• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014
 

IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014

on

  • 1,830 views

IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014

IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014

Statistics

Views

Total Views
1,830
Views on SlideShare
1,830
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
12
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial LicenseCC Attribution-NonCommercial License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014 IDF - Plano Anual de Atividades - 2013/2014 Document Transcript

    • Plano Anual de Atividades 2013 / 2014
    • Índice 1. INTRODUÇÃO ........................................................................................................................................... 3 1. Objetivos Gerais do Plano, por Área de Intervenção ...................................................................... 6 2. Tipologia das Atividades ........................................................................................................................ 7 3. Atividades .................................................................................................................................................. 8 3.1. Atividades do 1.º Período .............................................................................................................. 8 3.2. Atividades do 2.º Período ........................................................................................................... 16 3.3. Atividades do 3.º Período ........................................................................................................... 21 3.4. Atividades ao longo do ano ....................................................................................................... 27 4. Tipologia das Atividades (quadro resumo) ...................................................................................... 30 5. Avaliação ................................................................................................................................................ 30 6. Divulgação .............................................................................................................................................. 30
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Antiga administração da Roça Boa Entrada Tema aglutinador para o ano letivo 2013/14 “História e Património de São Tomé e Príncipe” INTRODUÇÃO O tema orientador do último projeto educativo do biénio 2011/2013 tinha como objetivo principal tratar das questões ligadas ao ambiente, a par com o projeto de alargamento da escola a um maior número de alunos. Tendo concluído os dois objetivos propostos, a escola decidiu encarar um novo desafio para os próximos quatro anos - fazer do IDF uma escola de sucesso, procurando atingir, tanto quanto possível, as metas curriculares estabelecidas pelo Ministério da Educação de Portugal. Para o efeito, irá centrar os seus esforços na melhoria das suas condições pedagógicas, dotando a escola de mais professores profissionalizados e mais materiais didáticos; Irá prestar particular atenção aos alunos mais carenciados e com maiores dificuldades de aprendizagem; procurará articular áreas do saber promovendo a inter e a pluridisciplinaridade para que os conteúdos curriculares sejam mais apelativos. Durante os quatro anos que se seguem iremos definir anualmente temas aglutinadores para o Plano Anual de Atividades que permitirão desenvolver um conjunto atividades pedagógicas complementares, com os seguintes objetivos: - Fazer com que os alunos adquiram novas aprendizagens e aperfeiçoem os seus conhecimentos; - Despertar nos alunos o espírito investigativo e criativo; - Permitir uma maior interação com a comunidade; - Possibilitar um maior conhecimento do país onde vivem. Por outro lado, o Plano Anual de Atividades, será um instrumento de envolvimento participativo de toda a comunidade educativa na vida da escola, tal como prevê o PEE. Para o ano letivo 2013/14 o tema aglutinador das atividades do Plano Anual será “História e Património de São Tomé e Príncipe”. Este tema constituirá o mote para a organização de diversos projetos de acordo com as diferentes áreas disciplinares e níveis de escolaridade. 3
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 O Instituto Diocesano de Formação João Paulo II (IDF) é uma escola com alguma experiência na concretização de projetos e atividades direcionados para a comunidade envolvente o que lhe confere identidade própria e responsabilidade acrescida enquanto agente de educação e cultura. O tema selecionado para o nosso Plano Anual de Atividades virá reforçar certamente este papel. A História e o Património material, imaterial e natural possuem um significado e importância especiais aos níveis cultural, artístico, religioso, documental, estético ou ecológico para S. Tomé e Príncipe e para o mundo. Estes patrimónios foram construídos ou produzidos por uma sociedade criada para servir propósitos económicos e expansionistas ao longo dos tempos; a sua importância constitui a nossa herança do passado, com a qual convivemos hoje, e que procuramos passar às gerações vindouras, por isso representam uma importante fonte de pesquisa e preservação cultural, de interesse relevante para a permanência e a identidade da cultura do nosso povo. Pela sua importância há uma preocupação nacional e mesmo internacional em preservar parte desse património histórico e ecológico razão pela qual se preparam leis de proteção e restauro que possibilitam a manutenção das suas caraterísticas originais de acordo com as diretrizes emanadas da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Cultura, Ciência e Educação) e das entidades que garantem a preservação da biosfera, entidades internacionais responsáveis pela definição de regras de proteção dos diferentes patrimónios da humanidade. Para melhor percebermos a sua importância, impõe-se referir que as ilhas de São Tomé e Príncipe foram descobertas em 1470 pelos navegadores portugueses João de Santarém e Pero Escobar. Com condições climatéricas favoráveis, as ilhas tornaram-se o principal produtor africano de cana-de-açúcar nos sécs. XV e XVI e mais tarde, nos sécs. XIX e XX, o grande produtor de cacau e café. Era a mão-de-obra escrava que suportava as referidas monoculturas. Estes sistemas, por via dos que chegavam para trabalhar a terra, criaram, ao longo dos séculos, uma riqueza cultural impar, fruto da miscigenação entre portugueses e os povos oriundos da costa do Golfo da Guiné, Angola, Cabo Verde e Moçambique. A singularidade da sua história e cultura estendeu-se à arquitetura, à fauna e à flora. As línguas não oficiais, os contos tradicionais, a música, o teatro popular, entre outros, podem e devem ser reunidos, estudados e registados. A biosfera de São Tomé e Príncipe é também um dos patrimónios mais relevantes do país. Neste sentido, é necessário a continuação do estudo e divulgação deste património. A sua preservação é uma necessidade urgente do país, já que, pode e deve ser uma mais-valia económica: o ecoturismo deve ser uma aposta a nível nacional e é neste sentido que a comunidade escolar necessita conhecer e reconhecer melhor a importância deste património. 4
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 A relação entre o património construído (as roças e as casas coloniais urbanas) e o património da biosfera está interligada, já que a preservação das roças deve permitir a preservação da fauna e flora dos diferentes espaços onde estas se encontram, para assim dinamizar com melhor qualidade o ecoturismo. Estudar este património e contribuir para a sua preservação e divulgação é o nosso grande desafio. Assim sendo, o Plano Anual de Atividades, em articulação com o Projeto Educativo da Escola, pretende selecionar, no âmbito das diferentes disciplinas e de forma participada, um conjunto de atividades cuja concretização contará com a intervenção dos elementos da comunidade educativa, dependendo, naturalmente, dos recursos da escola e do apoio das instituições parceiras. 5
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 1. Objetivos Gerais do Plano, por Área de Intervenção Área de Intervenção Objetivos Gerais  Melhorar a qualidade do ensino e das aprendizagens visando uma melhoria efetiva de resultados e das competências adquiridas. 1. Ação Curricular e Pedagógica  Continuar a prevenir o insucesso através da despistagem precoce de inadaptações, deficiências, dificuldades, proporcionando um acompanhamento adequado e prevendo orientações vocacionais diferenciadas.  Melhorar a articulação pedagógica entre ciclos.  Promover a autonomização da aprendizagem.  Reduzir situações de indisciplina.  Promover um maior envolvimento dos Encarregados de Educação e das famílias, no acompanhamento do percurso escolar dos seus educandos. 2. Ação na Vida da Escola  Envolver os alunos e restante comunidade educativa em projetos de escola.  Aumentar a interação com o meio envolvente em vários domínios: curricular, artístico, científico, profissional e social.  Fomentar a formação de cidadãos com uma educação sólida e equilibrada, e com os conhecimentos e as competências essenciais para que sejam socialmente responsáveis, tolerantes, capazes, intervenientes e críticos.  Promover a aquisição de hábitos individuais e comportamentos coletivos adequados as diferentes situações.  Divulgar as dinâmicas e os fatores identitários da escola. 3. Ação a Nível da Organização  Fomentar encontros de trabalho/reflexão entre professores dos vários ciclos por forma a efetuar uma articulação vertical de competências, estratégias e conteúdos.  Fomentar a utilização das tecnologias da informação.  Consolidar uma prática de autoavaliação da Escola. 4. Ação na Formação e Desenvolvimento Profissional do Pessoal Docente e não Docente  Formar os recursos humanos tendo em conta as necessidades da Escola. 6
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 2. Tipologia das Atividades 1. Ação Curricular e Pedagógica 2. Ação na Vida da Escola 3. Ação a Nível da Organização 4. Ação na Formação e Desenvolvimento Profissional do Pessoal Docente e não Docente  Exposições/ Mostras de trabalhos  Convívios  Receções  Ações de formação  Feiras  Reuniões  Palestras  Campanhas temáticas  Encontros de trabalho  Concursos  Espetáculos – teatro, dança…  Comemorações de efemérides  Ações de sensibilização e de informação  Jogos e atividades desportivas  Práticas administrativas  Visitas de estudo  Elaboração e aplicação de programas e práticas de diferenciação pedagógica e de orientação 7
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 3. Atividades 3.1. Atividades do 1.º Período Área de ação Designação Ação a nível da organização (Cooperação/Articu lação) Preparação do ano letivo Ação a nível da organização (Eventos) Ação a nível da organização (Ações de sensibilização e informação) Ação a Nível da Organização Objetivos Organização/respon Atividade sável 1.º Período Setembro Público Programar e planear o ano escolar Direção Direção, coordenadores de departamento e de Ciclo Docentes docentes Dia do diploma Reconhecer o mérito e empenho dos alunos Direção Direção Comunidade Educativa Diplomas, capas e certificados 12 de Setembro Comemoração do dia 30 de setembro - dia da nacionalização das roças Reorganização da Biblioteca a partir do espólio oferecido pela ESES Sensibilizar, informar e refletir sobre as datas importantes da nossa história Direção, Coordenadores de Ciclo e de Departamento, Coordenador dos DT Comunidade educativa Consumíveis Transporte 29 de setembro Dotar a escola de maior acervo bibliográfico Direção Todos os departamentos curriculares Palestra e Convívio entre os elementos da comunidade educativa - numa roça Identificar e catalogar os livros que nos foram enviados pela ESES Funcionários Professores Alunos Recursos e não Data Avaliação 1 a 12 de setembro Relatório crítico da atividade Consumíveis 23 a 28 de setembro Relatório crítico da atividade Relatório crítico da atividade Relatório crítico da atividade 8
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Área de ação Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola/ Ação a Nível da Organização Ação Curricular e Pedagógica Ação a Nível da Organização Ação Curricular e Pedagógica Designação Objetivos “A minha opinião” Criação de Taças para o VII CortaMato “Rei Amador” a realizar no final do período Divulgação do eclipse de 3 de novembro de 2013 Ação na formação e desenvolvimento profissional dos docentes e não docentes Plataforma Moodle Ação Curricular e Pedagógica Exibição de um filme sobre a reprodução humana (VIDA NO VENTRE), seguido de debate sobre o mesmo. Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola/ Ação a ”Arte de bem argumentar” Organização/Respon Atividade sáveis 1.º Período Outubro Público Recursos Data Avaliação Artigo de opinião sobre a literatura são-tomense Departamento de Línguas Alunos do ensino secundário (11º ano) Fotocópias Outubro Grelha de observação Utilizar corretamente diferentes materiais e técnicas adequando-os às diferentes situações Departamento das Expressões Concurso Esboços e protótipos de taça Alunos do ensino básico Consumíveis (papel A4, lápis de grafite, cartão …) IDF 28 de outubro Grelha de observação Divulgar o eclipse de 3 de novembro de 2013 em parceria com a Aliança Francesa e com o ISP Promover a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Mesa redonda Observação do Planetário “Stellarium” Ensino Básico e Secundário Comunidade educativa 30 de Outubro Relatório crítico da atividade Aula sobre a utilização pelas diferentes “disciplinas” da Plataforma Moodle Comunidade educativa 23 de outubro Relatório crítico final Projeção de Filme 12º ano – curso de ciências e tecnologias Biblioteca do IDF Relatório crítico da atividade Compreender os fenómenos da reprodução humana e encontrar respostas para algumas questões inerentes ao tema; Aprofundar os saberes abordados nos conteúdos programáticos. Texto argumentativo produzido pelos alunos. Os alunos irão argumentar a favor da Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Jornal da Escola “Soletrar” Rádio 100% IDF Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Departamento de Línguas Computador Projetor Internet Computadores com acesso Internet Televisor Leitor de DVD à Final de outubro Jornal da Escola “Soletrar” Rádio 100% IDF Fotocópias Alunos do 11º ano Última Semana de Outubro Grelha de observação 9
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Nível da Organização Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola Aprendizagem do Hino Nacional e dos símbolos mais representativos da identidade santomense Criação da Marca STP Área de ação Designação Ação na Vida da Escola Bienal de Arte e Cultura “De entreposto de escravos a entreposto cultural” ECLIPSE 2013: História e Ciência no Príncipe (Divulgação das experiências realizadas em STP relevantes para a verificação experimental da Teoria da Relatividade de Einstein - 1919) Reforço dos conhecimentos dos professores na utilização das TIC para o tratamento estatístico de dados de proveniências diversas Ação na Formação e Desenvolvimento Profissional do Pessoal Docente e não Docente Ação na Formação e Desenvolvimento Profissional do Pessoal Docente defesa e da importância do património históricocultural são-tomense. Conhecer bem os símbolos da nação Contribuir para o reforço da identidade Incentivar o espírito criativo Objetivos Integrar a comunidade educativa nas atividades da VII Bienal de Arte e Cultura Promover a divulgação científica; Incentivar a partilha de ideias com cientistas internacionais; Proporcionar experiências educacionais no âmbito do ensino e aprendizagem das ciências. Dar a conhecer as principais funcionalidades das aplicações para editar folhas de cálculo; Realizar as operações elementares sobre células duma folha, formatar, guardar, Alunos do ensino básico e secundário, Professores Pais e Enc. de Educação Consumíveis (papel A4, lápis de grafite, cartão, canetas de feltro, tintas …) Última semana de Outubro Grelha de observação Organização/Respon Atividade sáveis 1.º Período Novembro Público Recursos Data Avaliação Departamento das Expressões Departamento das Ciências Sociais e Humanas Elaboração de trabalhos, Visitas de Estudo, participação nos ateliers de artes plásticas Observação Astronómica Alunos, professores, pais e encarregados de educação Consumíveis transporte 1ª quinzena de novembro Relatório crítico da atividade Docente da disciplina de Físico- Química Telescópios 2 a 7 de Novembro 2013 Reflexão crítica Ação Formação As sessões são abertas a todos os professores mediante inscrição prévia. Projetor multimédia Fotocópias 6, 13, 20 e 27 de novembro Sala de aula Reflexão crítica Departamento das Expressões Departamento das Ciências Sociais e Humanas Departamento de Línguas Direção Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Joana Latas (Elemento da representação do MPT 2013 em STP), Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Apresentações públicas Exposições Concursos de e 10
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Ação na Formação e Desenvolvimento Profissional do Pessoal não Docente Organização dos arquivos escolares Ação Curricular e Pedagógica Elaboração de cartazes para as atividades desportivas nomeadamente a “Corrida pelo Património”; o Festival dos Jogos Tradicionais e a Caminhada para Fernão Dias “Contra todas as formas de opressão” Ação na vida da Escola Ação Curricular e Pedagógica Ação na vida da Escola Ação Curricular e Pedagógica Ação na Formação e abrir e imprimir folhas, mas também a utilizar práticas mais produtivas para edição destes documentos. Selecionar a documentação para arquivo Secretaria Ação formação de As sessões são organizadas para os não docentes Projetor multimédia Fotocópias 6, 20 de novembro Sala de aula Trabalho produzido Comunidade Educativa Material do aluno e da escola Semana 11 a 15 de novembro - Grelha de observação - Trabalhos produzidos -Fichas de avaliação Criação de troféus para as atividades desportivas a favor do património nacional 7º ano de escolaridade Material recolhido pelo aluno com o apoio dos pais e enc. de educação Semana 18 a 22 de novembro - Grelha de observação - Trabalhos produzidos -Fichas de avaliação Palestra 10, 11º e 12º anos Convidados especiais Máquina fotográfica Material de pesquisa Papel 25 de novembro Biblioteca do IDF Relatório crítico da atividade Organizar devidamente a documentação existente Confeção de taças para as atividades desportivas a partir dos produtos tradicionais e locais Comemoração do Dia Internacional para a eliminação da violência sobre a mulher Reconhecer e distinguir as tipologias, os códigos e os suportes utilizados pela comunicação Envolver os alunos em atividades que promovem a defesa do património nacional Departamento Expressões Utilizar corretamente diferentes materiais locais e técnicas de trabalho Departamento Expressões Representar formas artificiais à escala da mão, do corpo e do espaço Associar os conhecimentos curriculares à utilização de produtos locais Sensibilizar para a necessidade de repensar os papéis que tradicionalmente cabem ao homem e á mulher na nossa sociedade; Analisar as diferentes das Concurso Exposição das Todos os Departamentos Curriculares Equipa do Jornal Soletrar e da Rádio 100% IDF Campanhas de sensibilização na radio, no jornal e na televisão. 11
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Desenvolvimento Profissional do Pessoal Docente e não Docente Ação Curricular e Pedagógica Ação a Nível da Organização Ação Curricular e Pedagógica Campanha “Vamos comer o que produzimos”A RODA DOS ALIMENTOS Património da biosfera de STP formas de descriminação ainda hoje existente em STP ; Sensibilizar os alunos para o combate á violência (física ou psicológica) em particular sobre as mulheres; Conhecer a situação sobre a violência em S. Tomé e Príncipe incluindo os grupos alvo. Identificar os produtos nacionais que podem integrar a roda dos alimentos Conhecer a constituição da Roda dos alimentos e adequá-la á nossa realidade; Enumerar porções que deverão ser consumidas diariamente por grupo de alimentos; Importância de uma alimentação equilibrada. Valorização dos produtos alimentares de produção nacional Investigar e divulgar o património natural de STP Alunos do Ensino Básico Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Departamento de Expressões Convidados Produtos alimentares Cartolina Marcadores Cola Tesoura… 24 a 28 de novembro Relatório crítico da atividade Alunos do Ensino Básico e Secundário Convidados Enc de Educação Material diverso Transporte escolar 28 de novembro Relatório crítico da atividade Mesa Redonda Convidados especiais - PAM; Ministério da Agricultura; João Carlos Silva Recolha dos produtos Construção da Roda dos Alimentos Gigante com os produtos locais Elaboração de um cartaz informativo sobre a importância de se comer bem com apelo ao consumo de produtos locais Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Palestra Visita de estudo Exposição sobre o tema, incidindo nas espécies endémicas que se podem encontrar no país. Professores Pais e Enc de Ed. 12
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola/ Ação a Nível da Organização “Reclamação à nação” Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola Carta a uma Turma do ensino Português, em Portugal para dar a conhecer parte da nossa história e do nosso património cultural e vice-versa; Recolha de material em ambas as escolas para exposição Ação Curricular e Pedagógica Visita de estudo a Roça Monte Café Ação Curricular e Pedagógica Visita de estudo a Assembleia Nacional Os alunos irão apresentar uma carta de reclamação á nação, a propósito da desvalorização do património são-tomense. A mesma reclamação será apresentada na Festa de Natal e em Português e em Forro (língua nacional) Promover atividades de escrita de cartas formais; Incentivar a realização e a participação em projetos no âmbito da disciplina de língua portuguesa no 2º e 3º ciclos. Iniciar os alunos em processos de aprendizagem através da investigação; Promover e divulgar o nosso património junto de colegas de outros espaços geográficos e conhecer o património dos interlocutores. Compreender as diferenças climáticas que existem numa região, suas influências e consequências. Assistir a uma sessão parlamentar; Conhecer os deputados e o seu papel; Perceber como se tomam decisões Departamento de Línguas Jornal da Escola “Soletrar” Programa de Rádio 100% IDF Alunos do 11º ano Fotocópias Novembro/ Dezembro Grelha de observação Alunos do 2º e 3º Ciclos Carta Correio Taxas de Portes Materiais diversos Mês de Novembro Grelha de observação Visita de Estudo Alunos do ensino básico e secundário De novembro a fevereiro Relatório crítico da atividade Visita de Estudo Palestra Alunos do ensino básico e secundário- 11º e 12º anos LH Transporte Fotocópias Câmara fotográfica e de Filmar Transporte Câmara de filmar e fotografar Papel, lápis e esferográfica Novembro Relatório crítico da atividade Apresentação na festa de Natal Departamento de Línguas Jornal da Escola “Soletrar” Programa de Rádio 100% IDF Exposição na Escola Departamento de Ciências Sociais e Humanas Departamento de Ciências Sociais e Humanas 13
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 importantes para a vida da nação Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola “O ícone sãotomense” Ação na formação e desenvolvimento profissional dos docentes e não docentes Da Teoria prática pedagógica à Área de ação Designação Ação Curricular e Pedagógica Visita de estudo à Associação para o Planeamento Familiar (ASPF) Ação Curricular e Pedagógica Preparação para a celebração do Natal Tradicional Os alunos irão escolher um ícone do património são-tomense, deverão de escrever um texto publicitário promovendo o ícone eleito acompanhado de uma fotografia Sensibilizar os professores para a necessidade de adequar a informação teórica à sala de aulas Objetivos Sensibilizar os alunos para a importância do controlo de natalidade das populações humanas e a resolução de problemas de infertilidade; Aprofundar os saberes abordados nos conteúdos programáticos e informar--se de alguns aspetos sobre a matéria relacionados com o país. Celebrar o Natal Tradicional na Escola Fomentar o espírito de solidariedade, entreajuda, equipa e Departamento de Línguas Direção Alunos do 3º ciclo e 11º ano Novembro/ Dezembro Grelha de observação 27 de novembro Relatório crítico final Data Avaliação Jornal Concurso Aula Aberta com todos os professores Corpo docente Materiais diversos Professores de Todos os Departamentos Organização/Respon Atividade sáveis 1.º Período Dezembro Público Recursos Departamento de Matemática e Ciências Experimentais 12º ano – curso de ciências e tecnologias Autocarro Máquina fotográfica Papel esferográfica Departamento das Expressões e Departamento das Ciências Socias e Visita de estudo Trabalhos de preparação para a Festa de Natal Toda a Comunidade Educativa 1ªsemana de Dezembro Relatório crítico da atividade e Material do aluno, da escola e dos parceiros 9 a 13 de dezembro - Grelha de observação - Desenhos e/ou objetos 14
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Produção de figuras – Presépio tradicional - Arranjo de espaços dentro e fora da sala de aula Construção do “PAÇO FIÁ GLÊZA” Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola Ação Curricular e Pedagógica Ação a Nível da Organização Ação na Vida da Escola respeito pelas tradições e todos os princípios que norteiam a vida humana. Recuperar manifestações tradicionais alusivas ao Natal Humanas Semana das Línguas Divulgar algumas línguas como a portuguesa, francesa, inglesa bem como os hábitos e culturas específicas, músicas e projeção de filmes. Departamento de Línguas FESTA DE NATAL TRADICIONAL Promover a aquisição de hábitos individuais e comportamentos coletivos Preservação do nosso património cultural Envolver os alunos e restante comunidade educativa em projetos de escola que são do interesse de todos. produzidos Diretores de Turma Direção Todos os departamentos curriculares e Diretores de Turma Exposição Pequena demonstração gastronómica dos países em estudo VII Edição do Corta-Mato “O REI AMADOR” Torneio de Andebol Cânticos tradicionais de natal PAÇO - Presépio tradicional Poemas de Natal Peça de teatro Gastronomia tradicional Dramatização Exposições Concurso de trajes de Sanguê Danças Tradicionais Todos os alunos. Aberto à participação de todos os alunos, professores e encarregados de educação Rádio Material diverso Recortes de Jornais e Revistas Recursos escolares gerais inventariados dezembro 7 a 17 de dezembro Grelha de observação Relatório crítico da atividade 15
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 3.2. Atividades do 2.º Período Área de ação Ação Curricular e Pedagógica Designação Visita de Estudo – Rádio “Voz da América” Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola “Sermão aos são-tomenses” Área de ação Designação Ação Curricular e Pedagógica Ação na Vida da Escola Comemoração do dia 3 de fevereiro Caminhada “contra todas as formas de opressão” Fernão Dias Palestra Ação Curricular e Pedagógica Vídeo Aula – Um cientista na sala de aula – Doutor Pedro Objetivos Relacionar os conteúdos teóricos abordados nas aulas com aplicações técnicas; Promover a literacia científica; Analisar o processo de produção de ondas rádio e de modulação em frequência. Pequena dramatização de um sermão sobre o legado cultural sãotomense Objetivos Sensibilizar a comunidade escolar para a necessidade de combatermos a violência Proporcionar vivências na área das Atividades de Ar Livre e Exploração da Natureza. Sensibilizar os alunos para a necessidade de preservar o património ecológico. Divulgar a pesquisa realizada no CERN; Promover a literacia científica; Organização/Respon Atividade sáveis 2.º Período Janeiro Público Recursos Data Visita de Estudo 11º ano – curso de ciências e tecnologias Autocarro Fotocópias Câmara fotográfica e de Filmar 17 janeiro Dramatização Alunos do 11º ano Fotocópias Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Avaliação de Fichas de autoavaliação Janeiro Departamento de Línguas Grelha de observação Organização/Respon Atividade sável 2.º Período Fevereiro Público Recursos Data Avaliação Toda a comunidade educativa Responsabilidade do Departamento de Expressões Caminhada Exposição Palestra Teatro Toda a comunidade educativa Materiais de divulgação Sapatilhas; Vestuário apropriado; Garrafa de água; chapéu 3 de fevereiro Grelha de observação Inquérito Vídeo – Aula 11º ano – curso de ciências e tecnologias Projetor multimédia 14 ou 21 de fevereiro Reflexão crítica Departamento de Matemática e Ciências 16
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Abreu Contactar com investigadores; Desenvolver o espírito crítico; Promover a atualização de conteúdos científicos. Experimentais Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola/ Ação a Nível da Organização Dia dos namorados Departamento de Línguas Departamento das Expressões Diretores de Turma Exposição Dramatização Jornal “Soletrar” Rádio100% IDF Ação Curricular e Pedagógica Visita de estudo ao viveiro da Direção das Florestas Elaboração de cartas de amor fictícias entre um casal histórico famoso (Romeu e Julieta; Sanção e Dalila) e dramatização Favorecer o desenvolvimento e uma aprendizagem global; Despertar o interesse dos alunos pelo plantio de árvores e a sua importância. Sensibilizar para a sua preservação principalmente as espécies em vias de extinção. Possibilitar aos alunos o conhecimento das diferentes línguas nacionais; Perceber a sua importância na aprendizagem correta de outras línguas; As diferentes turmas deverão trabalhar quer na língua oficial, quer nas línguas nacionais, nomeadamente o forro, mas terem o conhecimento das outras línguas existentes no arquipélago. Os alunos deverão ser estimulados Diretores de turma Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Visita de Estudo Jornal da escola “Soletrar” Ação na Formação e Desenvolvimento Profissional do Pessoal Docente e não Docente Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola/ Ação a Nível da Organização Dia Internacional da Língua Materna Língua Materna como património linguístico Direção Exposição Mesa Redonda Alunos do 2º ciclo, 3º ciclo e secundário 9º ano Todos os alunos 14 de fevereiro Grelha de observação Desenhos e/ou objetos produzidos Máquina fotográfica Papel 21 de fevereiro Relatório crítico da atividade Fotocópias fevereiro Grelha de observação Material diverso para o cenário Cartolinas Departamento de Línguas. 17
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 a criarem os seus próprios textos, quer em prosa, quem em poesia e depois serem divulgados no âmbito escolar, nomeadamente no jornal. Convidar elementos da comunidade que dominam bem as línguas nacionais e escritores, o diretor da UNESCO para falarem sobre este importante património. Informar os professores sobre as especificidades linguísticas santomenses e as interferências na língua portuguesa. Área de ação Designação Objetivos Organização/respon Atividade sáveis 2.º Período Março/Abril Público Recursos Data Avaliação Ação na Formação e Desenvolvimento Profissional do Pessoal Docente e não Docente O Acordo Ortográfico e a nova gramática Dar a conhecer a todos aos professores em especial e à comunidade educativa em geral as alterações que o acordo trouxe a Língua Portuguesa; Perceber como funciona a nova gramática da Língua Portuguesa Direção Coordenações de Ciclo Coordenações de Departamento Ação de formação Professores Alunos Pais e Enc. Educ. Os da escola 6 de março Observação direta Ação Curricular e Pedagógica Festa de Carnaval Tradicional Confeção e exposição de máscaras; Concurso de trajes Direção (Inovação Educativa) Diretores de Turma Departamento das Expressões Festa de Carnaval/Baile de Máscaras Comunidade Educativa Material do aluno Conhecer uma das nossas tradições mais emblemáticas Semana de carnaval - Grelha de observação - objetos produzidos -Fichas de avaliação Desenvolver as aptidões técnicas e manuais. 18
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Criar, entre a comunidade educativa, um espaço de convívio. Ação Curricular e Pedagógica Visita de Estudo – Jardim Botânico do Bom sucesso Ação Curricular e Pedagógica Dia da Mulher Ação Curricular e Pedagógica Masterclasses Internacionais em Física das Partículas Ação Curricular e Pedagógica Visita de estudo ao INE Ação Curricular e Pedagógica Visita ao Tartarugas Moro Peixe CPT em Promover a literacia científica; Perceber a importância da preservação da flora endógena; Identificar diferentes espécies endógenas; Perceber as diferentes utilizações das plantas; Compreender a importância das espécies autóctones. Refletir sobre a igualdade do género; falar sobre a educação das mulheres; analisar a questão da violência sobre as mulheres; falar do planeamento familiar; Mostrar aos jovens o tipo de atividades que são desenvolvidas na Física Experimental de Partículas. Reconhecer a importância da Estatística no quotidiano Aplicação de conceitos básicos em situações concretas Conhecer software estatístico Manifestar atitudes responsáveis face à proteção dos animais. Visita de Estudo 11º curso de ciências e tecnologias Autocarro Fotocópias Fotografias Filmagens 7 de março Fichas de autoavaliação Todos os Departamentos e Diretores de Turma Trabalhos de investigação, Mesa redonda, Exposição e Exibição de um filme Toda a comunidade educativa Convidados especiais Início 8 de março Grelha de observação Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Palestra 11º ano Fotocópias 16 a 30 de março Reflexão crítica Visita de Estudo 10º LH, 10º CT e 11º LH Máquina fotográfica Papel Semana de 10 de março Autocarro 14 de março Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Visita de Estudo 2º e 3º ciclo do ensino básico Máquina fotográfica Relatório crítico da atividade Relatório crítico da atividade Departamento das Ciências Sociais e Humanas 19
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola/ Ação a Nível da Organização Ação Curricular e Pedagógica Ação a Nível da Organização Comemoração do Dia da Poesia Ação a Nível da Organização Departamento de Línguas e UNEAS Poesia na Rua Centro Cultural Português Comemoração do Dia Mundial da Árvore (elaboração de cartazes e exposição/mostra Visita de estudo ao parque Obô Ação a Nível da Organização Promover o gosto pela leitura e pela escrita. Conhecer algumas espécies endémicas de S. Tomé e Príncipe; Sensibilizar os alunos para a importância das árvores; Conhecer os problemas do abate das árvores em S. Tomé e Príncipe. Informar e sensibilizar os alunos para a preservação do Património Nacional natural/ecológico; Mostrar a importância da preservação do Património Nacional para a sociedade santomense e para o mundo. Torneio de Basquetebol Promover a aquisição de hábitos individuais e comportamentos coletivos adequados em termos de saúde e segurança. Torneio de Voleibol Promover a aquisição de hábitos individuais e comportamentos coletivos adequados em termos de saúde e segurança. Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Departamento das Expressões Departamento das Expressões Sessão de apresentação de poemas ao fim do dia na Escola Visita de estudo Exposição Prova desportiva Prova desportiva Alunos do 2º ciclo, 3º ciclo, 10º ano, 11º ano. Livros Papel Esferográfica 7º, 8º e 9º e 12º anos Autocarro Papel Máquina fotográfica Fita-cola Alunos do 3º ciclo e secundário Alunos do 3º ciclo e secundário Equipamentos; Bolas; Câmara fotográfica; Ficha de participação; Ficha de resultados; Ficha de Classificação. Equipamentos; Bolas; Câmara fotográfica; Ficha de participação; Biblioteca 21 de março Semana de 19 a 23 de Março Grelha de observação Relatório crítico de atividades Relatório crítico da atividade 22 de março 29 de março Relatório crítico da atividade 20
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Ação Curricular e Pedagógica Ação na Vida da Escola Ação a Nível da Organização Ação Curricular e Pedagógica Ação na Vida da Escola Comemoração da Páscoa - Exposição – tema alusivo à data Jogos Tradicionais Populares Jogos Inter Escolas Valorizar as tradições reconhecendo os significados das festas e feriados religiosos e civis que retratam a nossa cultura e as nossas gentes. Reconhecer o sentido cristão da Páscoa Promover a aquisição de hábitos individuais e comportamentos coletivos adequados em termos de saúde e segurança. Promover uma ocasião de abertura da escola à comunidade. Direção Departamento Ciências Humanas Departamento Expressões das Sociais Festa da Páscoa - Celebração -Apresentação de cânticos -Dramatização -Jogos Comunidade Educativa Ficha de resultados; Ficha de Classificação. Material do aluno 4 de abril - Grelha de observação - Desenhos e/ou objetos produzidos das IDF – alunos Liceu Nacional – alunos Patrice Lumumba – alunos Escola Manuela Margarido - alunos Equipamentos; Bolas; Câmara fotográfica; Ficha de participação; Ficha de resultados; Ficha de Classificação. 4 a 22 de abril (férias da páscoa) Relatório crítico da atividade Organização/respon Atividade sáveis 3.º Período Abril Público Recursos Data Avaliação Departamento de Línguas. 2º ciclo/ 3º ciclo Convidados especiais Recinto escolar Biblioteca 2 de abril Grelha de observação Departamento Expressões das Prova desportiva 3.3. Atividades do 3.º Período Área de ação Designação Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola/ Ação a Nível da Organização Dia Internacional do livro infantil (SOYA Histórias Tradicionais) Objetivos As atividades seriam nos mesmos parâmetros do dia internacional do livro, acrescentando-se: pequenas dramatizações por parte de cada turma, através de livros previamente trabalhados pelas turmas. Promoção da Língua Portuguesa Livros Fotocópias 21
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Ação Curricular e Pedagógica Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola/ Ação a Nível da Organização Palestra realizada na escola sobre “Mudanças Climáticas em São Tomé e Príncipe” Dia Internacional do Livro Relacionar os atuais problemas haliêuticos às mudanças climáticas - Conhecer os motivos que levaram á criação desta data; Palestra Departamento de Línguas. - Refletir sobre a importância do livro e da leitura; - Conhecer a literatura dos diferentes países de língua portuguesa - Ação Curricular e Pedagógica Ação a Nível da Organização Preservação e recuperação do meio ambiente/poluiç ão e degradação de recursos, contextualizand o também S. Tomé e Príncipe, Conhecer os problemas relacionados com a poluição e a degradação de recursos naturais, face ao crescimento da população humana e aos impactes da sua atividade; Despertar maior interesse dos alunos para a proteção e preservação do meio 8º, 9º Ano e 10º Ano LH Departamento das Ciências Sociais Humanas Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Convidado abril Relatório Crítico da atividade 23 de abril Grelha de observação abril / maio Relatório crítico da atividade Computador Projetor Leitura Criativa As diferentes turmas deverão trabalhar a literatura de diferentes países, nomeadamente os da CPLP. Realizar uma palestra sobre o tema com escritores convidados - Leitura de partes de obras dos diferentes autores escolhidos. Exposição cartazes de Produção de documentário e apresentação oral, em contexto de sala de aula Alunos do 2º ciclo, 3º ciclo, 10º ano, 11º ano. Livros 12º ano – curso de ciências e tecnologias Comunidade escolar Cartolina Cola Fotocópia a cores Tesoura Fita-cola Máquina fotográfica Vídeo e projetor Fotocópias 22
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Ação Curricular e Pedagógica Ação a Nível da escola Comemoração do dia da cidade de S. Tomé Visita de estudo a algumas artérias históricas da Cidade Capital ambiente, particularmente para os problemas do país; Contribuir para uma mudança de comportamento, atitude e prática relativa às ações antrópicas do Homem sobre o meio ambiente; Conhecer as soluções para os efeitos da atividade humana sobre o ambiente; Consciencializar os alunos para a importância dos recursos naturais para a vida no nosso planeta, que estão a ser continuamente afetados pelos sistemas socioeconómicos/crescim ento acentuado da população humana e os seus engenhos tecnológicos. Identificar a zona histórica da cidade Sensibilizar para a preservação do património Ajudar a criar um circuita para a zona histórica Compreender o processo de constituição de uma cidade Aperfeiçoar o conhecimento sobre as plantas de cidades, entre outras Departamento Ciências Humanas das Sociais Visita Guiada ao centro histórico da cidade de S. Tomé (Dia da Cidade de S. Tomé) Corrida pelo Património “proteger o que é nosso” (do Mosteiro de S. Jerónimo ao Forte”) Padi-Paper “À Descoberta do nosso património na Cidade de S. Tomé” Toda a comunidade educativa Autocarro Fotocópias Câmara fotográfica e de Filmar 22 de abril Relatório crítico da atividade Registos de observação 23
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Ação Curricular e Pedagógica Área de ação Ação Curricular e Pedagógica Ação a Nível da Organização Ação Curricular e Pedagógica Ação na Vida da Escola Ação a Nível da Organização Preparação dos alunos para as Olimpíadas da Matemática Designação Criar, incentivar e desenvolver o gosto pela Matemática, a experiência na resolução de problemas; Desenvolver o conhecimento matemático e detetar vocações precoces nesta área do saber. Objetivos Departamento de Matemática e Ciências Experimentais /ISP Organização/Respon Atividade sáveis 3.º Período Maio Convite às mães para um Concerto de na escola Dramatização Dia da Mãe Promover a autonomização da aprendizagem Sensibilizar para a importância da família Departamento Expressões Departamento Línguas A Semana do IDF Promover a autonomização da aprendizagem Promover o interesse pela nossa realidade educativa e africana; Promover as relações entre as diferentes áreas do conhecimento Promover a aquisição de hábitos individuais e comportamentos coletivos adequados em termos de organização Homenagear o continente africano, promover o gosto pela escrita e leitura Promover a diversidade cultural Direção Coordenadores de Ciclo e de Departamentos, Diretores de Turma, Associação de Estudantes e Associação de Pais e Encarregados de Educação Comemoração Dia do IDF e do dia de África Valorizar o património africano Palestras das Concerto/Baile de Gala/Desfile de trajes e danças tradicionais Gastronomia santomense e portuguesa. Exposição de fotografias do IDF desde a sua abertura até aos nossos dias. Apresentação do Tchiloli na Escola Trabalho de investigação sobre os países africanos da CPLP- história, cultura, gastronomia aspetos culturais. Peça de teatro 10º, 11º e 12º anos Material de estojo Caderno Calculadora abril / maio / junho Fichas de Avaliação Público Recursos Data Avaliação Comunidade Educativa Instrumentos musicais; Papel Tintas Lapis Esferográfica Comunidade Educativa Instrumento da escola, do aluno e do professor Comunidade local Traje tradicional 8 de maio De 18 de maio a 25 de Maio - Grelha de observação - Observação direta -Fichas de avaliação - Grelha de observação - Observação direta -Fichas de avaliação 24
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 santomense e danças. Ação Curricular e Pedagógica Ação a Nível da Organização A História do Desporto e do Olimpismo em STP Conhecer a tradição desportiva em STP Perceber as dificuldades existentes na prática do desporto Incentivar as atividades desportivas como forma de promover a saúde e o bem-estar. Departamento das Expressões Professores de Educação Física. Diretores de Turma Mesa redonda Exposição Apresentação de filmes Comunidade Educativa: discentes, docentes, funcionários e encarregados de Educação. Relatório crítico da atividade 31de maio 25
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Área de ação Designação Ação Curricular e Pedagógica Semana dedicada à Criança Exposição – Projeto “IDF em expansão” entre o IDF e a Escola Patrice Lumumba Exposição – poliedros regular, prismas, pirâmides Exposição dos trabalhos realizados ao longo do ano letivo (fim do ano) ; Contadores de estórias do IDF aos alunos do 1º ciclo do ensino básico Grande Festa do TCHILOLI Ação na Vida da Escola Ação a Nível da Organização Ação Curricular e pedagógica/ação na vida da escola Ação na Vida da Escola Visita de estudo ao estrangeiro para os melhores alunos Objetivos Valorizar a Criança Promover a autonomização da aprendizagem Envolver os alunos em projetos de escola) Organização/Respon Atividade sáveis 3.º Período Junho Exposição de trabalhos Departamento de Línguas Público Recursos Data Avaliação Comunidade Educativa Retroprojetor 1 a 6 de junho - Grelha de observação - Desenhos produzidos -Fichas de avaliação Grelha de observação Relatório crítico da atividade Material do aluno Alunos do ensino básico e secundário Alunos das Escola Publicas do Ensino Básico Estimular o sistema de parcerias Construir, interpretar e planificar formas geométricas no âmbito dos elementos da representação Desenvolver domínio cognitivo, afetivo e psicomotor Departamento das Expressões - Valorizar uma das mais importantes manifestações culturais de STP -Envolver toda a comunidade na reprodução do Tchiloli na escola Estimular ao estudo e ao sucesso escolar Direção/Coordenações de ciclo e de departamento/diretores de turma/pais e enc. educ Apresentação do Tchiloli na escola Direção e Diretores de Turma Angariação de fundos; venda de produtos; parcerias Toda a comunidade escolar Material diverso 13 de junho Melhores alunos de todos os níveis escolares Recursos financeiros e outros resultantes das parcerias Julho de 2014 Relatório crítico da atividade 26
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 3.4. Atividades ao longo do ano Área de ação Designação Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola/ Ação a Nível da Organização Ação na Vida da Escola Encontro de leituras Conhecer um autor e a sua obra literária. Programa de Rádio 100% IDF Ação na Vida da Escola Jornal “Soletrar” Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola Curso FORRO Ação Curricular e Pedagógica Ação Curricular e Pedagógica Objetivos Organização/Responsá Atividade veis Ao longo do ano Profs. Do Departamento Promoção da de Línguas Língua Portuguesa Público Recursos Data Avaliação Alunos do 2º ciclo, 3º ciclo, 10º ano, 11º ano e 12º ano Livros Biblioteca 2º Período/3º período Grelha de observação Selecionar, Sistematizar, Organizar e divulgar informações diversas Equipa responsável pelo Programa de Rádio Comunidade educativa Equipamento de som e espaço da rádio Jubilar Equipa responsável pela edição do Jornal Toda a comunidade educativa Consumíveis Todos os sábados Início a 21 de setembro 1ª semana de cada mês Inquéritos Selecionar, Sistematizar, Organizar e divulgar informações diversas Organização das Emissão de um programa de rádio semanal Organização da informação para o Jornal de Aprender a língua nacional para perceber a língua portuguesa Direção Coordenadores de ciclo Aulas de “Forro” Aberto a toda comunidade Professor Material diverso Outubro a Junho Avaliação oral e escrita Concurso Ditado de Aperfeiçoar a capacidade de escrita e melhorar a caligrafia Departamento Língua Outubro Janeiro Abril Avaliação Escrita dos resultados Clube Ciência da Sensibilizar os alunos para a importância das ciências na interpretação dos fenómenos do dia a dia; Desenvolver o espírito crítico e criativo dos alunos; Desenvolver atitudes de persistência, rigor, gosto pela pesquisa, autonomia, cooperação e respeito pelos outros; Estimular a cooperação, o trabalho de grupo, a Setembro – Junho São Tomé Inquéritos a de Clube de Ciência Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Comunidade escolar Fotocópias Impressões Computadores Máquinas fotográficas GPS Inquéritos 27
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola Curso de Danças Tradicionais Ação Curricular e Pedagógica Roteiro Real/Virtual Ação na Vida da Escola Património Histórico Cultural: VALORIZAR DIVULGAR Ação Curricular e Pedagógica e E Secção de Matemática no Jornal da Escola Ação a Nível da Organização Ação Curricular e Pedagógica Ação Curricular e Pedagógica/ Ação na Vida da Escola/ Ação a Nível da “5 minutos de cálculo mental” Hora do Conto prática da autodisciplina, o prazer de aprender e de comunicar, elevando a autoestima dos alunos; Promover a interdisciplinaridade. Valorizar as nossas tradições Direção Coordenadores de ciclo Aulas de dança Toda a comunidade escolar outubro– junho São Tomé Avaliação dos resultados Comunidade escolar Fotocópias Impressões Máquinas fotográficas papel Fotocópias Impressões Computadores Máquinas fotográficas GPS Construir o conceito de património cultural; Qualificar e quantificar o património existente na cidade de São Tomé; Elaborar brochuras, com indicação de roteiros culturais e sítios de interesse histórico ou cultural ou arquitetónico; Promover o turismo, a cultura e a ciência; Editar e divulgar uma brochura dos locais mais relevantes do ponto de vista científico, arqueológico e cultural. Incutir o gosto pela matemática Desenvolver o raciocínio matemático Divulgar a Matemática à comunidade educativa Conhecer, aplicar e melhorar técnicas de cálculo mental Conselho de Turma – 11º CT – A Criação de roteiros turísticos outubro– junho São Tomé Inquéritos Jornal da Escola “Soletrar” Comunidade Educativa Resma de papel Capa de arquivo Ao longo do ano letivo Relatório crítico da atividade Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Cálculo Mental 5º ao 8º ano Cartolina, impressões papel autocolante. Observação direta Biblioteca Escolar Departamento de Língua Promoção da Língua Portuguesa Todas as semanas na sala de aula e uma final na Biblioteca Mensalment e Promover o gosto pela leitura. Departamento de Matemática e Ciências Experimentais Todos os alunos Fotocópias e Grelha de observação 28
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 Organização Ação na Vida da Escola Ação a Nível da Organização Campeonato Distrital de Futsal de Água Grande - 2ª Divisão Promover a aquisição de hábitos individuais e comportamentos coletivos adequados em termos de saúde e segurança. Promover uma ocasião de abertura da escola à comunidade. Departamento das Expressões Prof. Nuno Santos Prova desportiva Campo do Parque Popular IDF Sport Clube Equipamentos desportivos; materiais desportivos; instalações desportivas. Semanalmen te Relatório crítico final 29
    • IDF – Plano Anual de Atividades – 2013/2014 4. Tipologia das Atividades (quadro resumo) 2.º, 3.º Ciclos e Sec Área de Intervenção Ação Curricular e Pedagógica 48 Ação na Vida da Escola 24 Ação a Nível da Organização 21 Ação na Formação e Desenvolvimento Profissional do Pessoal Docente e não Docente 9 Total 102 5. Avaliação A avaliação deste Plano será feita periodicamente, através do preenchimento dos relatórios síntese das atividades realizadas (Anexo1). Sempre que se justifique, deverão ser apresentadas em Conselho Pedagógico as avaliações intercalares das atividades. No final do ano letivo, a avaliação será efetuada em sede de Conselho Pedagógico, mediante análise dos relatórios síntese elaborados pelos diversos proponentes. Neste órgão, será preenchida e analisada uma grelha – resumo que servirá de base à elaboração do relatório final de atividades. 6. Divulgação A divulgação das atividades será feita através do jornal da escola “Soletrar”, programa de rádio “100% IDF” e das diferentes plataformas digitais da escola. A planificação das atividades, por trimestre, será igualmente divulgada em suporte de papel e afixada nos locais próprios da escola. Proposta apresentada e aprovada em Conselho Pedagógico em 03/10/2013 Diretora do IDF ________________________ Isaura Carvalho 30