[Programa Jovem Aprendiz] Comunicação Oral e Escrita (Aula 2)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

[Programa Jovem Aprendiz] Comunicação Oral e Escrita (Aula 2)

on

  • 1,431 views

Slides da segunda aula da disciplina "Comunicação Oral e Escrita", apresentada no programa Jovem Aprendiz do Centro Social Comunidade Carisma.

Slides da segunda aula da disciplina "Comunicação Oral e Escrita", apresentada no programa Jovem Aprendiz do Centro Social Comunidade Carisma.

Statistics

Views

Total Views
1,431
Views on SlideShare
1,428
Embed Views
3

Actions

Likes
1
Downloads
78
Comments
3

2 Embeds 3

http://www.gestaosi.com.br 2
https://twitter.com 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

13 of 3 Post a comment

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    [Programa Jovem Aprendiz] Comunicação Oral e Escrita (Aula 2) [Programa Jovem Aprendiz] Comunicação Oral e Escrita (Aula 2) Presentation Transcript

    • AlessandroAlmeida | www.alessandroalmeida.com19/06/2013
    •  O que é comunicação?
    •  De acordo com o dicionário Houaiss.... processo que envolve a transmissão e a recepçãode mensagens entre uma fonte emissora e umdestinatário receptor, no qual as informações,transmitidas por intermédio de recursos físicos(fala, audição, visão etc.) ou de aparelhos edispositivos técnicos, são codificadas na fonte edecodificadas no destino com o uso de sistemasconvencionados de signos ou símbolos sonoros,escritos, iconográficos, gestuais etc.
    •  De acordo com o dicionário Houaiss.... processo que envolve a transmissão e a recepçãode mensagens entre uma fonte emissora e umdestinatário receptor, no qual as informações,transmitidas por intermédio de recursos físicos(fala, audição, visão etc.) ou de aparelhos edispositivos técnicos, são codificadas na fonte edecodificadas no destino com o uso de sistemasconvencionados de signos ou símbolos sonoros,escritos, iconográficos, gestuais etc.
    •  De acordo com o dicionário Houaiss.... processo que envolve a transmissão e a recepçãode mensagens entre uma fonte emissora e umdestinatário receptor, no qual as informações,transmitidas por intermédio de recursos físicos(fala, audição, visão etc.) ou de aparelhos edispositivos técnicos, são codificadas na fonte edecodificadas no destino com o uso de sistemasconvencionados de signos ou símbolos sonoros,escritos, iconográficos, gestuais etc.
    •  De acordo com o dicionário Houaiss.... processo que envolve a transmissão e a recepçãode mensagens entre uma fonte emissora e umdestinatário receptor, no qual as informações,transmitidas por intermédio de recursos físicos(fala, audição, visão etc.) ou de aparelhos edispositivos técnicos, são codificadas na fonte edecodificadas no destino com o uso de sistemasconvencionados de signos ou símbolos sonoros,escritos, iconográficos, gestuais etc.
    •  Emissor (ou remetente): Aquele que envia a mensagem (uma pessoa, umaempresa, uma emissora de televisão etc.) Receptor (ou destinatário): Aquele a quem a mensagem é endereçada (umindivíduo ou um grupo) Mensagem: Conteúdo das informações transmitidas
    •  Canal de Comunicação: Por onde a mensagem é transmitida (TV, rádio,jornal, revista, cordas vocais etc.) Código: Combinação de signos (palavras, imagens, sonsetc.) utilizados na transmissão de umamensagem. A comunicação só se concretizará, seo receptor souber decodificar a mensagem
    •  Contexto: Situação a que a mensagem se refere, tambémchamado de referente Feedback: Retorno da comunicação feita pelo emissor Ruído: Qualquer perturbação que ocorra na transmissãodo sinal
    • Estamos sempre noscomunicando!
    • Estamos sempre noscomunicando!
    • Embora seja algo “mais velho queandar para frente”, muitas vezesenfrentamos problemas nacomunicação...
    • Percebendo que a comunicação não é algo tão simples
    •  Individualmente, desenhe um animal com asseguintes características: De grande porte Com quatro patas Com rabo Coberto de pêlos
    • Não se preocupe somente com amensagem transmitida, mastambém com o que o destinatárioentende!
    • Sempre que possível, procure“ouvir” o que o outro não diz...
    • Sempre que possível, procure“ouvir” o que o outro não diz...Fonte:http://deceptionexperts.tumblr.com/
    • Sempre que possível, procure“ouvir” o que o outro não diz...
    • ComunicaçãoCorporativa
    • Como funciona acomunicação lá na firma?!?!
    • Nos próximos slides, alguns pontosimportantes que precisamosobservar...
    • A comunicação corporativa geraresultados para a organização(empresa)!
    •  A comunicação corporativa gera resultadospara a organização (empresa)! Nas empresas, o processo comunicativo só acabaquando desencadeia uma ação por parte de quemrecebe a mensagem Pode ser a aquisição de uma informação ou arealização de uma tarefa
    • A empresa é um evento comunicativopermanente!
    •  A empresa é um evento comunicativopermanente! Toda empresa é movida a comunicação, respiracomunicação! É a comunicação que potencializa a sinergia entreinvestimentos, pessoas, processos e tecnologia
    • InvestimentosTecnologiaProcessosPessoas
    • Emitir não é comunicar-se!
    •  Emitir não é comunicar-se! A comunicação é via de mão dupla Acabou (ou deveria ter acabado) a era do emissorautoritário ditando ordens para receptorespassivos
    • O comunicador desempenhasimultaneamente os papéis deemissor e receptor!
    •  O comunicador desempenhasimultaneamente os papéis de emissor ereceptor! A comunicação se faz entre dois ou maiscomunicadores emitindo e recebendo mensagensao mesmo tempo O sucesso do processo é responsabilidade detodos os envolvidos
    • O receptor é o juiz da competênciacomunicativa do emissor!
    •  O receptor é o juiz da competênciacomunicativa do emissor! Não importa o que é falado, e sim o que éentendido Se o receptor não entender a mensagem e agir apartir dela, a comunicação não se completa Por isso, é preciso confirmar o entendimentocontinuamente
    • Objetividade, clareza, precisão econcisão são essenciais!
    •  Objetividade, clareza, precisão e concisão sãoessenciais! Devemos buscar as quatro qualidades ao executarqualquer ação de comunicação▪ Objetividade: Mensagem direta▪ Clareza: Fácil de entender▪ Precisão: Informações exatas▪ Concisão: Poucas palavras (somente o necessário)
    • Preparação e interação são etapasnecessárias!
    •  Preparação e interação são etapasnecessárias! A qualidade da interação depende do tempo eenergia que foram investidos para preparar a açãode comunicação Planejar antes de executar evita retrabalho epreserva o bom relacionamento entre osenvolvidos
    • Comunicação é processo!
    •  Comunicação é processo! Não existe uma ação isolada de comunicação,mas o encadeamento de ações comunicativas atéque o processo seja completado
    • A comunicação é uma poderosaferramenta de gestão!
    •  A comunicação é uma poderosa ferramentade gestão! Facilita a tomada de decisão Aprimora os processos de trabalho Estimula, desenvolve e valoriza os profissionaisQuer virar “chefe” ou abrir a suaempresa? Aprenda a se comunicar bem!
    • A comunicação depende da posturados profissionais!
    •  A comunicação depende da postura dosprofissionais! A tecnologia ajuda, mas o que faz a diferença é oser humano
    • Na comunicação corporativa não háautoria!
    •  Na comunicação corporativa não há autoria! Ninguém faz nada sozinho na empresa – muitomenos comunicação, que depende da parceriaentre os envolvidos
    • O bom humor é fundamental!
    •  O bom humor é fundamental! Ser responsável não significa ser sisudo Um ambiente bem-humorado facilita qualquercomunicaçãoFonte: www.cpt.com.br/cursos-salaodebeleza/artigos/ideias-para-o-seu-visual-de-reveillon-dicas-moda
    •  IMPORTANTE!Quanto mais você conhecer a empresaonde trabalha (visão sistêmica), suacomunicação ficará melhor, pois você teráo domínio das informações
    •  Cadastrem-se no LinkedIn:http://br.linkedin.com/ “Facebook” para profissionais Mantenha contato com colegas de trabalho econheça oportunidades em outras empresas Acompanhe o que está acontecendo na suaempresa Meu perfil:www.linkedin.com/in/alessandroalmeida
    •  Cadastrem-se no LinkedIn:http://br.linkedin.com/ “Facebook” para profissionais Mantenha contato com colegas de trabalho econheça oportunidades em outras empresas Acompanhe o que está acontecendo na suaempresa Meu perfil:www.linkedin.com/in/alessandroalmeida
    •  Quando estiver se comunicando, observe asposturas comunicativas:1. Interativa2. Transparente3. Democrática4. Focada
    •  Busca ativa de sintonia com o parceiro Assuma a responsabilidade pelo bom andamentodo processo de comunicação Cabe a você criar a empatia necessária com ointerlocutor, buscando a melhor forma para ainformação ser absorvida▪ Empatia: Capacidade de se colocar no lugar de outrapessoa
    •  Pró-atividade em estabelecer contato Se tiver alguma dúvida, cheque com o seuinterlocutor Se precisar falar com alguém, não espere que elevenha até você Seja pró-ativo e não deixe dúvida no ar
    •  Clareza e precisão na troca de informações Comunicação genérica produz resultadosgenéricos Qualifique suas informações! Muito, em breve elongo prazo são termos pouco precisos.Dificultam a comunicação e embaçam a clarezado processo Quantifique, compare, cite prazos
    •  Eliminação de pressupostos As pessoas não são obrigadas a saber sobre o quevocê está falando O pressuposto é a morte da comunicação, poisdeixa lacunas que não serão necessariamentepreenchidas A troca não acontece a contento e os resultadospodem ser desastrosos
    •  Estímulo à participação e ao consenso É necessário estar aberto à colaboração dos parceiros.Instigá-los a questionar seus projetos e ideias, criaroportunidades para que eles participem ativamente Permitir uma construção mais coletiva doconhecimento Você deve ter opiniões sobre os assuntos, mas elasnão podem ser definitivas, inabaláveis Independente das convicções de cada um, énecessário obter o consenso sobre o rumo a seguir
    •  Busca do comprometimento Obtém-se o comprometimento e o engajamentoem determinado projeto a partir do momento emque ele se torna coletivo. Ou seja, quando todosparticipam, tem voz ativa e percebem que suassugestões são relevantes e levadas a sério Criando uma cultura de troca, expressa pelacomunicação efetiva, gera-se maiorcomprometimento dos colaboradores
    •  Orientação por resultados A comunicação deve ter foco nos resultados donegócio Gastar tempo e recursos em ações comunicativassem objetivos claros gera retrabalho, conflito edesânimo da equipe
    •  Priorização do que é relevante Primeiro, o que é mais importante Não deixe para o final as informações essenciaisde sua ação de comunicação Logo de início, informe o interlocutor sobre oassunto de que vai tratar e a finalidade de suacomunicação
    • Documentos e e-mails
    • DerpChefe do DerpVamos analisar umasituação cotidiana...
    • DerpChefe do Derp
    •  O chefe enviou um e-mail para o Derp com oseguinte texto...DerpChefe do Derp
    • Derp, quandoreceberei orelatório quesolicitei?DerpChefe do Derp
    •  Derp, eficiente como sempre, respondeu logoem seguida...DerpChefe do Derp
    • Chefe, vou estar teenviando orelatório no finaldo dia.DerpChefe do Derp
    • Chefe, vou estar teenviando orelatório no finaldo dia.DerpChefe do Derp
    • Chefe, vou estar teenviando orelatório no finaldo dia.DerpChefe do Derp
    •  PRIMEIRA DICA!Fujam do gerundismoassassino!
    •  PRIMEIRA DICA!Fujam do gerundismoassassino!Vou estarfalando...Vou estaracessando...Vou estarfazendo...Vou estarconversando...
    •  SEGUNDA DICA!A linguagem dos chats não deveser usada na comunicação escritanas empresas
    •  A linguagem dos chats não deve ser usada nacomunicação escrita nas empresas... Vc tb Vms Ctz Pk Nóis Kkkkkk Tah hj
    •  Você precisa ser capaz de expressar ideias porescrito de forma clara e convincente
    •  Grande parte do seu sucesso comoprofissional depende da comunicaçãoescrita com seus superiores, pares, equipe eparceiros
    •  Objetividade: Relativo ao alvo que se pretende atingir Clareza: Qualidade do que é claro ou inteligível, que secompreende bem Precisão: Informações exatas Concisão: Exposição das ideias em poucas palavras
    •  Comece pelo mais importante Qual é o objetivo da sua comunicação? O quevocê pretende com ela? O que espera que seuleitor faça ao terminar de lê-la? Não deixe as informações mais importantes parao final nem as espalhe pelo texto O primeiro parágrafo é o lugar certo para resumiro essencial da comunicação
    •  Vá direto ao ponto! Evite rodeios. É engano achar que ir diretamenteao assunto é sinônimo de grosseria ou rudeza. Nacomunicação corporativa, quanto mais direto foro texto, maior a eficácia do processo Ao ler uma mensagem assertiva, o leitor terá maissegurança para tomar sua decisão sobre o assunto
    •  Use palavras de entendimento geral Evite termos complexos ou técnicos Os grandes comunicadores usam palavrascomuns, o que favorece a compreensão e aempatia entre o comunicador e o leitor
    •  Construa frases de fácil leitura Estilo rebuscado pode ser item valorizado naliteratura. Na comunicação corporativa, osexcessos linguísticos se transformam em ruído,atrapalhando a compreensão e distanciando oleitor do emissor
    •  Não deixe que fiquem dúvidas Muitas vezes as dúvidas são criadas pela falta deprecisão nas informações. Ou então por umaabordagem genérica, que tangencia os objetivosda mensagem, mas não os atinge Algumas pessoas não percebem quando estãodeixando dúvidas
    •  Não deixe que fiquem dúvidas Não pressuponha nada em relação ao seu leitor,pois todo pressuposto atrapalha a comunicação As pessoas não são obrigadas a saber o que vocêjá sabe. O que é óbvio para você pode não seróbvio para os outros Explique e detalhe o necessário para que o leitorse posicione em relação à informação
    •  Transmita informações numéricas Sempre que possível, seja específico em relação aquantidades, valores e prazos
    •  Quantifique Muitos, poucos, bastante, alto, baixo, tudo isso ésubjetivo! O que é grande para um pode ser pequeno para ooutro. Prefira os números, eles são concretos –valores, volumes e porcentagens O conceito de urgência também depende doponto de vista. Explicite os prazos
    •  Use argumentos concretos Evite a argumentação inconsistente e genérica.Não prossiga com sua ação de comunicação antesde ter certeza sobre quais são os reais resultadosque pretende obter
    •  Utilize frases curtas Frases longas atrapalham a concentração.Obrigam o leitor a ir e voltar até entender todo osignificado Isso quebra a fluência do raciocínio e gera umaleitura cansativa e pouco produtiva
    •  Diga apenas o essencial Ao escrever, imagine-se no lugar do leitor Economize a paciência do seu leitor. Parta doprincípio de que ele é ocupado e cheio decompromissos
    •  Resuma suas ideias Um ditado chinês diz que se não for possívelsintetizar os pensamentos numa frase eles nãovalem nada Tente dar corpo às suas ideias produzindo textosriscos, mas concisos
    •  Cuidado com as cores, tipos e tamanhos defonte! As fontes mais usadas são: Arial, tamanho 10 ou 11 Verdana, tamanho 11 ou 12 Calibri, tamanho 11 ou 12 Cores Preto ou azul
    •  Utilização de negrito, itálico ou outras coresdepende do destaque que você deseja dar aalguma palavra ou trecho do texto Cuidado para o seu texto não virar um arco-íris! EVITE ESCREVER COMTODAS AS LETRASMAIÚSCULAS! Parece que você estará “gritando” no texto
    • Como posso criar bonstextos?
    • Lendo bons livros eexercitando a escrita!
    • Lendo bons livros eexercitando a escrita!Fonte: http://professorasdenise-lptaniela-bio.blogspot.com.br/2011/08/exercitando-redacao.htmlFonte:http://www.trekearth.com/gallery/South_America/Brazil/Southeast/Rio_de_Janeiro/Paraty/photo924672.htm
    • Ás vezes, teremos que encarar o público...
    •  Determine o objetivo que você quer alcançar Concentre-se nos resultados possíveis. No maisrelevante Se possível, selecione os participantes Devem ser aqueles essenciais para o alcance dosresultados Delimite o tempo da apresentação A duração balizará o nível de detalhamento dotema
    •  Desenvolva o roteiro da apresentação Monte um passo a passo, avaliando quanto tempodeve utilizar em cada tópico da apresentação Se necessário, prepare o material de apoio Projeção, relatórios para os participantes etc.
    •  Crie momentos de interação com a audiência Por exemplo: Momentos de diálogo. Cuidado como monólogo! Ensaie! Ensaie! Ensaie! Peça para alguém assistir e fazer comentários
    •  Organize o cenário Chegue com antecedência para se ambientar erealizar os testes necessários Combine as regras Uso do celular, pausa para o café e intervençõesdurante a apresentação Comece indo direto ao assunto A atenção da sua audiência é maior no início daapresentação
    •  Incorpore as contribuições Preste atenção nas mensagens que vem daplateia e as aproveite, se for o caso Conclua um tópico antes de começar outro Não atropele o raciocínio. Permita que osparticipantes assimilem as informações
    •  Não perca o fio da apresentação Se faltar tempo, pule tópicos (é importante avaliarna preparação quais serão os tópicos) Encerre fazendo um balanço Reforce os pontos principais e elimine eventuaisdúvidas dos participantes
    •  Distribua o material Se houver: Folhetos e resumo dos principaistópicos Informe seus contatos Coloque-se à disposição para atender a questõesespecíficas Envie uma cópia da apresentação Surpreenda os participantes com um e-mail deagradecimento, anexando a apresentação
    •  Postura eAparência Cuidado com a forma como você se apresentadiante do público Vícios de linguagem “Tipo”, “Né?”, “Mano”, “Véio” etc. Lembre-se que o corpo fala... Cuidado com as mensagens que o seu corpotransmite durante a apresentação
    • Não preciso saber dessascoisas agora! Pois só vouaplicá-las quando virarestagiário ou funcionário!
    • Não preciso saber dessascoisas agora! Pois só vouaplicá-las quando virarestagiário ou funcionário!
    •  Seja pró-ativo! Entenda como o seu trabalho contribui para aempresa! Se necessário, questione seu chefe! Apresente (e-mail ou em reuniões) relatóriossobre como as atividades estãocaminhando... Mostre o seu valor profissional!
    • alessandro.almeida@uol.com.br