Diagnóstico Estratégico - Análise Ambiental em Sistemas de Informação

1,458 views
1,203 views

Published on

Trabalho apresentado na disciplina: Planejamento de Sistemas de Informação

Published in: Business
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,458
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
22
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Diagnóstico Estratégico - Análise Ambiental em Sistemas de Informação

  1. 1. Abordaremos os conceitos de diagnóstico estratégico e de análise ambiental relacionando- os aos Sistemas de Informação, além de ressaltar sua importância para o planejamento estratégico.
  2. 2. É a formulação sistemática de um conjunto de decisões que expressam os propósitos da organização e condiciona os meios para alcançá-los, refletindo a visão da organização que está a planejar. Baseando-se nos S.I é possível lidar com a gestão estratégica da informação para que ela subsidie o processo decisório, pois o objetivo central dos S.I é aumentar o conhecimento e diminuir as incertezas por meio do acesso às informações disponíveis. Neste contexto encontram-se a análise ambiental e o diagnóstico estratégico!
  3. 3. Reúne informações-chave para o desenvolvimento das diretrizes e das estratégias que serão utilizadas no âmbito do planejamento.
  4. 4. Identifica pontos fortes e fracos que a empresa apresenta. É necessário a atualização constante do conhecimento da empresa para subsidiar os recursos informacionais que farão parte do diagnóstico.
  5. 5. Assume papel fundamental para o levantamento de informações acerca das restrições ambientais externos e permite a identificação de problemas internos.
  6. 6. Visa reunir e relacionar todas as informações estratégicas, táticas, operacionais e externas de uma organização para montar a partir destas informações um panorama detalhado da posição da organização para que seja possível visualizar com clareza qual a visão da empresa que irá nortear o planejamento.
  7. 7. As informações obtidas irão nortear o direcionamento estratégico do planejamento. Traduz- se na análise dos objetivos e sua relação com o meio ambiente, a seleção dos produtos, serviços, clientes e mercado. Visa identificar e monitorar as variáveis competitivas que afetam a performance da organização. É possível antecipar as mudanças e preparar-se para agir em resposta as condições do ambiente interno ou externo.
  8. 8. Nas organizações há uma constante interação com o meio ambiente. Para sobreviverem, as organizações necessitam de insumos que se transformam em produtos e serviços onde são colocados no mercado visando o atendimento de uma necessidade específica. A sobrevivência de uma empresa depende da sintonia com o ambiente. Perceber tendências e prever movimentos do mercado tornam-se em fatores decisivos de sucesso e até mesmo de sobrevivência.
  9. 9. Diagnóstico Estratégico Visão Análise Ambiental Análise Interna + Externa Avaliação dos Concorrentes
  10. 10. • Análise ambiental é o processo de identificar oportunidades, ameaças, fraquezas e oportunidades.  Análise SWOT é de uso comum devido a sua simplicidade ( Do Inglês: Strenghts, Weaknesses, Opportunities, Threats).
  11. 11. O mercado é um ambiente instável e em constante mudança, por isso as empresas devem determinar como aproveitar-se das oportunidades bem como amortecer ou adaptar- se as ameaças.
  12. 12. Implica em considerar como referências o negócio, a missão e os princípios básicos que são definidos logo no início do planejamento. Isso construirá um limite à análise ambiental e orientará a seleção das oportunidades.
  13. 13. Faz-se necessário ter uma visão prospectiva dentro do horizonte definido. São considerados passado e presente da organização.
  14. 14. • Deve-se considerar que as oportunidades certas serão escolhidas se: • O foco centrar-se na maximização das oportunidades e minimização das ameaças • Todas as oportunidades forem analisadas conjuntas e sistematicamente. • Se forem compreendidas quais oportunidades se adaptam à atividade básica da empresa. • Se houver equilíbrio entre as oportunidades.
  15. 15. • É importante que a empresa elabore um plano estratégico bem detalhado de cada um dos seus principais concorrentes. • A vantagem competitiva identifica os produtos e os mercados para os quais têm diferencial de atuação.
  16. 16. Tem por finalidade colocar em evidência deficiências e qualidades da empresa e/ou S.I  O ponto forte é a diferenciação conseguida pela empresa, oferecendo-lhes vantagem operacional.  O ponto fraco é uma situação inadequada da empresa que lhe proporciona uma desvantagem operacional. Existe ainda o ponto neutro, que são aqueles que dependendo da situação não são considerados nem qualidades nem deficiências. Estes vão sendo enquadrados como fortes ou fracos ao longo do tempo.
  17. 17. Início da análise interna Inventário de recursos Fatores chaves de compra Fatores críticos de sucesso e motores competitivos Inventário x FCS e MC Matriz Swot
  18. 18. Finalmente, após identificadas as principais dificuldades e competências internas da empresa, é fundamental fazer a comparação com as outras empresas através do benchmarking.
  19. 19. Reforça a idéia da introdução e acrescenta um link entre a análise ambiental e o diagnóstico estratégico. Faz ainda, a ligação entre o diagnóstico estratégico e a análise ambiental e sua contribuição para o planejamento.
  20. 20. • Alanna Gianin • Beatriz Almendra • Gessyca Lago • Liliane Simões • Luciana Davis • Marília Gontijo

×