Gestão da Tecnologia da Informação (27/03/2014)

733 views

Published on

Slides da aula apresentada no dia 27 de março de 2013.

Disciplina: Gestão da Tecnologia da Informação.

Published in: Business
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
733
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
31
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Gestão da Tecnologia da Informação (27/03/2014)

  1. 1. AlessandroAlmeida | www.alessandroalmeida.com 27/03/2014 1° Semestre de 2014 SIN-NA8
  2. 2. Quinta-feira, 10 de abril
  3. 3.  Aulas de 30/01 (Definição de Gestão daTI) até 19/03 (Tomada de Decisão)  Material disponível nos endereços www.alessandroalmeida.com/SIN- NA8_1oSem_2014.htm e www.slideshare.net/alessandroalmeida  Dúvidas sobre o conteúdo?  Enviem por e-mail tópicos que devem ser revisados...
  4. 4.  A prova valerá 7 pontos...  Outros 3 pontos: Atividades
  5. 5. Como ambos se relacionam?
  6. 6.  Projeto  Um esforço temporário empreendido para criar um produto, serviço ou resultado único. (PMBOK, 4ª edição)  Gerenciamento de Projetos  A aplicação de conhecimentos, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de atender aos seus requisitos. (PMBOK, 4ª edição)
  7. 7. Uma reflexão sobre a relação entre Gestão daTI e a Gestão de Projetos...
  8. 8.  Alguns destaques do artigo publicado na edição 1011 da Revista Exame: http://exame.abril.com.br/revista- exame/edicoes/1011/noticias/o-dilema-da- pitanga-na-natura
  9. 9. Os desafios enfrentados pela Natura começaram já no primeiro trimestre de 2011, quando teve início a substituição de seus 28 sistemas de venda e gerenciamento de estoques pelo SAP. Era para ser uma operação relativamente simples — mas acabou não sendo.
  10. 10. Com 90% dos pedidos das consultoras realizados pela internet, parte significativa deles (não divulgada) acabou não sendo computada pelo novo sistema.
  11. 11. Devido à confusão, o índice de não atendimento (ou seja, caixas que chegam incompletas às revendedoras) bateu em 6%, três vezes maior que o padrão da Natura. A situação só foi normalizada no início de 2012.
  12. 12. Essa troca, da maneira como foi conduzida, prejudicou a relação com as consultoras. A constante falta de produtos e a descentralização das promoções fizeram a produtividade das revendedoras cair quase 8%, o menor patamar em cinco anos.
  13. 13. A redução nas vendas fez com que a participação de mercado da Natura no setor de higiene e beleza recuasse pela primeira vez desde 2008. Na área de perfumaria, a mais lucrativa, a Natura perdeu 3,5 pontos percentuais de mercado.
  14. 14.  Vale citar também o que aconteceu na Avon...
  15. 15. A Natura só não perdeu mais espaço porque sua maior rival, a americana Avon, teve no Brasil seu annus horribilis em 2011. Em meados de 2010, a empresa inaugurou um centro de distribuição na cidade de Cabreúva, no interior de São Paulo, para dar maior agilidade à entrega de seus produtos.
  16. 16. No entanto, a troca de sistemas para a inclusão do novo centro, o maior da Avon no mundo, foi ainda mais caótica do que a da Natura. Eram comuns atrasos de até três semanas na entrega dos produtos, que não raro chegavam à casa das consultoras incompletos ou sem a nota fiscal.
  17. 17. O índice de não atendimento dos pedidos chegou a 20% no ano passado, dez vezes mais que a média histórica. A receita da operação brasileira recuou 6% no último trimestre, para cerca de 1,5 bilhão de reais.
  18. 18. O mau desempenho no que é hoje o maior mercado da Avon provocou, em fevereiro, a demissão do presidente da subsidiária local, Luis Felipe Miranda, há sete anos no cargo.
  19. 19.  Alguns destaques do artigo publicado na edição 1061 da Revista Exame: http://exame.abril.com.br/revista- exame/edicoes/1061/noticias/deu-pane-no- sistema
  20. 20. O que era para ser uma mudança complexa, mas previsível — a troca de seu sistema de tecnologia, planejada desde 2011 —, se transformou num baita problema, responsável por reduzir o faturamento da empresa em, no mínimo, 20%. O número real ainda não foi calculado, mas pode ser maior.
  21. 21. A companhia acredita que tenha perdido de 20% a 25% de suas receitas de janeiro e fevereiro em razão das falhas tecnológicas, ou cerca de 100 milhões de reais, 2,5% de seu faturamento em 2013.
  22. 22. Mas profissionais do sindicato dos corretores de São Paulo, onde estão aproximadamente 40% dos clientes e a maioria dos corretores da Allianz, estimam que as perdas chegaram a 400 milhões de reais.
  23. 23. Reflexão sobre a relação entre Gestão daTI e a Gestão de Projetos
  24. 24.  Embora o artigo não detalhe o modelo de gestão aplicado...  Como deveria ter sido feita a gestão do projeto de implantação de ERP na Natura, visando evitar os problemas ocorridos após a implantação do SAP?  Quais foram os principais erros que vocês imaginam terem sido cometidos pela Allianz na migração do seu sistema?  Qual deveria ter sido o papel do Gestor deTI nos projetos das duas empresas?
  25. 25.  No caso da Allianz, a empresa trouxe um novo presidente, com experiência na implementação do mesmo sistema em outro país. Como isto pode ajudar a reverter o quadro problemático já enfrentado pela empresa com este projeto?
  26. 26.  O Gestor deTI deve acompanhar todos os projetos da área?  Caso o grupo entenda que o Gestor não deve acompanhar todos os projetos, em quais situações um projeto deve estar na pauta do Gestor deTI.  Qual é a relação percebida entre a Gestão da TI e o Gerenciamento de Projetos?
  27. 27. Podemos considerar as experiências das duas empresas como regra ou exceção?
  28. 28. Gestão daTI x Gerenciamento de Projetos
  29. 29. Pedro é um Gestor de TI. Na visão dele, basta para o gestor ficar despachando ordens a partir da sua sala, onde há um quadro do Don Corleone, deixando claro aos visitantes quem manda na área. Pedro acabou de ser demitido, pois o projeto de desenvolvimento do novo site da empresa foi um fracasso e a diretoria da empresa o considera culpado.
  30. 30. Pedro é um Gestor de TI. Na visão dele, basta para o gestor ficar despachando ordens a partir da sua sala, onde há um quadro do Don Corleone, deixando claro aos visitantes quem manda na área. Pedro acabou de ser demitido, pois o projeto de desenvolvimento do novo site da empresa foi um fracasso e os executivos o consideram culpado.
  31. 31. Não basta acreditar que a Gestão de Projetos de TI simplesmente caminha ao lado da Gestão de TI!
  32. 32.  Uma das responsabilidades do Gestor deTI é garantir que os projetos da sua área sejam bem sucedidos...  Por isso, ele precisa contar com uma ótima equipe de gestores de projeto, analistas de sistemas, fornecedores, arquitetos de sistemas, service desk, etc.
  33. 33.  Mas há projetos que o Gestor deTI terá que acompanhar de perto, com uma visão em tempo real de tudo que está acontecendo...
  34. 34.  Considerando a quantidade de projetos deTI, como o Gestor deTI deve selecionar aqueles que ele vai acompanhar diariamente...
  35. 35. Fonte: http://www.reddit.com/r/ photoshopbattles/comme nts/18zn72/obama_with_ a_magnifying_glass/
  36. 36.  Planejamento Estratégico  Pode até ser um projeto “pequeno”, mas o fato de ser estratégico pode torná-lo crítico (o resultado do projeto impacta diretamente nos objetivos da empresa)  Compliance  Normalmente, o não atendimento do prazo definido e / ou do escopo resultará em punições
  37. 37.  Fusões e Aquisições  A integração ou substituição de sistemas pode impactar diretamente na operação das empresas (ou da empresa resultante)  “Grandes” projetos deTI  Seja pelo esforço em horas, equipe envolvida, custo ou escopo  Projetos virtualmente impossíveis
  38. 38.  Dicas do EdwardYourdon (o cara do DFD!)  http://yourdon.com/
  39. 39.  Onde os parâmetros excedem o que foi definido em, pelo menos, 50%  Cronograma comprimido pela metade  Equipe reduzida a menos da metade do mínimo necessário  Orçamento e recursos cortados pela metade  Funcionalidades são o dobro do combinado inicialmente
  40. 40.  No início dos trabalhos, o projeto é movido pela fé  Euforia e / ou otimismo exagerado  Projetos onde o fracasso é quase certo  Forçar um resultado positivo após a conclusão do projeto, não torna um trabalho fracassado em sucesso
  41. 41. Por que existem Projetos Virtualmente Impossíveis?
  42. 42. “A insanidade corporativa está fazendo a mesma coisa repetidamente, e cada vez esperando resultados diferentes.”
  43. 43.  Política!  Promessas ingênuas feitas pelo cara que vendeu o projeto  Otimismo ingênuo  Podemos fazer isto durante o final de semana!  Mentalidade de dar início a um novo negócio  Empresas empreendedoras
  44. 44.  Verdadeiros programadores não precisam dormir!  Herói “Jack Bauer”  Concorrência  Meu concorrente faz o mesmo!  Regulamentações  Crises inesperadas ou não planejadas
  45. 45. É improvável que os projetos virtualmente impossíveis deixem de existir
  46. 46. Um projeto virtualmente impossível pode resultar na demissão (ou, desmoralização) do Gestor de TI
  47. 47. Antes de buscar um novo emprego, Pedro resolveu se especializar também em Gestão de Projetos. Parabéns Pedro, assim você será um Gestor de TI melhor.
  48. 48. alessandro.almeida@uol.com.br www.alessandroalmeida.com/unifieo.htm www.slideshare.net/alessandroalmeida

×