Alessandro Almeida | www.alessandroalmeida.com
Relembrando a aula passada...
   Definição 1:     Um conjunto de atividades inter-relacionadas ou     interativas, que transforma insumos (entradas)  ...
Folha de Pagamento    Fechamento Contábil              Pagamento
Todas as empresas trabalham  orientadas a processos!
   Por que é importante...     ...conhecê-los?     ...mapeá-los?     ...controlá-los?
Uma reflexão sobre os pontos que fazem a diferença no resultado dasempresas
Tecnologia          Resultado da            EmpresaPessoas                  Processos
Tecnologia          Resultado da            EmpresaPessoas                  Processos
   Os processos sempre estarão lá, mesmo se a    empresa preferir ignorá-los ou não conhecê-    los   Decisão a ser toma...
Como conhecer os processos?
   Análise de documentos e outros “materiais”    gerados ou utilizados pelo processo
   Entrevistas
   Observação in loco     Observar o processo sendo executado     Acompanhar os “atores” que participam da sua     exec...
   Como fazer?   Analisar...     Disponibilidade das pessoas     Cultura da empresa     A empresa tem algum conhecime...
   Diversas ferramentas...     Visio     Aris     TIBCO     Intalio     BizAgi     Etc.
   ...e notações:     BPMN     EPC     IDEF     Diagrama de Fluxo de Dados     Fluxograma Básico     Etc.
5.3.01.02.12                       5.3.01.02.13                           5.3.01.02.14       ...e notações:           Emi...
   Ás vezes, (somente) a parte gráfica não    resolve...
   Ás vezes, (somente) a parte gráfica não               Matriz de Responsabilidades                           ATIVIDADE ...
   Qual notação utilizar?   Depende da necessidade...     ▪   Há um padrão na empresa?     ▪   Qual ferramenta será util...
Mapeando e Modelando Processos
   Reúnam-se em duplas   Questione seu colega sobre algum processo que    faça parte da rotina de trabalho dele (atual o...
   Faça a modelagem da forma que você preferir     Fluxograma (seguindo um padrão ou não)     Descritivo     A dupla n...
alessandro.almeida@uol.com.brwww.slideshare.net/alessandroalmeida
   Imagem “Colaboração”:    http://www.gettyimages.com/detail/1033495    61/Flickr   Imagem “Receita da Palmirinha”:    ...
Teoria de Sistemas de Informação - Aula 5
Teoria de Sistemas de Informação - Aula 5
Teoria de Sistemas de Informação - Aula 5
Teoria de Sistemas de Informação - Aula 5
Teoria de Sistemas de Informação - Aula 5
Teoria de Sistemas de Informação - Aula 5
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Teoria de Sistemas de Informação - Aula 5

347

Published on

Slides da 5ª aula da disciplina "Teoria de Sistemas de Informação".

Curso: Sistemas de Informação.

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
347
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
15
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Teoria de Sistemas de Informação - Aula 5

  1. 1. Alessandro Almeida | www.alessandroalmeida.com
  2. 2. Relembrando a aula passada...
  3. 3.  Definição 1:  Um conjunto de atividades inter-relacionadas ou interativas, que transforma insumos (entradas) em produtos (saídas) [ABNT, 2001].
  4. 4. Folha de Pagamento Fechamento Contábil Pagamento
  5. 5. Todas as empresas trabalham orientadas a processos!
  6. 6.  Por que é importante...  ...conhecê-los?  ...mapeá-los?  ...controlá-los?
  7. 7. Uma reflexão sobre os pontos que fazem a diferença no resultado dasempresas
  8. 8. Tecnologia Resultado da EmpresaPessoas Processos
  9. 9. Tecnologia Resultado da EmpresaPessoas Processos
  10. 10.  Os processos sempre estarão lá, mesmo se a empresa preferir ignorá-los ou não conhecê- los Decisão a ser tomada...  Quem controla quem?
  11. 11. Como conhecer os processos?
  12. 12.  Análise de documentos e outros “materiais” gerados ou utilizados pelo processo
  13. 13.  Entrevistas
  14. 14.  Observação in loco  Observar o processo sendo executado  Acompanhar os “atores” que participam da sua execução
  15. 15.  Como fazer? Analisar...  Disponibilidade das pessoas  Cultura da empresa  A empresa tem algum conhecimento em processos?  Documentação existente Saber ouvir  Ouvir além do que é falado...
  16. 16.  Diversas ferramentas...  Visio  Aris  TIBCO  Intalio  BizAgi  Etc.
  17. 17.  ...e notações:  BPMN  EPC  IDEF  Diagrama de Fluxo de Dados  Fluxograma Básico  Etc.
  18. 18. 5.3.01.02.12 5.3.01.02.13 5.3.01.02.14  ...e notações: Emitir guias de recolhimento Guias de recolhimento Enviar guias para o Contas a Pagar 4.2.31 Pagamentos guias tributos Receber guias autenticadas Guias autenticadas  BPMN Fiscal Easy Fiscal Manual Fiscal ManualB  EPC 5.3.01.02.15 Enviar e-mail p/ Arquivo 5.2.03.02 contabilidade Exportar provisão Montagem  IDEFcontábil de lotes contábeis informando o fechamento impostosC Fiscal Easy  Diagrama de Fluxo de Dados  Fluxograma Básico IQ-Contab /  Etc. Autbank
  19. 19.  Ás vezes, (somente) a parte gráfica não resolve...
  20. 20.  Ás vezes, (somente) a parte gráfica não Matriz de Responsabilidades ATIVIDADE PRODUTO ENTREGUE PELO CSC PRODUTO ENTREGUE PELO RESPONSÁVEL DATA PREVISTA CLIENTE resolve... Dia Dia Negócio1 FECHAMENTO DA FOLHA DE PAGAMENTO Data seman útil a CSC Atividades 1.1 - REMESSA DAS MOVIMENTAÇÕES DE PESSOAL APROVADAS FORMULARIOS - APROVADOS RELATÓRIO 1.2 - CADASTRAMENTO E BAIXAS DE FUNCIONÁRIOS - FOLHA Aprovar requisição de compra 1.3 - TRANSFERÊNCIAS DE FUNCIONÁRIOS conforme alçada RELATÓRIO - R 1.4 - PROCESSAMENTOaprovações os documentos de compras (OC) conforme política de alçadas definida. Submeter às DA FOLHA E LIBERAÇÃO DA INTERFACE 1º R 1.5 - ENVIO DO RELATÓRIO DE FOLHA PAGTO E PROVISÃO DE FÉRIAS E 13º 1º SALÁRIOProver e assegurar a integridade e qualidade das informações, como suporte efetivo à gestão de R compras, à auditoria, aos usuários CONTABILIDADE - TOTAL 1.6 - CONFERÊNCIA DOS VALORES INTEGRADOS À e fornecedores. BALANCETE 1º EMPRESADesenvolver uma equipe conhecedora dos materiais e serviços utilizados pelo XXXX e seus 1.7 - ENVIO DO RELATÓRIO RESUMO para aplicar ou suportar as necessidades. PJ mercados fornecedores DE PJ´S RELATÓRIO 1º R 1.8 - EMISSÃO DO RELATÓRIO DO EASY E DO RAZÃO CONTÁBIL Realizar cotações e negociar com fornecedores dos grupos de materiais/ serviços de sua RELATÓRIO/RAZÃ ASSESSORIA E 1º R responsabilidade. O CONSULTORIA PJ PARA ABERTURA DOS IMPOSTOS Participar da PLANILHA RESUMO minutas ou modelos de contratos de fornecimento para definição 1.9 - ELABORAÇÃO DA elaboração de DE PJS PLANILHA 1º R conjunta com Jurídicos e fornecedores. 1.10 - CONTABILIZAÇÃO MANUAL DOS IMPOSTOS DE PJ´S RELATÓRIO 1º Solucionar não-conformidades relativas aos fornecimentos RELATÓRIO 1.11 - ENVIO DOS RELATÓRIOS DE BENEFÍCIOS A FUNCIONÁRIOS dos grupos de materiais/ serviços sob 3º R sua responsabilidade. 1.12 - CONTABILIZAÇÃO MANUAL DA CO-PARTICIPAÇÃO ASSISTÊNCIA PLANILHA 3º MÉDICA R - Responsável2 FECHAMENTO DO RECEBIMENTO INTEGRADO 2.1 - PROCESSAMENTO DE TODAS AS NF´S DE ENTRADA E - Executa NOTA FISCAL 1º P - Participa VIA 2.2 - SOLICITAÇÃO DE FECHAMENTO DOS MÓDULOS DE RI/INV A - Apóia EMAIL/ABERTURA 1º DE CHAMADO
  21. 21.  Qual notação utilizar? Depende da necessidade... ▪ Há um padrão na empresa? ▪ Qual ferramenta será utilizada na modelagem? ▪ O cliente já está habituado com alguma notação? ▪ Qual é a finalidade do mapeamento?
  22. 22. Mapeando e Modelando Processos
  23. 23.  Reúnam-se em duplas Questione seu colega sobre algum processo que faça parte da rotina de trabalho dele (atual ou anterior)  Procure mapear o “de-até”... ▪ Onde o processo começa? Onde o processo termina? ▪ De quem recebe e para quem envia  Escolha uma forma (texto ou fluxograma) e faça a modelagem do processo ▪ Independente da forma, não se esqueçam de incluir o título e um resumo do processo
  24. 24.  Faça a modelagem da forma que você preferir  Fluxograma (seguindo um padrão ou não)  Descritivo  A dupla não precisa fazer a modelagem dos dois processos da mesma maneira Fundamental...  Na leitura do material, quem não conhece o processo (leia-se: Eu!) precisa entender o que é, qual é o objetivo e como funciona Não se esqueçam!  Nome + Prontuário
  25. 25. alessandro.almeida@uol.com.brwww.slideshare.net/alessandroalmeida
  26. 26.  Imagem “Colaboração”: http://www.gettyimages.com/detail/1033495 61/Flickr Imagem “Receita da Palmirinha”: http://v5.tvgazeta.com.br/tvculinaria/site/culi naria_receita.php?tabela=&id=436 Desenho “Grupo de Pessoas”: http://videos.visitmix.com/MIX08/UX03
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×