até obter uma calda no ponto.3.- Bata as claras em neve com uma pitada de sal.Continue batendoenquanto adiciona a calda lentamente. Coloque este merengue coloridoem taças de sobremesa, decorando com as nozes previamente torradas.As nozes são adstringentes e ajudam a reduzir a doçura da sobremesa,permitindo servi-la com um VARIETAL Shiraz, o mesmo usado no preparoda sobremesa.

×