Aulas de Custos (Impostos no Preco)

18,318 views
17,984 views

Published on

Published in: Technology
1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
18,318
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
107
Actions
Shares
0
Downloads
527
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aulas de Custos (Impostos no Preco)

  1. 1. Capítulo Efeito dos tributos sobre custos e preços Gestão de Custos e Formação de Preços Adriano Leal Bruni [email_address]
  2. 2. Para saber mais ... <ul><li>Todo o conteúdo dos slides pode ser visto nos meus livros de Custos e Preços , publicados pela Editora Atlas. </li></ul><ul><li>Para saber ainda mais, visite: </li></ul><ul><li>www.MinhasAulas.com.br </li></ul><ul><li>www.EditoraAtlas.com.br </li></ul>
  3. 3. Para aprender ainda mais ... CAPÍTULO 6 CAPÍTULO 13
  4. 4. Para conhecer meus livros e minhas aulas
  5. 5. Para pensar … <ul><li>Em relação aos custos e preços, é preciso entender e classificar os impostos de uma forma diferenciada </li></ul>
  6. 6. Formas de classificação <ul><li>Empresas </li></ul><ul><li>Impostos </li></ul>Lucro Real Lucro Presumido Cumulativos Não Cumulativos
  7. 7. Tributação das empresas <ul><li>Lucro real </li></ul><ul><li>Receitas </li></ul><ul><li>(-) Gastos </li></ul><ul><li>(=) Lucro real </li></ul><ul><li>(-) IR e CS </li></ul><ul><li>(=) Lucro líquido </li></ul><ul><li>Lucro presumido </li></ul><ul><li>Receitas </li></ul><ul><li>(*) Base de cálculo </li></ul><ul><li>(=) Lucro presumido </li></ul><ul><li>(-) IR e CS </li></ul>Necessidade de comprovação! Pode ser mais vantajoso em função da estrutura de gastos ou documentação
  8. 8. A melhor tributação Antes de escolher pela forma de tributação, a empresa deve analisar sua estrutura de gastos formais.
  9. 9. De um modo geral <ul><li>Lucro presumido </li></ul><ul><ul><li>Alíquotas menores </li></ul></ul><ul><ul><li>Impostos cumulativos </li></ul></ul><ul><li>Exemplos </li></ul><ul><ul><li>PIS </li></ul></ul><ul><ul><li>Cofins </li></ul></ul><ul><ul><li>IPI </li></ul></ul><ul><ul><li>ICMS </li></ul></ul>
  10. 10. Um exemplo presumido <ul><li>Empresas de pequeno porte </li></ul><ul><li>Ramos específicos </li></ul>Simples Federal Estadual
  11. 11. Classificação dos impostos Cumulativos Não cumulativos
  12. 12. Para entender os … IMPOSTOS CUMULATIVOS Não geram crédito fiscal O imposto pago em uma etapa não pode ser aproveitado na outra!
  13. 13. Impostos cumulativos $400,00 $200,00 $100,00 Exemplo de imposto cumulativo: Imposto Sobre Serviços (ISS) Alíquota em grandes cidades: 5% Tributação agregada ao longo da cadeia produtiva: Imposto pago: 5 + 10 + 20 = $35,00 Percentual sobre o preço = $35,00 / $400,00 = 8,75% Imposto Cumulativo Ocorre a majoração do percentual, de 5% para 8,75% Confecção de Vestuário (Serviços de Costura Industrial) Serviços A Serviços B Serviços C ISS $20,00 ISS $10,00 ISS $5,00
  14. 14. Calculado por dentro … <ul><li>Alíquota do ISS incide sobre o valor com o próprio imposto </li></ul><ul><li>Cálculo por dentro </li></ul>Valor sem impostos + ISS (X% do Preço) = Preço de venda Preço = Valor sem + X% do Preço Preço - X% do Preço = Valor sem Preço = Valor sem / (1 - X%) Por dentro Preço (1- X%) = Valor sem
  15. 15. Calculado por dentro … <ul><li>Assim … </li></ul><ul><li>Valor sem imposto: $190,00 </li></ul><ul><li>ISS (5%): ??? . </li></ul><ul><li>Valor com imposto: ??? </li></ul>190/0,95 = $200,00 5% de $200,00= $10,00
  16. 16. Outros impostos <ul><li>Empresas com lucro presumido devem considerar outros impostos somados ao ISS na formação dos preços </li></ul>
  17. 17. ISS e outros presumidos Impostos Base de cálculo Alíquota Subtotal Contribuição Social Sobre o Lucro (CSSL) 32% 9% 2,88% Imposto de Renda (IR) 32% 15% 4,80% Programa de Integração Social (PIS) 0,65% Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS) 3,00% Imposto sobre Serviços (ISS) 5,00% Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF) 0,38% Soma 16,71%
  18. 18. Impostos cumulativos <ul><li>Municipais </li></ul><ul><ul><li>ISS </li></ul></ul><ul><li>Federais </li></ul><ul><ul><li>IR </li></ul></ul><ul><ul><li>CSSL </li></ul></ul><ul><li>Porém, para empresas optantes pelo lucro presumido … </li></ul>
  19. 19. Lucro presumido <ul><li>Muitos impostos são cumulativos: </li></ul><ul><ul><li>PIS, COFINS </li></ul></ul><ul><li>Em alguns casos: </li></ul><ul><ul><li>IPI </li></ul></ul><ul><ul><li>ICMS </li></ul></ul>
  20. 20. Para entender os … IMPOSTOS NÃO CUMULATIVOS Geram crédito fiscal O imposto pago em uma etapa pode ser aproveitado na outra!
  21. 21. Impostos não cumulativos $400,00 $200,00 $100,00 Tributação agregada ao longo da cadeia produtiva: Imposto pago: 17 + 17 + 34 = $68,00 Percentual sobre o preço = $68,00 / $400,00 = 17% Imposto Não Cumulativo Ocorre a manutenção do percentual, igual a 17% Exemplo de imposto não cumulativo: Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) Alíquota na maioria dos estados: 17% (em exemplo didático, na prática é maior) Comercialização de cerveja Custo $83,00 Custo $166,00 Fábrica Atacadista Varejista ICMS Débito: $68,00 ICMS Débito: $34,00 ICMS Débito: $17,00 (-) Crédito: $0,00 A pagar: $17,00 (-) Crédito: $17,00 A pagar: $17,00 (-) Crédito: $34,00 A pagar: $34,00
  22. 22. Um cálculo diferente … <ul><li>A questão da substituição tributária </li></ul>
  23. 23. Substituição tributária <ul><li>Tendência crescente em relação a impostos estaduais e federais </li></ul><ul><li>Elo principal da cadeia (geralmente a fábrica) substitui o recolhimento dos demais elos </li></ul>
  24. 24. Uma fábrica, muitos clientes Fábrica Muitos varejistas Alguns atacadistas Uma fábrica Atacadista Atacadista Atacadista Varejista Varejista Varejista Varejista Varejista Varejista Varejista Varejista Varejista Varejista
  25. 25. Solução … <ul><li>O elo primário da cadeia assume o pagamento pelos demais contribuintes </li></ul>Substit: $51,00 Sem mais débitos e créditos $151,00 $234,00 ICMS Normal: $17,00 (-) Crédito: $0,00 A pagar: $68,00 Fábrica Atacadista Varejista $400,00 $200,00 $100,00 Define-se o preço final Custo Custo
  26. 26. Casos especiais de ICMS <ul><li>Operações interestaduais </li></ul>
  27. 27. Alíquotas interestaduais Origem Destino Alíquota % Estado A Estado A 18% (SP, MG ou RJ ) ou 17% (outros) S, SE S, SE 12% S, SE N, NE, CO, ES 7% N, NE, CO, ES S, SE 12% N, NE, CO, ES N, NE, CO, ES 12% Export 0%
  28. 28. Operações interestaduais 7% 17% Preço = $50,00 ICMS = $3,50 Preço = $100,00 D ICMS = $17,00 Antecipação tributária Paga-se o complemento de alíquota na entrada Antecipação = 10% de $50,00 = $5,00 Preço = $100,00 D ICMS = $17,00 C ICMS = $3,50 C Antec = $5,00 A pg = $8,50 C ICMS = $3,50 A pg = $13,50 SP CE SEFAZ/SP SEFAZ/CE
  29. 29. Um caso especial … <ul><li>Imposto sobre Produtos Industrializados </li></ul>
  30. 30. IPI <ul><li>Operações industriais </li></ul><ul><li>Não cumulativos em indústrias (lucro real) </li></ul><ul><li>Incide sobre o valor com ICMS </li></ul>
  31. 31. IPI <ul><li>Incide sobre o valor com ICMS </li></ul>Valor com ICMS = $5.395,00/0,83 Valor do ICMS = $6.500,00 x 0,17 Valor do IPI = $6.500,00 x 0,10 Valor sem impostos 5.395,00 ICMS (17%) 1.105,00 Valor com ICMS (17%) 6.500,00 IPI (10%) 650,00 Valor total 7.150,00
  32. 32. Um caso especial do IPI <ul><li>ICMS sempre faz parte da base do IPI </li></ul><ul><li>Venda para consumidor final </li></ul><ul><li>IPI faz parte da base de cálculo do ICMS </li></ul>
  33. 33. Preço com ICMS e IPI na base

×