Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
Movimento Janela 4/14 - O que aconteceu em Cingapura?
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Movimento Janela 4/14 - O que aconteceu em Cingapura?

  • 487 views
Published

 

Published in Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
487
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
4
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. MOVIMENTO JANELA 4/14 • O QUE ACONTECEU EM CINGAPURA? ALDRIC BONANI • 24.11.11 ‣ “SUMMITS” • O QUE REPRESENTAM? “Summit” literalmente significa cúpula e, em relação ao Movimento Janela 4/14, representam os encontros de líderes globais em torno do tema. Os dois primeiros “Summits” do Movimento 4/14 foram realizados em Nova Iorque e seus principais objetivos foram o estabelecimento da visão do movimento, o recrutamento de parcerias e a criação de um ambiente propício ao networking e a troca de experiências. O terceiro e mais recente “Summit” em Cingapura serviu como plataforma para os 10 “Tracks Globais” que a grosso modo são grupos de estudo que através de focos específicos (pastoral, mídia, educação, geração y, crianças no ministério transformacional, políticas e governos, etc) intentam expandir o alcance do Movimento 4/14. ‣ O QUE ACONTECEU EM CINGAPURA? No terceiro “Summit” em Cingapura, 93 países foram representados por aproximadamente 1.000 líderes cristãos que compartilham um senso de urgência em relação às crianças e adolescentes entre 4 e 14 anos. O objetivo deste ajuntamento é a idealização de novas ferramentas e estratégias para alcançar esta geração. No Summit de Cingapura houve a participação ativa de três diferentes grupos: • FÓRUM NFT (EQUIPE DE FACILITAÇÃO NACIONAL) Um ajuntamento de equipes nacionais e regionais cujo papel é coordenar os eventos catalíticos do 4/14 em seus respectivos países. • GLOBAL TRACKS Seu papel é acelerar a mobilização em torno do Movimento 4/14 através de planejamentos estratégicos sobre cada área de foco. • GRSN | GLOBAL RESOURCE AND SUPPORT NETORK (REDE DE APOIO E RECURSOS GLOBAIS) Redes, ministérios e organizações dispostos a contribuir e se envolver com o Movimento 4/14, fornecendo recursos e apoio (ferramentas, literatura, módulos de formação, conteúdo programático, etc.) ‣ PORQUE 4 À 14? As crianças e adolescentes entre 4 e 14 anos têm sempre respondido mais facilmente ao Evangelho do que os adultos. Isto se comprova por uma serie de estatísticas que apontam que 80% dos cristãos se convertem antes dos 18 anos.
  • 2. Este fato é conhecido pela Igreja e, de uma certa maneira, seus líderes buscam alcançar os jovens entre estas idades. O grande diferencial no Movimento 4/14 porém é o entendimento de que além desta facilidade de aproximação há um grande poder transformacional entre estes jovens. Isto se verifica tanto nas Escrituras - através da vida de tantos homens e mulheres escolhidos por Deus para marcarem suas gerações como Samuel, Davi, Ester, Daniel, Maria, Timóteo e tantos outros - como nas experiências em nossas congregações ao vermos famílias alcançadas e transformadas por Deus através do amor gerado primeiramente nas crianças e adolescentes. Cremos que o poder transformacional desta geração e sua consequente capacitação em Deus como agentes de mudança são os únicos fundamentos capazes de garantir o futuro do Cristianismo. Ignorar esta geração é expor o Cristianismo a completa deturpação e esfriamento de sua essência. ‣ DESAFIOS GLOBAIS • Um novo contexto Uma pesquisa realizada compara os principais problemas da adolescência em 1940 e 1999: (US News e World Reports • 1999) Em 1940 1. Conversar na sala de aula 2. Mastigar chicletes 3. Agir de forma grosseira 4. Conversar nos corredores 5. Vestimenta inapropriada Em 1999 1. Drogas ilícitas 2. Álcool 3. Gravidez precoce 4. Suicídio 5. Estupro • Uma nova linguagem Um ponto claro das missões transculturais é a necessidade de aprendermos a língua dos povos que pretendemos alcançar. Na Janela 4/14 não é diferente. Estamos falando de crianças e adolescentes que são “nativos tecnológicos” Jovens que nasceram conectados e dependem desta tecnologia. . Dominar e explorar os recursos tecnológicos como ferramentas de alcance desta geração é um dos pontos vitais do Movimento 4/14. • A expansão Islâmica A expansão islâmica é outro ponto importante a ser considerado pelos cristãos no mundo contemporâneo. Prestem atenção a esta declaração:
  • 3. “Há sinais de que Allah concederá vitória ao Islã na Europa sem espadas, sem armas, sem conquistas... Não precisamos de terroristas, não precisamos de homens bomba. Os 50 milhões de muçulmanos na Europa a tornarão um continente islâmico dentro de algumas décadas” . Muammar al-Gaddafi Há uma luta pelos nosso jovens e Gaddafi se refere à expansão da natalidade dos muçulmanos e à sua crescente divulgação cultural. Em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, estão concluindo as construções da “Dubai World” um parque temático que terá o dobro do tamanho da Disneilândia e difundirá princípios islâmicos. ‣ DESAFIOS NACIONAIS Além dos desafios globais, creio que algumas particularidades da Igreja brasileira acrescentem outros tantos desafios. a. Dificuldades em diferenciar visão e doutrinas O Movimento 4/14 não se refere à doutrinas, costumes ou quaisquer outras práticas desta natureza. Não é, tampouco, uma ferramenta restrita à igrejas históricas, tradicionais, pentecostais ou neopentecostais justamente por não se tratar ou se referir a doutrinas. O “4/14” como um , movimento em sua essência, é o despertamento para a urgência de alcançarmos crianças e adolescentes podendo, portanto, ser abraçado e implementado por qualquer congregação sem comprometimento na forma como vivenciam sua fé cristã. Cremos que este é um dos possíveis empecilhos à implementação do movimento. b. Acomodação à fórmulas prontas A Igreja Brasileira está habituada a importar “fórmulas prontas” e projetos fechados e, apesar das diferenças de realidades, tenta aplicá-los integralmente ignorando esta disparidade de contexto. Este tipo de prática, mesmo que infrutífera, gerou um certo comodismo. O Movimento 4/14, ao contrário, não se afigura como uma fórmula pronta, mas como uma visão que norteia os esforços das igrejas locais respeitando as diferenças regionais e estimulando seus parceiros a desenvolverem estratégias adequadas ao seu contexto. Cremos que o comodismo gerado na Igreja Brasileira por estas “fórmulas” podem ser um obstáculo ao Movimento 4/14 justamente pela liberdade e adaptabilidade de sua implementação. c. Isolamento denominacional Outro ponto crítico que identificamos é o isolamento denominacional. Cremos que a Unidade do Corpo de Cristo é um grande ponto catalítico para a explosão do movimento. ‣ MUDANÇA DE ENTENDIMENTO Como vimos, os jovens com idades entre quatro e 14 têm sempre respondido ao evangelho mais facilmente que os adultos. No entanto, a única igreja dedica uma fração de seus esforços para alcançá-los. As crianças e adolescentes representam aproximadamente 27% de nossas congregações e os recursos alocados para alcançá-los e capacitá-los não atinge os 3% dos orçamentos de nossas igrejas.
  • 4. Abandonar um conceito de entretenimento para um conceito de empoderamento. Se levantar para lutar e ganhar uma geração, discipulá-los e transformá-los para que eles mesmos sejam agentes da transformação.