Your SlideShare is downloading. ×

Agronegócio no Estado do Rio de Janeiro

513

Published on

Com uma renda per capita rural 30% maior que no restante do País, o estado do Rio precisa de mais investimentos para o agronegócio. Essa foi a principal reivindicação feita por produtores, entidades e …

Com uma renda per capita rural 30% maior que no restante do País, o estado do Rio precisa de mais investimentos para o agronegócio. Essa foi a principal reivindicação feita por produtores, entidades e empresas durante evento do Fórum Permanente de Desenvolvimento Estratégico, realizado, nesta quarta-feira (24/10), no Palácio Tiradentes, para a apresentação de um estudo sobre o setor agrícola fluminense. Presidente da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), o deputado Paulo Melo (PMDB) abriu a cerimônia, lembrando as melhorias dos últimos anos: “Recuperamos as cooperativas falidas e apresentamos o Projeto Florestal, permitindo o plantio de novas espécies e a exploração de novas culturas, como o eucalipto em áreas degradadas. Ao mesmo tempo, permitimos também a compensação para os agricultores que preservarem o meio ambiente”.

LEIA A MATÉRIA COMPLETA EM http://j.mp/Vpy2J1

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
513
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. AGRONEGÓCIORIO DE JANEIRO Coordenação Cepea: Geraldo Barros Arlei Luiz Fachinello Adriana Ferreira Silva
  • 2. PIB AGRONEGÓCIO RJ em 2008 R$ 12,2 BILHÕES6.000 5.616 4.5894.5003.000 1.6881.500 261 - Insumos Primário Indústria Distribuição Fonte: Cepea/Esalq-USP
  • 3. AGRONEGÓCIO REPRESENTA RJ: 4% DO PIB / BR:24% DO PIBFonte: Cepea/Esalq-USP
  • 4. AGRONEGÓCIO RJ CONCENTRA-SE NO PROCESSAMENTO E NA DISTRIBUIÇÃO 2% 14% 38% 46% Insumos Primário Indústria DistribuiçãoFonte: Cepea/Esalq-USP
  • 5. AGRONEGÓCIO RJ CONCENTRA-SE NO PROCESSAMENTO E NA DISTRIBUIÇÃO PIB AGRONEGÓCIO % SETORES BR RJ INSUMOS 12 2 PRIMÁRIO 26 14 AGROINDÚSTRIA 31 46 DISTRIBUIÇÃO 31 38Fonte: Cepea/Esalq-USP
  • 6. NO AGRONEGÓCIO RJ PREDOMINAM AS CADEIAS AGRICOLAS SOBRE A PECUÁRIAS6.000 R$ milhões 5.2595.0004.000 3.8223.0002.000 952 7361.000 767 357 144 118 - Insumos Primário Indústria Distribuição Agricultura Pecuária Fonte: Cepea/Esalq-USP
  • 7. NO SEGMENTO DE INSUMOS DESTACAM-SE MEDICAMENTOS E RAÇÕES 13% Fertilizantes 24% Defensivos 8% Óleo Diesel 11% Alm para animais Sal mineral 21% Medicamentos 21% Demais Insumos 3%Fonte: Cepea/Esalq-USP
  • 8. AGRICULTURA PRIMÁRIA 1% 5% Olerícolas 11% Fruticultura DESTACAM-SE: 15% 51% cana-de-açúcar OLERÍCOLAS, Floricultura  FRUTICULTURA 17% Grãos  CANA-DE-AÇÚCAR FLORICULTURA Exploração Florestal chuchu pimentão agrião 3% 3% 3% brocolos 4% quiabo 4% couve demais 4% 25% couve flor 4% aipim tomate 8% 22% alface mandioca 12%Valor Bruto de Produção: R$ 1,8 bilhão 8% Fonte: Emater-RJ
  • 9. NA PECUÁRIA PRIMÁRIADESTACAM-SE A BOVINOCULTURA DE CORTE E LEITE, PESCA E AVES Suínos vivos Ovos Demais 3% 2% 3% Aves vivas Bovino corte 15% 30% Pesca e aquicultura 22% Leite 25% Valor Total da Produção (2008): 1,2 bilhãoFonte: Emater-RJ
  • 10. NA AGROINDÚSTRIA RJ PREDOMINAM AS DE ORIGEM VEGETAL R$ milhões CELULOSE PAPEL 573 FUMO 529700 PROCES VEGETAL 400 VESTUÁRIO 299600 AÇÚCAR & ALCOOL 294 TEXTEIS 214500 MOVEIS 175 MADEIRA 171400 CAFÉ 136 ABATES ANINAIS 38300 LATICINIOS 19 COURO CALÇADOS 18200 OUTROS 2.750100 0Fonte: Cepea/Esalq-USP
  • 11. AGRONEGÓCIO RJ IMPORTAÇÃO DE MATÉRIAS PRIMAS: CEREAIS, FIBRAS FRUTAS E PROD FLORESTAIS 100 - 0 - 18 19 29 31 80 49 70 74 60 88 90 100 100 100 96 96 100 100 100 100% 40 82 81 71 69 51 20 30 26 12 10 - 4 4 - - - - doméstico importadoFonte: Emater-RJ
  • 12. AGRONEGÓCIO RJ É GRANDE IMPORTADOR LIQUIDO DE PROCESSADOS 100 14 80 36 46 57 57 62 67 72 60 75 83 87 87 89 93 94 96 97 97 98 100 100% 40 86 64 54 20 43 43 38 33 28 25 17 13 13 11 - 7 6 4 3 3 2 0 0 doméstico importado Fonte: Cepea/Esalq-USP
  • 13. EXPORTAÇÕES DO AGRONEGÓCIO RJ CRESCE A 7,5% AO ANOFonte: Cepea/Esalq-USP
  • 14. CRESCEM AS EXPORTAÇÕES DE PRODUTOS DAS CADEIAS DE BOVINOCULTURA E FLORESTAISFonte: Cepea/Esalq-USP
  • 15. PROPORÇÃO POPULAÇÃO RURAL NO RJ É 1/5 DA MÉDIA NACIONAL BR: 26 MILHÕES RJ: 455 MILFonte: FGV/IBGE
  • 16. A RENDA PER CAPITA RURAL NO RJ É 30% MAIOR DO QUE NO BR500,00450,00400,00 30% Brasil350,00 RJ300,00 MG ES250,00 SP200,00150,00 Fonte: FGV/IBGE
  • 17. A RENDA PER CAPITA RURAL NO RJ É 49% DA MÉDIA DO ESTADO Rio de Janeiro Minas Gerais 700 R$ 333 900 R$ 395 800 600 700 500 R$ correntes R$ correntes 600 400 500 53% 49% 400 300 300 49% 35% 200 200 100 100 0 0 Espírito Santo São Paulo 700 R$ 391 900 R$ 473 800 600 700 500 600 R$ correntesR$ correntes 60% 400 53% 500 300 400 56% 300 200 47% 200 100 100 0 0 Fonte: FGV/IBGE
  • 18. A RENDA PER CAPITA RURAL NO BR É 48% DA MÉDIA NACIONAL Brasil 700 600 500R$ correntes 400 R$ 303 48% 300 200 41% 100 0Fonte: FGV/IBGE
  • 19. 11,8% 12,6% 22,1% 16,2% 2009 2009 2008 2008 2007 2007 2006 2006 2005 2005 2004 2004 Rural Rural 2003 2003INDICE DE POBREZA RURAL É MENOR 2002 2002 E CAIU MAIS RAPIDAMENTE NO RJ MG ES 2001 2001 Total Total 1999 1999 1998 1998 1997 1997 1996 1996 1995 1995 1993 1993 1992 1992 0 0 30 70 60 50 40 20 10 70 60 50 40 30 20 10 12,3% 8,3% 10% 2009 2009 2008 2008 2007 2007 2006 2006 2005 2005 2004 2004 Rural Rural 2003 2003 2002 2002 SP RJ 2001 2001 Total Total 1999 1999 Fonte: FGV/IBGE 1998 1998 1997 1997 1996 1996 1995 1995 1993 1993 1992 1992 70 60 50 40 30 20 10 0 0 70 60 50 40 30 20 10
  • 20. INDICE DE POBREZA NO BR É MAIOR E CAIU MAIS LENTAMENTE, A RURAL É O DOBRO DA TOTAL BRASIL70605040 32%3020 15%10 0 1992 1993 1995 1996 1997 1998 1999 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 Total RuralFonte: FGV/IBGE
  • 21. 25% DA RENDA RURAL PER CAPITA DO RJ PROCEDEM DE TRANSFERÊNCIAS PÚBLICAS Rio de Janeiro Minas Gerais 500 500 400 25% 400 33% 300 300 18% 200 200 15% 100 100 0 0 Renda do trabalho Transferências públicas Renda do trabalho Tranferências públicas Espírito Santo São Paulo500 500 24%400 400 29% 13%300 300200 13% 200100 100 0 0 Renda do trabalho Transferências Públicas Renda do trabalho Tranferências Públicas Fonte: FGV/IBGE
  • 22. 32% DA RENDA RURAL PER CAPITA DO BR PROCEDEM DE TRANSFERÊNCIAS PÚBLICAS BRASIL400 32%300200 18%100 0 Renda do Trabalho Tranferências públicas Fonte: FGV/IBGE
  • 23. NO RJ 70% DA POPULAÇÃO SÃO CLASSES A,B,C ZONA RURAL: 54% 70%80,0 % Classe ABC-Rio de Janeiro 54% 80,0 % Classe ABC-Minas Gerais 65%60,0 60,0 45%40,0 40,020,0 20,0 - - Total Rural Total Rural 61% 74% % Classe ABC-Espírito Santo 46% % Classe ABC-São Paulo 65%80,0 80,060,0 60,040,0 40,020,0 20,0 - - Total Rural Total RuralFonte: FGV/IBGE
  • 24. NO BR 61% DA POPULAÇÃO SÃO CLASSES A,B,C ZONA RURAL: 38%80,0 % Classe ABC-BRASIL 61% 46%60,040,020,0 - 1992 1993 1995 1996 1997 1998 1999 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 Total RuralFonte: FGV/IBGE
  • 25. • Esta expansão da classe média reflete em aumento no potencial de consumo de hortifrutícolas (forte no estado), especialmente se processado. Acredita-se que o setor deva capturar parte da renda gerada, especialmente da classe C, onde a base da população é maior e o consumo das frutas e hortaliças ainda é muito baixo por pessoa.
  • 26. Potencial de crescimento da produção agrícola no estado do RJ Conclusão: O consumo doméstico de hortaliças está caindo, mas a demanda por produtos prontos está aumentando.
  • 27. PRODUÇAO AGRICOLA DO RJ SEGUNDO AS PRINCIPAIS FRUTASCONSUMIDAS NO BRASIL 200.000 160.000 120.000 2008 80.000 2009 2010 40.000 0 BANANA ABACAXI LARANJA LIMÃO 6.000 5.000 4.000 Ampliar a produção de 3.000 2008frutas no estado com vistas 2.000 2009 a capturar o crescimento 2010 1.000 do consumo nacional 0 MELANCIA MANGA MAMÃO UVA MELÃO Fonte: Emater-RJ
  • 28. Obrigado!

×