Your SlideShare is downloading. ×
Melies
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Melies

1,220
views

Published on


0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
1,220
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
12
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. (1861-1938) biografia Técnica e equipamento portefólio webgrafia CINEASTA – GEORGES MÉLIÈS 1861. Marie Georges Jean Méliès nasceu a 8 de Dezembro em Paris 1888. Com o dinheiro da partilha do negócio de seu pai compra teatro "Robert Houdin” 1889. É director de teatro, repórter e desenhista no jornal satírico A Griffe 1894. Faz espectáculos de ilusionismo com decorações e truques criados por si 1895. Assiste à 1ª demonstração do Cinematógrafo dos Irmãos Lumière e decide comprar um 1895. Os Lumière não vendem o projector e compra uma versão pirata de Edison em Londres 1995. Méliès e o mecânico Lucien Koster constroem o seu próprio projector 1896. Em Maio faz o seu primeiro filme e cria a “Star Films” com Koster como sócio 1896. Faz diversos filmes ao estilo dos Lumiére, com cenas do quotidiano 1896. Descobre por engano o princípio stop motion quando a sua máquina encravou 1896. O seu génio aflora quando começa a incluir efeitos especiais em seus filmes. Em Novembro cria a sua curta nº70 “The Vanishing Lady”, em que uma mulher se transforma em esqueleto. Chama este efeito de “truc d'arrêt” (cenas arranjadas artificialmente). Este filme representa o nascimento dos efeitos especiais 1896. Em Dezembro acaba o seu primeiro filme de terror “The Devil's Castle” 1897. Acaba a construção do primeiro estúdio de cinema na europa em Montreuil 1902. Cria a sua obra mais conhecida “Le Voyage dans la Lune” (viagem à lua) 1904. Cria a sua obra prima “Le voyage à travers l'impossible” (viagem ao impossível) 1913. A “Star Films” abre falência e é comprada pela “Pathé Frères” 1931. foi agraciado pelo governo francês com a medalha Legião de Honra 1938. Faleceu a 21 de Janeiro em Paris e descansa no cemitério de Père-Lachaise
  • 2. biografia Técnica e equipamento portefólio webgrafia Méliès foi um dos precursores do cinema e é considerado o pai dos efeitos especiais, usando inventivas técnicas fotográficas para criar mundos fantásticos. O seu estúdio cinematográfico estava equipado uma série de funcionalidades, como iluminação (natural e artificial), cenários amovíveis, instalações para os actores e zona técnica. Foi aqui que desenvolveu tudo aquilo que se viria a tornar a sua imagem de marca e futura linguagem do cinema, combinando artes teatrais, tecnologia e efeitos especiais. À excepção do equipamento de filmar e projectar, não será exagero dizer que Méliès inventou tudo no cinema. Vejamos as inovações por ele desenvolvidas: Foi o primeiro a introduzir a narrativa no cinema, os estúdios de filmagem, os géneros cinematográficos, os guiões, as técnicas mecânicas e químicas, os efeitos especiais. Também foi o primeiro cineasta a usar desenhos de produção e storyboards para projectar suas cenas. Nos seus 532 filmes aplicou diversas técnicas, tais como: O corte, a paragem da câmara, lapsos de tempo (stop-motion), a sobreposição de imagens, as transições por dissolução (fade-in, fade-out), a manipulação gráfica da imagem, a utilização de ilusões de óptica, como perspectiva forçada, múltiplas exposições, filmagens em alta e baixa velocidade,fotografia composta, pintura sobre película para se conseguir "filmes coloridos“. Criou filmes fantasiosos que divertiam tanto crianças como adultos. Foi considerado o melhor cineasta do mundo. Chaplin o chamou de “O alquimista da luz". (1861-1938) CINEASTA – GEORGES MÉLIÈS
  • 3. biografia Técnica e equipamento portefólio webgrafia Título: Viagem à Lua Le Voyage Dans la Lune País: França Ano: 1902 Género: Ficção Científica Duração: 16m Realização: Georges Méliès Interpretação: Bleuette Bernon,Victor André Argumento: Georges Méliès Texto: Jules Verne Sinopse: Após trabalharem e porem em prática um projecto inédito de viagem à Lua, um grupo de cientistas se vê em sérios perigos quando pisam em solo lunar e são capturados por extra-terrestres. (1861-1938) CINEASTA – GEORGES MÉLIÈS
  • 4. biografia Técnica e equipamento portefólio webgrafia Título: Viagem ao impossível Voyage à travers l'impossible País: França Ano: 1904 Género: Ficção Científica (cor) Duração: 24m Realização: Georges Méliès Argumento: Georges Méliès Sinopse: Usando todos os meios de transporte conhecidos, um grupo de cientistas da Geographic Society fazem uma viajem atravessando os Alpes até o Sol e acabam em por baixo do mar. (1861-1938) CINEASTA – GEORGES MÉLIÈS
  • 5. biografia Técnica e equipamento portefólio webgrafia Título: O castelo do diabo Le manoir du País: França Ano: 1896 Género: Terror Duração: 2m Realização: Georges Méliès Argumento: Georges Méliès Sinopse: A Um morcego aparece e transforma-se no diabo. O diabo faz uma série de bruxedos para assustar os viajantes, mas acaba por se expulso por um cruxifixo. O filme contém muitos elementos tradicionais de pantomima e foi intencionalmente feito tendo em vista entreter as pessoas, mais do que assustá-las. (1861-1938) CINEASTA – GEORGES MÉLIÈS
  • 6. biografia Técnica e equipamento portefólio webgrafia Título: As cartas vivas Les Cartes vivants País: França Ano: 1904 Género: Ficção Duração: 2,30m Realização: Georges Méliès Argumento: Georges Méliès Sinopse: O mágico vai fazendo com que várias cartas gigantes surjam no palco até que aparece o rei de espadas que rasca a carta como se fosse tecido. (1861-1938) CINEASTA – GEORGES MÉLIÈS
  • 7. biografia Técnica e equipamento portefólio webgrafia Título: O homem da cabeça de borracha L'Homme a la tete en caoutchouc1 País: França Ano: 1901 Género: Ficção Duração: 3m Realização: Georges Méliès Argumento: Georges Méliès Sinopse: Depois de montar a mesa o homem da loja tira de uma pequena caixa uma cabeça viva que parece igual à sua. (1861-1938) CINEASTA – GEORGES MÉLIÈS
  • 8. biografia Técnica e equipamento portefólio webgrafia Título: Erupção vulcânica na Martinica Eruption Volcanique a la Martinique País: França Ano: 1902 Género: Ficção Duração: 2m Realização: Georges Méliès Argumento: Georges Méliès Sinopse: Um vulcão entra erupção lançando lava sobre uma pequena aldeia. (1861-1938) CINEASTA – GEORGES MÉLIÈS
  • 9. biografia Técnica e equipamento portefólio webgrafia A sua primeira câmara O seu primeiro estúdio Os Lumiére apresentam o seu primeiro filme. Méliès está presente e é inspirado (1861-1938) CINEASTA – GEORGES MÉLIÈS
  • 10. biografia Técnica e equipamento portefólio webgrafia Elaborado por Eduardo Naia al31899Utad – Comunicação e Multimédia – Produção audiovisual II George Méliès.url Georges Méliès - An in-depth look at the cinema’s first creative genius.url Georges Méliès - Biografia - Pessoa - SAPO Cinema.url Georges Méliès - Infopédia.url Georges Méliès - o mestre dos efeitos especiais.url Georges Méliès - Pai dos Efeitos Especiais Nerd Inside.url Georges Méliès - WikiLingue, a Wikipédia multiLingüe.url Georges Méliès - Wikipedia, the free encyclopedia.url Georges Méliès - Wikipédia, a enciclopédia livre.url Georges Méliès Biography.url Georges Méliès First Wizard of Cinema - Movies - DVDs - New York Times.url Georges Méliès « cineF.url Georges Méliès, the Cinemagician MetaFilter.url Georges Méliès.url http--www.notablebiographies.com-supp-Supplement-Ka-M-M-li-s-Georges.html.url http--www.portalentretextos.com.br-colunas-recontando-estorias-do-dominio-publico-o-frances-geo MySpace - Georges Méliès - 101 - Masculino - Paris, FR - myspace.com-georges_melies.url principal.url Sombras Elétricas Elogio de Georges Méliès.url Stop Motion Brasil Georges Méliès.url Viagem a lua com Georges Méliès (+ História do Cinema).url Wild Realm Reviews Films of Georges Melies.url (1861-1938) CINEASTA – GEORGES MÉLIÈS

×