Guia para estudo da doutrina espírita

1,947 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,947
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
20
Actions
Shares
0
Downloads
25
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Guia para estudo da doutrina espírita

  1. 1. Guia para estudo da Doutrina Espírita CVDEE - Centro Virtual de Divulgação e Estudo do Espiritismo ÍNDICE NUMÉRICO DOS TEMAS BIBLIOGRAFIA POR TEMA (Temas por ordenação numérica) Levantamento dos livros básicos e respectivas lições pela conexão que apresentam. Todas as lições dos cinco livros básicos, mais a 1ª parte de Obras Póstumas estão relacionadas, salvo as mencionadas na Apresentação. Abreviaturas adotadas • • • • • • L. E. O Livro dos Espíritos L.M. O Livro dos Médiuns E.S.E. O Evangelho Segundo o Espiritismo C.I. O Céu e o Inferno G. A Gênese O.P. Obras Póstumas 01 - A AUTORIDADE DA DOUTRINA ESPÍRITA • • • • • L.E. Introdução - I e VII L.E. Prolegômenos L.M. Dissertações Espíritas - 2ª parte, Cap. XXXI, item XXVIII - Nota L.M. Vocabulário Espírita - Cap. XXXII E.S.E. Autoridade da Doutrina Espírita. Universalidade dos Ensinos dos Espíritos - Introdução - II 02 - PERÍODOS DE DESENVOLVIMENTO DO ESPIRITISMO • • • • • L.E. Introdução III a V L.E. Conclusão I e V L.M. Vocabulário Espírita - Cap. XXXII L.M. Dissertações Espíritas - Cap. XXXI, item XVIII O.P. Os Desertores – 1ª parte 03 - PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DA DOUTRINA ESPÍRITA • • • L.E. Introdução VI O.P. Doutrina Espírita – 1ª parte O.P. Princípios Fundamentais da Doutrina Espírita – 2ª parte
  2. 2. 04 - SISTEMAS DE INTERPRETAÇÃO DOS FENÔMENOS ESPÍRITAS • • • L.E. Introdução - VII L.E. Conclusão - IX L.M. Dos Sistemas – 1ª parte, Cap. IV, 36 a 51 05 - CARACTERÍSTICAS DO ESTUDO DO ESPIRITISMO • • • • • • L.E. Introdução VIII L.M. Do Método – 1ª parte, cap. III, 18 a 35 L.M. Dissertações Espíritas - 2,1 parte, cap. XXXI, itens XVI, XX, XXI XXII, XXIV, XXVI e XXVII L.M. Das Reuniões em Geral - 21 parte, cap. XXIX, 324 a 333 L.M. Das Sociedades Propriamente Ditas – 2ª parte, cap. XXIX, 334 a 347 E.S.E. Reuniões Espíritas - Cap. XXVIII, 4 e 5 06 - OBJEÇÕES FEITAS AO ESPIRITISMO - REFUTAÇÕES • • • • • • • • • L.E. Introdução X, XI a XVII L.E. Materialismo - Q. 147 e 148 L.E. Conclusão II, III e VI L.M. Das Mistificações – 2ª parte, cap. XXVII, 303 L.M. Médiuns Interesseiros – 2ª parte, cap. XXVIII, 304 a 313 L.M. Fraudes Espíritas – 2ª parte, cap. XXVIII, 314 a 323 L.M. Dissertações Espíritas – 2ª parte, Cap. XXXI, item XIX E.S.E. Pelos Inimigos do Espiritismo - Cap. XXVIII, 50 e 51 O.P. Ligeira Resposta aos Detratores do Espiritismo – 1ª parte 07 - CONTRIBUIÇÃO DO ESPIRITISMO AO PROGRESSO DA HUMANIDADE • • • • • • • • L.E. Influência do Espiritismo no Progresso - Q. 798 a 802 L.E. Conclusão IV L.M. Dissertações Espíritas – 2ª parte, Cap. XXXI, itens 1 a V E.S.E. Os Bons Espíritas - Cap. XVII, 4 E.S.E. Parábola do Semeador - Cap. XVII, 5 e 6 O.P. Sobre as artes em geral - A Regeneração delas por meio do Espiritismo – 1ª parte O.P. Música Espírita – 1ª parte O.P. As Aristocracias – 1ª' parte 08 - OS TRÊS ASPECTOS DO ESPIRITISMO E SUAS CONSEQÜÊNCIAS • • • • L.E. Conclusão VII L.E. Prolegômenos L.M. Introdução E.S.E. Prefácio
  3. 3. • • E.S.E. Objetivo desta Obra - Introdução 1 G. Introdução 09 - A MORAL EVANGÉLICA DO ESPIRITISMO • • • • • • • L.E. Conhecimento da Lei Natural - Q. 627 e 628 L.E. Conclusão VIII L.M. Dissertações Espíritas - Cap. XXXI, item XVII E.S.E. Objetivo desta Obra - Introdução 1 E.S.E. Não vim trazer a paz, porém a Divisão - Cap. XXIII, 9 a 18 E.S.E. Prefácio G. Caráter da Revelação Espírita - Cap. 1, 56 10 - A UNIDADE DA DOUTRINA ESPÍRITA, APESAR DAS DIVERGÊNCIAS • • • • • L.E. Introdução XIII L.E. Conclusão IX L.M. Das Contradições – 2ª parte, Cap. XXVII, 297 a 302 L.M. Rivalidades entre as Sociedades – 2ª parte, Cap. XXIX, 348 a 350 L.M. Dos Sistemas – 1ª parte, Cap. 1 V, 36 11 - CARÁTER DA REVELAÇÃO ESPÍRITA • • • • • • • L.E. Conhecimento da Lei Natural - Q. 622 e 627 E.S.E. Consolador Prometido - Cap. VI, 3 e 4 E.S.E. Prefácio E.S.E. Autoridade da Doutrina Espírita – E.S.E. Controle Universal do Ensino dos Espíritos – E.S.E. Introdução II G. Caráter da Revelação Espírita - Cap. 1, 1 a 62 12 - DEUS • • • • • • • L.E. Deus e o Infinito - Q. 1 a 3 L.E. Provas da Existência de Deus - Q. 4 a 9 G. Existência de Deus . - Cap. II, 1 a 7 G. A Providência - Cap. II, 20 a 30 G. A Visão de Deus - Cap. 11, 31 a 37 O.P. Profissão de Fé Espírita Raciocinada - Deus – 1ª parte, I O.P. Profissão de Fé Espírita Raciocinada - Criação – 1ª parte, III 13 - A NATUREZA DIVINA • • • • • L.E. Atributos da Divindade - Q. 10 a 13 L.E. Panteísmo - Q. 14 a 16 G. Da Natureza Divina - Cap. 11, 8 a 19 O.P. As Cinco Alternativas da Humanidade - Doutrina O.P. Panteísta – 1ª parte
  4. 4. 14 - ESPÍRITO E MATÉRIA • • • • • • • • • • • • • • L.E. Conhecimento do Princípio das Coisas - Q. 17 a 20 L.E. Espírito e Matéria - Q. 21 a 28 L.E. Propriedades da Matéria - Q. 29 a 34 L.E. Espaço Universal - Q. 35 e 36 L.M. Ação dos Espíritos sobre a Matéria – 2ª parte, Cap. I, 52 a 59 G. Antigos e Modernos Sistemas do Mundo - Cap. V, 1 a 14 G. O Espaço e o Tempo - Cap. VI, 1 e 2 G. A Matéria - Cap. VI, 3 a 7 G. As Leis e a Força - Cap. VI, 8 a 11 G. Natureza e Propriedade dos Fluidos - Cap. XIV, 1 a 6 G. Ação dos Espíritos sobre os Fluidos. Criações Fluídicas G. Fotografia do Pensamento Cap. XIV, 13 a 15 G. Qualidade dos Fluidos - Cap. XIV, 16 a 21 G. Curas - Cap. XIV, 31 a 34 15 - O LABORATÓRIO DO MUNDO INVISÍVEL • • • • • • L.E. Espírito e Matéria - Q. 27 L.M. Do Laboratório do Mundo Invisível - Cap. VIII, 126 a 131 G. Ação dos Espíritos sobre os Fluidos. Criações Fluídicas. G. Fotografia do Pensamento - Cap. XIV, 13 a 15 O.P. Introdução ao Estudo da Fotografia e da Telegrafia do Pensamento - 1ª parte O.P. Fotografia e Telegrafia do Pensamento - 1ª parte 16 - A FORMAÇÃO DOS MUNDOS • • • • • • • • • L.E. Formação dos Mundos - Q. 37 a 42 L.E. Considerações e Concordâncias Bíblicas Concernentes à Criação - Q. 59 G. A Criação Primária. A Criação Universal. Os Sóis e os Planetas. Os Satélites. Os Cometas. G. A Via-Láctea. As Estrelas Fixas. Os Desertos do Espaço - Cap. VI, 12 a 47 G. A Vida Universal - Cap. VI, 53 a 57 G. Períodos Geológicos. Estado Primitivo do Globo. G. Período Primário G. Período de Transição. Período Secundário. Período Terciário. Período Diluviano - Cap. VII, 1 a 47 G. Teorias sobre a Formação da Terra - Cap. VIII, 1 a 7 17 - O POVOAMENTO DA TERRA • • • • • L.E. Formação dos Seres Vivos - Q. 43 a 49 Povoamento da Terra. Adão, - Q. 50 e 51 Diversidade das Raças Humanas - Q. 52 a 54 Considerações e Concordâncias Bíblicas; Concernentes à Criação - Q. 59 Formação Primária dos Seres Vivos - Cap. X, 1 a 15 Geração Espontânea - Cap. X, 20 a 23 Período Pós-diluviano ou Atual. Nascimento do Homem - Cap. VII, 48 e 49
  5. 5. • • • • • Revoluções Gerais ou Parciais. Idade das Montanhas. Dilúvio Bíblico. Revoluções Periódicas. Cataclismos Futuros. Crescimento ou diminuição do volume de Terra - Cap. IX, 1 a 15 Hipótese sobre a Origem do Corpo Humano - Cap. XI, 15 e 16 Raça Adâmica - Cap. XI, 38 a 42 Os Seis Dias - Cap. XII, 1 a 12 O.P. Profissão de Fé Espírita Raciocinada. Criação – 1ª parte 18 - A DIVERSIDADE DAS RAÇAS HUMANAS • • • • • • • • • • L.E. Povoamento da Terra. Adão - Q. 50 e 51 Diversidade das Raças Humanas - Q. 52 a 54 Considerações e Concordâncias Bíblicas concernentes à Criação - Q. 59 Sucessão e Aperfeiçoamento das Raças - Q. 688 a 692 G. Período Pós-diluviano ou Atual - Nascimento do Homem - Cap. VII, 48 e 49 Hipótese sobre a Origem do Corpo Humano - Cap. XI, 15 e 16 Raça Adâmica - Cap. XI, 38 a 42 Os Seis Dias - Cap. XII, 1 a 12 O.P. Teoria da Beleza – 1ª parte 19 - HÁ MUITAS MORADAS NA CASA DE MEU PAI • • • • • • • • • • • L.E. Pluralidade dos Mundos - Q. 55 a 58 E.S.E. Há muitas Moradas na Casa de Meu Pai - Cap. III, 1 Diferentes Estados da Alma na Erraticidade - Cap. III, 2 Diferentes Categorias dos Mundos Habitados - Cap. III, 3 a 5 Destinação da Terra. Causas das Misérias Humanas -Cap. III, 6 e 7 Mundos Inferiores e Mundos Superiores - Cap. III, 8 a 12 Mundos de Expiações e de Provas - Cap. III, 13 a 15 Mundos Regeneradores - Cap. III, 16 a 18 Progressão dos Mundos - Cap. III, 19 G. Diversidade dos Mundos - Cap. VI, 58 a 61 Eterna Sucessão dos Mundos - Cap. VI, 48 a 52 20 - O PRINCÍPIO VITAL • • • • • • • • L.E. Seres Orgânicos e Inorgânicos - Q. 60 a 67 A Vida e a Morte - Q. 68 a 70 Inteligência e Instinto - Q. 71 a 75 G. Princípio Vital - Cap. X, 16 a 19 Escala dos Seres Orgânicos. O Homem Corpóreo - Cap. X, 24 a 30 O Instinto e a Inteligência - Cap. III, 11 a 19 Princípio Espiritual - Cap. XI, 5 21 - ORIGEM E NATUREZA DOS ESPÍRITOS • • L.E. Origem e Natureza dos Espíritos - Q. 76 a 83 Mundo Normal Primitivo - Q. 84 a 87
  6. 6. • • • • • • Forma e Ubiqüidade dos Espíritos - Q. 88 a 92 Sexo nos Espíritos - Q. 200 a 202 L.M. Há Espíritos? – 1ª parte, Cap. 1, 1 a 6 Vocabulário Espírita - Cap. XXXII G. Princípio Espiritual. União do Princípio Espiritual à Matéria - Cap. X1, 1 a 14 O.P. Controvérsias sobre a Idéia da Existência de Seres Intermediários entre o Homem e Deus – 1ª parte 22 - O PERISPÍRITO • • • • • • L.E. Perispírito - Q. 93 a 95 L.M. Da Ação dos Espíritos sobre a Matéria – 2ª parte, Cap.1, 52 a 59 Vocabulário Espírita - Cap. XXXII G. Formação e Propriedade do Perispírito - Cap. XIV, 7 a 12 Superioridade da Natureza de Jesus - Cap. XV, 1 e 2 O.P. o Perispírito como Princípio das Manifestações – 1ª' parte 23 - A PROGRESSÃO DOS ESPÍRITOS • • • • • • • • • • • • L.E. Diferentes Ordens de Espíritos - Q. 96 a 99 Escala Espírita - Q. 100 a 113 Progressão dos Espíritos - Q. 114 a 127 Anjos e Demônios - Q. 128 a 131 L.M. Da Natureza das Comunicações - 2ª parte, Cap. X, 133 a 138 Provas Possíveis de Identidade – 2ª parte, Cap. XXIV, 255 a 261 Modos de se distinguirem os bons dos maus espíritos – 2ª parte, Cap. XXIV, 262 a 267 Questões sobre a Natureza e a Identidade dos Espíritos – 2ª parte, Cap. XXIV, 268 Dissertações Espíritas – 2ª parte, Cap. XXXI, item XXV E.S.E. Deixai que Venham a Mim as Criancinhas - Cap. VIII, 18 e 19 C. I. Os Anjos – 1ª' parte, Cap. VI 11, 1 a 15 Os Demônios – 1ª parte, Cap. lX, 1 a 23 24 - A ALMA • • • • • • • • L.E. Introdução II Objetivo da Encarnação - Q. 132 e 133 A Alma - Q. 134 a 146 Materialismo - Q. 147 e 148 E.S.E. Limites da Encarnação - Cap. IV, 24 Necessidade da encarnação - Cap. IV, 25 e 26 C.I Encarnação dos Espíritos - Cap. XI, 17 a 32 O. P. Profissão de Fé Espírita Raciocinada. A Alma –1ª parte 25 - A MORTE • • L.E. A Alma após a. Morte - Q. 149 e 153 Separação da Alma e do Corpo - Q. 154 a 162
  7. 7. • • • • • • • • Perturbação Espiritual - Q. 163 a 165 Intuição das Penas e Gozos Futuros - Q. 961 L.M. Questões sobre a sorte dos Espíritos – 2ª parte, Cap. XXVI, 292 E.S.E. Prevendo Próxima a Morte. Por um Agonizante. Por Alguém que acaba de Morrer. Pelas Pessoas a quem tivemos Afeição - Cap. XXVIII, 40, 57, 59 e 62. Perda de Pessoas Amadas. Morte Prematura. Cap. V, 21 C.I. Causas do Temor da Morte – 1ª parte, Cap. II, 1 a 9 Por que os Espíritas não temem a morte – 1ª parte, Cap. II, 10 O Passamento – 2ª parte, Cap. I, 1 a 15 26 - ENCARNAÇÃO NOS DIFERENTES MUNDOS • • • • • L.E. Encarnação nos Diferentes Mundos - Q. 172 a 188 Transmigrações Progressivas - Q. 189 a 196 E.S.E. Diferentes Categorias de Mundos Habitados - Cap.III, 3 a 5 G. Reencarnações - Cap. XI, 33 e 34 Emigrações e Imigrações dos Espíritos - Cap. XI, 35 a 37 27 - A REENCARNAÇÃO • • • • • • • • • • • L.E. A Reencarnação - Q. 166 a 170 Justiça da Reencarnação - Q. 171 Sorte das Crianças depois da Morte - Q. 197 a 199 Ressurreição da Carne - Q. 1010 L.M. Vocabulário Espírita - Cap. XXXII E.S.E. Motivos de Resignação - Cap. V, 12 e 13 Ato de Submissão e Resignação - Cap. XXVIII, 30 A Reencarnação Fortalece os Laços de Família, ao passo que A Unicidade da Existência os Rompe - Cap. IV, 18 a 23 G. Reencarnações - Cap. XI, 33 e 34 O.P. A Morte Espiritual – 1ª parte 28 - REENCARNAÇÃO E PARENTESCO • • • • • • • • L.E. Sexo nos Espíritos - Q. 200 a 202 Parentesco, Filiação - Q. 203 a.206 Parecenças Físicas e Morais - Q. 207 a 217 Idéias Inatas - Q. 218 a 221 E.S.E. A Reencarnação fortalece os Laços de Família, ao passo que a Unicidade da Existência os rompe - Cap. IV, 18 a 23 Quem é Minha Mãe e quem são Meus Irmãos - Cap. XIV, 5 e 7 A Parentela Corporal e a Parentela Espiritual - Cap. XIV, 8 G. Reencarnações - Cap. XI, 33 e 34 29 - PLURALIDADE DAS EXISTÊNCIAS • • • L.E. Considerações sobre a Pluralidade das Existências - Q. 222 A Reencarnação - Q. 166 a 170 Justiça da Reencarnação - 171
  8. 8. • • • E.S.E. Motivos de Resignação - Cap. V, 12 e 13 Ressurreição e Reencarnação - Cap. IV, 4 a 17 O.P. O Caminho da Vida – 1ª parte 30 - O ESPÍRITO NA ERRATICIDADE • • • • L.E. Espíritos Errantes - Q. 223 a 233 Mundos Transitórios - Q. 234 a 236 L.M. Vocabulário Espírita - Cap. XXXII E.S.E. Diferentes Estados da Alma na Erraticidade - Cap. III, 2 31 - PERCEPÇÕES, SENSAÇÕES E SOFRIMENTOS DOS ESPÍRITOS • • • • L.E. Percepções, Sensações e Sofrimentos dos Espíritos - Q. 237 a 256 Ensaio Teórico da Sensação nos Espíritos - Q.257 O.R A Música Celeste – 1ª parte Música Espírita – 1ª parte 32 - ESCOLHA DAS PROVAS PELO ESPÍRITO • • • • L.E. Espíritos Errantes - Q. 223 a 233 Escolha das Provas - Q. 258 a 273 Fatalidade - Q. 851 a 867 E.S.E. Bem e Mal Sofrer - Cap. V, 18 33 - AS RELAÇÕES NO MUNDO DOS ESPÍRITOS • • • • L.E. Escala Espírita - Q. 100 a 113 As Relações no Além-Túmulo - Q. 274 a 290 Relações de Simpatia e Antipatia entre os Espíritos Metades Eternas - Q. 291 a 303 34 - RECORDAÇÃO DA EXISTÊNCIA CORPÓREA PELO ESPÍRITO • • • L.E. Perturbação Espiritual - Q. 163 a 165 Espíritos Errantes - Q. 223 a 233 Recordação da Existência - Q. 304 a 319 35 - A COMEMORAÇÃO DOS MORTOS • • L.E. Comemoração dos Mortos. Funerais - Q. 320 a 329 E.S.E. Deixai aos Mortos o Cuidado de Enterrar seus Mortos- Cap. XXIII, 7 e 8 36 - PRENÚNCIO DA REENCARNAÇÃO • • • L.E. A Reencarnação - Q. 166 a 170 Justiça da Reencarnação - Q. 171 Prelúdio da Volta - Q. 330 a 343
  9. 9. 37 - UNIÃO DA ALMA E DO CORPO • • L.E. União da Alma e do Corpo - Q. 344 a 360 E.S.E. Por uma Criança que Acaba de Nascer - Cap. XXVIII, 53 38 - FACULDADES MORAIS E INTELECTUAIS DO HOMEM • • • • • • L.E. Idéias Inatas - Q. 218 a 221 Faculdades Morais e Intelectuais do Homem - Q. 361 a 366 Influência do Organismo - Q. 367 a 370 Necessidade da Vida Social - Q. 768 E.S.E. Missão do Homem Inteligente na Terra - Cap. VII, 13 Cuidar do Corpo e do Espírito - Cap. XVI 1, 11 39 - SITUAÇÃO DO ESPÍRITO NO IDIOTISMO E NA LOUCURA • • • • • L.E. Influência do Organismo - Q. 367 a 370 Idiotismo, Loucura - Q. 371 a 378 E.S.E. Cuidar do Corpo e do Espírito - Cap. XVII, 11 Pelos Doentes - Cap. XXVIII, 77 O Suicídio e a Loucura - Cap. V, 14 a 17 40 - UTILIDADE DA INFÂNCIA TERRENA • • • L.E. A Infância - Q. 379 a 385 E.S.E. Deixai que venham a Mim as Criancinhas - Cap. VIII, 18 e 19 Simplicidade e Pureza de Coração - Cap. VIII, 1 a 4 41 - O ESQUECIMENTO DO PASSADO • • • • • L.E. Simpatia e Antipatia Terrenas; - Q. 386 a 391 Esquecimento do Passado - Q. 392 a 399 L.M. Perguntas sobre Existências Passadas e Futuras – 2ª parte, Cap. XXVI, 290 E.S.E. Esquecimento do Passado - Cap. V, 11 42 - O SONO E OS SONHOS • • • • • L.E. O Sono e os Sonhos - Q. 400 a 412 E.S.E. À Hora de Dormir - Cap. XXVIII, 38 G. Vista Espiritual ou Psíquica. Sonhos - Cap. XIV, 28 Sonhos - Cap. XV, 3 O.P. Emancipação da Alma – 1ª parte 43 - LETARGIA, CATALEPSIA, MORTES APARENTES • • • L.E. O Sono e os Sonhos - Q. 407 a 409 Letargia, Catalepsia, Mortes Aparentes - Q. 422 a 424 G. Catalepsia. Ressurreições - Cap. XIV, 29 e 30
  10. 10. • • Ressurreições: A Filha de Jairo, Filho da Viúva de Naim - Cap. XV, 37 a 40 O.P. Emancipação da Alma – 1ª Parte, 25 e 27 44 - TRANSMISSÃO OCULTA DO PENSAMENTO • • • • • • • • L.E. Visita Espírita entre Pessoas Vivas - Q. 413 a 418 Transmissão Oculta do Pensamento - Q. 419 a 421 L.M. Evocação de Pessoas Vivas – 2ª parte, Cap. XXV, 284 Telegrafia Humana – 2ª parte, Cap. XXV, 285 Aparições dos Espíritos de Pessoas Vivas. Homens Duplos – 2ª parte, Cap. VII, 114 a 121 O.P. Aparição de Pessoas Vivas. Bicorporeidade – 1ª parte Dos homens duplos e das aparições de Pessoas Vivas - 1ª parte Fotografia e Telegrafia do Pensamento – 1ª parte 45 - SONAMBULISMO E ÊXTASE • • • • • • L.E. O Sono e os Sonhos - Q. 400 a 412 Sonambulismo - Q. 425 a 438 Êxtase - Q. 439 a 446 Resumo Teórico do Sonambulismo, do Êxtase e da Dupla Vista - Q. 45--) G. Vista Espiritual ou Psíquica. Dupla Vista. Sonambulismo. Sonhos - Cap. XIV, 22 a 27 O.P. Causa e Natureza da Clarividência Sonambúlica. Explicação do Fenômeno da Lucidez – 1ª parte Emancipação da Alma – 1ª parte, 25 e 26, 28 a 30 46 - A VISTA ESPIRITUAL • • • • • • • • • • • L.E. O Sono e os Sonhos - Q. 400 a 412 Sonambulismo - Q. 425 a 438 Dupla Vista - Q. 447 a 454 Resumo Teórico do Sonambulismo, do Êxtase e da Dupla Vista - Q. 455 G. Vista Espiritual ou Psíquica. Dupla Vista - Cap. XIV, 22 a 27 Dupla Vista: Entrada de Jesus em Jerusalém. Beijo de Judas. Pesca Maravilhosa. Vocação de Pedro, André, Tiago, João e Mateus - Cap. XV, 5 a 9 Tempestade Aplacada - Cap. XV, 45 e 46 O.P. A Segunda Vista. Conhecimento do Futuro. Previsões - 1ª parte 47 - A OBSESSÃO • • • • • • • L.E. Influência Oculta dos Espíritos em Nossos Pensamentos e Atos Q. 459 a 472 Possessos - Q. 473 a 480 Convulsionários - Q. 481 a 483 L.M. Obsessão Simples. Fascinação. Subjugação. Causas de Obsessão. Meios de a Combater - Cap. XXIII, 237 a 254 E.S.E. Reconciliação com os Adversários - Cap. X, 5 e 6 Os Inimigos Desencarnados - Cap. XII, 5 e 6
  11. 11. • • • • • • • Para Afastar os Maus Espíritos - Cap. XXVIII, 15 e 16 Para Pedir a Força de Resistir a uma Tentação - Cap. XXVIII, 20 Pelos Obsidiados - Cap. XXVIII, 81 G. Obsessões e Possessões - Cap. XIV, 45 a 49 Possessos - Cap. XV, 29 a 36 O.P. Da Obsessão e da Possessão - I!- parte Questões e Problemas. As Expiações Coletivas – 1ª parte 48 - OS ESPÍRITOS PROTETORES • • • • • • • L.E. Afeição que os Espíritos Votam a Certas Pessoas - Q. 484 a 488 Anjos de Guarda. Espíritos Protetores, Familiares ou Simpáticos - Q. 489 a 521 Pressentimentos - Q. 522 a 524 E.S.E. Aos Anjos Guardiões e aos Espíritos Protetores - Cap. XXVIII, 11 Para pedir um Conselho - Cap. XXVIII, 24 Ação de Graças pela Vitória Alcançada sobre uma Tentação - Cap. XXVIII, 22 49 - INFLUÊNCIA DOS ESPÍRITOS EM NOSSOS PENSAMENTOS E ATOS • • • • • • • • • L.E. Faculdade que tem os Espíritos de Penetrar os nossos Pensamentos Q. 456 a 458 Influência dos Espíritos em nossos Pensamentos e Atos - Q 459 a 472 E.S.E. Pecado por Pensamentos. Adultério - Cap. VIII, 5 a 7 Reconciliação com os Adversários - Cap. X, 5 e 6 Os Inimigos Desencarnados - Cap. XII, 5 e 6 Para pedir a força de resistir a uma tentação ~ Cap. XXVIII, 20 Para Afastar os Maus Espíritos - Cap. XXVIII, 15 e 16 G. Tentação de Jesus - Cap. XV, 52 e 53 50 - INFLUÊNCIA DOS ESPÍRITOS NOS ACONTECIMENTOS DA VIDA • • • L.E. Influência Oculta dos Espíritos em nossos Pensamentos e Atos Q 459 a 472 Pressentimentos - Q. 522 a 524 influência dos Espíritos nos Acontecimentos da Vida - Q. 525 a 535 E.S.E. Ação de Graças por um Favor Obtido - Cap. XXVIII, 28 51 - AÇÃO DOS ESPÍRITOS NOS FENÔMENOS DA NATUREZA • • L.E, Ação dos Espíritos nos Fenômenos da Natureza - Q. 536 a 540 G. Tempestade Aplacada - Cap. XV, 45 e 46 52 - OS ESPÍRITOS DURANTE OS COMBATES • • L.E. Influência Oculta dos Espíritos em nossos Pensamentos e Atos - Q. 459 a 472 Guerras - Q. 742 a 745
  12. 12. • • • • Os Espíritos Durante os Combates - Q. 541 a 548 Ensaio Teórico da Sensação nos Espíritos - Q. 257 Sacrifícios - 671 E.S.E. Sacrifício da Própria Vida - Cap. V, 29 53 - CONSIDERAÇÕES SOBRE A MEDIUNIDADE • • • • • • • • • • L.E. Influência Oculta dos Espíritos em nossos Pensamentos e Atos - Q. 459 a 472 Introdução IV L.M. Sobre os Médiuns - 2ª parte, Cap. XXXI, itens X a XV e XXI Vocabulário Espírita - Cap. XXXII E.S.E. Não são os que Gozam de Saúde que Precisam de Médico - Cap. XXIV, 11 e 12 Mediunidade Gratuita - Cap. XXVI, 7 a 10 Para os Médiuns - Cap. XXVIII, 8 e 9 C.I. Da Proibição de Evocar os Mortos - Cap. XI, 8 a 15 G. Manifestações Físicas - Mediunidade - Cap. XIV, 40 a 44 Superioridade da Natureza de Jesus - Cap. XV, 1 e 2 54 - VARIEDADE E TIPOS DE MÉDIUNS • • • • • • • • • • • L.E. Influência Oculta dos Espíritos em Nossos Pensamentos e Atos - Q. 459 a 472 Introdução IV L.M. Dos Médiuns - Cap. XIV, 159 a 177 Dos Médiuns Escreventes ou Psicógrafos - Cap. XV, 178 a 184 Dos Médiuns Especiais - Cap. XVI, 185 a 199 Sobre os Médiuns - Cap. XXXI, itens XI e XII Vocabulário Espírita - Cap. XXXII E.S.E. Não são os que Gozam da Saúde que Precisam de Médico - Cap. XXIV, 11 e 12 Para os Médiuns - Cap. XXVIII, 8 e 9 O.P. Caráter e Conseqüências Religiosas das Manifestações dos Espíritos. Dos Médiuns – 1ª parte, § 611 itens 33 a 55 55 - O DESENVOLVIMENTO DA MEDIUNIDADE • • • • • • • • • • L.E. Influência Oculta dos Espíritos em nossos Pensamentos e Atos - Q. 459 a 472 Introdução IV, XII e XV L.M. Desenvolvimento da Mediunidade, Cap. XVII, 200 a 218 Mudança de Caligrafia - Cap. XVII, 219 Perda e Suspensão da Mediunidade - Cap. XVII, 220 Dos Inconvenientes e Perigos da Mediunidade - Cap. XVIII, 221 e 222 Sobre os Médiuns - Cap. XXXI, itens X, XII, XIII, XIV, XV Vocabulário Espírita - Cap. XXXII E.S.E. Não são os que Gozam de Saúde que Precisam de Médico - Cap. XXIV, 11 e 12 Mediunidade Gratuita - Cap. XXVI, 7 a 10
  13. 13. • Para os Médiuns - Cap. XXVIII, 8 e 9 56 - O PAPEL DO MÉDIUM NAS COMUNICAÇÕES ESPÍRITAS • • • • • • • • • • • L.E. Influência Oculta dos Espíritos em nossos pensamentos e Atos - Q. 459 a 472 Introdução IV L.M. Do papel dos Médiuns nas Comunicações Espíritas Cap. XIX, 223 a 225 Da Influência Moral do Médium - Cap. XX, 226 a 230 Da Influência do Meio - Cap. XXI, 231 a 233 Sobre as Sociedades Espíritas - Cap. XXXI, itens XXII, XXIII, XIV e XXV Médiuns Interesseiros - 2ª parte, Cap. XXVIII, 304 a 313 Fraudes Espíritas - 2~ parte, Cap. XXVIII, 314 a 323 E.S.E. Não são os que gozam de saúde que precisam de médico - Cap. XXIV, 11 e 12 Para os Médiuns - Cap. XXVIII, 8 e 9 G. Manifestações Físicas. Mediunidade - Cap. XIV, 40 a 44 57 - AS BÊNÇÃOS E AS MALDIÇÕES • • • • • • • • • • • • L.E. Influência Oculta dos Espíritos em nossos Pensamentos e Atos Q. 459 a 472 Pactos - Q. 549 e 550 Poder Oculto. Talismãs. Feiticeiros - Q. 551 a 556 Bênçãos e Maldições - Q. 557 L.M. Dos Médiuns - Cap. XIV, 1591 Do Maravilhoso e do Sobrenatural – 1ª parte - Cap. II, 7 a 17 Médiuns Curadores - Cap. XIV, 175 e 176 E.S.E. Dai Gratuitamente o que Gratuitamente Recebeste: Dom de Curar - Cap. XXVI, 1 e 2 Preces Pagas - Cap. XXVI, 3 e 4 Mercadores Expulsos do Templo - Cap. XXVI, 5 e 6 G. Curas - Cap. XIV, 31 a 34 O.P. A Segunda Vista. Conhecimento do Futuro. Previsões - 1ª parte 58 - O DOM DE CURAR • • • • • • • L.E. Poder Oculto. Talismã. Feiticeiros - Q. 555 e 556 L.M. Médiuns Curadores - Cap. XIV, 175 e 176 Do Maravilhoso e do Sobrenatural - 1? parte, Cap. II, 7 a 17 Dom de Curar - Cap. XXVI, 1 e 2 Mediunidade Gratuita - Cap. XXVI, 7 a 10 Curas - Cap. XIV, 31 a 34 Curas - Cap. XV, 10 a 28 59 - O MARAVILHOSO E O SOBRENATURAL • • • L.E. Influência Oculta dos Espíritos em nossos Pensamentos e Atos - Q. 459 Conclusão II L.M. Do Maravilhoso e do Sobrenatural – 1ª parte, Cap. 11, 7 a 17
  14. 14. • • • • • • • • • • C.I. Intervenção dos Demônios nas Modernas Manifestações – 1ª parte, Cap. X, 1 a 19 G. Os Milagres no Sentido Teológico - Cap. XIII, 1 a 3 O Espiritismo não faz milagres - Cap. XIII, 4 a 14 Faz Deus Milagres? - Cap. XIII, 15 a 17 O Sobrenatural e as Religiões - Cap. XIII, 18 e 19 Prodígios por ocasião da Morte de Jesus - Cap. XV, 54 e 55 Bodas de Caná - A Multiplicação dos Pães – O Fermento dos Fariseus - O Pão do Céu - Cap. XV, 47 a 51 O.P. Caráter e Conseqüências Religiosas das Manifestações dos Espíritos – 1ª parte Os Milagres provam a Divindade do Cristo? – 1ª parte 60 - AS MANIFESTAÇÕES ESPÍRITAS • • • • • • • • • • • L.E. Influência Oculta dos Espíritos em nossos Pensamentos e Atos - Q. 459 Introdução III a V e IX L.M. Da Ação dos Espíritos sobre a Matéria – 2ª parte, Cap.I, 52 a 59 Das Manifestações Físicas. Das Mesas Girantes – 2ª parte, Cap. 11, 60 a 64 Das Manifestações Inteligentes – 2ª0 parte, Cap. III, 65 a 71 Da Teoria das Manifestações Físicas – 2ª parte, Cap. IV, 72 a 81 Das Manifestações Físicas Espontâneas – 2ª parte, Cap. V, 82 a 95 Fenômeno de Transporte – 2ª parte, Cap. V, 96 a 99 Dissertações Espíritas - Cap. XXXI, item XVII Vocabulário Espírita - Cap. XXXII Manifestações Físicas - Mediunidade - Cap. XIV, 40 a 44 61 - CONSIDERAÇÕES SOBRE AS MANIFESTAÇÕES INTELIGENTES • • • • • • • • L.E. Influência Oculta dos Espíritos em nossos Pensamentos e Atos - Q. 459 Introdução III a V L.M. Das Manifestações Inteligentes – 2ª parte, Cap. III, 65 a 71 Da Sematologia e da Tiptologia – 2ª parte, Cap. XI, 139 a 145 Da Pneumatografia ou Escrita Direta. Da Pneumatofonia – 2ª parte, Cap. XII, 146 a 151 Da Psicografia – 2ª parte, Cap. XIII, 152 a 158 Vocabulário Espírita - Cap. XXXII Manifestações Físicas. Mediunidade - Cap. XIV, 40 a 44 62 - AS MANIFESTAÇÕES VISUAIS • • • • • • • • L.E. Influência Oculta dos Espíritos em nossos Pensamentos e Atos - Q 459 L.M. Das Manifestações Visuais – 2ª parte, Cap. VI, 100 Ensaio Teórico sobre as Aparições – 2ª parte, Cap. VI, 101 a 110 Teoria da Alucinação – 2ª. parte, Cap. VI, III a 113 Da Bicorporeidade e da Transfiguração – 2ª parte, Cap. VII, 114 a 125 Vocabulário Espírita - Cap. XXXII G. Aparições e Transfigurações - Cap. XIV, 35 a 39 Estrelas dos Magos - Cap. XV, 4
  15. 15. • • • • • • • Jesus Caminha sobre a Água - Cap. XV, 41 e 42 Transfiguração - Cap. XV, 43 e 44 Aparição de Jesus, após sua Morte - Cap. XV, 56 a 63 O.P. Manifestações Visuais - 1ª parte, 11, 16 a 21 Transfiguração, Invisibilidade - 1ª parte, III, 22 e 23 Aparição de Pessoas Vivas - Bicorporeidade - 1ª parte, V Dos Homens Duplos e das Aparições de Pessoas Vivas –1ª parte 63 - OS LUGARES ASSOMBRADOS • • • • • • • L.E. Influência Oculta dos Espíritos em nossos Pensamentos e Atos - Q. 459 Poder Oculto. Talismãs. Feiticeiros - Q. 555 (nota) Bênçãos e Maldições - Q. 557 L.M. Das Manifestações Físicas Espontâneas – 2ª parte, Cap. V, 82 a 95 Fenômeno de Transporte – 2ª parte, Cap. V, 96 a 99 Dos Lugares Assombrados – 2ª parte, Cap. lX, 132 Vocabulário Espírita - Cap. XXXII 64 - AS OCUPAÇÕES E MISSÕES DOS ESPÍRITOS • • • L.E. Das Ocupações e Missões dos Espíritos - Q. 558 a 584 L.M. Perguntas sobre as Invenções e Descobertas – 2ª parte, Cap. XXVI, 294 Dissertações Espíritas - 2' parte, Cap. XXXI, itens VI a VIII 65 - OS TRABALHADORES DA ÚLTIMA HORA • • • • • • • L.E. Das Ocupações e Missões dos Espíritos - Q. 558 a 584 L.M. Dissertações Espíritas - 2' parte, Cap. XXXI, itens VI a VIII E.S.E. Os Trabalhadores da última Hora - Cap. XX, I Os últimos serão os Primeiros - Cap. XX, 2 e 3 Missão dos Espíritas - Cap. XX, 4 Os Obreiros do Senhor - Cap. XX, 5 Não Vades Ter com os Gentios - Cap. XXIV, 8 a 10 66 - CONHECE-SE A ÁRVORE PELO FRUTO • • • • • • • • • • • • • L.E. Das Ocupações e Missões dos Espíritos - Q. 558 a 584 Conhecimento da Lei Natural - Q. 622 e 624 L.M. Dissertações Espíritas - Cap. XXXI, itens XI e XXVIII E.S.E. Conhece-se a Árvore pelo Fruto - Cap. XXI, 1 a 3 Missão dos Profetas - Cap. XXII, 4 Prodígio dos Falsos Profetas - Cap. XXI, 5 Não Creais em todos os Espíritos - Cap. XXI, 6 e 7 Os Falsos Profetas - Cap. XXI, 8 Caracteres do Verdadeiro Profeta - Cap. XXI, 9 Os Falsos Profetas da Erraticidade - Cap. XXI, 10 Jeremias e os Falsos Profetas - Cap. XXI, 11 G. Ninguém é Profeta em sua Terra - Cap. XVII, 1 e 2 Vossos Filhos e Vossas Filhas Profetizarão - Cap. XV 11, 59 a 61
  16. 16. 67 - OS TRÊS REINOS DA NATUREZA • • • • • • • • • • L.E. Os Minerais e as Plantas - Q. 585 a 591 Os Animais e o Homem - Q. 592 a 610 Metempsicose - Q. 611 a 613 Seres Orgânicos e Inorgânicos - Q. 60 a 67 A Vida e a Morte - Q. 68 a 70 Inteligência e Instinto - Q. 71 a 75 L.M. Da Mediunidade nos Animais - 2ª parte, Cap. XXII, 234 a 236 Evocação dos Animais - 2ª parte, Cap. XXV, 283 G. Escala dos Seres Orgânicos - Cap. X, 24 e 25 O Homem Corpóreo - Cap. X, 26 a 30 68 - O CONHECIMENTO DA LEI DIVINA • • • • • • • L.E. Caracteres da Lei Natural - Q. 614 a 618 Conhecimento da Lei Natural - Q. 619 a 628 O Bem e o Mal - Q. 629 a 646 Divisão da Lei Natural - Q. 647 e 648 E.S.E. As Três Revelações: Moisés, Cristo e Espiritismo - Cap. I, 1 a 7 A Nova Era - Cap. 1, 9 a 11 G. Parábola dos Vinhateiros Homicidas - Cap. XVII, 29 e 30 69 - O BEM E O MAL • • • • • L.E. O Bem e o Mal - Q. 629 a 646 Divisão da Lei Natural - Q. 647 E.S.E. O Mal e o Remédio - Cap. V, 19 Se Fosse um Homem de Bem, Teria Morrido - Cap. V, 22 Origem do Bem e do Mal - Cap. III, 1 a 10 70 - PRECURSORES DA IDÉIA CRISTÃ E DO ESPIRITISMO • • • • • L.E. Conhecimento da Lei Natural - Q. 619 a 628 E.S.E. Sócrates e Platão, Precursores da Idéia Cristã e do Espiritismo - Introdução IV As Três Revelações: Moisés, Cristo e Espiritismo - Cap.I, 1 a 7 A Nova Era - Cap. 1, 9 a 11 71 - ALIANÇA DA CIÊNCIA E DA RELIGIÃO • • • • • L.E. Conhecimento da Lei Natural - Q. 619, 622, 623, 626 e 628 E.S.E. Aliança da Ciência e da Religião - Cap. 1, 8 Dar-se-á ao que tem - Cap. XVIII, 13 a 15 G. Papel da Ciência na Gênese - Cap. IV, 1 a 17 Um só Rebanho e um só Pastor - Cap. XVII, 31 e 32 72 - O CONSOLADOR PROMETIDO
  17. 17. • • • • • • • • • • L.E. Conhecimento da Lei Natural - Q. 619 a 628 L.M. Dissertações Espíritas - Cap. XXXI, IX E.S.E. O Jugo Leve - Cap. VI, 1 e 2 Consolador Prometido. O Advento do Espírito da Verdade - Cap. VI, 3 a 8 Prefácio As Três Revelações: Moisés, Cristo e Espiritismo - Cap.I, 1 a 7 A Nova Era - Cap. 1, 9 a 11 Parábola do Festim de Bodas - Cap. XVIII, 1 e 2 G. Anunciação do Consolador - Cap. XVII, 35 a 42 Segundo Advento do Cristo - Cap. XVII, 43 a 46 73 - JESUS - GUIA E MODELO DA HUMANIDADE • • • • • • • • • • • • • • L.E. Conhecimento da Lei Natural - Q. 624 e 625 E.S.E. A Realeza de Jesus - Cap. II, 4 Uma Realeza Terrestre - Cap. 11, 8 Candeia sob o Alqueire. Por que fala Jesus por Parábolas - Cap. XXIV, 1 a 7 G. Superioridade da Natureza de Jesus - Cap. XV, 1 e 2 Desaparecimento do Corpo de Jesus - Cap. XV, 64 a 67 Aparecimento de Jesus, após sua Morte - Cap. XV, 56 a 63 O.P. Estudo sobre a Natureza de Cristo: Fontes das Provas sobre a Natureza do Cristo. Os Milagres provam a Divindade do Cristo? As Palavras de Jesus provam a sua Divindade? Palavras de Jesus depois de sua Morte. Dupla Natureza de Jesus. Opinião dos Apóstolos. Predição dos Profetas com Relação a Jesus. O Verbo se fêz Carne. O Filho de Deus e o Filho do Homem –1ª parte. 74 - JESUS E AS PARÁBOLAS EVANGÉLICAS • • • • • • • • • • • • • • L.E. Conhecimento da Lei Natural - Q. 625 a 628 E.S.E. Dar-se-á ao que tem - Cap. XVIII, 13 a 15 Candeia sob o Alqueire. Por que fala Jesus por Parábolas - XXIV, 1 a 7 Parábola dos Trabalhadores da última Hora - Cap. XX, 1 Os últimos Serão os Primeiros - Cap. XX, 2 e 3 Parábola do Festim de Bodas - Cap. XVIII, 1 e 2 Parábola dos Credores e Devedores - Cap. XI, 3 e 4 Parábola do Bom Samaritano - Cap. XV, 1 a 3 Parábola dos Talentos - Cap. XVI, 6 Parábola do Mau Rico - Cap. XVI, 5 Parábola da Figueira que Secou - Cap. XIX, 8 a 10 Parábola do Semeador - Cap. XVII, 5 e 6 Notícias Históricas - Introdução III Parábola dos Vinhateiros Homicidas - Cap. XVII, 29 e 30 75 - A PRECE • • L.E. Caracteres da Lei Natural - Q. 614 a 618 Conhecimento da Lei Natural - Q. 619 a 628
  18. 18. • • • • • • • • • • • • A Prece - Q. 658 a 666 E.S.E. Qualidades da Prece - Cap. XXVII, 1 a 4 Eficácia da Prece - Cap. XXVII, 5 a 8 Ação da Prece. Transmissão do Pensamento - Cap. XXVII, 9 a 15 Preces Inteligíveis - Cap. XXVII, 16 e 17 Da Prece pelos Mortos e pelos Espíritos Sofredores - Cap. XXVII, 18 a 21 Maneira de Orar - Cap. XXVII, 22 Felicidade que a Prece Proporciona - Cap. XXVII, 23 Coletânea de Preces Espíritas - Cap. XXVIII, 1 Oração Dominical - Cap. XXVIII, 2 e 3 Perdoai para que Deus vos Perdoe - Cap. X, 1 a 4 Pelas. Almas Sofredoras que Pedem Prece - Cap. XXVIII, 64 76 - A LEI DE ADORAÇÃO • • • • • • • • • • • L.E. Divisão da Lei Natural - Q. 647 e 648 Objetivo da Adoração - Q. 649 a 652 Adoração Exterior - Q. 653 a 656 Vida Contemplativa - Q. 657 A Prece - Q.658 a 666 Politeísmo - Q. 667 e 668 Sacrifícios - Q. 669 a 673 Casamento e Celibato - Q. 699 E.S.E. Qualidades da Prece - Cap. XXV11, 1 a 4 Maneira de Orar - Cap. XXVII, 22 O Sacrifício mais Agradável a Deus - Cap. X, 7 e 8 77 - BUSCAI E ACHAREIS • • • • • • L.E. Divisão da Lei Natural - Q. 647 e 648 Necessidade do Trabalho - Q. 674 a 681 Limites do Trabalho. Repouso - Q. 682 a 685 E.S.E. Ajuda-te a ti Mesmo, que o Céu te Ajudará - Cap. XXV, 1 a 5 Observai os Pássaros do Céu - Cap. XXV, 6 a 8 Não vos Afatigueis pela Posse do Ouro - Cap. XXV, 9 a 11 78 - A LEI DE REPRODUÇÃO • • • • • • • • L.E. Divisão da Lei Natural - Q. 647 e 648 População do Globo - 686 e 687 Sucessão e Aperfeiçoamento das Raças - Q. 688 a 692 Obstáculos à Reprodução - Cap. Q. 693 e 694 Casamento e Celibato - Q. 695 a 699 Poligamia - Q. 700 e 701 C. Formação Primária dos Seres Vivos - Cap. X, 1 a 15 O.P. Teoria da Beleza - 1ª parte 79 - O ABORTO E SUAS CONSEQÜÊNCIAS • L.E. População do Globo - Q. 686 e 687
  19. 19. • • Obstáculos à Reprodução - Q. 693 e 694 União da Alma e do Corpo - Q. 357 a 360 80 - CASAMENTO E DIVÓRCIO • • • • • L.E. Casamento e Celibato - Q. 695 a 699 Poligamia - Q. 700 e 701 Laços de Família - Q. 775 Igualdade dos Direitos do Homem e da Mulher - Q. 817 a 822 E.S.E. Indissolubilidade do Casamento. O Divórcio - Cap. XXII, 1 a 5 81 - A LEI DE CONSERVAÇÃO • • • • • • • • L.E. Divisão da Lei Natural - Q. 647 e 648 Instinto de Conservação - Q. 702 e 703 Meios de Conservação - Q. 704 a 710 Gozo dos Bens Terrenos - Q. 711 a 714 Necessário e Supérfluo - Q. 715 a 717 Privações Voluntárias. Mortificações - Q. 718 a 727 E.S.E. Observai os Pássaros do Céu - Cap. XXV, 6 a 8 Não vos Afatigueis pela Posse do Ouro - Cap. XXV, 9 a 11 82 - O NECESSÁRIO E O SUPÉRFLUO • • • • • L.E. Gozo dos Bens Terrenos - Q. 711 a 714 Necessário e Supérfluo - Q. 715 a 717 Direito de Propriedade. Roubo - Q. 883 E.S.E. A Verdadeira Propriedade - Cap. XVI, 9 e 10 Transmissão da Riqueza - Cap. XVI, 15 83 - OS SOFRIMENTOS VOLUNTÁRIOS • • • • L.E. Privações Voluntárias. Mortificações - Q. 718 a 727 E.S.E. Os Tormentos Voluntários - Cap. V, 23 Provas Voluntárias. O Verdadeiro Cilício - Cap. V, 26 Proveito dos Sofrimentos para Outrem - Cap. V, 31 84 - A DESTRUIÇÃO NECESSÁRIA E A ABUSIVA • • • • • • • • • L.E. Divisão da Lei Natural - Q. 647 e 648 Destruição Necessária e Destruição Abusiva - Q. 728 a 736 Flagelos Destruidores - Q. 737 a 741 Guerras - Q. 742 a 745 Assassínio - Q. 746 a 751 Crueldade - Q. 752 a 756 Duelo - Q. 757 a 759 Pena de Morte - Q. 760 a 765 E.S.E. Se Alguém vos Bater na Face Direita, Apresentai-lhe também a Outra Cap. XII, 7 e 8
  20. 20. • • • A Vingança - Cap. XII, 9 O Duelo - Cap. XII, 11 a 16 G. Destruição dos Seres Uns pelos Outros - Cap. III, 20 a 24 85 - AS EXPIAÇÕES COLETIVAS • • • • • L.E. Flagelos Destruidores - Q. 737 a 741 Guerras - Q. 742 a 745 E.S.E. Causas Anteriores das Aflições - Cap. V, 6 a 10 G. A Geração Nova - Cap. XVIII, 32 a 35 O.P. Questões e Problemas. As Expiações Coletivas – 1a. parte. 86 - A NECESSIDADE DA VIDA SOCIAL • • • • • • L.E. Divisão da Lei Natural - Q. 647 e 648 Necessidade da Vida Social - Q. 766 a 768 Vida de Insulamento. Voto de Silêncio - Q. 769 a 772 Laços de Família - Q. 773 a 775 E.S.E. o Homem no Mundo - Cap. XVII, 10 A Ingratidão dos Filhos e os Laços de Família - Cap. XIV, 9 87 - A INFÂNCIA DA HUMANIDADE • • • • • L.E. Estado de Natureza - Q. 776 a 778 Caracteres da Lei Natural - Q. 614 a 618 O Bem e o Mal - Q. 629 a 646 Progressão dos Espíritos - Q. 114, 115, 118 a 120, 122 e 127 E.S.E. Mundos de Expiações e Provas - Cap. III, 14 88 - A MARCHA DO PROGRESSO • • • • • • • • • • • • • L.E. Marcha do Progresso - Q. 779 a 785 Progressão dos Espíritos - Q. 114 a 127 L.M. Perguntas sobre os Outros Mundos - 2ª parte - Cap. XXVI, 296 E.S.E. Progressão dos Mundos - Cap. III, 19 Diferentes Categorias dos Mundos Habitados - Cap. III, 3 a 5 Destinação da Terra. Causas das Misérias Humanas -.Cap. III, 6 e 7 Mundos Inferiores e Mundos Superiores - Cap. III, 8 a 12 Mundos de Expiação e de Provas - Cap. III, 13 a 15 Mundos Regeneradores - Cap. III, 16 a 18 A Melancolia - Cap. V, 25 , G. Sinais dos Tempos - Cap. XVIII, 1 a 26 A Geração Nova - Cap. XVIII, 27 a 35 O.P. Liberdade, Igualdade e Fraternidade - 1 ' parte 89 - AS CIVILIZAÇÕES • • L.E. Sucessão e Aperfeiçoamento das Raças - Q. 688 a 692 Povos Degenerados - Q. 786 a 789
  21. 21. • • Civilização - Q. 790 a 793 G. Sinais dos Tempos - Cap. XVIII, 1 a 26 90 - O PROGRESSO DA LEGISLAÇÃO HUMANA • • • • • • • • • • L.E. Progresso da Legislação Humana - Q. 794 a 797 Caracteres da Lei Natural - Q. 614 a 618 Conhecimento da Lei Natural - Q. 619 a 628 Divisão da Lei Natural - Q. 648 Igualdade dos Direitos do Homem e da Mulher - Q. 818 e 822 Justiça e Direitos Naturais - Q. 874 a 876 E.S.E. Moisés - Cap. I, 2 O Cristo - Cap. 1, 3 O Espiritismo - Cap. 1, 6 e 7 O.P. Liberdade, Igualdade e Fraternidade - I! parte 91 - A LEI DE IGUALDADE • • • • • • • • L.E. Divisão da Lei Natural - Q. 648 Igualdade Natural - Q. 803 Desigualdade das Aptidões - Q. 804 e 805 Desigualdades Sociais - Q. 806 e 807 Desigualdade das Riquezas - Q. 808 a 813 Igualdades de Direito do Homem e da Mulher - Q. 817 a 822 Igualdade Perante o Túmulo - Q. 823 e 824 E.S.E. A Felicidade não é deste Mundo - Cap. V, 20 92 - AS PROVAS DE RIQUEZA E DE MISÉRIA • • • • • • • • • • • • • L.E. Desigualdade das Riquezas - Q. 808 a 813 As Provas de Riqueza e de Miséria - Q. 814 a 816 E.S.E. A Felicidade não é deste Mundo - Cap. V, 20 Salvação dos Ricos - Cap. XVI, 1 e 2 Jesus em Casa de Zaqueu - Cap. XVI, 4 Utilidade Providencial da Riqueza - Cap. XVI, 7 Desigualdade das Riquezas - Cap. XVI, 8 Transmissão da Riqueza - Cap. XVI, 15 Parábola do Mau Rico - Cap. XVI, 5 Preservar-se da Avareza - Cap. XVI, 3 Emprego da Riqueza - Cap. XVI, 11 a 13 Desprendimento dos Bens Terrenos - Cap. XVI, 14 Parábola dos Talentos - Cap. XVI, 6 93 - OS DIREITOS DO HOMEM E DA MULHER • • • L.E. Igualdade Natural - Q. 803 Igualdade de Direitos do Homem e da Mulher - Q. 817 a 822 G. Os Seis Dias - Cap. XII, 11
  22. 22. 94 - A LIBERDADE E O HOMEM • • • • • • • L..E. Divisão da Lei Natural - Q. 648 Liberdade Natural - Q. 825 a 828 Escravidão - Q. 829 a 832 Liberdade de Pensar - Q. 833 e 834 Liberdade de Consciência - Q. 835 a 842 Livre Arbítrio - Q. 843 a 850 E.S.E. Muito se Pedirá àquele que muito Recebeu - Cap. XVIII, 10 a 12 95 - LIVRE ARBÍTRIO E FATALIDADE • • • • • L.E. Livre Arbítrio - Q. 843 a 850 Fatalidade - Q. 851 a 867 Resumo Teórico do Móvel das Ações Humanas - Q. 872 E.S.E. Num Perigo Iminente - Cap. XXVIII, 34 Ação de Graças por Haver Escapado a um Perigo - Cap. XXVIII, 36 96 - O CONHECIMENTO DO FUTURO • • • • • • • • • • • L.E. Conhecimento do Futuro - Q. 868 a 871 L.M. Perguntas sobre o Futuro - 2ª parte - Cap. XXVI, 289 Médiuns de Pressentimento - Cap. XV, 184 G. Teoria da Presciência - Cap. XVI, 1 a 18 Cidades Impenitentes - Cap. XVII, 14 Morte e Paixão de Jesus - Cap. XVII, 3 a 9 Perseguição dos Apóstolos - Cap. XVII, 10 a 13 Ruína do Templo e de Jerusalém - Cap. XVI-1, 15 a 21 Minhas Palavras não Passarão - Cap. XVI 1, 24 a 26 A Pedra Angular - Cap. XV11, 27 e 28 O.P. A Segunda Vista. Conhecimento do Futuro. Previsões – 2ª parte 97 - A JUSTIÇA E OS DIREITOS • • • • • • L.E. Divisão da Lei Natural - Q. 648 Justiça e Direitos Naturais - Q. 873 a 879 E.S.E. O Mandamento Maior. Fazer aos Outros o que Queiramos que os outros nos Façam. Parábola dos Credores e dos Devedores - Cap. X1, 1 a 4 Dai a César o que é de César - Cap. X1, 5 a 7 98 - A VERDADEIRA PROPRIEDADE • • • • • • L.E. Divisão da Lei Natural - Q. 648 Direito de Propriedade. Roubo - Q. 880 a 885 L.M. Perguntas sobre Tesouros Ocultos – 2ª parte, Cap. XXVI, 295 E.S.E. A Verdadeira Propriedade - Cap. XVI, 9 e 10 Preservar-se da Avareza - Cap. XVI, 3 Desprendimento dos Bens Terrenos - Cap. XVI, 14
  23. 23. • • Parábola dos Talentos - Cap. XVI, 6 Emprego da Riqueza - Cap. XVI, 11 a 13 99 - A CARIDADE E O AMOR AO PRÓXIMO • • • • • • • • • • • • • • • • L.E. Divisão da Lei Natural - Q. 648 Caridade e Amor ao Próximo - Q. 886 a 889 E.S.E. Perdão das Ofensas - Cap. X, 14 e 15 A Lei de Amor - Cap. XI, 8 a 10 A Fé e a Caridade - Cap. X1, 13 Caridade para com os Criminosos - Cap. XI, 14 Retribuir o Mal com o Bem - Cap. XII, 1 a 4 O ódio - Cap. XII, 10 Por um inimigo que Morreu - Cap. XXVIII, 67 Ação de Graças por um Benefício Concedido a Outrem - Cap. XXVIII, 44 Pelos nossos Inimigos e pelos que nos querem mal - Cap. XXVIII, 46 Ação de Graças pelo Bem Concedido aos nossos Inimigos - Cap. XXVIII, 48 O de que precisa o Espírito para ser Salvo. Parábola do Bom Samaritano - Cap. XV, 1 a 3 O Mandamento Maior - Cap. XV, 4 e 5 Por um Inimigo - Cap. XXVIII, 69 Dever-se-á por Termo às Provas do Próximo? - Cap. V, 27 100 - O AMOR MATERNO E 0 FILIAL • • • • • • • • • • L.E. Divisão da Lei Natural - Q. 648 Amor Materno e Filial - Q. 890 a 892 E.S.E. Honrai o Vosso Pai e Vossa Mãe - Cap. XIV, 1 e 2 Piedade Filial - Cap. XIV, 3 e 4 A Ingratidão dos Filhos e os Laços de Família - Cap. XIV, 9 A Parentela Corporal e a Parentela Espiritual - Cap. XIV, 8 Quem é minha Mãe e quem são meus Irmãos? - Cap. XIV, 5 a 7 Odiar os Pais - Cap. XXIII, 1 a 3 Abandonar Pai, Mãe e Filhos - Cap. XXIII, 4 a 6 Deixar aos Mortos o Cuidado de Enterrar seus Mortos - Cap. XXIII, 7 e 8 101 - A CARIDADE MATERIAL E A CARIDADE MORAL • • • • • • • • • • • • L.E. Caridade e Amor ao Próximo - Q. 886 a 888 E.S.E. Fazer o Bem sem Ostentação - Cap. XIII, 1 a 3 Os Infortúnios Ocultos - Cap. XIII, 4 O óbulo da Viúva - Cap. XIII, 5 e 6 Convidar os Pobres e Estropiados. Dar sem esperar Retribuição - Cap. XIII, 7 e 8 A Caridade Material e a Caridade Moral - Cap. XIII, 9 e 10 A Beneficência - Cap. XIII, 11 a 16 A Piedade - Cap. XIII, 17 Os órfãos - Cap. XIII, 18 Benefícios Pagos com a Ingratidão - Cap. XIII, 19 Beneficência Exclusiva - Cap. XIII, 20 Por Alguém que esteja em Aflição - Cap. XXVIII, 42
  24. 24. 102 - FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO • • • • • • • L.E. Justiça e Direitos Naturais - Q. 873 a 879 Caridade e Amor ao Próximo - Q. 886 a 889 E.S.E. O de que precisa o Espírito para ser Salvo. Parábola do Bom Samaritano Cap. XV, 1 a 3 O Mandamento Maior - Cap. XV, 4 e 5 Necessidade da Caridade Segundo São Paulo - Cap. XV, 6 e 7 Fora da Igreja não há Salvação. Fora da Verdade não há Salvação - Cap. XV, 8 e 9 Fora da Caridade não há Salvação - Cap. XV, 10 103 - AS VIRTUDES E OS VÍCIOS • • • • • • • • • • • • • • • • L.E. As Virtudes e os Vícios - Q. 893 a 906 Paixões - Q. 907 a 912 E.S.E. O Orgulho e a Humildade - Cap. VII, 11 e 12 Injúrias e Violências - Cap. IX, 1 a 5 A Afabilidade e a Doçura - Cap. lX, 6 A Paciência - Cap. lX, 7 Obediência e Resignação - Cap. lX, 8 A Cólera - Cap. lX, 9. e 10 A Indulgência - Cap. X, 16 a 18 É Permitido Repreender os Outros, Notar as Imperfeições de Outrem, Divulgar o Mal de Outrem? - Cap. X, 19 a 21 A Virtude - Cap. XVII, 8 Para pedir Corrigenda de um Defeito - Cap. YXVIII, 18 O Argueiro e a Trave no Olho – Cap. X, 9 e 10 Não Julgueis, para não serdes Julgados. Atire a Primeira pedra aquele que Estiver sem Pecado - Cap. X, 11 a 13 Bem Aventurados os que têm Fechados os Olhos - Cap. VIII, 20 e 21 104 - AS PAIXÕES HUMANAS • • • • • • • • • L.E. As Virtudes e os Vícios - Q. 893 a 906 Paixões - Q. 907 a 912 E.S.E. A Porta Estreita - Cap. XVIII, 3 a 5 Para Pedir a Corrigenda de um Defeito - Cap. XXVIII, 18 A Cólera - Cap. lX, 9 e 10 O Argueiro e a Trave no Olho - Cap. X, 9 e 10 Escândalos. Se a Vossa Mão é Motivo de Escândalo, Cortai-a - Cap. VIII, 11 a 17 C.I. A Carne é Fraca - 1ª parte - Cap. VII 105 - O EGOÍSMO NA HUMANIDADE • • • L.E. O Egoísmo - Q. 913 a 917 E.S.E. O Egoísmo - Cap. XI, 11 e 12 O.P. O Egoísmo e o Orgulho - 1ª parte
  25. 25. 106 - CARACTERES DO HOMEM DE BEM • • • • • • • • • L.E. Caracteres do Homem de Bem - Q. 918 Conhecimento de Si Mesmo - Q. 919 E.S.E. Caracteres da Perfeição - Cap. XVII, 1 e 2 O Homem de Bem - Cap. XVII, 3 Os Bons Espíritas - Cap. XVII, 4 O Dever - Cap. XVII, 7 Os Superiores e os Inferiores - Cap. XVII, 9 Nem Todos os que Dizem: Senhor! Senhor! Entrarão no Reino dos Céus - Cap. XVIII, 6 a 9 Pelas suas Obras é que se Reconhece o Cristão - Cap. XVIII, 16 107 - APERFEIÇOAMENTO MORAL DO HOMEM • • • • • • • L.E. Caracteres do Homem de Bem - Q. 918 Conhecimento de Si Mesmo - Q. 919 E.S.E. O que se Deve Entender por Pobres de Espírito - Cap. VII, 1 e 2 Aquele que se Eleva será Rebaixado - Cap. VII, 3 a 6 Mistérios Ocultos aos Doutos e aos. Prudentes - Cap. VII, 7 a 10 Simplicidade e Pureza de Coração - Cap. VIII, 1 a 4 Verdadeira Pureza. Mãos Não Lavadas - Cap. VIII, 8 a 10 108 - O PODER DA FÉ • • • • • • • • • • • • • L.E. Adoração Exterior - Q. 653 Sacrifícios - Q. 669 As Virtudes e os Vícios - Q. 893 O Nada. Vida Futura - Q. 959 Natureza das Penas e Gozos Futuros - Q. 973 (nota) e 982 E.S.E. Poder da Fé - Cap. XIX, 1 a 5 A Fé Religiosa. Condição da fé Inabalável - Cap. XIX, 6 e 7 Parábola da Figueira que Secou - Cap. XIX, 8 a 10 A Fé: Mãe da Esperança e da Caridade - Cap. XIX, 11 A Fé Humana e a Fé Divina - Cap. XIX, 12 Coragem da Fé - Cap. XXIV, 13 a 16 Carregar sua Cruz. Quem Quiser Salvar a Vida, Perdê-la-á - Cap. XXIV, 17 a 19 G. Maldição contra os Fariseus - Cap. XVII, 22 e 23 109 - A FELICIDADE E A INFELICIDADE • • • • • • • • • L.E. Felicidade e Infelicidades Relativas - Q. 920 a 933 Perda dos Entes Queridos - Q. 934 a 936 Decepções. Ingratidão. Afeições Destruídas - Q. 937 e 938 Uniões Antipáticas - Q. 939 e 940 Temor da Morte - Q. 941 e 942 Desgosto da Vida. Suicídio - Q. 943 a 957 E.S.E. Bem-Aventurados os Aflitos - Cap. V, 1 e 2 Justiça das Aflições - Cap. V, 3 Causas Atuais das Aflições - Cap. V, 4 e 5
  26. 26. • • • • • • Causas Anteriores das Aflições - Cap. V, 6 a 10 A Felicidade não é deste mundo - Cap. V, 20 A Desgraça Real - Cap. V, 24 A Melancolia - Cap. V, 25 Nas Aflições da Vida - Cap. XXVIII, 26 O Jugo Leve - Cap. VI, 1 e 2 110 - CONSIDERAÇÕES SOBRE AS EVOCAÇÕES DOS ESPÍRITOS • • • • • • • • • • • • • • • • • • • L.E. Perda dos Entes Queridos - Q. 935 e 936 L.M. Das Evocações - Cap. XXV, 269 a 273 Das Perguntas que se pode fazer aos Espíritos -Cap. XXVI, 286 e 287 Espíritos que podem ser Evocados - Cap. XXV, 274 a 279 Linguagem de que se deve usar com os Espíritos -Cap. XXV, 280 Utilidades das Evocações Particulares - Cap. XXV, 281 Questões sobre as Evocações - Cap. XXV, 282 Evocação dos Animais - Cap. XXV, 283 Evocação das Pessoas Vivas - Cap. XXV, 284 Telegrafia Humana - Cap. XXV, 285 Perguntas Simpáticas ou Antipáticas aos Espíritos -Cap. XXVI, 288 Perguntas sobre o Futuro - Cap. XXVI, 289 Perguntas sobre as Existências Passadas e Futuras -Cap. XXVI, 290 Perguntas sobre os Interesses Morais e Materiais -Cap. XXVI,, 291 Questões sobre a Sorte dos Espíritos - Cap. XXVI, 292 Questões sobre a Saúde -Cap. XXVI, 293 Perguntas sobre as Invenções e Descobertas - Cap. XXVI, 294 Perguntas sobre Tesouros Ocultos - Cap. XXVI, 295 Perguntas sobre os outros Mundos - Cap. XXVI, 296 111 - O DESGOSTO DA VIDA • • • • • • • • L.E. Desgosto da Vida. Suicídio - Q. 943 a 957 E.S.E. O Suicídio e a Loucura - Cap. V, 14 a 17 Será Lícito Abreviar a Vida de um Doente que Sofra sem Esperança de Cura? Cap.. V, 28 Sacrifício da Própria Vida - Cap. V, 29 e 30 Deve-se Expor a Vida por um Malfeitor? - Cap. XI, 15 O Duelo - Cap. XII, 11 a 16 Por um Suicida - Cap. XXVIII, 71 C.I. Suicidas – 2a. parte, Cap. V 112 - O PORVIR E O NADA • • • • • • L.E. O Nada. Vida Futura - Q. 958 e 959 E.S.E. A Vida Futura - Cap. 11, 1 a 3 O Ponto de Vista - Cap. 11, 5 a 7 C.I. O Porvir e o Nada – 1a. parte, Cap. I, 1 a 14 Causas do Temor da Morte - Porque os Espíritas não temem a Morte - Cap.II, 1 a 10 O.P. As Cinco Alternativas da Humanidade - 1ª parte
  27. 27. • A Vida Futura – 1a. parte 113 - AS PENAS E OS GOZOS FUTUROS • • • • • • • • • • • L.E. Intuição das Penas e Gozos Futuros - Q. 960 a 962 Intervenção de Deus nas Penas e Recompensas - Q. 963 e 964 Natureza das Penas e Gozos Futuros - Q. 965 a 982 Ensaio Teórico da Sensação nos Espíritos - Q. 257 Penas Temporais - Q. 983 a 989 Duração das Penas Futuras - Q. 1003 a 1009 C.I. A Carne é Fraca. Princípios da Doutrina Espírita sobre as Penas Futuras. Código Penal da Vida Futura - 1ª parte, Cap. VII Espíritos Felizes – 2ª parte, Cap. II Espíritos em Condição Mediana - 2ª parte - Cap. III, Espíritos Sofredores – 2ª parte, Cap. IV 114 - A EXPIAÇÃO E O ARREPENDIMENTO • • • • • • • • L.E. Expiação e Arrependimento - Q. 990 a 1002 Duração das Penas Futuras - Q. 1007 E.S.E. Bem-Aventurados os que têm Fechados os Olhos - Cap. VIII, 20 e 21 Pelos Espíritos Penitentes - Cap. XXVIII, 73 Pelos Espíritos Endurecidos - Cap. XXVIII, 75 C.I. Criminosos Arrependidos - 2ª parte, Cap. VI Espíritos Endurecidos – 2ª parte, Cap. VII Expiações Terrestres – 2ª parte, Cap. VIII 115 - DOUTRINA DAS PENAS ETERNAS • • • • • • L.E. Duração das Penas Futuras - Q. 1003 a 1009 C.I. Origem da Doutrina das Penas Eternas – 1ª parte, Cap.VI, 1 a 9 Argumentos a Favor das Penas Eternas - 1 parte, Cap.VI, 10 a 17 Impossibilidade Material das Penas Eternas – 1ª parte, Cap VI, 18 a 21 A Doutrina das Penas Eternas fez sua Época – 1ª parte, Cap. VI, 22 a 24 Ezequiel Contra a Eternidade das Penas e o Pecado Original - 1ª parte, Cap. VI, 25 116 - RESSURREIÇÃO E REENCARNAÇÃO • • • • • • • • L.E. Ressurreição da Carne - Q. 1010 Considerações sobre a Pluralidade das Existências - Q. 222 E.S.E. Ninguém Poderá ver o Reino de Deus se não Nascer de Novo - Cap. IV, 1 a3 Ressurreição e Reencarnação - Cap. IV, 4 a 17 G. Catalepsia. Ressurreições - Cap. XIV, 29 e 30 Ressurreições: A Filha de Jairo. Filho da Viúva de Naim - Cap. XV, 37 a 40 Advento de Elias - Cap. XVII, 33 e 34 O.P. A Morte Espiritual - 1ª parte
  28. 28. 117 - O CÉU SEGUNDO 0 ESPIRITISMO • • • • • L.E. Paraíso, Inferno e Purgatório - Q. 1011, 1015 a 1017, 1018 E.S.E. Meu Reino não é deste Mundo - Cap. II, 1 C.I. O Céu - 1ª parte, Cap. III, 1 a 18 G. Doutrina dos Anjos Decaídos e da Perda do Paraíso - Cap. XI, 43 a 49 Perda do Paraíso - Cap. XII, 13 a 26 118 - O PURGATÓRIO SEGUNDO O ESPIRITISMO • • • L.E. Paraíso, Inferno e Purgatório - Q. 1011 a 1014,1017 e 1018 E.S.E. Meu Reino não é Deste Mundo - Cap. II, 1 C.I. O Purgatório - 1ª parte, Cap. V, 1 a 10 119 - O INFERNO SEGUNDO O ESPIRITISMO • • • • • • • • • • • • L.E. Paraíso, Inferno e Purgatório - Q. 1011, 1013, 1014, 1017, 1018 E.S.E. Meu Reino não é deste Mundo - Cap. II, 1 C.I. Intuição das Penas Futuras - 1ª parte - Cap. IV, 1 e 2 O Inferno Cristão imitado do Inferno Pagão – 1a. parte - Cap. IV, 3 a 7 Os Limbos - 11 parte, Cap. IV, 8 Quadro do Inferno Pagão – 1a. parte, Cap. IV, 9 e 10 Esboço do Inferno Cristão – 1a. parte, Cap. IV, 11 a 15 Ressurreição e Reencarnação - Cap. IV, 4 a 17 G. Catalepsia. Ressurreições - Cap. XIV, 29 e 30 Ressurreições: A Filha de Jairo. Filho da Viúva de Naim - Cap. XV, 37 a 40 Advento de Elias - Cap. XVII, 33 e 34 O.P. A Morte Espiritual – 1ª parte 120 - O JUÍZO FINAL • • • • • L.E. Paraíso, Inferno e Purgatório - Q. 1018 E.S.E. O de que Precisa o Espírito para ser Salvo. Parábola do Bom Samaritano - Cap. XV, 1 a 3 G. Sinais Precursores - Vossos Filhos e Vossas Filhas Profetizarão - Juízo Final - Cap. XVII, 47 a 67 Emigrações e Imigrações dos Espíritos - Cap. XI, 35 a 37 Doutrina dos Anjos Decaídos e da Perda do Paraíso - Cap. XI, 43 a 49

×