Diário Oficial - Leite Funcional

284 views
177 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
284
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Diário Oficial - Leite Funcional

  1. 1. II – São Paulo, 123 (223) Diário Oficial Poder Executivo - Seção I quarta-feira, 27 de novembro de 2013 Geraldo Alckmin - Governador Apta no caminho do superleite Enriquecido com selênio e vitamina E, o leite funcional está saindo dos laboratórios do Aptalac, em Ribeirão Preto A Mantidas em baias separadas, as vacas da raça jersey recebem ração especial ram o leite funcional. Estas pessoas foram submetidas, depois, a uma bateria de exames – verificação de peso, tipo de alimentação, pressão arterial e testes de sangue. A parte laboratorial é realizada atualmente e vai durar alguns meses. A pesquisa não tem previsão de término. Trabalho inédito no Brasil – Na primeira etapa, concluída em 2009/2010, um grupo de 90 crianças de uma escola do município de Casa Branca recebeu o alimento e teve aumento de 160% nos níveis de selênio no sangue e 33% no de vitamina E. Os idosos, nos primeiros resultados dos exames, apresentaram redução de 16% na quantidade de LDL (mau colesterol). Nas vacas, a alimentação enriquecida diminuiu em 30% a ocorrência da doença mastite (inflamação da mama), o que aumentou a produção de leite. Os pesquisadores garantem que o trabalho Apta/ USP é inédito no Brasil e que alia avaliação zootécnica com análise na saúde humana em um mesmo experimento. Márcia observa que o leite sempre foi visto como fonte importante de cálcio para o ser humano no que se refere aos ossos e aos GENIVALDO CARVALHO Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta) e a Universidade de São Paulo (USP) realizam pesquisa sobre o leite funcional, que tem teor de selênio e vitamina E de três a quatro vezes maiores que o encontrado no produto convencional. Por serem antioxidantes, estas substâncias reduzem ou eliminam alguns danos e doenças nas pessoas, como morte de células e câncer. A pesquisa iniciou-se em 2009, com recursos da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), que investiu até agora cerca de R$ 400 mil. O trabalho, realizado na estação experimental da Apta em Ribeirão Preto, é feito com a adição de selênio, vitamina E, além de óleo de girassol na ração de 32 vacas da raça jersey mantidas em baias separadas. Para o ano que vem, a intenção dos técnicos é manejar os animais no pasto. A zootecnista da Apta, Márcia Saladini, informa que a pesquisa se encontra na segunda fase, na qual 130 idosos de Ribeirão experimenta- www.imprensaoficial.com.br DIVULGAÇÃO/APTA Volume 123 • Número 223 • São Paulo, quarta-feira, 27 de novembro de 2013 Equipamentos financiados permitem ao empreendedor aprimorar sua produção dentes. “Agora, nós pretendemos que seja fornecedor de outras substâncias também benéficas para a saúde das pessoas”. O leite de vaca é rico em outros nutrientes – proteína, lactose, gordura, vitaminas e minerais. Para conseguir o leite funcional, os pesquisadores colocam selênio e vitamina E em maior quantidade que a normal na ração. Márcia diz que essas substâncias são encontradas facilmente no mercado agropecuário. “Seria um contrassenso usar produtos de difícil obtenção, porque nossa intenção é repassar a técnica ao produtor quando terminarmos a pesquisa”. O óleo de girassol tem outra função. A pesquisa busca modificar o perfil do ácido graxo no organismo humano e prevenir doenças do coração. Laboratório e workshop – Em novembro de 2012, a Apta inaugurou o Laboratório de Qualidade do Leite (Aptalac), em Ribeirão Preto, para intensificar as pesquisas com o funcional. No local são feitas análises de composição físico-química e da microbiologia do leite. Além de servir para os estudos do produto funcional, são realizados testes da qualidade da produção de Ribeirão Preto e região e condutividade do leite de diversas raças de gado. O Aptalac foi construído com recursos da própria Apta, agência vinculada à Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento. Equipamentos e projetos de pesquisas receberam financiamento da Fapesp. Apta e USP organizaram em outubro o 1º Workshop Leite Funcional: da Nutrição à Saúde, em Ribeirão Preto. Participaram 40 técnicos dos setores da área animal, de saúde e nutrição humana. A coordenação ficou a cargo de Márcia Saladini e do médico Hélio Vannucchi, da USP. Durante o evento, o público conheceu dados mais recentes sobre o leite funcional. O objetivo foi promover a integração e atualização entre os pesquisadores das diversas áreas do conhecimento relacionados ao tema. Além disso, proporcionou o debate sobre projetos que visam à modificação da composição do leite para atender à demanda atual por nutrientes necessários para a alimentação da população. Otávio Nunes Imprensa Oficial – Conteúdo Editorial Crédito subsidiado para o pão Agora, as 12,8 mil padarias instaladas no Estado podem financiar, sem juros, máquinas e equipamentos novos e mais seguros na Agência de Desenvolvimento Paulista (a Desenvolve SP). Outra novidade para o setor de panificação e confeitaria foi a redução da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) cobrada pelo Estado: de 7,6% para 3,2%. Além de incentivar a evolução dos negócios, a linha de financiamento da Desenvolve SP também favorece a adequação das padarias à Norma Reguladora 12 (NR-12), do Ministério do Trabalho e Emprego. O objetivo dessa legislação federal é a redução dos acidentes de trabalho com os equipamentos. O teto do empréstimo é R$ 150 mil por padaria e o prazo para quitá-lo é de até 72 meses, incluindo dois anos de carência. O dinheiro pode ser usado para financiar até 90% do custo de máquina nova, incluindo equipamentos (fornos, assadeiras, batedeiras, cilindros, modeladores e laminadores). Se as parcelas forem pagas em dia, não haverá cobrança de juros. Em caso de atraso, será aplicada taxa de 0,29% ao mês. Imprensa Oficial - Conteúdo Editorial SERVIÇO Desenvolve SP – www.desenvolvesp.com.br

×